Fernanda Freire – Estudante de Jornalismo

            O Centro Acadêmico Machado de Assis (CAMA), que representa o curso de Jornalismo da Universidade do Estado de Minas Gerais (UEMG) em Passos, instalou um varal solidário no coreto da Praça da Matriz. Repleto de sapatos e peças de vestuário, especialmente agasalhos, para pessoas carentes, a expectativa dos membros é que 200 pessoas passem pelo local nesta sexta-feira, 5, das 9h às 17h.

            A iniciativa do varal surgiu a partir da diretoria de Cultura do CAMA, como um projeto em parceria com a Secretaria de Patrimônio, Cultura e Lazer da Prefeitura de Passos para finalizar o semestre letivo em contato com a comunidade. Assim, o uso do coreto da Matriz foi cedido pela Prefeitura e muitas peças, doadas por moradores da região.

            Foram quase duas semanas de intensa arrecadação. Stefany Dias, um dos membros da diretoria de Cultura do Centro Acadêmico e aluna do 3º período de Jornalismo, contou que as arrecadações superaram suas expectativas. “Muitas pessoas se mobilizaram e se esforçaram para nos ajudar. As sacolas cheias de roupas não paravam de chegar, seja de estudantes, dos membros do próprio Cama ou da população em geral, todo mundo quis fazer a sua parte”, disse.

            As peças de vestuário variam entre camisetas, regatas, agasalhos, shorts, saias, calças e até vestidos. “No início pensamos que essa poderia ser uma campanha exclusivamente para o inverno, mas acabou se tornando maior, com mais tipos de roupas, o que pode ajudar mais gente ainda”, observou.

            A escolha da Praça da Matriz, para ser a sede do varal temporário, é que por lá, “há um alto número de circulação de pessoas diariamente, que poderiam parar para pegar algo que precisam ou deixar algo que está sobrando”, mencionou Stefany.

            O presidente do Centro Acadêmico, o estudante Lucas Oliveira, do 5º período de Jornalismo, afirmou que essa é a primeira vez que o curso realiza uma ação como o varal solidário. “Temos uma expectativa alta, de que vamos mobilizar muitas pessoas. Com o resultado após esses dois dias de trabalho, temos certeza que o sentimento que vai permanecer será o de programar a próxima ação em prol da comunidade. Já estamos até pensando em outra data”, comentou.