Julia Moraes – Estagiária da Assessoria de Comunicação UEMG Passos

O Centro Acadêmico Márcio Nalini, do Curso de Serviço Social promoveu em parceria com o Núcleo de Assistentes Sociais (NAS) do Município de Passos, a palestra “Regressão de direitos tem classe e cor: Assistentes Sociais no debate ao racismo”. O palestrante responsável pelo conteúdo foi o Assistente Social e Professor Tales Willyan Fornazier Moreira.

“O tema que foi discutido é super pertinente ao momento que estamos vivendo de desmonte sociais, de regressão de direitos principalmente com a população negra. É necessário dialogar com a sociedade sobre o que o Serviço Social pode oferecer como profissao em defesa da população. Reafirmando o compromisso do assistente social no combate ao racismo”, comenta a Assistente Social e Coordenadora do NAS, Priscila Andrade Caetano.

O Núcleo de Assistentes Sociais é constituído de espaços de articulação e organização dos profissionais do Serviço Social, com a finalidade de valorizar e fortalecer a profissão, na defesa do projeto ético-político que deve ser respeitado.

O palestrante Talles Willyan Fornazier Moreira dá ênfase à necessidade de abordar o tema da palestra, “O racismo é elemento que estrutura nossa formação social brasileira. O Brasil vivenciou quase 400 anos de escravidão, foi o país que mais trouxe negros africanos para serem escravizados e o último a abolir, formalmente, a escravidão. Nossa história é uma história de sangue e barbárie. Esse passado recente, infelizmente, contribuiu para a construção de uma ideologia escravista que, até hoje, coloca a população negra em condição de abismo social comparada à população não negra. A população negra lidera o ranking de desigualdade social no país, seja por questões de renda, não acesso à educação e ao mundo do trabalho, ou por receberem os menores salários e estarem na base da pirâmide social. Esta população também é a que mais sofre as multifacetadas formas de violência”, explica.

 “Foi incrível! Acho que foi o melhor evento que já fizemos. Não sei se foi pelo tema, que tínhamos grande necessidade de abordar, ou pelo palestrante, que fez uma fala que prendeu a atenção de todos os estudantes que estavam presentes”, conclui a presidente do C.A., Amabile Maria de Moura Passos. O evento aconteceu no dia 17 de maio, no Auditório do Prédio 02 do Bloco 05.