Lucas Oliveira de Jesus, Rafael Pereira dos Santos  – 2º período de Jornalismo

O maior desafio das universidades hoje é formar indivíduos capazes de buscar conhecimentos e saber dominá-los. Por meio das pesquisas, o aluno adquire uma parcela a mais de conhecimento dentro de sua área de atuação durante a vida acadêmica, o que possibilita que construa não só um domínio do saber, mas também autossuficiência para alcançá-lo.

A fim de fomentar a prática de pesquisa dentro da universidade, discentes do curso de Direito da UEMG Unidade Passos promoveram, no dia 02 de setembro, a 1ª Mostra e Encontro de Iniciação Científica, dedicada aos alunos e professores do curso, que além de ter a participação de ex-estudantes da universidade como avaliadores dos projetos, contou com a presença de professores como convidados.

Durante a discussão no auditório da unidade, foram destacados procedimentos para a participação dos editais de Pesquisa e de Extensão e abordada “A relevância da iniciação científica na formação acadêmica”.

Representante no Conselho de Pesquisa e Extensão da Unidade, o professor universitário Itamar Teodoro de Faria afirmou que “A iniciação cientifica é fundamental para a consolidação da formação universitária. Não é possível uma formação consistente se não se dedicar à pesquisa, pois ela promove a autonomia intelectual do aluno, fazendo com que ele mesmo produza conhecimento, e a extensão leva todo esse conhecimento produzido para a sociedade”.

Por fim, durante a apresentação dos painéis, a advogada, ex-aluna do curso de Direito, e convidada pela organização para avaliar os projetos, Bruna Alves Oliveira, elogiou a escolha dos temas e a iniciativa da Universidade de dar visibilidade para os projetos. “Os alunos escolheram fortes temas de impacto social e a orientação dos professores foi crucial para isso. Para o conhecimento é de extrema importância a universidade dar espaço para esses projetos. Abre horizontes, proporciona uma formação acadêmica muito mais sólida, constitui a base para o aluno buscar um curso de mestrado, doutorado, uma especialização. E, no Direito, é de extrema importância para podermos ter uma visão crítica das nossas leis e das decisões jurisprudenciais.”

Mestre em Proteção dos Direitos Fundamentais pela FUIT/Itaúna - MG, e convidado especial no evento, o advogado Henrique Lelis elogiou as pesquisas dos alunos e ressaltou a importância do evento. “É extremamente importante valorizar as pesquisas, pois isso é uma tendência mundial, então é ótimo ver que a UEMG está atenta a isso”.

Um dos projetos em destaque foi o artigo sobre Feminicídio na Zona Rural. “Este tema nunca foi abordado, e merece uma atenção maior pela importância e a forma que o projeto foi produzido”, afirma Lelis.

Veja a lista completa de trabalhos apresentados clicando aqui.

 

PASSOS