Mais uma vez o curso de Educação Física da FESP movimentou a manhã da cidade de Jacuí (MG) com o projeto Praça Viva. O evento aconteceu no dia 30 de junho na Praça Matriz e levou muita alegria e diversão para as crianças com idades entre 3 a 12 anos. As atividades recreativas foram divididas em estações: brinquedos infláveis, dança, oficina de arte, jogos adaptados, xadrez gigante, e muitas outras atividades lúdicas que foram compartilhadas com muita responsabilidade dos organizadores.  

Com mais de 800 crianças se divertindo a Praça Viva também levou cerca de 5 mil atendimentos à população da cidade. “Esse sucesso é devido a parceria bem feita entre FESP através do curso de educação física e prefeitura de Jacuí através das secretarias de esporte e de saúde”, ressaltou o coordenador do evento professor Itamar José de Oliveira Junior. A diretora da secretaria de esportes de Jacuí Fernanda Silva demonstrou satisfação com a parceria e a promoção do esporte no município. “Para nós é de grande e fundamental importância essa parceria, pois estamos proporcionando as nossas crianças e adolescentes momentos de alegria, descontração, prazer e diversão, e não só às crianças, pois contamos também com a presença de pais e da população de nossa cidade. E muitas das vezes a maioria dessas crianças não tem contato com tantos brinquedos, atividades diversificadas, tudo isso se torna novidade, e isso gera muita felicidade a todos”.  Finalizou a secretária.

O coordenador Itamar mais uma vez ficou feliz com o resultado que segundo ele sempre é positivo em qualquer cidade da região e destacou a última visita em São Sebastião do Paraíso que também atraiu um excelente público. ”O projeto Praça Viva é uma oportunidade para os acadêmicos do curso de Educação Física colocarem a teoria em prática durante a organização e realização do evento” disse Itamar.

Segundo o professor, o projeto Praça Viva já tem agenda cheia até o segundo semestre, mas, as cidades que nunca participaram do projeto e tiverem interesse em conhecer o Praça Viva devem entrar em contato com a FESP para agendar os horários remanescentes. 

 

FONTE: Departamento de Comunicação e Marketing FESP/UEMG