Cerca de 30 estudantes do 7º ano do Ensino Fundamental de Passos, visitaram a Universidade Aberta para a Maturidade, a UNABEM, da FESP. A visita faz parte do projeto “Meu Velho Amigo”, desenvolvido pelo Colégio Objetivo, que propõe a integração e conscientização de crianças e adolescentes sobre a importância do respeito aos cidadãos com mais de 60 anos.

Segundo a professora coordenadora do projeto, Rosemeire Chagas, os alunos do Ensino Fundamental também visitaram asilos de Passos e iriam participar de palestras sobre o Estatuto do Idoso. “A ideia é que eles compreendam a importância do respeito com as pessoas que viveram mais que nós. É resgatar valores, histórias e conhecer um pouco a vida dessas pessoas”, explica. 

A visita à UNABEM foi uma terna troca de experiências. “O que vocês acham mais prazeroso?”, “Como foi a aceitação da família?”, “Vocês têm dever de casa?”. Os estudantes do Ensino Fundamental expuseram suas mais diferentes curiosidades e tiveram respostas surpreendentes: “Aqui não tem prova, não tem nota e não tem dever”, disse a aluna Aninha Reis que está na UNABEM há 7 anos, desde que o projeto foi criado, em 2006.

A UNABEM envolve mais de 150 pessoas e já mudou – para melhor – a vida da maioria dessas pessoas, tanto que virou recomendação médica de geriatras e psiquiatras e ainda objeto de estudos de um projeto de Extensão em Interface com a Pesquisa, financiado pela FAPEMIG, a Fundação de Amparo à Pesquisa de Minas Gerais.  “Muita gente me pergunta: puxa vida! Você já estudou, se formou, trabalhou a vida inteira, o que você vai fazer lá? E eu digo: aqui a gente aprende todos os dias, cada dia uma coisa nova”, relatou a professora aposentada Jesuína Faria, aluna da UNABEM.

Os estudantes de Ensino Fundamental não só ouviram as histórias como fizeram amizades durante a visita.  “Foi muito legal encontrar pessoas que eu nunca vi na minha vida, elas são legais, criativas e muito divertidas. A gente nunca deve desprezar os mais velhos, eles têm as melhores histórias”, disse o estudante Thiago Coelho Pereira, de 12 anos.

Para a aluna da UNABEM Maria Tercia da Silveira, a visita das crianças ajudou a esclarecer um pouco sobre o modo de vida dos idosos. “Eu achei ótimo porque as crianças não conhecem os idosos, não sabem o que o idoso pode fazer para viver mais e melhor e aqui nós já fazemos isso”, disse. 

FONTE: Departamento de Comunicação e Marketing FESP/UEMG

Veja as fotos na Galeria de Imagens da FESP. CLIQUE AQUI.