O advogado e professor Alisson Thales Moura Martins representou a Fundação de Ensino Superior de Passos no 17º Seminário Internacional de Ciências Criminais – IBCCRIM (Instituto Brasileiro de Ciências Criminais), realizado entre os dias 23 e 26, no Hotel Tivoli Mofarrej em São Paulo. O evento teve a participação de aproximadamente mil participantes com a proposta de discutir temas atuais do cenário jurídico criminal. De acordo com a organização do evento, foram realizadas palestras, painéis, lançamentos de livros e a premiação do 15º Concurso de Monografias de Ciências Criminais – Prêmio “Manoel Pedro Pimentel”.

Na manhã do dia 23, o escritor e educador brasileiro Rubem Alves realizou a palestra de abertura do evento. Em seguida, o professor espanhol Juan María Terradillos Basoco, catedrático de Direito Penal da Universidade de Cádiz, abordou o tema “Direito Penal do Trabalho: um desafio para a integração penal supranacional”.

No dia 24, o professor alemão Hans-Jörg Albrecht, diretor do Instituto Max Planck de Direito Penal Estrangeiro e Internacional em Freiburg, discursou sobre “Secret Suveillance: medidas de investigação secretas no processo penal”; seguido pelo argentino Mariano Hernán Gutiérrez, mestre em criminologia pela Universidade de Lomas de Zamora, com palestra sobre “A Urgência de uma Política Criminal Humanista”.

“Prelúdio e Variações sobre o Direito Penal” foi o tema abordado no dia 25 por José de Faria Costa, catedrático da Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra e Presidente do Instituto de Direito Penal Econômico e Europeu (IDPEE). Em seguida, a professora húngara Krisztina Karsai, vice-reitora para relações internacionais da Faculdade de Direito da Universidade de Szeged, discorreu sobre o tema: “Drogas: questões penais fundamentais”. No dia 26, o evento contou com as presenças do advogado americano Scott Peeler, e do jurista italiano Sergio Moccia, da Universidade de Napoli Federico II.

Os Ministros Antonio Cezar Peluso (Brasil), Eugenio Raúl Zaffaroni (Argentina) e Maria João Antunes (Portugal) foram os convidados para o encerramento do Seminário, em debate sobre “A Problemática Penal nas Cortes Constitucionais: Brasil, Argentina e Portugal”.

Fonte: Departamento de Comunicação e Marketing