Termina amanhã (29) o prazo de inscrição para o segundo vestibular de 2011 da FESP. As inscrições podem ser feitas pelo site da FESP (www.fespmg.edu.br) ou ainda no Setor de Vestibular que fica em frente ao Bloco 1 (Prédio Principal) à Avenida Juca Stockler, 1130. As provas tradicionais acontecerão no dia 3 de julho.

São quatro as opções de cursos: Administração de Empresas, Engenharia Ambiental, Engenharia Civil e Tecnologia em Gestão Comercial, com 50 vagas cada, no período noturno.

De acordo com o diretor do Núcleo Acadêmico de Ciências Humanas e Ciências Sociais Aplicadas, Vivaldo Silvério De Souza Filho, o profissional da área de Administração tem espaço constantemente porque todas as empresas sendo elas micro, pequena ou de grande porte necessitam de um administrador de empresas. “O mercado está muito propício para o administrador. O curso de Administração da FESP forma um profissional com o conhecimento geral da área. Há muita procura hoje em dia nas mais diferentes áreas com os objetivos de diminuição de custos, gerenciar departamentos e outros”, disse Vivaldo.

Em todo o Brasil, os cursos de Administração de Empresas estão entre os mais procurados. O curso tem a duração de 4 anos. O salário inicial de um administrador de empresas é calculado no valor de R$ 3.315,00, segundo o Conselho Federal de Administração.

Sobre o curso de Tecnologia em Gestão Comercial Vivaldo lembra que é um curso tecnólogo de 2 anos, mas reconhecido como curso superior. “O curso é mais voltado para a área comercial. Em toda empresa de comércio o gestor tem espaço. O tecnólogo é reconhecido como um curso superior.

O aluno pode sair e dar prosseguimento aos estudos, fazer uma pós, um mestrado ou um MBA. Inclusive o Conselho Regional de Administração registra e fornece o número do conselho para os tecnólogos”.

Ainda são opções do vestibular de julho da FESP os cursos de Engenharia Ambiental e Engenharia Civil. O diretor do Núcleo Acadêmico de Tecnologia e Engenharia, Manoel Reginaldo Ferreira lembra que o momento pelo qual o país está passando está demandando um grande número de engenheiros civis. “Os alunos ao se formarem já saem empregados. A gente percebe isso já no terceiro ou quarto período com as empresas buscando estagiários.

Essa demanda surge há cerca de 7 anos com a melhoria da economia do Brasil. E agora com o aquecimento econômico do Brasil, os investimentos do PAC, os investimentos do governo do Estado, a procura por engenheiros tem aumentado bastante. Com as obras da Copa do Mundo e das Olimpíadas que estão atrasadas a demanda é ainda maior e com isso melhora os salários dos engenheiros. A média de salário inicial é de 4 mil reais”, explica.

O curso de Engenharia Ambiental, que também está sendo oferecido no vestibular de julho da FESP, é um curso focado no desenvolvimento e na sustentabilidade. “A Engenharia Ambiental é um curso relativamente novo. Ele surge no final da década de 70 e começa a tomar corpo há uns 5 ou 6 anos e é um profissional que surge para resolver os problemas, as questões ambientais. É um profissional que tem tido grande procura no mercado, pode trabalhar em órgãos públicos ou privados e que também está sendo valorizado com salário médio inicial de 4 mil”, destaca Manoel. Estas são as opções para o vestibular de julho de 2011 da FESP. Qualquer outra informação a FESP disponibiliza o telefone 0800 283 0336.

Fonte: Agência Escola