A professora do curso de Direito da FESP, Dra. Ana Paula de Fátima Coelho, foi homenageada pelos vereadores da Câmara Municipal de Passos com a Medalha do Mérito Legislativo na noite da última quinta-feira (10), de abril, pelo relevante trabalho prestado junto à FESP como docente da Faculdade de Direito da Instituição.

“Fiquei lisonjeada por ter recebido esta medalha como reconhecimento do trabalho acadêmico que tenho desempenhado ao longo dos últimos anos na FESP”, disse a professora, que reafirmou a paixão que tem pela docência enfatizando que “faz o que gosta e escolheu como profissão”.

Para o Presidente do Conselho Curador da FESP, professor Fabio Pimenta Esper Kallas, o reconhecimento externo aos serviços prestados pela Dra. Ana Paula, é a coroação de anos de dedicação integral ao ensino. “Todos nós professores da FESP ficamos honrados com esta homenagem recebida pela Dra. Ana Paula. Se hoje temos uma Faculdade de Direito respeitada, com ótima avaliação junto ao MEC, indicada pelo Guia do Estudante da Editora Abril por anos consecutivos, devemos isso ao incansável trabalho da Dra. Ana Paula quando esteve à frente da direção do curso de Direito da FESP”, destacou Fabio Kallas.

A Medalha do Mérito Legislativo é uma homenagem prestada pelos vereadores àqueles nascidos em Passos que fizeram ao longo de suas vidas algo significativo em prol da melhoria da qualidade de vida da população.

FONTE: Departamento de Comunicação e Marketing FESP/UEMG



O curso de Direito da FESP realiza nesta quinta-feira (13) sua Aula Magna com palestra ministrada pelo Doutor Rodrigo Pacheco, advogado especialista em Direito Penal Econômico e Conselheiro Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). O evento é aberto ao público e acontece às 19h30 no Espaço Absoluto.

Sob o tema "O exercício da advocacia – direitos e deveres do Advogado", o palestrante vai desenvolver uma visão geral do que é o profissional de Direito e ainda falar sobre a ética da advocacia. Para o professor Alisson Thales Moura Martins, responsável pelo evento, é com muita alegria que os alunos vão receber o convidado ilustre. “É uma boa oportunidade, pois existe a esperança de novos tempos em nosso curso”, defende.

Rodrigo Otávio Soares Pacheco é sócio do escritório Maurício Campos & Pacheco Sociedade de Advogados; é Presidente da Comissão Nacional de Apoio aos Advogados em Início de Carreira; também Coordenador em Minas Gerais do Projeto Eleições Limpas da OAB Federal. Auditor do Tribunal de Justiça Desportiva do Estado de Minas Gerais; ex-conselheiro estadual e ex-presidente da Comissão de Defesa Assistência e Prerrogativas da OAB/MG, além de ex-membro do Conselho de Criminologia e Política Criminal do Estado de Minas Gerais.

A palestra marca o início do plano de atividades do curso de Direito. Todos os estudantes da FESP e comunidade em geral estão convidados a participar. Não é preciso apresentação de carteira de estudantes e a entrada é gratuita.  

O curso de Direito da FESP realiza nesta quinta-feira (13) sua Aula Magna com palestra ministrada pelo Doutor Rodrigo Pacheco, advogado especialista em Direito Penal Econômico e Conselheiro Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). O evento é aberto ao público e acontece às 19h30 no Espaço Absoluto.

Sob o tema "O exercício da advocacia – direitos e deveres do Advogado", o palestrante vai desenvolver uma visão geral do que é o profissional de Direito e ainda falar sobre a ética da advocacia. Para o professor Alisson Thales Moura Martins, responsável pelo evento, é com muita alegria que os alunos vão receber o convidado ilustre. “É uma boa oportunidade, pois existe a esperança de novos tempos em nosso curso”, defende.

Rodrigo Otávio Soares Pacheco é sócio do escritório Maurício Campos & Pacheco Sociedade de Advogados; é Presidente da Comissão Nacional de Apoio aos Advogados em Início de Carreira; também Coordenador em Minas Gerais do Projeto Eleições Limpas da OAB Federal. Auditor do Tribunal de Justiça Desportiva do Estado de Minas Gerais; ex-conselheiro estadual e ex-presidente da Comissão de Defesa Assistência e Prerrogativas da OAB/MG, além de ex-membro do Conselho de Criminologia e Política Criminal do Estado de Minas Gerais.

A palestra marca o início do plano de atividades do curso de Direito. Todos os estudantes da FESP e comunidade em geral estão convidados a participar. Não é preciso apresentação de carteira de estudantes e a entrada é gratuita.  

FONTE: Departamento de Comunicação e Marketing FESP/UEMG



O professor Moisés Coelho Castro, vinculado ao curso de Serviço Social da FESP desde 2007, foi aprovado para Mestrado em Direito da Universidade Estadual Paulista (UNESP), no campus de Franca (SP). Começando as aulas em março, o professor tem a previsão de defender sua dissertação em 30 meses.

“Meu projeto de pesquisa tem como tema ‘A inclusão das pessoas com deficiência no mercado de trabalho: um estudo das normas brasileiras à luz do Direito Internacional’. Esse projeto se insere na linha de pesquisa da UNESP: ‘Direito, Mercado e Relações Internacionais’, e tem como orientador o Prof. Dr. Daniel Damásio Borges", explicou.

Segundo Moisés, o projeto tem como objetivo verificar se o Brasil tem cumprido as normas internacionais relativas ao trabalho da pessoa com deficiência e se o Judiciário, especificamente, o Supremo Tribunal Federal, em sua jurisprudência, tem contribuído para a efetivação do direito ao trabalho dessas pessoas no país. Toda a pesquisa tem como referência o tema da inclusão.

Sobre os próximos passos dentro do universo acadêmico, o professor considera que é de suma importância o desenvolvimento de sua dissertação. “O Mestrado em Direito é imprescindível para a minha formação, pois meu objetivo é dar prosseguimento à minha carreira, também na área do Direito. Meu propósito é continuar meus estudos, o que inclui um futuro Doutorado em Direito”.

Advogado, especialista em Direito e Processo do Trabalho pelo Mackenzie, teólogo pelo Seminário Presbiteriano do Sul, Mestre em Teologia pelo Centro Presbiteriano de Pós-Graduação Andrew Jumper (Mackenzie), e graduado em Direito pela FESP, o professor justifica que a Fundação é o berço de sua experiência. “Indubitavelmente a FESP tem sido imprescindível para a minha formação acadêmica e profissional”.

FONTE: Departamento de Comunicação e Marketing FESP/UEMG



A Semana Acadêmica do curso de Direito da FESP trouxe para os estudantes da Fundação a exposição do tema “Tráfico de pessoas para fins de prostituição”, ministrada pelo professor Doutor Paulo César Correa Borges, Promotor de Justiça de Franca e coordenador do curso de Mestrado da UNESP. 

O professor apresentou o panorama mundial sobre os crimes de tráfico de pessoas, segundo o qual pelo menos dois milhões e meio de pessoas, originárias de 127 países, são vítimas de tráfico. O número que pode ser tímido perto da realidade, uma vez que as estatísticas são baseadas apenas nos registros de vítimas que conseguiram denunciar os crimes.

De acordo com as pesquisas apresentadas pelo professor, o tráfico humano tem se caracterizado por ser a 3ª atividade criminosa do mundo - tendo antes apenas o tráfico de drogas e o tráfico de armas - e envolve várias finalidades, como exploração sexual, trabalho escravo, matrimônio forçado, mendicância infantil e até trafico de órgãos. 

Durante a palestra o professor explicou a importância da união de esforços para o combate ao crime de tráfico de pessoas e alertou sobre a escravidão moderna. “A grande questão é essa nova consciência de que a escravidão não é só aquela que a gente imagina da época da nossa escravidão: dos negros sendo acorrentados, recebendo chibatadas. A escravidão hoje inclui em seu conceito inclusive a exploração sexual”, esclarece o professor. 

O sonho de sair do país, as promessas de empregos diferenciados e as carreiras bem sucedidas são as principais formas de atrair possíveis vítimas de tráfico humano. “As pessoas precisam ficar atentas porque muitas vezes a sedução e a forma de induzir uma pessoa a ir para o exterior acontecem por mecanismos normais, de agenciamento de pessoas para trabalhar em locais não tão certos, inseguros, como garçonetes em boates, babysitter. Tem que se tomar muito cuidado porque isso pode induzir a vítima a cair na malha das organizações criminosas especializadas no tráfico de pessoas, que é a terceira maior fonte de renda ilícita do mundo”, alerta. 

FONTE: Departamento de Comunicação e Marketing FESP/UEMG


Na manhã de hoje alguns cursos já deram início às atividades programadas para as semanas acadêmicas que integram o FESP Inova.

O curso de Enfermagem trouxe o presidente do Conselho Regional de Enfermagem (COREN-MG), Rubens Schröder Sobrinho e representantes de oito câmaras técnicas do conselho. “O FESP INOVA é um evento extraordinário, o próprio nome diz. É muito gratificante ser parceiro desta inovação para os enfrentamentos éticos e legais do exercício de cada profissão, seja ela a Engenharia, Enfermagem, Biomedicina ou qualquer outra área”, declarou Rubens que expôs as conquistas, perspectivas e avanços da gestão do COREN-MG 2012/2014.

O curso de Biomedicina também começou o evento com atividades relacionadas ao tema: Metodologia Ativa. Os alunos socializaram seus trabalho integradores apresentando painéis para professores avaliadores e outros alunos do curso. “Esta atividade vai proporcionar ao aluno vivenciar uma experiência científica, ponto importante do FESP Inova. O evento é de grande relevância para toda a comunidade acadêmica porque é uma forma de atualização em todas as áreas”, afirma a coordenadora do curso, professora Alessandra Cheraim.

Alunos de Direito tiveram a sua semana acadêmica iniciada com palestra do professor Rivo de Paula Assis sobre os desafios jurídicos do século XXI: caminhos e obstáculos.

A abertura oficial do III FESP Inova acontece hoje às 19h no Estação Eventos. Após a solenidade, o coordenador do Centro de Referência em Inteligência Empresarial da COPPE/UFRJ, doutor Marcos Cavalcanti, ministra a palestra “Inovação: e eu com isto?”, que vem instigar as pessoas a identificar a importância da informação, do conhecimento e da inovação, apontando soluções inovadoras para casos reais na região de Passos.

Marcos Cavalcanti é doutor em Informática pela Université de Paris XI; professor da COPPE/UFRJ, no Programa de Engenharia de Produção; coordenador do CRIE - Centro de Referência em Inteligência Empresarial da COPPE/UFRJ; membro do Board do New Club of Paris; editor da Revista “Inteligência Empresarial”; co-autor dos livros “O Conhecimento em Rede” e “Gestão de Empresas na Sociedade do Conhecimento” pela Editora Campus, e “Gestão Eletrônica de documentos” e “Que ferramenta devo usar”, pela Editora Qualitymark; coordenador do curso de Pós-Graduação em Gestão do Conhecimento e Inteligência Empresarial – MBKM (Master on Business and Knowledge Management); coordenador do projeto que revisão da metodologia de avaliação de empresas utilizado desde 2010 pelo BNDES, incorporando os ativos intangíveis nesta avaliação.

Consulte os detalhes da programação aqui.

FONTE: Departamento de Comunicação e Marketing FESP/UEMG



Notícias por ANO e MÊS

Calendário de Noticias e Eventos

<<  abril 2021  >>
seteququsedo
2930311234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293012
3456789