Participantes na Mini-Maratona no ano passado.

Estão abertas até o dia 18 de novembro as inscrições para a 6ª Mini-maratona promovida pela Fundação de Ensino Superior de Passos (FESP/UEMG) que acontecerá no dia 20 de novembro. Este ano serão distribuídos 7 mil reais em prêmios. As inscrições podem ser feitas pelo site da FESP (www.fespmg.edu.br) ou no SAE (Serviço de Atendimento ao Estudante), que fica no Bloco 2 à Rua Dr. Carvalho, 1147.

As categorias são divididas por idade e as provas pela distância a ser percorrida, sendo 2 km para a corrida infantil, 4 km para a caminhada, corrida de 5 km e 10 km para a mini-maratona. (confira tabela abaixo com a relação de categorias)

O regulamento da Mini-maratona determina que as inscrições poderão ser encerradas antes da data prevista se atingirem o número de 250 inscritos em cada categoria. Para os participantes da Mini-maratona e da corrida de 5 km é cobrada uma taxa de inscrição no valor de R$ 30. Aos participantes da caminhada é solicitado 1 kg de alimento não perecível para ser destinado a entidades beneficentes de Passos. As categorias mirim e infantil são isentas de taxas.

Numa promoção do curso de Educação Física da FESP o evento é coordenado pelo professor Hélvio Maia. O objetivo principal da Mini-maratona é promover a participação dos alunos do curso que aprendem a organizar um evento. “A participação dos alunos é de fundamental importância. Toda a organização acontece com o apoio deles”, lembra Hélvio.

Em sua sexta edição a competição vem crescendo a cada ano. Para Hélvio é uma oportunidade, não só para atletas, mas para pessoas de toda a comunidade, pessoas que fazem caminhada, por exemplo, de participarem de um evento oficial. “A cada ano há um aumento no número de participantes, esperamos que as pessoas se inscrevam e que a prova deste ano supere todas as expectativas”, disse o professor lembrando que os participantes devem se inscrever com antecedência já que o número de participantes é limitado.
Os participantes da mini-maratona e corrida de 5 km recebem uma camiseta. Os números de identificação e a camiseta serão entregues aos participantes no dia 19 de novembro das 14h às 17h e no dia 20 das 7h até 30 minutos antes de cada prova no Bloco 1 (Prédio Principal) da FESP.

Durante o percurso haverá dois postos para o fornecimento de água e serão disponibilizadas ambulâncias para atendimentos de urgência.

Serão premiados na Mini-maratona as três primeiras equipes e os três primeiros colocados de cada categoria. Nas categorias mirim e infantil (masculino/feminino) também serão premiados os três primeiros colocados..Receberão premiação em dinheiro somente os primeiros colocados na classificação geral e local na prova de 10 km. Na prova de 5 km não haverá premiação em dinheiro. Todos os atletas, da Mini-maratona,corrida de 5km e a caminhada que completarem a prova, receberão medalha de participação. Nas categorias mirim e Infantil os primeiros 25 masculino e feminino colocados receberão medalhas.

Apoiam a iniciativa o Sicoob Crediacip, Vila Rica Hotel, Look Tenis, Supermercado Unissul, o site www.nacorreria.net e a Prefeitura de Passos.

A largada da corrida infantil e caminhada será às 8h15 e da mini-maratona e corrida de 5 km às 9h15. A concentração será em frente ao Bloco 1 da FESP (Prédio Principal) à Avenida Juca Stockler, 1.130.

CATEGORIAS

MASCULINO
Categoria Mirim – 11 a 12 anos (1999 a 2000);
Categoria Infantil – 13 a 14 anos (1997 a 1998);
Categoria A – 15 a 19 anos (1992 a 1996);
Categoria B – 20 a 34 anos (1977 a 1991);
Categoria C – 35 a 45 anos (1966 a 1976);
Categoria D – 46 a 50 anos (1961 a 1965);
Categoria E – 51 a 60 anos (1951 a 1960);
Categoria F – acima de 61 anos (1950 abaixo);
Categoria Única – Corrida de 5 km.

FEMININO
Categoria Mirim – 11 a 12 anos (1999 a 2000);
Categoria Infantil – 13 a 14 anos (1997 a 1998);
Categoria A – acima de 15 anos (1996 abaixo);
Categoria Única – Corrida de 5km.

Fonte: Departamento de Comunicação e Marketing



Professor Firmino Júnior, coordenador dos cursos de Jornalismo e Publicidade e Propaganda; Otávio Kallas; professora Cláudia Arouca Queiroz, coordenadora do curso de Educação Física.

A Fundação de Ensino Superior de Passos (FESP/UEMG) realizou no mês de setembro um concurso para a criação do slogan do curso de Educação Física. O desenvolvimento do slogan teve a participação dos alunos dos cursos de Comunicação Social, Publicidade e Propaganda e Jornalismo.

O slogan foi criado para a divulgação e eventos realizados no curso de Educação Física. Para participar do concurso os participantes deveriam criar um enunciado que tivesse no máximo 90 caracteres com espaço e ser dirigido de forma direta à Comissão Julgadora, os participantes que não atendessem esses requisitos seriam desclassificados.

O vencedor foi o estudante de Jornalismo Otávio Kallas que concorreu com o slogan: “Qualidade de vida e ensino, pratique essa idéia”. “Essa conquista me estimula a daqui pra frente em querer ganhar e participar de outros concursos, além de uma valorização profissional”, exalta Otávio.

Fonte: Departamento de Comunicação e Marketing



Rogério Aoki Romero, secretário-adjunto de Estado de Esportes e da Juventude de Minas Gerais, Claudia Arouca Queiroz, coordenadora do curso de Educaçao Fisica - FESP, Carlos Alberto dos Santos, conselheiro e 2. tesoureiro do CREF6/MG..

A coordenadora do curso de Educação Física da Fundação de Ensino Superior de Passos (FESP/UEMG), professora Cláudia Arouca Queiroz participou nos dias 15 e 16 de setembro do IV Seminário de Educação Física e Ensino Superior, promovido pelo Conselho Regional de Educação Física (CREF 6/MG), realizado em Belo Horizonte.

O objetivo do evento é possibilitar um intercâmbio entre o Conselho e os coordenadores dos cursos de Educação de Física das Instituições de Ensino Superior (IES) de Minas Gerais. Cláudia Arouca esteve em contato com conhecimentos relevantes à área e à formação profissional. O seminário contou com a participação de 73 dirigentes de IES de todo o Estado. De acordo com a participante a temática principal desta quarta edição é o aperfeiçoamento da qualidade da Educação Física.

Em 2012, o CREF 6 realiza em Belo Horizonte mais um evento importante da área, o XIV Congresso Ciências do Desporto e Educação Física dos Países de Língua Portuguesa, com o tema “Desporto: Cultura, Estética e Excelência”. O evento acontecerá no Minascentro, de 2 a 5 de abril de 2012 com renomados profissionais do Desporto e da Educação Física mundial, que farão palestras, simpósios, debates, workshops e mesas redondas. A FESP já se prepara para participar também deste evento.

Fonte: Departamento Comunicação e Marketing



Profº Marcelo Campos

O professor Marcelo Campos Machado, do curso de Educação Física da Fundação de Ensino Superior de Passos, conquistou uma vaga no curso de Mestrado em Gestão Desportiva pela Universidade do Porto, em Portugal. Ele viaja no dia 11 de setembro para São Paulo e de lá embarca para Portugal no dia 12.

Marcelo foi indicado pelo Conselho Regional de Educação Física de Minas Gerais (CREF 6), o qual tem um convênio com a Universidade do Porto. A cada ano é indicado um professor do Estado de Minas para o curso. O currículo de Marcelo foi analisado e classificado em 12º lugar entre todas as vagas do programa de mestrado que são 25 no total mais a indicação do CREF.

O curso tem a duração de dois anos. O professor irá ficar na cidade do Porto até julho de 2012 e depois irá terminar o curso no Brasil, mas com a defesa da dissertação em Portugal. “Estou muito feliz por retornar a ser estudante e fazer um mestrado dentro da minha área, fiquei aguardando este curso que é um sonho”, disse Marcelo.

No Brasil não existe o curso de Mestrado em Gestão Desportiva e a Universidade do Porto está entre as 10 melhores universidades da Europa. Somente três universidades europeias possuem este programa de Mestrado, sendo a do Porto a mais conceituada. A comunidade acadêmica da FESP se sente honrada com a conquista do professor.

Fonte: Departamento de Comunicação e Marketing



Estagiária Bruna em uma de suas aulas.

O projeto Academia Escola, através da Ginástica Laboral, que é desenvolvido na Fundação de Ensino Superior de Passos (FESP/UEMG), está promovendo a qualidade de vida dos trabalhadores sendo considerado um modelo para empresas e instituições de Passos e região. A Ginástica Laboral é definida como um conjunto de exercícios físicos realizados no ambiente de trabalho, atuando de forma preventiva, principalmente nos casos das lesões ocupacionais, como a LER (lesões por esforços repetitivos) e a DORT (distúrbios osteo-musculares relacionados ao trabalho).

Em andamento desde o ano de 2007 o projeto esteve parado em meados de 2009, devido a falta de estagiários com disponibilidade de horários para ministrar as aulas. Os próprios funcionários administrativos da FESP conversavam com a coordenadora do projeto, professora Claudia Arouca Queiroz, solicitando a volta da ginástica. Este ano o projeto está em andamento e promove inúmeros benefícios aos funcionários da instituição.

Para a seleção dos estagiários do projeto é realizado uma entrevista com os acadêmicos e posteriormente passam por um treinamento. Paralelo a esse treinamento os acadêmicos participam de algumas aulas ministradas pela professora responsável, nos blocos da FESP.

O projeto realiza uma coleta de dados a fim de identificar o desconforto postural e de acordo com as regiões mais registradas são programadas as atividades com o objetivo de minimizar as dores ou desconforto. Também é realizado semanalmente, o registro da freqüência dos participantes. Os exercícios físicos são realizados com duração de cinco minutos.

De acordo com a professora Cláudia Arouca, os benefícios da ginástica laboral são muitos. “É visível quando o trabalhador tem a compreensão da importância dessa prática, pois ele está disposto a melhorar sua postura e mudar seus hábitos; há também um aumento da satisfação, melhora a disposição, a relação interpessoal entre os trabalhadores, evita a instalação de vícios posturais”, destaca.

A professora lembra ainda que a prática da Ginástica Laboral é tão eficiente e séria que está em tramitação no Congresso Nacional um projeto de lei (nº 6213/05) que obriga as empresas públicas e privadas que desenvolvem atividades com esforço físico repetitivo, a criar programas de ginástica laboral.

A estudante do 7º período de Educação Física, Bruna de Oliveira Pimenta é estagiária do Projeto Academia Escola, ministra as aulas três vezes por semana às segundas, quartas e sextas. Para ela, o projeto e o acompanhamento dos docentes fazem com que ela desenvolva conhecimentos numa área importante da Educação Física. “Esses treinamentos são semanais e é importante para esclarecer as dúvidas dos alunos. É importante também para discutirmos os desconfortos que ainda persistem ou se surgiram novos incômodos entre os participantes e as medidas que devem ser tomadas”, conta a estudante.

A participação na Ginástica Laboral de cada funcionário não é obrigatória, mas tem adesão da maioria dos funcionários que tem também um momento de descontração. “Sou muito bem recebida pelos funcionários e o projeto tem boa aceitação. Há setores em que a adesão é maior. Convido a todos os funcionários a participarem da ginástica já que o retorno tanto para o corpo quanto para o equilíbrio da mente é grande”, disse Bruna.

Fonte: Agência Escola



Notícias por ANO e MÊS

Calendário de Noticias e Eventos

<<  outubro 2020  >>
seteququsedo
2829301234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930311
2345678