No próximo sábado (08), a FESP junto ao Conselho de Dirigentes das Instituições Superiores de Educação Física do Estado de Minas Gerais (CONDIESEF-MG) realiza do seminário “O trabalho docente em educação física face às atuais políticas públicas na educação básica das cidades das Regiões Centro Oeste, Sul e Sudoeste de Minas Gerais: repercussões nas instituições formadoras”.

O evento acontecerá na FESP e, já com mais de 300 inscritos, irá receber membros do conselho executivo do CONDIESEF-MG, dirigentes de instituições formadoras, professores e alunos das instituições filiadas e demais profissionais de educação física para discutir questões relativas à caracterização do trabalho do professor de educação física nas atuais políticas públicas de educação; os aspectos que envolvem o desenvolvimento de estágios; prática docente e a percepção de formadores e estagiários no campo; sobre o processo de trabalho do professor de educação física; e tem também como objetivo analisar as atuais políticas da educação municipal e estadual, e suas implicações sobre o trabalho docente em educação física e para as instituições formadoras.

Sete instituições de ensino superior da região serão representadas por docentes e discentes durante o período das 8 da manhã às 17 horas na FESP, onde participarão de grupos temáticos de trabalho (GTT) diversos, da mostra de trabalhos práticos e oficinas pedagógicas, e da mesa redonda que vai debater a Resolução nº 2253 da Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais, que estabelece, dentre outras normas, a não necessidade de um profissional especificamente diplomado em Educação Física para ministrar aulas para crianças do Ensino Fundamental nas escolas. Além disso, uma edição especial vai expor o projeto de extensão “Praça Viva” do curso de Educação Física que leva lazer, esporte e diversão para a comunidade de Passos e região.

“Este é um grande evento que a FESP está realizando em parceria com o CONDIESEF e com o apoio do Conselho Regional de Educação Física da Sexta Região – CREF6/MG. Esta é uma oportunidade de nos aproximarmos de outras instituições de ensino para trocarmos conhecimentos e vivências e também de fortalecermos o profissional de educação física porque este é um evento pedagógico, acadêmico e também político”, declarou Cláudia Arouca, professora coordenadora do curso de Educação Física da FESP.

Professores das redes públicas estaduais e municipais podem realizar sua inscrição entrando em contato pelo telefone 3529-6092. Todos os participantes receberão certificado e as vagas são limitadas.

 

Confira a programação completa do Seminário:

8h às 10h – Bloco 8 – Auditório Professor Armando Righetto

Credenciamento / Cerimônia de abertura / Coffee Break

10h às 12h – Bloco 1

GTT1 (Auditório) – A descaracterização do trabalho do professor de Educação Física nas atuais políticas públicas de educação na região

Centro Universitário do Sul de Minas – Varginha

Universidade Vale do Rio Verde (UNINCOR) – Três Corações

GTT2 (Sala 101) – Estágios e prática docente

Centro Universitário da Fundação Educacional Guaxupé – Guaxupé

Instituto Superior de Educação de Divinópolis – Divinópolis

GTT3 (Sala 102) – Projetos escolares X Aula de Educação

Faculdade Calafiori – São Sebastião do Paraíso

Centro Universitário de Formiga (UNIFORMG) – Formiga

GTT4 (Sala 103) – Projeto de Extensão: Uma fonte rica para a prática de esporte e lazer para as comunidades e para a formação do profissional de educação física 

Faculdades Integradas do Sudoeste Mineiro – FESP Passos

Escola Superior de Educação Física de Muzambinho (IF Sul de Minas) – Muzambinho

13h às 15h - Bloco 8 – Auditório Professor Armando Righetto

Mostra de Trabalhos Práticos e Oficinas Pedagógicas

13h às 15h – Bloco 1 – Sala 101

Reunião CONDIESEF e Coordenadores GTTs

15h às 16h Bloco 8 – Auditório Professor Armando Righetto

Mesa Redonda – Resolução nº 2253

16h às 17h – Auditório Professor Armando Righetto

Cerimônia de encerramento

 

FONTE: Departamento de Comunicação e Marketing FESP/UEMG



A Feira Livre que acontece no Centro da cidade mineira de Piumhi recebeu o projeto Praça Viva na manhã do último dia 27. Durante o evento, estudantes e professores do curso de Educação Física da FESP coordenaram diversas atividades recreativas para cerca de 1.100 crianças e adolescentes da faixa etária de 5 a 14 anos.

O Projeto “Praça Viva FESP” é um projeto de extensão tradicional que proporciona lazer e diversão para as comunidades de Passos e região através de brinquedos infláveis, cama elástica, esporte adaptado, xadrez, jogos de mesa, oficina de artes e atividades recreativas elaboradas pelos acadêmicos do Curso de Educação Física da FESP durantes suas aulas na disciplina “Recreação e Lazer”.

Este ano, a novidade é que estão disponíveis também atividades físicas e rítmicas para grupos da terceira idade que participaram avidamente dos exercícios durante a realização do evento. “Foi um sucesso”, disse o professor Itamar José de Oliveira, coordenador do “Praça Viva FESP”.

Piumhi foi a primeira cidade da região a receber o projeto que, normalmente, tem edições mensais. De acordo com o cronograma do “Praça Viva FESP”, o próximo evento será realizado na cidade de São João Batista do Glória.

FONTE: Departamento de Comunicação e Marketing FESP/UEMG



A FESP oferece aos docentes dos cursos do Núcleo de Ciências Acadêmicas Biomédicas e da Saúde um treinamento de capacitação para uso dos equipamentos e produção científica em fisiologia do exercício e saúde no Laboratório de Cineantropometria e Fisiologia do Esforço (LaCiFE). 

O evento, que acontece hoje e amanhã, faz parte da parceria firmada entre o curso de Educação Física da FESP e os professores da UNESP de Rio Claro, que visa a intensificação das pesquisas no LaCIFE. O Laboratório da FESP possui sofisticados equipamentos para análise de lactato, glicemia e gases, servindo pesquisadores na área de saúde e performance humana (atletas).

De acordo com o docente do curso de Educação Física da FESP professor Jean Silva, que também é um dos coordenadores do evento, esta capacitação será oferecida, primeiramente, para nortear temas de possíveis pesquisas a serem desenvolvidas e também para qualificar professores na utilização dos equipamentos do laboratório. Em seguida o alvo será a produção de trabalhos científicos para publicação e a implantação de programas de saúde e qualidade de vida em Passos. “Uma vez instruídos sobre o uso dos equipamentos teremos a possibilidade de formar grupos de estudos e de pesquisa na área de saúde bem como construirmos projetos multidisciplinares para o crescimento da FESP em produção científica e prestação de serviços à comunidade”, explicou Jean.

Um dos convidados para ministrar o treinamento no LaCIFE é o professor mestre Leandro Pereira de Moura, da UNESP de Rio Claro. Mestre em Ciências da Motricidade e doutorando pela UNESP e UNICAMP de Limeira, o pesquisador atua na área das observações endócrino-metabólicas e moleculares dos benefícios trazidos pelos exercícios físicos contribuindo para a saúde do indivíduo.

Segundo Leandro Pereira de Moura o treinamento será uma forma de discutir temáticas emergentes em pesquisas científicas na área da saúde e acredita que é, também, uma oportunidade vantajosa para troca de conhecimento. “Tratando de ciências, a formação e união de grupos de pesquisas favorecem o desempenho intelectual de nós cientistas. Espero que este seja o primeiro encontro de muitos. Em conversa com alguns professores da FESP percebi que estão ávidos para transmitir seus conhecimentos e isso forma uma importante base para trabalhos científicos, a união: ter o trabalho e querer executá-lo”, declarou o professor.

No primeiro dia de treinamento serão feitas exposições de temas relacionados à pesquisa com lactato e glicemia em atletas, idosos e outros, expondo os avanços tecnológicos e suas perspectivas. Da mesma forma também será abordada a análise de gases respiratórios e suas relações com a prescrição de exercícios em diferentes condições. A parte prática do treinamento acontece no sábado, quando será realizada a coleta de dados utilizando os equipamentos do laboratório. As atividades do último dia serão livres para alunos e interessados em saber mais sobre exercícios físicos e obesidade. 

 

Confira a programação completa:

 

03/05 - Sexta-feira 

09h30 -12h - O uso da Lactacidemia e glicemia em pesquisas científicas - Prof. Me. Leandro Pereira de Moura 

14h – 16h - Perspectivas de pesquisas envolvendo análises de gases - Prof. Me. Bruno Smirmaul 

16h – 18h - Manejo do VO2000 e interpretação de parâmetros ventilatórios - Prof. Me. Inaian Teixeira 

19h – 20h40 – Palestra: Exercício Físico no combate à Obesidade e de seus transtornos cerebrais e hepáticos 

 

04/05 – Sábado 

09h30 – 12h - Parte prática com coleta de dados com protocolos incremental e retangular, subsequentemente análises e interpretação dos dados.

 

FONTE: Departamento de Comunicação e Marketing FESP/UEMG



Mais uma vez o projeto Praça Viva da Fundação de Ensino Superior de Passos (FESP/UEMG) foi sucesso na região. Dessa vez a cidade de São Sebastião do Paraíso recebeu o projeto durante as comemorações do “Dia do Cidadão Rural”, realizado no Parque de Exposições da cidade. O Praça Viva FESP foi realizado no dia 24 de março (sábado) das 8h às 16h.

Juntamente com o Escola Viva, o Praça Viva é um evento com atividades promovidas pelo curso de Educação Física com o objetivo de levar lazer, diversão e a prática da cidadania por meio do esporte e recreação para crianças e adolescentes de Passos e região. Em Paraíso, participaram 25 acadêmicos do curso de Educação Física que fizeram o monitoramento das atividades que teve 2.982 atendimentos entre brinquedos infláveis como torre de escalada, futebol de sabão, tobogã e outros.

De acordo com o professor coordenador do projeto, Itamar José de Oliveira Junior, o ponto de destaque do evento foi a oportunidade de uma cadeirante participar dos brinquedos infláveis, chamando a atenção de todos os presentes com a dedicação dos estagiários que contribuíram dando o suporte necessário para que garota realizasse seu sonho de escalar, escorregar, jogar basquete e ainda saltitar na cama elástica. “O sucesso do projeto mais uma vez foi confirmado na região.

Estamos recebendo inúmeros convites para realizarmos eventos em cidades da região. Isso demonstra que estamos tendo resultado, alcançando a consolidação do projeto e levando lazer e alegria para as crianças e adolescentes de todo o sudoeste mineiro”, disse Itamar. No próximo sábado, dia 14 de março, o Educadário Senhor Bom Jesus dos Passos, em Passos, recebe o projeto Escola Viva.

Fonte: Departamento de Comunicação e Marketing



Calouros de Educaçãop Física

A Fundação de Ensino Superior de Passos (FESP/UEMG) promoveu a acolhida aos calouros com o projeto Praça Viva, na última quarta-feira (1º). O projeto, desenvolvido pelo curso de Educação Física, promove atividades de recreação e lazer nos bairros de Passos e foi montado no bloco 6 da FESP, com torre de escalada, cama elástica, tobogã e até um xadrez gigante para recepcionar os novos alunos.

Os cursos disponibilizaram stands com informações sobre os projetos, ações e estrutura acadêmica. De acordo com a coordenadora do curso de Educação Física da FESP, professora Cláudia Arouca Queiroz a ideia de disponibilizar o projeto Praça Viva e ao mesmo promover uma apresentação dinâmica dos diversos cursos teve o objetivo de mostrar ao calouro as diversas ações que ele poderá participar durante a graduação.

Depois das atividades na entrada do Bloco 6, os alunos foram para as salas de aula, onde cada curso manteve uma programação específica preparada para o primeiro dia de aula como apresentação do corpo docente, grade curricular e outros. Até sexta-feira os alunos ainda conhecerão a biblioteca e outros blocos que a instituição possui na cidade.

A proposta da recepção lúdica faz parte da política da FESP que proíbe os tradicionais trotes promovido por veteranos aos calouros. Por isso, cada curso prepara uma atividade que promova a interação dos estudantes de forma harmoniosa e que contribua para a formação dos universitários. “O trote solidário é uma prática comum no início de cada semestre na FESP. Nas próximas semanas vários cursos promovem essa atividade com objetivos diversos como arrecadar alimentos para instituições beneficentes da cidade, por exemplo”, explica o presidente do Conselho Curador da FESP, professor Fabio Pimenta Esper Kallas.

Os estudantes aprovaram a ideia e a animação marcou o entrosamento entre calouros e veteranos. “O pessoal me recebeu muito bem. Isso aumentou ainda mais a expectativa para o curso. A FESP é uma instituição de ensino muito boa e estou muito feliz por tê-la escolhido para fazer um curso superior”, disse a caloura Crenilda de Souza Silva. O colega Bruno da Silva Silveira também concorda: “Estou satisfeito com essa recepção e também com a escolha do curso que fiz. Sempre gostei de esportes, desde criança jogo capoeira, pratico diversos esportes e por isso resolvi fazer o curso de Educação Física, por já estar ligado com a prática esportiva. Nós, calouros, estamos começando uma nova fase em nossas vidas”, disse Bruno.

Fonte: Departamento de Comunicação e Marketing



Notícias por ANO e MÊS

Calendário de Noticias e Eventos

<<  outubro 2020  >>
seteququsedo
2829301234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930311
2345678