O Ambulatório Escola (AMBES) da Fundação de Ensino Superior de Passos (FESP/UEMG) está oferecendo até o dia 6 de maio testes rápidos de detecção da hepatite C, com o apoio da indústria farmacêutica Roche. Qualquer pessoa pode se submeter ao teste tanto residentes de Passos como moradores de cidades da região.

O exame é totalmente gratuito e os interessados devem procurar o Ambulatório Escola, à Rua Sabará, 164 no horário das 8 às 11h e de 13h30 às 16h30. Todo o material utilizado é descartável, o exame é similar ao teste de glicemia e não é preciso estar em jejum. O resultado sai em torno de 10 minutos.

Conforme informou a coordenadora do AMBES, a enfermeira Andréa Pizol, a hepatite C é uma inflamação do fígado causada pelo vírus de mesmo nome, também conhecido com HCV. A doença que progride lentamente durante anos, apresenta uma fase assintomática na maioria dos indivíduos infectados. Quando diagnosticada precocemente evita-se que a infecção progrida para a forma crônica.

A Roche – conhecida marca de fármacos – forneceu todo o material para a realização do teste rápido denominado anti-HCV. O apoio surgiu por meio de um projeto anteriormente realizado por Andréa. “Por trabalhar com doenças infectocontagiosas e perceber que a maioria dos resultados são obtidos tardiamente, o  projeto visa identificar precocemente, isto é, na forma aguda, onde com o tratamento adequado e um bom suporte médico, o paciente pode alcançar a negativação da carga de vírus no sangue e viver sem problemas no fígado futuramente”, contou Andréa Pizol.

Estatísticas

Segundo dados levantados pelo AMBES, há em Passos e região aproximadamente mil casos da doença.  O trabalho realizado com a hepatite C no ambulatório é realizado por meio de parcerias com a Prefeitura Municipal de Passos. “O AMBES se tornou porta de entrada dos pacientes com hepatite C pelo fato de ser um centro de atendimento e referência no trabalho com doenças infectocontagiosas”, lembrou Andréa.

A principal iniciativa para o combate da doença é a promoção de campanhas preventivas e de esclarecimento da sociedade. A enfermeira destaca que uma atenção maior é dada para alguns casos específicos que passam a ser denominados de população de risco. Entre eles estão indivíduos que receberam transfusão de sangue ou hemoderivados antes de 1993, usuários de drogas injetáveis, inaláveis ou “pipadas” (crack) e que compartilham os equipamentos de uso, pessoas com tatuagem, piercings ou que apresentem  outras formas de exposição percutâneas e além dos casos de riscos de transmissão sexual e de transmissão vertical (da gestante para o bebê).

A partir do diagnóstico positivo, o paciente é encaminhado para início do tratamento. As consultas são agendadas com médica infectologista. Os medicamentos e exames são disponibilizados através do SUS.

De acordo com Andréa, a hepatite C tem cura. A enfermeira destaca que o vírus da doença infecta aproximadamente 170 milhões de pessoas no mundo, sendo 2 milhões só no Brasil. “Existem tratamentos que ajudam a combater o vírus, impedindo que ele danifique ainda mais o fígado. Por isso estamos constantemente trabalhando na prevenção e diagnóstico precoce”, reforçou a coordenadora do AMBES.

O Ambulatório Escola é conhecido regionalmente pelo constante trabalho realizado na prevenção e tratamento de pacientes HIV positivo de Passos e mais 23 municípios. Além disso a unidade é Centro de Referência para o programa Viva Mulher e Hepatites Virais. O atendimento é de segunda a sexta-feira e os telefones para contato são 3529 8029 ou 3529 8030.

Fonte: Agência Escola



A Universidade do Estado de Minas Gerais, UEMG, inaugurou mais uma unidade associada na cidade de Leopoldina, na última quarta-feira, dia 27. A faculdade foi implantada na Escola Estadual Sebastião Silva (Polivalente).

O presidente do Conselho Curador da FESP e subsecretário de Ensino Superior de Minas Gerais, professor Fábio Pimenta Esper Kallas, representou Narcio Rodrigues, secretário de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Sectes) na solenidade de inauguração.

O evento fez parte das comemorações dos 157 anos de emancipação político-administrativa do município de Leopoldina, localizado na Zona da Mata, a 230 quilômetros de Belo Horizonte.

Fonte: Agência Escola



A Faculdade de Direito de Passos (FADIPA) e a Faculdade de Serviço Social de Passos (FASESP), unidades da Fundação de Ensino Superior de Passos (FESP/UEMG) vão promover nos dias 3 e 4 de maio o IX Fórum Jurídico-Social. O evento traz este ano o tema “Direito e Serviço Social: reflexões interdisciplinares”. O objetivo principal é trazer uma colaboração através da temática da valorização do trabalho em conjunto das duas áreas.

No primeiro dia haverá comunicação de artigos científicos às 8h no Auditório Professor Armando Righetto, Bloco 8. Para a diretora da FASESP, Carla Alessandra Santos Pimentel Caixeta de Melo, a produção científica que envolve professores, acadêmicos e profissionais de várias áreas, vai ao encontro da valorização das reflexões interdisciplinares propostas pelo evento. “Os artigos serão publicados nos anais do IX Fórum Jurídico e Social e haverá apresentações orais  através de comunicações na terça-feira pela manhã, aberto ao público em geral”, disse.

As palestras vão acontecer às 19h no plenário da Câmara Municipal de Passos. Na terça-feira a palestrante convidada é a juíza da 12ª Vara de Família da Comarca de Belo Horizonte, Ângela de Lourdes Rodrigues. Ela é mestre em Direito Processual pela PUC-MG (Pontifícia Universidade Católica) e ex-coordenadora da Central de Conciliação de Belo Horizonte. A palestra terá como temática “Um reflexo da interdisciplinaridade do Direito e Serviço Social”.

Na quarta-feira o tema continuará em discussão com a abordagem “O Serviço Social e o Direito: construções coletivas”, que será apresentado pela palestrante Nayara Hakime Dutra Oliveira. Ela é professora-doutora do Departamento de Serviço Social da UNESP – campus de Franca (SP) e autora do livro “Recomeçar: família, filhos e desafios”, uma publicação digital da editora UNESP.

A FESP disponibiliza o Núcleo de Práticas Jurídicas - Escritório Escola Jurídico e Social que oferece a prestação de serviços gratuitos à comunidade. Para Carla, o Fórum vem contemplar as ações efetivadas pelo escritório com relação à extensão universitária. “Promovemos assim um intercâmbio entre o ensino superior e a comunidade”, lembra.

A professora Camilla Machado, uma das organizadoras do evento, destaca que um evento como esse é espaço aberto para a discussão não só do meio acadêmico, mas de toda a sociedade. “É uma oportunidade na qual a sociedade pode receber informações acerca do tema de discussão, conhecendo melhor as possibilidades de direitos e acesso no respectivo setor e também apresentar seu posicionamento, bem como discutir as necessidades, as dificuldades de acesso ao serviço.” Ela destaca ainda que o debate da interdisciplinaridade das duas áreas contribui para uma execução mais eficiente e eficaz das demandas sócio-jurídicas.

O evento é aberto ao público em geral. Para participar é necessário fazer a inscrição no Serviço de Atendimento ao Estudante (SAE), com o pagamento de uma taxa simbólica no valor de cinco reais.

Fonte: Agência Escola



Um grupo de 13 alunos dos cursos de Letras e Matemática da Fundação de Ensino Superior de Passos (FESP/UEMG), acompanhados pelo professor Júlio César Machado visitaram o Museu da Língua Portuguesa, em São Paulo. A viagem teve o objetivo de propiciar aos visitantes outros “olhares” para a Língua Portuguesa, além dos livros didáticos.

Para o professor Júlio o museu é uma das poucas iniciativas que permitem vislumbrar o português de forma interdisciplinar, cultural, mais interacional que gramatical ou cheia de regras. “O Museu da Língua Portuguesa consegue por em relevo o que todo professor desta disciplina quer e, às vezes, não consegue que é evidenciar que o português é "além-letras", cheio de vida, útil para tudo e não um conjunto de regras antigas guardadas em um livro, que a gente vê na escola e depois esquece tudo. Não conseguimos viver em nenhum âmbito no Brasil sem o português”, disse.

“A participação dos alunos da FESP em passeios, visitas e eventos fora de Passos é uma tradição, o que evidencia o papel da instituição em promover a aprendizagem global do aluno, integrando-o junto à vida e aos aspectos da sociedade”, afirma o presidente do Conselho Curador, professor Fábio Pimenta Esper Kallas.

“A FESP é uma instituição com uma filosofia moderna e ousada que põe crédito em eventos extra-classes promovendo o enriquecimento dos alunos para serem bons profissionais no futuro”, comentou Júlio.

O passeio ao Museu da Língua Portuguesa é mais uma forma dos cursos da Faculdade de Filosofia de Passos (Fafipa) de proporcionar experiências inter-regionais e aulas não convencionais. Os alunos que participaram da excursão ficaram satisfeitos com o conhecimento adquirido.

Fonte: Agência Escola



A Faculdade de Engenharia de Passos (FEP), unidade da Fundação de Ensino Superior de Passos (FESP/UEMG) promove hoje a Aula Magna do Curso de Engenharia de Produção. O palestrante convidado é o engenheiro de produção Erik Weide. O evento acontece às 19h no auditório do Bloco 1 (Prédio Principal) da FESP.

A organização do evento ficou a cargo do professor Fernando Piero Laugeni e do diretor da FEP, o professor Manoel Reginaldo Ferreira. Como tema da palestra Erik vai debater “O futuro da Engenharia de Produção: mesa redonda e debates orientativos”. Erik Weide é formado em Engenharia de Produção Plena pela UFOP (Universidade Federal de Ouro Preto), com ênfase em Gerenciamento da Produção e Planejamento Energético. Possui pós-graduação em Gerenciamento de pessoas em processos industriais e diversos outros cursos de especialização realizados inclusive no exterior, em Paris, por exemplo.

De acordo com o palestrante, o tema destina-se a dar orientações para a carreira de um engenheiro de produção. “Vou apresentar o caso de sucesso da DELL e estratégias vencedoras de profissionais na área”, adiantou Erik.

As palestras de Aula Magna já são tradição na FESP. A prática procura colocar os alunos, principalmente os calouros, em contato com profissionais que atuam na área, para que possam consolidar seus conhecimentos. O evento é aberto e gratuito.

Fonte: Agência Escola



Notícias por ANO e MÊS

Calendário de Noticias e Eventos

<<  janeiro 2020  >>
seteququsedo
303112345
6789101112
13141516171819
20212223242526
272829303112
3456789