Rondon 2010 - Operação Centro-Nordeste

by souza 8. September 2009 08:33

olá pessoal, já saiu o edital das operações para janeiro de 2010

segundo o site da defesa a Operação Centro-Nordeste será realizada nos Estados de Alagoas, Bahia, Goiás e Tocantins, no período de 16 de janeiro a 8 de fevereiro de 2010

para todos que se interessam pelo projeto, fiquem muito atentos ao site, logo será divulgado as datas para as primeiras reuniões da FESP com o objetivo de preparar as propostas

por enquanto, podem começar lendo os editais: https://www.defesa.gov.br/projeto_rondon/index.php?page=operacoes2010

 

 

Operação Centro-Norte em Janeiro de 2009 - Entrega dos Certificados

by souza 29. May 2009 15:02

enquanto nos preparamos para a próxima operação, foi realizada no dia 7 de maio uma cerimônia aqui na FESP para a entrega do troféu de participação recebido do Ministério da Defesa ao presidente curador e a entrega aos rondonistas do certificado de participação...

foi emocionante, com a apresentação do vídeo com fotos da operação e testemunho dos rondonistas a respeito do que viveram durante todos os trabalhos... o que todos puderam perceber foi a grande mudança que tudo represntou na vida de todos que participaram, a grande bagagem de experiência que veio com todos de volta de Mimoso de Goiás.

algumas fotos do evento:

 



   

Tags: , , , , , , , , ,

souza

Videoclip da Operação Centro-Norte 2009

by flavio 8. May 2009 12:09

 

Operação Centro-Norte em Mimoso de Goiás:

 

<object width="480" height="385"><param name="movie" value="http://www.youtube.com/v/l4RFBGQ6AEg&hl=pt-br&fs=1&color1=0x234900&color2=0x4e9e00"></param><param name="allowFullScreen" value="true"></param><param name="allowscriptaccess" value="always"></param><embed src="http://www.youtube.com/v/l4RFBGQ6AEg&hl=pt-br&fs=1&color1=0x234900&color2=0x4e9e00" type="application/x-shockwave-flash" allowscriptaccess="always" allowfullscreen="true" width="480" height="385"></embed></object>

Projeto Rondon por Sgto. Lisandro

by flavio 31. March 2009 12:48

Não havia imaginado que, ao lançar-me como voluntário a participar do Projeto Rondon, estaria presenteando a mim mesmo com uma experiência única e inesquecível. Imaginava mais uma missão. Talvez um pouco diferente daquelas que habituei-me a cumprir, pois atuaria em um trabalho de campo, envolto pela essência acadêmica. Apesar de ter cursado nível superior, nunca tivera a oportunidade de participar de uma atividade dessa magnitude.

Fui agraciado pela sorte que colocou em meu caminho duas excelentes equipes de estudantes e professores. Estes imbuídos de bem orientar e coordenar todos os trabalhos, aqueles empolgados com a possibilidade de colocar em prática os conhecimentos adquiridos em sala de aula, de transmitir valores e de contribuir para o engrandecimento de uma pequena comunidade. Todos sensibilizados pelo espírito da solidariedade e da fraternidade. Diante de motivações tão nobres, somadas ao caráter, inteligência, desprendimento, abnegação e amor ao próximo, o resultado não poderia ser diferente, uma missão cumprida com louvor. O sentimento de esperança era transmitido em cada contato com a população, em cada palestra, em cada visita. Os rondonistas deixavam um rastro de alegria por onde passavam, mas não só isso, ensinavam, despertavam no coração dos membros daquela comunidade o desejo de crescer, de mudar a realidade, de viver a cidadania plenamente.

Foram dias de trabalho intenso e desgastante. O sol e chuva disputavam a companhia dos rondonistas, travavam uma luta feroz. O astro rei dominava o cenário com seus raios escaldantes, mas sua opulência não foi capaz de sequer diminuir a vontade do rondonista. Este seguia, valente, empunhando a bandeira da solidariedade, sem se deixar abater pelo calor e cansaço. Não obstante as diferenças culturais e de personalidade dos componentes das equipes, a empatia prevaleceu, o consenso e composição de interesses e idéias nortearam os debates e as decisões, assim, as atividades fluíram naturalmente, as dificuldades foram superadas e os guerreiros de Rondon conseguiram concluir todos os objetivos que haviam traçado. A população de Mimoso viveu intensamente o espírito rondonista e chorou na hora da despedida, tendo por único consolo os abraços dos estudantes e professores e as palavras de incentivo e de esperança..

A Operação Centro-Oeste, em Mimoso de Goiás, operou grandes mudanças na alma desses jovens estudantes, tornou-os verdadeiros profissionais, dedicados educadores, orgulho seus professores. Os ensinamentos que transmitiram foram recebidos com muito carinho e respeito pela população mimosense. Os frutos destes, com certeza, irão brotar e revelarão naquele município grandes multiplicadores que se incumbirão de perpetuar o ideal da busca do progresso por meio da ação social efetiva.

Tenho orgulho ter trabalhado com esses digníssimos cidadãos, verdadeiros amigos. Com eles aprendi muito como profissional e cidadão. Os momentos difíceis, os de descontração, os de tristeza, seus risos, suas idéias, suas manias, seus regionalismos, tudo encantou e cativou, tudo ficou registrado na memória. A distância e o tempo tornam a saudade mais cruel, mas não são capazes de diminuir esse sentimento.

                                                                                                          Sargento Lisandro

                                                                                                                                                          lisandroapaz@hotmail.com

 

Concluindo a missão...

by souza 8. February 2009 14:51

Já estamos de volta à Passos... todos bem, graças a Deus, saudáveis (com o pelo liso, como disse nosso capitão).

Por enquanto arrumando a bagunça, dormindo um pouco... logo logo postamos o diário final e mais fotos.

t+

Missão cumprida!

by flavio 8. February 2009 13:13

Boa tarde amigos...

Na vida tudo tem um começo e um fim, que chega contra nossa vontade deixando apenas as lembranças e a saudade, aliás, muitas saudades...

Queria deixar uma definição sobre o Projeto Rondon, mas não consigo achar palavras, é algo único...

O que posso dizer quando a Sra. Abadia me diz que agora quando seu netinho chamar para ajudá-lo no computador ela vai poder fazer alguma coisa... Ou quando a Sra. Francisca conta que nunca aprendeu tanto em uma semana... Quando uma das várias Anas que não lembro o segundo nome agradece por ter tanta paciência e ensinar tão bem... E quando Dona Terezinha se despede chorando agradecendo por tudo e dizendo que somos pessoas especiais depois de nos dar presentes... Ou quando todos nos pedem: Voltem! É difícil explicar o que acontece conosco durante o projeto e mais ainda descrever nossos sentimentos!

Não posso também deixar de lembrar dos amigos que fizemos em Mimoso: Mauro do bar (sempre fazendo um agrado), Leandro, Geffeson, Rui, lembrando só daqueles que frequentaram nossa casa (a pensão da D.Maria que até a camionete dela emprestou p/ gente passear) para não falar todo mundo e esquecer de alguém.

Falando em amigos é impossível deixar de lado nossos rondonistas, que foram colegas, companheiros, amigos e irmãos em Mimoso: Prof. Anderson, Prof. Adenilson, Daniela, Damaris, Douglas, Kléber, Simone, esses de Passos, e de Ponta Grossa, Prof. Fernando, Profª. Lilian, Cristina, Dayane, Geronimo, Luiz Fernando (Gaúcho), Melina e Polyanna, lembrando ainda de nosso Anjo, o Sgto. Lisandro. Queria dizer uma palavra para cada um mas não consigo, não há palavras e a emoção de novo toma conta lembrando cada momento juntos... Amigos que guardarei para sempre em minhas memórias e coração por tudo que passamos juntos e que talvez nunca mais veja...

Queria por uma foto nossa que demonstrasse um pouco deste sentimento, mas só tenho na memória... Nossa reunião, sentados no chão em frente a Base Área de Brasília, com toda aquela emoção poucos minutos antes do embarque e os abraços de despedida em meio a muito choro e ao nosso canto: Se rondonistas querem ser...

Como palavra final, uma frase de nosso grito de guerra ensinado pelo Sgto. e lembrada pela Profª. Lilian na partida: Somos alunos de elite!

 

Chega ao fim a Operação Centro-Norte, Verão 2009

Rondon, Lição de Vida e Cidadania

 

Diário de Bordo - Dias 11, 12, 13 e 14

by souza 5. February 2009 13:46

Segunda, terça, quarta e quinta... dias de muito trabalho, reuniões, boas conversas com a comunidade...

Durante este período tivemos diversos cursos, todos com boa frequência, principalmente de pessoas comprometidas, interessadas...

Também tivemos reuniõs diversas, duas delas bem interessante envolvendo os membros de uma sociedade de artesãos, costureiras etc... foi bem produtiva...

Ontem foi uma visita a uma comunidade rual (quilombolas) que foi marcante para todos que tiveram esta oportunidade.

Como já muito falado em outros posts, as pessoas estão sendo bem receptivas, carinhosas... fica fácil desenvolver bons relacionamentos com todos...

Nesta quinta podemos começar a fazer nosso 'balanço', nossa avaliação do trabalho realizado. Hoje é nosso último dia útil na cidade, amanhã (sexta), saímos às 7 horas da manhã de volta para Brasília...

Nesse momento vários sentimentos se misturam... o sentimento de dever cumprido, mas ao mesmo tempo de que poderíamos ter feito ainda mais. Sentimos muitas pessoas como 'esponjas', que absorveram tudo o que foi dito e feito com grande sede. Parece ser inesgotável a sede dessas pessoas, por isso esse sentimento de que por mais que fizéssemos ainda resta muito por fazer...

Fica também a saudade de casa apertando... da nossa caminha... da família... mas vai ficar também a saudade das pessoas que conhecemos aqui, as amizades conquistadas, os trabalhos realizados em conjunto...

Afinal, rondon é isso, "uma lição de vida e cidadania", deixamos um pouco e levamos infinitamente mais. Graças a Deus até aqui tudo tem corrido bem e, com certeza, Ele estará nos acompanhando no retorno também...

t+

pessoal reunido, faltando damaris que tirou a foto

clique abaixo para mais fotos...

More...

Tags: , , , , , , , , ,

Diário de Bordo | souza

Um dia com os quilombolas

by flavio 4. February 2009 19:30

 

Boa tarde amigos!

Hoje foi um dia cheio, muito interessante..

Alguém sabe o que são quilombolas? São descendentes de escravos e trabalhadores braçais de propriedades rurais que fugiram e formaram pequenas comunidades lutando pelo seus direitos. Em Mimoso de Goiás existe uma comunidade assim que luta há anos pelos seus direitos. Eles ficam há cerca de de 60 km da cidade na beira do rio Maranhão. São pessoas muito humildes e sem contato com o resto do mundo e que sobrevivem com o mínimo de recursos e a ajuda da Secretaria de Ação Social do município.

Chegar lá não é fácil... Acordar de madrugada, com frio, fome, viajando na carroceria de uma camionete durante quase 2 horas, passando por estradas de terra, até chegar a beira do rio onde atrevessamos em uma pequena cano a remo. Um capítulo à parte: rio largo, com correnteza forte, apenas um remo que na verdade era uma pá improvisada e uma qilombola no comando da embarcação que era apenas uma menina.

Entrar em contato com essas pessoas, conhecê-las, viver poucas horas sua realidade... É algo difícil de explicar, só estando lá...

 

 

Clique logo abaixo em "leia mais" e veja mais fotos

More...

Dicas Rondon - Parte 4

by souza 4. February 2009 09:39
Mais algumas antes que me esqueça...

- Durante a fase de preparação, uma atividade muito interessante que o grupo pode fazer é enviar antes de chegarem na cidade as fichas de inscrição para as atividades que exigem isso, além de cartazes com a programação do grupo... Pode ser enviado pelo correio, por e-mail... o que for possível. Esta divulgação prévia ajuda muito já que chegamos na cidade com um tempo muito curto e, tendo a cidade preparada é muito importante. Para as fichas de inscrição é muito bom já enviar em cada uma: o dia e hora da atividade, local, idade (faixa etária que pode se inscrever), quantidade de pessoas e observações importantes (se os alunos precisam levar algum item para a atividade etc).

- se possível pedir para a prefeitura para divulgar bastante as atividades que serão realizadas, divulgação sempre...

- interessante não esquecer de verificar a tensão da rede para onde vão (110v ou 220v). Isto faz parte da viagem precursora. Mas o importante não é só saber, é lembrar de ao levar os equipamentos verificar se são preparados para a tensão do local para não correr o risco de levar um equipamento que não será utilizado no local, carregando peso que ficará sem uso.

- estrutura para internet... se for possível, é bom conseguirmos negociar na precursora uma boa conexão no local onde o grupo irá ficar hospedado. Muitas vezes é oferecido que se utilize a conexão dos prédios públicos da cidade, mas uma conexão no local de hospedagem é muito, muito útil...

- questões básicas como local que vamos ficar, água, comida, colchão... verificar se há diferença nos costumes alimentares... transporte... tudo isto deve ser verificado na precursora e o comando geralmente ajuda bem com estas dicas...

- sobre o empacotamento dos itens que serão levados. Conseguir uma forma fácil e prática para carregar toda a bagagem do grupo é importante. Nós trouxemos duas caixas de monitor CRT, conseguimos colocar tudo, não é muito prático para carregar mas ficou bom. O interessante é lembrar sempre que iremos carregar isto por muito tempo, quanto mais prática a bagagem melhor. Algumas IES constroem uma caixa de madeira grande (2x2x0.50 mais ou menos) com cadeado e pintada... fica bem legal, mas deve-se avaliar a questão do peso e se vamos em um Hércules ou avião comercial... Outra IES utilizou barris de plástico, também interessante. O importante é não trazer nada muito pesado ou difícil de carregar. Se for usar caixas de papelão, lembrar de embalar bem, é bom tentar plastificar a parte de baixo para não estragar nada ao colocar no chão pois pode-se molhar o fundo... e fazer uma alça para carregar...

- por último... beber muita água... (mas cuidado com a qualidade desta!)

Tags: , , , , , , , , ,

souza | Dicas Rondon

Diário de Bordo - Dias 8, 9 e 10

by souza 4. February 2009 08:59

Bom dia a todos... Nunca o lema do Rondon fez tanto sentido como agora: "Lição de Vida e Cidadania".

Realmente este projeto é um curso de vida e de extensão universitária que faculdade alguma teria condição de fornecer. Uma experiência única e até mesmo difícil de descrever para quem não participou ainda. 

O que fica como dica é, se vc ainda não participou, está perdendo uma grande oportunidade. Seja como aluno, seja como professor, procure se informar sobre o projeto, participe, faça parte desta experiência... você vai ficar exausto, muitas vezes estressado... com saudades de casa, da comida de casa, da sua cama... enfim, dificuldades há, mas o retorno não tem preço!

Mas, chega de conversa e um pequeno relatório para vermos o que foi feito nos últimos dias...

Tivemos várias atividades nos últimos dias, cursos de artesanato, cursos de empreendedorismo, trabalhos junto ao conselho tutelar etc etc... semana cheia e o final da semana chegou com muita atividade também, no sábado foi realizado um casamento coletivo organizado pela equipe do paraná. Esteve bem movimentado, 5 casais acertaram sua união e alguns fugiram... mas ficou muito bom, o pessoal gostou muito.

No domingo tivemos nosso 'dia de folga'. Foi um dia muito gostoso visitando uma pousada da região (pousada da vovó). Lugar lindo, muito bem organizado e o pessoal aproveitou muito (aproveitou até demais da hospitalidade!), comemos muito, nadamos... fizemos uma visita à uma nascente muito bem estruturada e com um lado maravilhoso, uma das nascentes mais bonitas que já vi... tivemos até aventuras com uma tempestade com vento fortíssimo e na volta fomos obrigados a esperar uma barragem baixar o nível da água para conseguir passar com o veículo... considerando tudo foi uma experiência maravilhosa e agradecemos à prefeitura que proporcionou esse passeio importante para 'recarregar as baterias'...

Vamos para mais algumas fotos para acompanharem o que estamos fazendo:

pessoal reunido após um longo dia de atividades... 

clique abaixo para mais fotos...

More...

Tags: , , , , , , , , ,

souza | Diário de Bordo

Blog da FESP

Localizada em Passos (MG), vinculada à UEMG (Universidade do Estado de MInas Gerais)

Calendar

<<  August 2019  >>
MoTuWeThFrSaSu
2930311234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930311
2345678

View posts in large calendar

Comentários Recentes

Comment RSS