O cantor, compositor e multi-instrumentista Thalles Roberto, visitou a FESP nesta semana para conversar sobre os últimos preparativos para o 1º Festival Gospel Canta FESP Thalles Roberto, que teve mais de 60 inscritos de diversas regiões do país e também estrangeiros. Os 15 selecionados vão se apresentar no dia 04 de novembro, em São João Batista do Glória, onde o artista estará presente como membro especial do corpo de jurados. 

Thalles Roberto se mostrou empolgado com o projeto: “Nossa música brasileira de qualidade surgiu nos festivais. Os grandes nomes da MPB como Gilberto Gil, Gal Costa, Caetano Veloso, Osvaldo Montenegro e todos os nomes sólidos da nossa música vieram dos festivais, então, quando nós voltamos com os festivais, nós trazemos à tona as pessoas que sonham, que acreditam e que vão ser avaliadas por profissionais capacitados e, filtrando, vamos conseguir ter profissionais melhores, boa música no futuro. Eu sou um apaixonado por festivais, principalmente porque eu nasci num deles então sou muito feliz de poder participar e ceder meu nome para este festival e acredito que a gente possa se tornar uma referência nacional em festival de música gospel”, afirmou.

Thalles Roberto foi recebido no Conselho Curador da Fundação e falou sobre sua trajetória, as dificuldades do início da carreira e da importância do projeto para incentivar jovens artistas que enfrentam muitos desafios pela escolha profissional. “Não é como fazer uma faculdade, tirar um diploma, você tem que viver correndo atrás e provando que é bom porque ninguém apóia um jovem a ser músico, a não ser que o pai também tenha uma tendência muito grande para a música. É sempre assim – ‘Pai eu quero ser músico! – ‘Não meu filho, músico não é profissão!’ Então, quando alguém chega, dá uma premiação, dá um palco, um microfone e coloca um público na frente, o cara se sente motivado ao extremo. É uma oportunidade fantástica de mostrar o trabalho para as pessoas”, avalia o músico. 

Durante a visita à FESP, o artista conversou com o presidente do Conselho Curador da FESP, professor Fabio Pimenta Esper Kallas, e conheceu os projetos culturais já executados na Fundação, como Festival Canta FESP, Festival Selton Mello, Festival de Hip Hop e teceu vários elogios. “Eu acho o Fabio um cara sensacional, um cara honesto, capaz, muito íntegro e humilde, é uma pessoa que se dá com as outras pessoas e esse é um dos motivos pelos quais eu estou aqui. Eu tenho muita coisa para fazer, minha vida é muito corrida, já cheguei a fazer 30, 35 shows por mês, não tenho tempo para nada. A família tem que viajar comigo, aeroporto, shows e é realmente muito corrido. Quando veio essa oportunidade eu pensei: ‘nossa, mais uma coisa pra fazer, na minha cidade, quando eu venho para descansar’. Mas um dos motivos pelos quais eu estou aqui é a pessoa do Fabio, é a admiração que eu tenho pelo trabalho dele e como ele leva isso aqui tudo. Ele leva isso aqui no coração, eu o vi falar dos projetos da FESP para daqui a 50 anos e fala com amor. Eu acho que ele ama isso aqui e é bom a gente ficar junto de pessoas que amam o que fazem”. 

Para o presidente da FESP, o festival é mais uma surpresa para o calendário anual de eventos. “Eu costumo dizer que toda vez que nós começamos o ano letivo e nós não temos a noção do que vai acontecer durante o ano porque as coisas vão surgindo, os projetos novos vão nascendo e as oportunidades vindo. O festival gospel, que por uma coisa de Deus, teve o aval do Thalles Roberto, o apoio de todos os pastores de Igrejas da cidade de São João Batista do Glória e da própria Prefeitura de lá vem fazer com que estejamos reafirmando cada vez mais a missão da FESP que é levar desenvolvimento, lazer, cultura e oportunidades para a população. O festival visa especialmente fazer com que aquele garoto tenha oportunidade de se apresentar.  Tenho certeza vai ser um sucesso, que a população toda vai estar conosco na cidade do Glória e o Thalles vai estar lá, recebendo a todos com muito carinho, com o carinho que ele nos recebe sempre, trazendo aquele espírito bom, aquela alma pura. É uma bênção mesmo este festival!”

O festival é coordenado pelas professoras Leila Maria Suhadolnik de Andrade e Sílvia Maria Oliveira Soares Maia, que já desenvolvem vários outros projetos culturais da FESP. O 1º Festival Gospel Canta FESP será voltado para canções originais e inéditas e acontece no dia 04 de Novembro, a partir das 19h no Parque de Exposições Abílio Soares, em São João Batista do Glória. 

FONTE: Departamento de Comunicação e Marketing FESP/UEMG



O Deputado Federal Nilmário Miranda (PT/MG) esteve na FESP para conhecer as instalações do curso de Medicina e defendeu o programa “Mais Médicos”, do governo federal, ressaltando que a apresentação do Projeto do Curso de Medicina da FESP aconteceu em um momento excelente, em sintonia com as ações nacionais para aumentar o número de profissionais. “A FESP deu um show de competência porque aproveitou a oportunidade que o Brasil está querendo enfrentar essa carência de curso de Medicina, essa carência de médicos”, afirmou o deputado.

O deputado visitou os laboratórios de Medicina, conheceu o Novo Campus da FESP e conversou com funcionários e professores sobre a importância da FESP e do curso de Medicina para a região e reafirmou o seu compromisso com a FESP. “Eu já recebi o professor Fabio Kallas em meu gabinete em Brasília e já disse que ele e a FESP podem contar comigo. Eu tenho uma história com Passos, sou um cidadão honorário passense, sou um passense, portanto sou obrigado a contribuir com o progresso econômico, social, político e cultural de Passos e da região”, afirmou o deputado. 

“Receber o Deputado Nilmário Miranda que já tem uma história com a cidade de Passos e toda a nossa região é sempre uma alegria muito grande e ter o seu apoio em Brasília só nos fortalece cada vez mais em continuar trilhando este caminho de contribuir com o desenvolvimento regional através da Educação”, afirma o presidente do Conselho Curador da FESP, professor Fabio Pimenta Esper Kallas. 

Durante o encontro, o coordenador do Departamento Pessoal da FESP e ex-presidente do Conselho Curador da FESP, Antônio José Lemos entregou ao deputado o projeto da Cidade do Saber e da Saúde, que tem como objetivo reunir em apenas um local, uma ampla área próxima à MG-050, o curso de Medicina, Santa Casa de Misericórdia de Passos e todos os núcleos de atendimento na área da saúde. “Este projeto é um projeto a logo prazo e ter o apoio do deputado, que faz parte da base do Governo Federal, é muito importante porque fortalece a base de trabalho da FESP”, avalia o ex-presidente da FESP. 

A diretora do Núcleo Acadêmico de Ciências Biomédicas e da Saúde, Profª Tânia Maria Delfraro Carmo, entregou ao deputado o pedido de apoio para viabilizar recursos para incrementar os laboratórios de Medicina e o acervo bibliográfico. “É uma alegria muito grande receber o Nilmário e ter o apoio dele é de extrema importância. Nós entregamos a ele um pedido de recursos de R$100mil para os laboratórios e mais R$100mil em acervo bibliográfico”, ressalta a diretora.

O deputado também chamou a atenção para a importância de levar o conhecimento acadêmico ao interior dos estados. “O ministro Alexandre Padilha, que por sinal é daqui da região, da cidade de São Pedro da União, costuma dizer que só vamos conseguir levar médicos para a periferia e para o interior quando levarmos a Faculdade de Medicina para o interior, tem que interiorizar, não tem outro caminho”, disse o deputado que também lembrou a importância da atuação política do colega Odair Cunha, principal articulador político em defesa do curso de Medicina da FESP. “O Odair Cunha é talvez o grande político do Sul e Sudoeste de Minas e ele tem grande sensibilidade social, ele tem, é claro, preocupação com o café, com várias entidades econômicas, mas, sobretudo essa preocupação com os mais pobres, e para pensar na promoção dos Direitos Humanos de todos você tem de vincular com a Educação e esse apoio ao curso de Medicina da FESP é totalmente coerente à trajetória que ele percorreu até hoje”, disse. 

FONTE: Departamento de Comunicação e Marketing FESP/UEMG



O presidente do Conselho Curador da FESP, professor Fabio Pimenta Esper Kallas, recebeu o Deputado Federal Odair Cunha (PT/MG), na noite da última quinta-feira. A visita foi motivada pelo interesse do deputado em acompanhar de perto os preparativos para a abertura do curso de medicina na FESP, projeto desenvolvido em parceria com a Santa Casa de Misericórdia de Passos, que ele vem defendendo prontamente.

Para Fabio Kallas é da maior importância o apoio que Odair Cunha tem manifestado em favor deste projeto das duas maiores instituições de Passos, FESP e Santa Casa. “Para nós é extremamente importante este apoio pessoal que o deputado tem mostrando para agilizar os tramites do projeto em Brasília para recebermos in loco a comitiva de avaliadores do MEC e liberar nosso tão sonhado curso de medicina. Ele acompanha de perto nosso esforço diário, contribuindo para o alcance deste objetivo que é dele também. Esta visita só demonstra que nós estamos trabalhando na medida e no caminho certo e estamos cada vez mais perto de alcançar a nossa meta”, destacou Fábio Kallas.

Odair Cunha declarou que defende todas as iniciativas que fomentam a produção de conhecimento e por isso valoriza seu trabalho no que se trata da FESP. “Nós sabemos que a FESP colabora na construção do saber de inúmeras pessoas e isso merece nosso apoio, nosso incentivo e este é o sentido da minha visita aqui hoje. Queremos que a cidade cresça e se desenvolva, que FESP e a Santa Casa tenham a oportunidade de darem o melhor de si. Queremos um ambiente onde as pessoas trabalhem juntas pela nossa querida Passos. Nossa função é de reforçar o trabalho da FESP, da Santa Casa, das instituições, e de homens e mulheres de bem que acreditam em Passos, no seu potencial e sabem que a cidade pode ser mais e melhor”, declarou.

Sobre o seu empenho quanto à abertura do curso de medicina na FESP, Odair Cunha comentou que é um grande passo em direção a uma melhora na qualidade da saúde da população. “O grande desafio hoje é ampliar, de maneira significativa, a quantidade de médicos formados no Brasil. Nós estamos fazendo um grande esforço no país inteiro para garantir qualidade e um número maior de médicos e a FESP vem ao encontro deste objetivo estratégico para Passos e para o Brasil todo”, disse o deputado acrescentando que acredita na aprovação do curso ainda este ano.

Desde 2011 a Fundação está trabalhando no intuito de atender às exigências do MEC que é esperado para fazer visita in loco em Setembro. Dentre os preparativos finais para receber os avaliadores está a conclusão da reforma e ampliação do Prédio Principal da FESP, obra de 1.300 m², com investimento de mais de 1 milhão e meio de reais. 

FONTE: Departamento de Comunicação e Marketing FESP/UEMG


O presidente do conselho curador da FESP, professor Fabio Pimenta Esper Kallas, recebeu um grupo de vereadores da Câmara Municipal de São João Batista do Glória (MG) durante visita institucional realizada neste mês de Maio.

O encontro serviu de oportunidade para que os vereadores pudessem conhecer de perto o trabalho realizado pela FESP, sua estrutura e qualidade de ensino. Os visitantes também propuseram ideias de planos para desenvolver o ecoturismo e hotelaria na cidade vizinha, o que foi recebido com interesse e disposição pelo professor Fabio Kallas.

“Queremos levar o projeto Praça Viva para nossa comunidade”, foi o que pediu Jane da Silveira Castro, que de pronto foi atendida pelo presidente. A vereadora, em nome dos outros membros da Câmara Municipal de São João Batista do Glória, agradeceu as portas abertas da FESP, ressaltando a importância da parceria entre a Fundação e suas cidades vizinhas.

Estiveram presentes também o vereador Joanito da Fonseca e o vice-presidente da FESP, professor Manuel Reginaldo Ferreira.

A visita institucional é coordenada pela relações públicas Paula Monteiro e procura apresentar a excelência de ensino e o trabalho desenvolvido pela FESP, além de sua estrutura e projetos. Toda comunidade está convidada a conhecer a Fundação de Ensino Superior de Passos e os interessados podem agendar uma data entrando em contato pelo telefone (3529-6015) ou pelo e-mail: paula.monteiro@fespmg.edu.br

FONTE: Departamento de Comunicação e Marketing FESP/UEMG



A comissão do Ministério da Educação (MEC) visitou a Fundação de Ensino Superior de Passos para realizar a avaliação in loco que autoriza a instalação do curso de Estética e Cosmética na FESP. O laudo da visita será encaminhado ao MEC com a nota dada pelas representantes do órgão do governo e ficará sobre responsabilidade do Ministério da Educação determinar a abertura do curso.

O presidente do conselho curador da FESP, professor Fabio Pimenta Esper Kallas recebeu a visita como mais uma conquista que a Fundação alcança. “O projeto para o curso de Estética e Cosmética, desenvolvido pelo núcleo de saúde, coordenado pela professora Tânia Delfraro e sua equipe, foi apresentado ao MEC no final de 2012. A comissão enviada pelo MEC fez a avaliação das nossas instalações, do projeto pedagógico, do corpo docente proposto e conseguimos mostrar nosso trabalho. Agora vamos aguardar a aprovação do MEC para a liberação de mais um curso de graduação para nossa escola”, disse.

A Professora Glaucia Pereira Braga, representante do MEC, disse que a estrutura que a FESP oferece a surpreendeu. “Chamou minha atenção o comprometimento da equipe para que se realize um bom trabalho e para que a faculdade possa formar profissionais que venham atender a demanda de mercado da cidade que é eminentemente de prestação de serviço e carente desse profissional do curso que nós viemos fazer o ato avaliatório de autorização. Não posso adiantar o resultado, mas posso parabenizar a Fundação pelo seu compromisso com a educação”, declarou.

Ainda segundo Glaucia, o curso de Estética e Cosmética é interessante pelo fato de que seu mercado consumidor tem crescido consideravelmente nos últimos anos. 

A professora Anete Maria Lucas Veltroni Schiavinatto, também avaliadora do MEC afirmou que a FESP está apostando em um mercado promissor. De acordo com ela “Sem inovação não dá para atender a expectativa de um novo século. A área de estética e cosmética vem mexer não só com a saúde, ela vem agregar valores de qualidade de vida e envolve auto-estima, por isso eu acredito que pela proposta de instalação deste curso a FESP está sendo visionária”, destacou.

Em relação à avaliação feita pelas representantes do MEC, Anete Schiavinatto foi positiva em relação ao que viu na FESP. “Pela nossa experiência de avaliação em visitas a Instituições, confesso que o perfil de ensino de extensão e de pesquisa que a FESP tem realmente é uma oportunidade para que saia daqui um profissional extremamente bem formado. Esse profissional tem espaço no mercado de trabalho e esse curso vem agregar possibilidades porque é uma tendência, o que o mercado está precisando”, afirmou a avaliadora.

A diretora do núcleo acadêmico de Ciências Biomédicas e da Saúde, professora Tânia Delfraro explicou que o futuro profissional formado pelo curso poderá atuar em centros de estética, salões e institutos de beleza, academias de ginástica, consultórios, casas de repouso, estâncias hidrominerais e SPAs. Esse amplo mercado inclui ainda consultorias, indústrias de equipamentos, instituições educacionais e de pesquisa, empresas públicas e ONGs vinculadas à estética. Ao final do curso o tecnólogo estará apto a definir e aplicar, com segurança, tratamentos estéticos corporais, faciais e anexos, terá grande facilidade em buscar as novas tecnologias, equipamentos e produtos, e também vai dominar fundamentos de marketing e visão gerencial, essenciais para o sucesso profissional.

FONTE: Departamento de Comunicação e Marketing FESP/UEMG


Notícias por ANO e MÊS

Calendário de Noticias e Eventos

<<  julho 2019  >>
seteququsedo
24252627282930
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930311234