Alunos e professores bolsistas da Fundação de Ensino Superior de Passos (FESP/UEMG) participaram durante os dias 06, 07 e 08 de novembro em Belo Horizonte do 15º Seminário de Pesquisa e Extensão da UEMG. Em 2013, foram aprovados 39 bolsas de Iniciação Científica para a instituição FESP. Os trabalhos são de bolsistas dos programas de pesquisa e extensão da UEMG, PAPq e PAEX. Os estudantes apresentaram seus pôsteres contendo seus projetos desenvolvidos ao longo deste ano. Os professores pesquisadores Marisa da Silva Lemos, Itamar Teodoro de Faria, João Vicente Zampieron, Sônia Lúcia M. Zampieron, Nilzemar Ribeiro de Souza, Tânia Delfraro e Juliano Fiorelini participaram de mesas coordenadas e comunicação coordenada com apresentação oral de seus trabalhos científicos desenvolvidos na FESP.

A Coordenadora de Pesquisa e Extensão da FESP, Marisa da Silva Lemos, coordenou a equipe de alunos e professores bolsistas da FESP / UEMG juntamente com o jornalista/assessor da CPEX, Étory Zaghi e estes afirmam que participar do 15º Seminário de Pesquisa e Extensão da UEMG é uma experiência acadêmica que traz amadurecimento cientifico aos nossos alunos pela oportunidade que os mesmos tem de apresentar o sua própria produção científica. O encontro com alunos e professores de outras instituições também amplia a rede de contatos e a visão de conhecimento interdisciplinar requisitos relevantes a formação profissional de nossos alunos.

A programação foi muito extensa e rica, nesse sentido, o evento foi um grande sucesso e a FESP teve destaque com o maior número de trabalhos apresentados durante o Seminário, ao todo foram mais de 25 apresentações. Os avaliadores do 15º Seminário de Extensão da UEMG elogiaram a FESP devido à qualidade dos trabalhos apresentados pelos alunos e reafirmaram a importância dos projetos desenvolvidos na instituição.

A abertura do evento foi realizada no Auditório da Escola Guignard / UEMG. Participaram da abertura o Reitor da UEMG, Prof. Dijon Moraes Júnior, a Profª Terezinha Gontijo, Pró-Reitora de Pesquisa e Pós-graduação, a Profª. Vânia Costa, Pró-Reitora de Extensãoe Profª. Renata Nunes Vasconcelos, Pró-Reitora de Ensino.A palestra de abertura nomeada “Cultura e Formação LIvre” foi apresentada pela conferencista Professora Ivana Bentes pesquisadora e diretora da Escola de Comunicação da UFRJ. Após a palestra os participantes tiveram o privilégio em assistir a apresentação do Grupo Musical “Grupo de Choro da Escola de Música da UEMG”. O lançamento dos Anais do 15º Seminário de Pesquisa e Extensão da UEMG; Catálogo de Publicações Científicas dos Docentes da UEMG - Ano-base 2012; Livro: Cidade, memória e educação”, organizado pela Profª Lana Castro Siman – FaE / UEMG, aconteceu em seguida. O evento recebe aproximadamente 600 pessoas. 

TEXTO: Coordenação de Pesquisa e Extensão da FESP/UEMG – CPEX



Empresários do Estado de Minas Gerais participaram de uma rodada de negócios promovida pela parceria entre SEBRAE e a FESP. A Agenda de Relacionamento aconteceu dentro da programação do III FESP Inova e contou com empresários de 15 cidades mineiras que vieram conhecer e fazer negócios com os lojistas do pólo de confecção da cidade. 

A responsável pelo SEBRAE para a microrregião de Passos, Fabiana Rodrigues Rocha, contou que essa é a primeira edição da agenda na cidade e que o resultado deve superar a expectativa de vendas. “Recebemos as empresas da indústria de confecção, que são as ofertantes, mostrando seus produtos para 15 empresas do estado. Tivemos moda feminina, masculina, infantil e lingerie já disponíveis para vendas de Natal. Recebemos empresários de Belo Horizonte, Varginha, Piumhi, Medeiros, Bambuí e diversas outras”, comenta a analista que justificou a importância do evento como sendo uma abertura de novas pontes de comércio. “É um momento de gerar negócios e trocar experiências. As empresas convidadas não conheciam o pólo de confecção de Passos, então, é uma oportunidade de expor a cidade e seus produtos e, também é a chance dos lojistas do estado aproveitarem o contato. O que estou percebendo é que eles estão gostando porque são produtos diferenciados e com preços competitivos. Tiramos as impressões de que os produtos das confecções da cidade têm altos preços.”, defendeu a analista.

Márcia Elen Lopes, empresária de Janaúba, comprovou a qualidade dos produtos e se surpreendeu com o potencial da região. A comerciante e saía da primeira parte do encontro com planos de compras. A empresária Elisabeth de Faria Namitala, da cidade de Medeiros (MG) também aproveitou a ocasião para conhecer os produtos passenses. “Abri meu próprio negócio e o SEBRAE foi a ponte para que eu chegasse aqui. Conheci os produtos mais cedo e estou visitando as lojas. Achei tudo muito bonito, as peças são bem acabadas e é barato. Vou voltar para comprar mais”.

A presidente da CDL São Francisco de Minas Gerais veio negociar a compra que vai dar início ao seu novo investimento. “Estou aqui como lojista hoje, procurando novidades porque eu tenho experiência com calçados, mas estou entrando no setor de confecção agora. Gostei da qualidade, da variedade e do preço. Já fechei alguns negócios e até o fim do dia ainda pretendo fazer mais uns 3 ou 4. O que eu acho mais interessante é a idéia de promover a cidade por parte dos comerciantes. Achei a iniciativa muito bonita e é um exemplo a ser seguido: vender a própria cidade”, disse Elaine Rodrigues Oliveira Santos.

A empresária, Daniana Silva Andrade Chacon, gerente da loja Dhamas, aprovou a iniciativa como uma forma de fomentar o comercio atacadista de Passos. “Eu achei ótima a iniciativa do SEBRAE de trazer novos clientes para gente. Fazemos preços especiais de atacado, fazemos cadastro para mandar os materiais da loja e esperamos manter este relacionamento”, avalia. 

A comerciante Andrea Simão Rocha, proprietária da Azarrara Lingerie, renovou a lista de contatos e definiu a Agenda de Relacionamento como um meio de conquistar um mercado variado. “Esta é uma oportunidade brilhante para fazer novos contatos, conseguir clientes e parceiros. Senti no olhar das pessoas uma recepção muito positiva e interesse, por exemplo, daqueles que não trabalham com lingerie e passaram a se interessar e fazer uma compra. Foi formidável e espero fechar bons negócios não só hoje, mas manter vínculo”, relata.

Ainda segundo Fabiana Rodrigues Rocha, o SEBRAE participa da jornada do III FESP Inova com o objetivo e reafirmar a relevância da postura inovadora das empresas para alcançar sucesso pleno. “Hoje, para que as empresas se tornem competitivas, elas precisam inovar o tempo todo. Esse evento grande que a FESP está realizando não é proveitoso só para os alunos, é também vantajoso porque dá essa abertura para o comércio local. Trouxemos empresários da região para expor suas trajetórias justamente para motivar o seguimento”.

Na terça-feira aconteceu o “Inovar para Crescer”, realizado pelo SEBRAE dentro do cronograma do III FESP Inova. O seminário discutiu com os empresários de Passos e região os mais avançados modelos de gestão, propondo novas estratégias de negócio no sentido de potencializar bons resultados.

Segundo a coordenadora de Pesquisa e Extensão da FESP, esta é também uma oportunidade que os acadêmicos da FESP receberam para participarem de uma vivência real do mundo dos negócios. “Foram apresentados casos de sucesso de empresas que se sobressaíram no cenário comercial, como o Clube da Casa, RAPEH e Mazé Doces. Entendemos que esta exposição foi o primeiro contato com a realidade que muitos deles terão quando se formarem profissionais”, ressaltou a professora Marisa da Silva Lemos, mediadora da parceria com o SEBRAE.

O Seminário teve o seu painel de abertura moderado por Inocêncio Magela e a palestra “Endeavor”, seguido então pela exposição “Cultura de Inovação” feita por Charles Bezerra, um dos maiores cientistas da inovação do Brasil, Ph.D. pelo Illinois Institute of Technology, conhecido como “The New Bauhaus”. Bezerra trabalhou como executivo em empresas multinacionais, como Steelcase e Motorola, e representa uma nova onda de pensadores capazes de articular o conhecimento de várias disciplinas, sintetizar tudo de uma forma simples e lógica que nos ajuda a avançar com conforto em meio a tanta incerteza. Já lecionou sobre inovação e design em universidades no Brasil, Estados Unidos e Nova Zelândia. Charles é representante da America Latina no DMI Advisory Council e é autor dos livros “O Designer Humilde” lançado em 2008; e “A Máquina de Inovação: mentes e organizações na luta por diferenciação” – lançado em 2010 pela editora Bookman.

FONTE: Departamento de Comunicação e Marketing FESP/UEMG



Nesta segunda-feira a FESP faz a abertura da terceira edição do maior evento acadêmico e científico da região do sudoeste mineiro. Realizado pela Fundação, o FESP Inova acontece até sexta-feira e é direcionado aos alunos, professores, funcionários e à toda comunidade regional com o propósito de apresentar temáticas inovadoras em todas as áreas do conhecimento.

O Presidente do Conselho Curador da FESP, professor Fabio Pimenta Esper Kallas, ressalta que o evento proporciona reciclagem de conhecimento e dá ao público a oportunidade de interagir com profissionais renomados de todo país e este ano com destaque para palestrantes internacionais. “O evento está riquíssimo com palestras e minicursos em todas as áreas do conhecimento. Um exemplo é o Seminário Internacional falando sobre Ecologia e Meio Ambiente no pensamento de Jacques Ellul, recebendo palestrantes internacionais da Universidade de Monstesquieu Boudeaux (França) e outro palestrante da Universidade de Lisboa (Portugal)”, observou Fabio Kallas acrescentando que a expectativa para o III FESP INOVA é enorme. “No ano passado foi surpreendente a participação de alunos, professores, e comunidade em geral. O FESP Inova começou grande e já se destaca entre as maiores feiras de tecnologia de Minas Gerais”, diz o professor.

O evento que faz parte da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia - instituída pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação – e tem na programação palestras, minicursos, feiras, seminários e semanas acadêmicas de todos os cursos da FESP, reunindo profissionais e pesquisadores renomados para contribuir com o avanço do país em termos de inovação e novas tecnologias.

Para o diretor de Pós-graduação, Pesquisa e Extensão da FESP, professor Eduardo Goulart Collares, o FESP Inova é a oportunidade de aprimorar conhecimentos, conhecer novos pensamentos e novas idéias. “Traremos muitos profissionais de renome nacional e internacional. Fizemos grandes parcerias com a FAPEMIG, UNESP e SEBRAE para o Seminário Brasileiro sobre o Pensamento de Jacques Ellul, Seminário Inovar para Crescer e os já tradicionais Congresso de Ecologia, Seminário de Pesquisa e Extensão, ConstruFESP, Semana de Ciência e Tecnologia do Centro de Ciências”, explica o professor.

O FESP Inova envolve toda a comunidade acadêmica sob o comando do diretor Eduardo Collares e da coordenadora de Pesquisa e Extensão da FESP, professora Marisa da Silva Lemos. “Um evento deste porte exige uma grande estrutura que vem sendo preparada desde o início do ano para reforçar a atuação da FESP na sua missão de formar cidadãos competentes. A nossa equipe trabalhou no sentido de oferecer o melhor para todos que vão participar e por isso a expectativa é a melhor possível”, destaca Marisa.

Na segunda-feira (21) acontece a solenidade de abertura no Estação Eventos, às 19h, seguida pela palestra “Inovação: e eu com isto?”, ministrada pelo coordenador do Centro de Referência em Inteligência Empresarial da COPPE/UFRJ, doutor Marcos Cavalcanti. Até sexta-feira (25), serão mais de 100 eventos distribuídos pelas dependências da Fundação e auditórios da cidade como Espaço Capela, San Sevilla e Quadra do D.E.R.

Serão 6 grandes eventos dentro do FESP Inova: III Seminário de Pesquisa e Extensão da FESP, com mais de 100 artigos apresentando projetos de iniciação científica e atividades de extensão; ConstruFESP, feira que trará novidades e negócios na área da construção Civil; Semana da Ciência e Tecnologia de Passos, realizada pelo Centro de Ciências da FESP para apresentação dos melhores trabalhos de Feiras de Ciências das escolas públicas e particulares da cidade; VI Seminário Brasileiro sobre Pensamento de Jacques Ellul, que vai refletir sobre os desafios ecológicos do Brasil e do mundo; Seminário Inovar para Crescer do SEBRAE que vai apresentar casos empresariais de sucesso com Charles Bezerra, um dos maiores cientistas da inovação do Brasil; e o III Congresso de Ecologia do Sudoeste Mineiro, que terá a participação do Biólogo especialista em comportamento animal Sérgio Rangel.

Além do já citado e do cronograma das semanas acadêmicas dos cursos da FESP, serão lançados dois livros, sendo um pertencente à área ambiental, com 18 capítulos de estudos sobre a Bacia Hidrográfica da nossa região; e o outro, de autoria do diretor Collares, o qual apresenta os resultados do Zoneamento Ambiental do Médio Rio Grande.

As Semanas Acadêmicas dos cursos serão divididas por áreas de conhecimento, sendo Tecnologia e Engenharia; Biomédicas e da Saúde; Educação; Humanas e Sociais Aplicadas. Os detalhes da programação podem ser encontrados no site da FESP, podem ser realizadas as inscrições para todo o FESP Inova, requisito para a emissão do certificado de participação.

A FESP divulgará diariamente aqui e na fanpage as atualizações dos eventos, novidades e entrevistas com palestrantes e participantes. 

FONTE: Departamento de Comunicação e Marketing FESP/UEMG



Mais de 300 pessoas, entre profissionais e estudantes das Faculdades de Educação Física de Passos, São Sebastião do Paraíso, Muzambinho, Guaxupé, Varginha, Formiga, Três Corações e Divinópolis, participaram do seminário “O Trabalho Docente em Educação Física face as atuais Políticas Públicas na Educação Básica das Regiões Centro Oeste, Sul e Sudoeste de Minas Gerais: Repercussões nas Instituições Formadoras”, realizado no dia 08 de junho no Auditório professor Dr. Armando Righetto, na FESP.

Durante o encontro foram discutidos: a caracterização do trabalho do professor de educação física nas atuais políticas públicas de educação no Estado; os aspectos que envolvem o desenvolvimento de estágios; a prática docente e a percepção de formadores de estagiários no campo; o processo de trabalho do professor de educação física; e a polêmica Resolução SEE 2253 que trata da atuação do profissional de educação física no ensino fundamental.

Para o presidente do Conselho Curador da FESP, professos Fabio Pimenta Esper Kallas, “não basta o trabalho em sala de aula, é preciso abrir a universidade para a comunidade, os profissionais e alunos de outras escolas para que se possa discutir temas importantes e relevantes sobre o futuro de suas profissões”, defendeu o presidente, sobre a importância de seminários como este.

Aproveitando então o espaço fecundo para exposições da categoria, o presidente do Conselho de Dirigentes das Instituições Superiores em Educação Física do Estado de Minas Gerais (CONDIESEF-MG), Eber Eustáquio de Paula chamou a atenção para o ponto base das temáticas discutidas. “Antes de sair em defesa da categoria e do profissional de educação física temos que nos certificar da qualidade dos serviços que estão sendo prestados à população mineira pelos profissionais de educação física”, destacou.

Profissional da área por formação e subsecretário de Estado de Esportes e Juventude do Estado de Minas Gerais, Adenilson Idalino Souza participou do seminário e frisou a relevância da realização do evento pela FESP em Passos. “A FESP está promovendo um encontro muito importante porque quando discutimos a atuação profissional de alguma classe precisamos saber se este profissional esta habilitado a exercer tais funções”, disse.

Ao falar sobre a grande preocupação dos profissionais da educação física com a aplicação da matéria com as crianças dos ensinos fundamentais ele comentou: “Precisamos estudar os impactos destas mudanças para que o aluno não saia perdendo com relação a este ensino que o profissional de educação física está habilitado para trabalhar”, explicou o subsecretário, lembrando que a sua participação no evento como profissional de educação física e como representante do governo já demonstrava o interesse do governo mineiro em ouvir a demanda dos profissionais e estudar a melhor forma para resolver o impasse criado após a resolução 2253.

Para o representante do Conselho Regional de Educação Física – 6ª. Região - CREF 6 -, Prof. Carlos Alberto dos Santos – o encontro serviu para discutir vários pontos da educação física atual em Minas Gerais e até o Brasil. “O conselho é o órgão fiscalizador e necessita de uma boa qualidade de mão-de-obra  para que possa executar bem  o trabalho do profissional de educação física para a nossa sociedade ele é um grande parceiro deste seminário. Precisamos conscientizar os coordenadores dos cursos de educação física para sensibilizá-los da necessidade constante de melhora dos cursos e da formação dos profissionais de educação física”, observou.

A coordenadora do Seminário e coordenadora da Faculdade de Educação Física de Passos, Claudia Arouca Queiroz, avaliou que o seminário realizado na FESP foi de extrema importância para discutir os rumos do profissional de educação física no Estado. “O evento nos deu a oportunidade de discutir pela primeira vez as políticas públicas da educação básica aqui na região sudoeste, centro-oeste e sul de Minas Gerais e isso é um grande passo”, declarou.

 

FONTE: Departamento de Comunicação e Marketing FESP/UEMG

Veja as fotos na Galeria de Imagens da FESP. CLIQUE AQUI.



Na última semana, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP) realizou o Seminário do Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (ENADE) 2013. Com o objetivo de buscar as orientações acerca dos procedimentos que deverão ser cuidados para a realização do Exame que avalia os estudantes de todo o país, estiveram presentes as professoras: Jane Borges Lemos Mattar, coordenadora do curso de Serviço Social; Regina Célia Franklin Pereira, da Assessoria Educacional; e Carla Pimentel Caixeta de Melo, responsável pela assessoria do ENADE na FESP.

Segundo a professora Carla Pimentel Caixeta de Melo, “os Seminários do ENADE são muito importantes já que trazem novas informações e atualizações a respeito do Exame e acaba sendo também um momento de troca de experiências entre as Instituições de Ensino Superior de todo o Brasil. Além disso, ainda contribui com orientações que possibilitam a melhoria das atividades que vêm sendo implementadas a cada ano pela FESP, onde sempre realizamos a preparação dos estudantes para as provas”, declarou a representante. 

O Seminário sediado em Brasília (DF) teve a participação do presidente do INEP, Luiz Cláudio Costa, que recebeu cerca de 250 pessoas em cada dia do evento que abrangeu explanações sobre os aspectos operacionais da aplicação do ENADE, e temas como o enquadramento dos cursos nas áreas que serão avaliadas, processo de inscrição dos participantes e o papel da avaliação no Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior.

“Todos os anos têm sido realizados os Seminários de ENADE e a cada nova edição são colocados novos parâmetros visando a melhoria da qualidade do ensino superior no país. São encontros muito produtivos que vêm somar e orientar no planejamento das ações a serem implementadas junto aos alunos e corpo docente dos cursos oferecidos pelas Instituições de Ensino Superior. Para nós, os preparativos estão sendo feitos para que a avaliação seja a melhor possível, assegurando a qualidade do ensino oferecido pela FESP”, pontuou a assessora do ENADE, professora Carla Pimentel Caixeta de Melo.

O ENADE 2013 será aplicado em Novembro nos cursos superiores das 16 áreas do conhecimento seguintes: agronomia, biomedicina, educação física, enfermagem, farmácia, fisioterapia, fonoaudiologia, medicina, medicina veterinária, nutrição, odontologia, serviço social, zootecnia, tecnologia em agronegócio, tecnologia em gestão ambiental, tecnologia em gestão hospitalar e tecnologia em radiologia.

FONTE: Departamento de Comunicação e Marketing FESP/UEMG



Notícias por ANO e MÊS

Calendário de Noticias e Eventos

<<  outubro 2020  >>
seteququsedo
2829301234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930311
2345678