O presidente do Conselho Curador da FESP, professor Fabio Pimenta Esper Kallas recebeu na última quinta-feira, dia 23, uma grande homenagem feita pelos funcionários e professores da fundação que decidiram por unanimidade através de Assembleia Geral Extraordinária, realizada no dia 24 de junho de 2014 nomear o campus da FESP como “Campus Universitário Professor Fabio Pimenta Esper Kallas”. 

A solenidade reuniu lideranças municipais e regionais, funcionários, familiares e amigos do professor e foi marcada por muitas homenagens e manifestações de carinho em reconhecimento aos 10 anos de gestão que transformou a FESP em uma grande referência educacional em todo o Estado de Minas Gerais. 

Ao agradecer a homenagem, Fabio muito emocionado, destacou que a FESP é um patrimônio da comunidade de Passos e região e que ele se sente honrado em fazer parte da história da instituição. Ele destacou ainda, que o mérito do crescimento e do reconhecimento da FESP é de todos os funcionários, administrativos e docentes, que se dedicam com muito amor ao que fazem. “Estou emocionado, honrado e realizado com esta homenagem. Agradeço a cada um dos presentes pelo carinho e quero salientar que cada sucesso da FESP é de todos nós. A equipe FESP é formada por pessoas de excelência que não param nunca, não desistem dos sonhos, lutam pela educação de qualidade. No próximo dia 3 de novembro nós entregaremos ao Governo de Minas a melhor estrutura, o melhor grupo administrativo, o melhor grupo docente da UEMG e todos nós de Passos temos que ter muito orgulho deste tesouro que existe dentro da nossa cidade”, disse emocionado o presidente da FESP ao agradecer pela homenagem. 

A primeira homenagem da noite deixou todos os presentes emocionados com a apresentação das alunas do coral da UNABEM – Universidade Aberta para a Maturidade – que cantaram e entregaram ao Professor Fabio 12 rosas cada uma com uma palavra que representava Fabio. Determinado, visionário, empreendedor, competente, humano, acolhedor, carismático, organizado, inteligente, líder, solidário e comunicativo foram os adjetivos atribuídos a ele.

A Diretora do Núcleo Acadêmico de Ciências Biomédicas e da Saúde, professora Tânia Maria Delfraro Carmo, lembrou que durante todos esses anos, a FESP através de Fabio realizou homenagens a professores, funcionários, profissionais de destaque, empresas de sucesso em vários projetos e ações de reconhecimento e incentivo ao crescimento de cada um. Ela ressaltou que desta vez, os funcionários retribuíram o gesto dando ao Novo Campus - um dos maiores símbolos do crescimento e das conquistas da FESP - o nome do professor Fabio Kallas.  “Hoje eu vou para casa muito tranquila porque eu ainda não tinha visto em nenhum lugar da FESP uma placa, um indicativo dos feitos que o Fabio fez. E ele fez muito mais do que essa placa pode demonstrar. Ele homenageou, de alguma forma, todas as pessoas que trabalham na FESP não só com placas e solenidades, mas com o apoio a cada ideia, a cada proposta de projeto, sempre sem medir esforços em nos ajudar a enfrentar desafios”, afirmou. 

A solenidade foi presidida pelo engenheiro e vice-presidente da FESP Manoel Reginaldo Ferreira, que falou sobre o trabalho do Fabio frente ao Conselho, lembrando das dificuldades, alegrias e conquistas. Destacou o crescimento da FESP e as inúmeras obras realizadas nos últimos 10 anos e juntamente com a equipe do departamento de obras entregou ao professor Fabio um capacete com assinaturas de todos. 

Muitos funcionários, amigos e familiares manifestaram gratidão e reconhecimento durante o evento. 

A esposa Cibele Lemos da Silveira Kallas manifestou o carinho da família e agradeceu a todos que acreditaram no mesmo sonho de Fabio e trabalharam com ele. “Agradecemos a todos que trabalharam direta ou indiretamente ao lado do Fabio pela construção de uma Passos diferente, que hoje é reconhecida pela brilhante marca que a FESP deixará na mente e no coração de todos nós”, disse emocionada. 

A filha do professor Fabio, Karina Kallas, também participou das homenagens. “Meu pai sempre quis me dar oportunidades para ser melhor. E eu acredito que é isso que ele faz pela FESP, busca por oportunidades de crescimento e desenvolvimento, como a luta pelo curso de Medicina”, afirmou Karina.  

“Estamos todos muito comovidos e muito orgulhosos do Fabio. O tempo todo eu fiquei pensando em como minha mãe ficaria feliz se estivesse aqui”, declarou o médico Carlo Pimenta, irmão de Fabio. 

Crescimento 

Para se ter uma ideia do que representa o papel do professor Fabio Kallas frente a FESP, basta olhar os números de balanço contábil que apontam um crescimento de patrimônio de praticamente 1000% (de R$ 6.831.209,00 em 2004 para R$ 59.257.392,34 em 2013). 

Mais que isso, durante sua gestão, a fundação passou por uma reestruturação pedagógica, aumentou a oferta de cursos, e apostou na excelência da qualidade. 

Os dados desta revolução pela qual a FESP passou durante todos esses anos foram apresentados aos convidados através da “A Revista FESP é 10” que apresenta um panorama de como a fundação será passada ao governo estadual. 

Funcionários se emocionam ao fazer homenagem 

Durante a solenidade de homenagem, muitos funcionários se emocionaram com a apresentação de vídeos e manifestações de reconhecimento pelos resultados alcançados por toda a equipe da FESP liderada professor Fabio. 

Dacio Lemos Martins, diretor executivo da FESP falou em nome dos funcionários ressaltando que para Fabio a educação é a melhor forma de se construir um país melhor. “É gratificante para cada um de nós trabalhar na FESP ao lado do Fabio, pois ele nos envolve em seus sonhos, em suas lutas diárias e, desta forma, nos tornamos um time cada vez mais forte. Fabio dedica sua vida inteiramente a educação e envolve toda a sua equipe neste mesmo ideal. Hoje homenageamos mais do que o crescimento estrutural e patrimonial da FESP. Homenageamos o crescimento na qualidade de nossos cursos, o crescimento no número de projetos de pesquisa e extensão que tem como objetivo, melhorar a vida das pessoas. Ele não para. Trabalha com vontade, com amor e o resultado está ai. Hoje temos uma grande instituição reconhecida por excelência em todo Estado e patrimônio de cada um de nós”, definiu Dacio Lemos Martins. 

O diretor do Núcleo Acadêmico de Ciências Humanas e Ciências Sociais Aplicadas, Vivaldo Silvério de Souza Filho, o diretor do Núcleo Acadêmico de Educação, professor Anderson Jacob Rocha e o diretor do Núcleo Acadêmico de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão, professor Eduardo Goulart Collares disseram palavras de gratidão pela confiança, apoio e conquistas alcançadas pelo grupo através de uma relação de muito profissionalismo e também de muita amizade, destacando o lado humano de todos que formam a equipe FESP.

Clique aqui e veja as fotos.

FONTE: Departamento de Comunicação e Marketing FESP/UEMG



No último sábado, um grupo de profissionais da área da saúde envolvidos com o projeto que propõe a instalação do curso de Medicina na FESP participaram de uma visita institucional guiada para conhecerem os blocos da Instituição.

O tour começou pelo Bloco 2, onde está situado o Conselho Curador, seguindo para a Biblioteca. Depois passaram pelo Bloco 01, Bloco 06 - onde fica o Restaurante Comunitário - Bloco 07 - onde pararam no Ambulatório Escola (AMBES) - Bloco 13, Bloco 09, e, finalizando, conheceram as obras do novo campus da FESP no CIRE, onde foram recepcionados com um café da manhã.

Durante a passagem pelo Prédio Principal, os visitantes lembraram-se do dia da inauguração da antiga Faculdade de Filosofia de Passos e do momento no qual foi reaberta a pedra fundamental da Fundação, descoberta em tempos de reforma. A lembrança foi emocionante e curiosa, dado que conseguiram trazer à memória a música que cantaram nas ruas no dia “em que o sonho tornou realidade”, em 1965. 

O fisioterapeuta Dr. José Alexandre Bachur, de veio de Franca (SP), considerou a visita uma forma de ter a real dimensão da Instituição. “É interessante porque a gente conhece não somente a estrutura física, mas também do alcance do seu trabalho. Na medida em que a gente vai sendo informado sobre os locais e os projetos que são realizados ali, a gente consegue perceber a rede de capilaridade da FESP, o quanto ela está permeada na sociedade. Eu não sou daqui e não conhecia tudo, mas acredito que tem muita gente que mora aqui que também não conhece e deveria conhecer a amplitude de ação da Fundação”, contou o médico.

O Dr. Alexandre Bachur, que é integrante da comissão que defende a proposta de abertura do curso de Medicina na FESP está positivo em relação ao resultado final do esforço que está sendo feito. “Por vários motivos eu acredito muito na vinda do curso de Medicina pra cá. Primeiro pela necessidade que nós temos no país, neste momento em especial, e também pela condição favorável em que se encontra a Instituição. O projeto foi muito bem elaborado e fiquei encantado com ele. A região precisa, a FESP está empenhada e o projeto está ótimo, então pelos três motivos o resultado será, muito provavelmente, positivo para todos”, justificou.

A ginecologista e obstetra Drª. Maria Paula Moraes Vasconcelos, futura coordenadora do curso de Medicina da FESP, disse ao final do passeio que se surpreendeu com o andamento da obra do novo campus. “Eu estou acostumada a ver o desenvolvimento da FESP pelas informações veiculadas, mas ver inloco é bem diferente. Tem os locais que eu frequento, os projetos que participo e por isso eu conheço de perto, mas visitar os outros lugares é interessante. Sem contar que é uma grande surpresa ver o quanto a obra está adiantada”, declarou.

Participaram também da visita o cirurgião plástico Dr. Pedro Messias da Silva, a enfermeira e professora Vanessa Luzia Queiroz Silva, o ginecologista e obstetra Dr. Wellington Venâncio de Andrade, o cirurgião geral Dr. Eurípedes José da Silva, os professores Djalma Reis do Carmo e Luiz Camilo Silveira Teodoro, e a diretora do Núcleo Acadêmico de Ciências Biomédicas e da Saúde, professora Tânia Maria Delfraro Carmo.

A visita institucional é coordenada pela relações públicas Paula Monteiro e procura apresentar a excelência de ensino e o trabalho desenvolvido pela FESP, além de sua estrutura e projetos. Toda comunidade está convidada a conhecer a Fundação de Ensino Superior de Passos e os interessados podem agendar uma data entrando em contato pelo telefone (3529-6015) ou pelo e-mail: paula.monteiro@fespmg.edu.br

FONTE: Departamento de Comunicação e Marketing FESP/UEMG

Veja as fotos na Galeria de Imagens da FESP. CLIQUE AQUI.



Na última quinta-feira, 23, um grupo de 16 estudantes do Colégio Imaculada Conceição (CIC) de Passos foram recebidos pelo presidente do Conselho Curador da FESP, professor Fabio Pimenta Esper Kallas, em visita às obras do Novo Campus da Fundação de Ensino Superior de Passos, localizado no Centro Integrado de Recreação e Esportes (CIRE).

Os alunos do 2º ano do Ensino Médio se surpreenderam com a estrutura inovadora que está sendo aplicada na construção e enquanto caminhavam pelos prédios, os visitantes tiveram explicações não só de como será o Novo Campus da FESP concluído, mas também de como são utilizados os blocos de isopor que dão leveza à obra, sobre a escolha das paredes de gesso, e sobre os pisogramas de resíduos de concreto para pavimentos. 

De acordo com Juliana Castro Torres, administrativa da FESP que acompanhou a visita, os estudantes acharam interessante o fato de que muito do que é usado na obra é produzido pela própria FESP, como os pilares e os trilhos, por exemplo. Ainda segundo ela, “conhecer e entender uma obra grande, como a do Novo Campus, é fator relevante na escolha da profissão de engenheiro, dessa forma, o aluno que deseja se profissionalizar na área da engenharia tem a oportunidade de ver de perto como funcionam seus futuros encargos e analisar se esse é realmente seu desejo”, afirmou.

Assim como fizeram o grupo de alunos do CIC, toda comunidade está convidada a conhecer a Fundação de Ensino Superior de Passos. A visita institucional é coordenada pela relações públicas Paula Monteiro e procura apresentar a excelência de ensino e o trabalho desenvolvido pela FESP, além de sua estrutura e projetos. Os interessados podem agendar uma data entrando em contato pelo telefone (3529-6015) ou pelo e-mail: paula.monteiro@fespmg.edu.br

FONTE: Departamento de Comunicação e Marketing FESP/UEMG

Veja as fotos na Galeria de Imagens da FESP. CLIQUE AQUI.



A Fundação de Ensino Superior de Passos (FESP/UEMG) firmou parceria com a Secretaria Municipal de Obras de Passos para o uso de maquinário do município na terraplanagem do novo campus que será erguido em área do Centro de Recreação e Esportes (CIRE). Inicialmente serão erguidos três prédios com um total de 72 novas salas de aula para 2013.

De acordo com o secretario Osório Gonçalves de Aguiar, o trabalho só não está mais rápido em virtude das outras demandas da cidade. “Estamos trabalhando há 15 dias e até poderíamos acelerar ainda mais a terraplanagem, mas, como temos de atender outras necessidades da cidade, estamos disponibilizando as máquinas na medida do possível, dentro no nosso cronograma”, explica.

O secretário destacou a importância da obra para a cidade de Passos e região. “A FESP está à frente desta obra, mas é uma construção que quem ganha é a comunidade, pois teremos mais cursos, mais educação, mais oportunidade para nossos jovens o que não deixa de ser uma resposta a essa onda de violência que a cidade enfrenta. Com a educação trabalhamos a prevenção, por isso a Prefeitura de Passos acredita que não somos só parceiros da FESP, mas estamos desenvolvendo uma obra que é de todos da cidade”, avalia.

O presidente do Conselho Curador da FESP ressaltou a redução de custos que a parceria permitiu. “Procuramos o prefeito José Hernani da Silveira, apresentamos nossa demanda e ele prontamente nos atendeu ajudando a diminuir o custo da obra”, afirma.

Estágio

De acordo com o engenheiro Leandro Mendes, um dos responsáveis pela execução do projeto, juntamente com o diretor do Núcleo Acadêmico de Tecnologia e Engenharia da FESP, Manoel Reginaldo Ferreira, o trabalho está na fase de montagem do canteiro de obras e já conta com a participação dos estudantes de Engenharia Civil.
“Toda a construção do campus terá o acompanhamento de estudantes. Será uma média de cinco a sete alunos. Alguns serão estagiários remunerados, outros vão participar para cumprir o estágio supervisionado que faz parte da grade curricular”, explica o engenheiro que integra o corpo docente do curso. Segundo ele, além dos estagiários fixos, os alunos de qualquer outro período do curso poderão acompanhar a obra através de visitas técnicas.

“É uma experiência única, porque estamos participando da história da FESP e da cidade e a oportunidade de estar em contato com os professores, colocando em prática a teoria o que é muito bacana”, avalia o estudante Rogério Teixeira de Carvalho, aluno do 5º período de Engenharia Civil da FESP.

Fonte: Departamento de Comunicação e Marketing



Com uma festa realizada no Clube Passense de Natação (CPN), que marcou a confraternização de fim de ano da Fundação de Ensino Superior de Passos (FESP/UEMG), foi oficializada na noite da última segunda-feira (19) a construção do novo campus da instituição que será uma obra moderna preocupada com a questão ambiental e irá praticamente triplicar a capacidade de salas de aula. Serão três prédios com 24 salas de aula cada.

O evento foi comandado pelo presidente do Conselho Curador da FESP, professor Fabio Pimenta Esper Kallas que presidiu a frente de honra formada por diversas autoridades presentes, entre elas o Secretário de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Narcio Rodrigues. O prefeito de Guapé, Nelson Lara, representantes de diversos municípios da região, lideranças políticas e representantes do Banco do Brasil, que é o responsável por uma parceria que irá propiciar a construção do campus também estiveram presentes.

O lançamento teve início com a exibição de um vídeo institucional da FESP que mostrou o crescimento ocorrido nos últimos anos, bem como os projetos culturais, esportivos, ações sociais e projetos de pesquisa e extensão em andamento. Após o pronunciamento do presidente Fabio Kallas, do Secretário Narcio Rodrigues e do gerente do Banco do Brasil, Lanário José da Silva uma caixa simbólica foi composta com números de jornais e revista institucionais da FESP, um exemplar do jornal Folha da Manhã, com a reportagem sobre o lançamento do campus, diversos arquivos de registros audiovisuais como o programa “FESP em Ação” e diversos outros registros históricos que farão parte da pedra fundamental do novo campus. “Este é um momento histórico. A FESP tem sempre extrapolado nossas expectativas buscando o ensino de excelência, bem como a pesquisa e a extensão. Temos hoje 14 blocos espalhados pela cidade e chegou o momento. A FESP precisa ampliar. Estamos com o projeto de diversos cursos novos e precisamos de mais salas de aula. O processo desta etapa da obra começa aqui e no dia 2 de janeiro daremos início ao trabalho de construção”, disse Fabio Kallas lembrando que a estrutura com três prédios que será erguida numa área junto ao CIRE (Centro Integrado de Recreação e Esportes) totaliza aproximadamente 9 mil metros quadrados e a obra completa está orçada em cerca de 9 milhões de reais.

A obra será coordenada pelo Núcleo Acadêmico de Tecnologia e Engenharia da FESP, sob a responsabilidade do engenheiro Manoel Reginaldo Ferreira, vice-presidente do Conselho Curador e envolverá todo o Departamento de Obras da fundação que vem executando um trabalho eficiente, com rapidez e dinamismo ao longo do tempo e ainda terá a participação de grande parte dos professores da Faculdade de Engenharia bem como o acompanhamento dos estudantes. “É um sonho não só da FESP, mas de toda a cidade de Passos e região. O impacto de benefícios e os pontos positivos que trarão para os estudantes sem sombra de dúvida faz deste um dos maiores projetos que já tivemos na região.

ssinado pelo arquiteto Sérgio Loureiro é um projeto moderno com a preocupação da questão ambiental, que irá envolver os alunos da Faculdade de Engenharia e os professores. A responsabilidade é grande, mas ela se torna muito prazerosa de ser cumprida porque envolve toda a comunidade da FESP trabalhando para que a fase inicial esteja pronta dentro de um ano e que lá seja alocado cerca de 5 mil alunos e que seja uma vitrine para Passos. A cidade merece esse presente”, comentou o diretor Manoel.

O grande alavanco da FESP nos últimos tempos chamou a atenção do Secretário Narcio Rodrigues que salientou que a instituição está preparada e com uma estrutura muito boa e que assim que a estadualização acontecer, provavelmente em 2014, a FESP passará a ser uma universidade pública de qualidade devido ao seu passado que permitiu essa construção de bases sólidas. “A FESP é hoje um modelo a ser seguido da oferta eficiente do ensino superior no interior de Minas Gerais. Esta obra é decisiva para preparar a FESP para alcançar o estágio tão almejado de se tornar, efetivamente, um campus da UEMG na região Sudoeste de Minas. Tenho certeza de que a experiência da instituição será a principal referência que nós tomaremos no momento de efetivar a estadualização da UEMG como um todo. Vemos que é uma associada que já compreende o papel da universidade pública para o desenvolvimento da comunidade, da promoção do desenvolvimento regional e, sobretudo para a qualidade do ensino superior, que é a grande alavanca de transformação da sociedade brasileira para o futuro”, comentou o secretário Narcio.

O investimento inicial possivelmente será feito através de linha de crédito automático do BNDES. “A operação já foi estudada no âmbito do Banco do Brasil e foi protocolada junto ao BNDES. Provavelmente será liberada no mês de janeiro”, explicou o Gerente de Governo do Banco do Brasil, Welington Morais Lima.

A FESP, por entender sua missão de educação e formação de pessoas na sua integralidade, optou por utilizar também mão de obra de presidiários que serão capacitados por professores da instituição, através do Projeto Educar e Construir, coordenado pelo professor Ivan Francklin Júnior, que é coordenador do curso de Engenharia Civil. Será uma oportunidade para os presidiários de além de adquirir aprendizado ganharem uma profissão, salário e redução de pena a ser cumprida.

O Projeto

A maquete eletrônica do novo campus foi apresentada durante a solenidade O entorno de cada prédio será destinado a pátios e estacionamentos e será

A FESP HOJE

A Fundação de Ensino Superior de Passos (FESP), associada à Universidade do Estado de Minas Gerais (UEMG) é hoje referência no ensino de toda a região do Sudoeste Mineiro. Com 23 cursos de graduação e outros tantos de pós-graduação o corpo docente é composto por professores com titulação que desenvolve um ensino alicerçado com a prática da pesquisa e extensão.

Possui 14 blocos onde funcionam além das salas de aula, departamentos administrativos, biblioteca e laboratórios. De acordo com o presidente do Conselho Curador Fábio Pimenta Esper Kallas, a FESP tem hoje uma enorme capacidade de investimento e execução de projetos. À frente da Subsecretaria de Ensino Superior, o professor Fabio trabalha para o andamento do processo de estadualização das associadas que deve começar a partir de 2012. A FESP provavelmente deve ser estadualizada em 2014. O subsecretário planeja uma transição que possa dar continuidade a uma série de investimentos realizados não só pela FESP, mas por todas as unidades associadas.

A marca da escola é hoje a Responsabilidade Social promovendo diversos projetos culturais, esportivos e de ação social que integram os estudantes junto à comunidade local e regional.

preservado ao máximo o patrimônio verde do local. “A forma do Edifício nasceu de uma avaliação do local, a situação geográfica especifica para o volume, o parque Dr Emilio Piantino com que faz divisa e a exuberância das árvores que formam a paisagem a ser ocupada pelas novas Edificações. A leve curvatura das fachadas imprime movimento que pretende adicionar um timbre diferenciado para uma solução modular simples”, explica o arquiteto.

Cada prédio consta de três pisos – térreo, 1º pavimento e 2º pavimento com acesso através de rampa e entrada em dois níveis.

 

 

 

Fonte: Departamento de Comunicação e Marketing



Notícias por ANO e MÊS

Calendário de Noticias e Eventos

<<  setembro 2020  >>
seteququsedo
31123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
2829301234
567891011