O Laboratório de Hidráulica da Fundação de Ensino Superior de Passos (FESP/UEMG) passou recentemente por uma manutenção em seus equipamentos para conferir maior precisão e rigor nas pesquisas e experimentos realizados. Os equipamentos do laboratório foram desenvolvidos pela USP de São Carlos na década de 1970 e não são mais fabricados, sendo uma exclusividade de poucas universidades do Brasil.

Conforme o professor das disciplinas de Hidráulica dos cursos de Engenharia Civil, Ambiental e Agronômica da FESP, Vanildo Santos Teixeira Trindade somente 68 unidades estão disponíveis em universidades e centros de pesquisa de todo o Brasil. Com o Laboratório de Hidráulica os alunos podem conferir na prática as teorias apresentadas em sala de aula.

O estudo da Hidráulica se baseia na necessidade do homem em utilizar a água não só para o consumo direto, mas para diversas funções. Os equipamentos permitem a realização de uma série de experiências cujos conceitos básicos foram desenvolvidos ainda no século XVII e XIX. É possível fazer experiências referentes à vazão da água, energia, aerodinâmica e velocidade. Como em muitas universidades esses equipamentos não são disponibilizados o aluno aprende apenas na teoria sem ter uma noção mais prática e exemplificada dos conceitos teóricos.

Na FESP o aluno aprende tanto na teoria como na prática e muitas outras instituições começam a procurar a fundação solicitando uma visita ao laboratório, como escolas, cursos técnicos, como, por exemplo, o curso de Eletrotécnica de Furnas e outras. “O laboratório é fundamental para as aulas de hidráulica, pois com ele é possível aferir tudo que é ensinado em sala de aula”, ressalta o professor Vanildo.

O laboratório é dividido em dois módulos. O primeiro trabalha com o fluido experimental “água” e com o fluido manométrico “mercúrio”. No segundo o fluido experimental é “ar” e o fluido manométrico “água”.

Uma das experiências que os alunos gostam de ver na prática, conforme o professor Vanildo, é uma experiência de aerodinâmica que demonstra porque o avião se sustenta no ar. A manutenção foi realizada por um técnico que trabalha na área de hidráulica. De acordo com o professor Vanildo a precisão dos experimentos realizados no laboratório é tão alta que equipamentos mais eficazes e mais modernos só estão disponíveis no Brasil no Centro Tecnológico de Hidráulica (CTH) da USP de São Paulo.

Com o laboratório de hidráulica o aprendizado dos alunos da FESP se torna mais dinâmico e os cursos da área de engenharia podem contar com pesquisas e experimentos certificando a qualidade do ensino e pesquisa desenvolvidos na instituição.

Fonte: Departamento de Comunicação e Marketing