Termina nesta sexta-feira, dia 18, o período de inscrições para a 6ª Minimaratona promovida pela Fundação de Ensino Superior de Passos (FESP/UEMG) que acontecerá no próximo domingo, dia 20 de novembro. Serão distribuídos 7 mil reais em prêmios. As inscrições podem ser feitas pelo site da FESP (www.fespmg.edu.br) ou no SAE (Serviço de Atendimento ao Estudante), que fica no Bloco 2 à Rua Dr. Carvalho, 1147.

As categorias são divididas por idade e as provas pela distância a ser percorrida, sendo 2 km para a corrida infantil, 4 km para a caminhada, corrida de 5 km e 10 km para a minimaratona. (confira tabela abaixo com a relação de categorias)

Para os participantes da Minimaratona e da corrida de 5 km é cobrada uma taxa de inscrição no valor de R$ 30. Aos participantes da caminhada é solicitado 1 kg de alimento não perecível para ser destinado a entidades beneficentes de Passos. As categorias mirim e infantil são isentas de taxas.

O evento é promovido pelo curso de Educação Física da FESP e coordenado pelo professor Hélvio Maia. O objetivo principal da Minimaratona é promover a participação dos alunos do curso que aprendem a organizar um evento. “A participação dos alunos é de fundamental importância. Toda a organização acontece com o apoio deles”, lembra Hélvio.
Em sua sexta edição a competição vem crescendo a cada ano. Para Hélvio é uma oportunidade, não só para atletas, mas para pessoas de toda a comunidade, pessoas que fazem caminhada, por exemplo, de participarem de um evento oficial. “A cada ano há um aumento no número de participantes, esperamos que as pessoas se inscrevam e que a prova deste ano supere todas as expectativas”, disse o professor lembrando que os participantes devem se inscrever com antecedência já que o número de participantes é limitado.

Os participantes da minimaratona e corrida de 5 km recebem uma camiseta. Os números de identificação e a camiseta serão entregues aos participantes no dia 19 de novembro das 14h às 17h e no dia 20 das 7h até 30 minutos antes de cada prova no Bloco 1 (Prédio Principal) da FESP.

Durante o percurso haverá dois postos para o fornecimento de água e serão disponibilizadas ambulâncias para atendimentos de urgência.

Serão premiados na Minimaratona as três primeiras equipes e os três primeiros colocados de cada categoria. Nas categorias mirim e infantil (masculino/feminino) também serão premiados os três primeiros colocados..Receberão premiação em dinheiro somente os primeiros colocados na classificação geral e local na prova de 10 km. Na prova de 5 km não haverá premiação em dinheiro. Todos os atletas, da Minimaratona,corrida de 5km e a caminhada que completarem a prova, receberão medalha de participação. Nas categorias mirim e Infantil os primeiros 25 masculino e feminino colocados receberão medalhas.

Apoiam a iniciativa o Sicoob Crediacip, Vila Rica Hotel, Look Tenis, Supermercado Unissul, o site www.nacorreria.net e a Prefeitura de Passos.

A largada da corrida infantil e caminhada será às 8h15 e da minimaratona e corrida de 5 km às 9h15. A concentração será em frente ao Bloco 1 da FESP (Prédio Principal) à Avenida Juca Stockler, 1.130.

CATEGORIAS

MASCULINO
Categoria Mirim – 11 a 12 anos (1999 a 2000);
Categoria Infantil – 13 a 14 anos (1997 a 1998);
Categoria A – 15 a 19 anos (1992 a 1996);
Categoria B – 20 a 34 anos (1977 a 1991);
Categoria C – 35 a 45 anos (1966 a 1976);
Categoria D – 46 a 50 anos (1961 a 1965);
Categoria E – 51 a 60 anos (1951 a 1960);
Categoria F – acima de 61 anos (1950 abaixo);
Categoria Única – Corrida de 5 km.

FEMININO
Categoria Mirim – 11 a 12 anos (1999 a 2000);
Categoria Infantil – 13 a 14 anos (1997 a 1998);
Categoria A – acima de 15 anos (1996 abaixo);
Categoria Única – Corrida de 5km.

Fonte: Departamento de Comunicação e Marketing



Equipe nas filmagens

A equipe do Festival Selton Mello de Vídeo, promovido pelos cursos de Jornalismo e Publicidade e Propaganda da Fundação de Ensino Superior de Passos, deu início aos trabalhos da terceira edição. Depois do convite às escolas, foram selecionadas 10 participantes, mas somente 9 puderam efetivar a participação, pois uma das escolas não compareceu às oficinas teóricas já realizadas.

Coordenam o projeto os professores Diego Vasconcelos, Diovany Rodrigues e Paulo Henrique Vallim com o apoio do ator passense que dá nome ao festival Selton Mello.

Cada escola pode participar com propostas para a produção de um curta-metragem com o apoio da equipe da FESP. Para a seleção, porém, caso a escola seja selecionada somente uma proposta será desenvolvida. A mostra competitiva, na qual são apresentados os resultados do projeto, será realizada no mês de novembro.

De acordo com o professor e um dos idealizadores do projeto Paulo Henrique Valim a expectativa para este ano é animadora. As escolas selecionadas para a disputa do festival são: E.E. Nossa Senhora da Penha, Colégio Imaculada Conceição, E.E. São José, E.E. Dulce Ferreira de Souza, E.E. Neca Quirino, Colégio Del Rey, E.E. Profª. Júlia Kubitschek, Colégio São Francisco, Colégio Status e Colégio Tiradentes da Polícia Militar. Todas as equipes selecionadas, são compostas de 6 estudantes.

Durante o início do festival são realizadas oficinas teóricas abordando fases do processo de produção de um curta desde roteiro, direção de fotografia e iluminação e direção de arte às temáticas de cinegrafia, figurino, produção e produção de áudio.

No próximo dia 2 de julho acontece a última oficina teórica que vai trabalhar a direção geral, edição e pós-produção, direção de atores e finalização do processo de produção dos curtas. Depois disso começam as gravações que serão no mês de agosto. “As gravações tem o prazo máximo de 8 horas. Os alunos escolhem um ponto de referência e tem 100 metros de raio para distribuírem suas locações. A equipe de apoio do festival acompanha todo o processo, seja auxiliando na direção, iluminação ou na cinegrafia”, explica Paulo Henrique.

Os alunos são orientados durante todo o processo do festival através dos encontros semanais com os idealizadores e monitores da FESP. “Os alunos vão elaborando os roteiros durante todas as oficinas. A cada oficina eles recebem orientações e dicas para conduzirem o enredo. Após o último encontro ainda há uma etapa de correção e sugestões a respeito dos roteiros, completa Paulo Henrique.

O júri é composto por pessoas ligadas à produção audiovisual e ao cinema. No fim de semana que antecede a mostra, o júri irá avaliar os vídeos enviar a votação em envelope lacrado. Este ano também haverá um júri popular.

Fonte: Agência Escola



Notícias por ANO e MÊS

Calendário de Noticias e Eventos

<<  dezembro 2020  >>
seteququsedo
30123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031123
45678910