O curso de Pedagogia da FESP recebeu a Exposição João Cândido – A luta pelos Direitos Humanos no Brasil, organizada pelo Banco do Brasil. O convite partiu do responsável pela exposição em Passos, Luiz Flávio Piotto e foi mobilizada pela professora da disciplina Educação e Direitos Humanos, Rosânia Aparecida de Souza Fonseca.

A mostra registra a luta pelos Direitos Humanos no período da Revolta da Chibata em 1910, que foi um movimento de militares da Marinha brasileira, tramado durante dois anos e que culminou em um motim que durou seis dias, de 22 a 27 de novembro de 1910, na Baía de Guanabara no Rio de Janeiro.

O objetivo principal da exposição é ressaltar parte da história do Brasil, que é pouco conhecida. João Candido, que dá nome à exposição, foi um dos principais líderes da Revolta da Chibata e é considerado um dos maiores líderes revolucionários da história brasileira. “A revolta foi de extrema importância para o reconhecimento dos Direitos Humanos no país. Professores e alunos consideraram importante a exposição, pois muitos conheciam pouco sobre a relevância desse movimento na história do Brasil”, ressalta a professora Rosânia.

Fonte: Agência Escola