A Fundação de Ensino Superior de Passos, através da parceria coma a Fundação de Apoio a Pesquisa do Estado de Minas Gerais (FAPEMIG), disponibilizou 15 bolsas para alunos do Colégio Tiradentes. O objetivo deste programa é instigar nos alunos do ensino médio o interesse na participação de projetos de pesquisa que já são realizados pelos alunos da FESP e, também, por bolsistas do Programa de Iniciação Científica PIBIC/FAPEMIG.

“Podemos perceber um amadurecimento científico destes alunos a cada ano que passa e continuamos com esta parceria, tendo a participação ativa destes alunos na execução dos projetos e nas publicações científicas. Vários destes estudantes já contam, no seu currículo, com produção científica e participação em evento científico, o que muito acrescentará na vida acadêmica e profissional futura deles. O contato precoce com o ambiente universitário estimula a criatividade e o espírito inovador, características fundamentais para o futuro empresário empreendedor”, relata a Coordenadora de Pesquisa e Extensão da FESP, Marisa da Silva Lemos, que sistematiza e articula esta parceria na FESP.

Segundo a Diretora do Colégio Tiradentes de Passos (MG), Janaína Brasileiro, este tipo de iniciativa favorece o desenvolvimento do aluno e instiga à responsabilidade social, direcionando o estudante a prática da pesquisa científica. Nossos alunos ficam ansiosos para serem selecionados e a cada ano o interesse aumenta.

De acordo com o professor doutor da FESP, João Vicente Zampieron, orientador neste programa, do Curso de Engenharia Ambiental, "os alunos participantes do Bic. Júnior adquirem expectativas positivas na elaboração de projetos e agregam conhecimentos para a sua formação. Isso contribuirá para a continuidade e desenvolvimento de pesquisa em nossa região. Contribui também, diretamente, para o amadurecimento intelectual dos estudantes".

Para o aluno Bic-Júnior/FAPEMIG/FESP, Tales Martins Lima, "ter participando do projeto de pesquisa científica foi gratificante, pois ampliou os meus conhecimentos no que se refere a estudos científicos. Ao publicar o artigo no Evento "FESP INOVA 2013", no Seminário de Pesquisa e Extensão, fiquei motivado e pretendo dar continuidade aos estudos neste segmento porque me identifiquei completamente com o tema".

As atividades tiveram inicio no dia 1º de março de 2014 e serão finalizadas em 28 de fevereiro de 2015. Os alunos interessados em projetos de Iniciação Científica poderão obter mais orientações através da Coordenação de Pesquisa e Extensão da FESP, a CPEX, que fica na Rua Doutor Carvalho, número 1147, e atende pelo telefone (35) 3529 – 6033.

Abaixo estão as publicações científicas dos alunos do Ensino Médio do Colégio Tiradentes no FESP INOVA 2013 no III Seminário de Pesquisa e Extensão da FESP:

1)    Título: Monitoramento de fatores ambientais em canteiros contendo quebra - pedra cultivada em solo contendo chumbo;

 Autores: Thales Martins Lima; Marina Maia Gischewsky; João Vicente Zampieron;

2)    Título: Análise granulométrica de misturas realizadas com o solo argiloso laterítico e com o agregado fino derivado de rejeitos de minerações de quartzito do município de Guapé;

Autores: Brenner William Rodrigues Melo, Pedro Henrique Villas Bôas de Almeida Carneiro, Ana Carina Zanollo Biazotti Collares;

3)    Título: Comunicação e a prevenção de doenças sexualmente transmissíveis: uma análise das propagandas veiculadas na internet;

Autores: Ariane Freire Alvarez, Everton Augusto Marques, Itamar Teodoro de Faria;

4)    Título: Impactos ambientais em duas nascentes urbanas no município de Passos-MG;

Autores: Leonardo Viana Souza,  André Phelipe Rodrigues da Silva; Ana Paula Jacó; Jéssica Bueno de Oliveira Rocha; João Luis Souza Ferreira; Michael Silveira Reis e Tânia Cristina Teles Oliveira;

5)    Título: Ensaio de Campo Randomizado: implantando o método massagem shantala para crianças em uma unidade básica de saúde da família de Passos-MG;

Autores: Amanda Botelho Cardoso, Kênia Fernandes Freitas; Rafaela Ferreira; Nilzemar Ribeiro de Souza;

6)    Título: O funcionamento da língua no espaço virtual e o dilema entre norma gramatical e fluidez interacional: língua portuguesa, língua brasileira, ou internetês?

Autores: Natália Gonçalves Oliveira; Nayara Fernanda Dornas; Júlio Cesar Machado;

7)    Título: Estudo da fragilidade natural nas sub-bacias hidrográficas do médio rio grande: aplicação na sub-bacias do Rio São João;

Autores: Guilherme da Silva Teixeira; Ana Paula Pereira Carvalho; Eduardo Goulart Collares;

TEXTO ESCRITO POR: COORDENAÇÃO DE PESQUISA E EXTENSÃO DA FESP



Premiação

O colégio Tiradentes ficou em 1º Lugar na sétima edição do Festival Canta Fesp 2011, realizado nesta sexta-feira, no estacionamento da biblioteca da FESP. A interpretação da música “Jeito do Mato”, de Maurício Santini e Paula Fernandes conquistou júri, público e o prêmio de R$ 500,00 para os intérpretes. A escola também ganhou premio para a melhor banda. 

O estacionamento da biblioteca Oto Lopes de Figueiredo ficou pequeno para as mais de 1200 pessoas que foram torcer e prestigiar as 15 escolas que se apresentaram. A Escola Estadual Deus Universo e Virtude chegou a se inscrever, mas não participou do festival.

Foram premiados os cinco primeiros colocados; a melhor banda e a melhor torcida. Em sete edições, a participação das escolas aumentou consideravelmente.

Neste ano, três cidades da região concorreram: Capitólio, com a Escola Estadual Modesto Antônio de Oliveira, que conquistou o 4º lugar, com a música “Wave”, de Tom Jobim; Alpinópolis, que ficou em 5º lugar, pela interpretação de “Tocando em Frente” (Almir Sater) pelos alunos da Escola Estadual Dom João VI e Itaú de Minas que participou com a Escola Municipal Engenheiro Jorge Oliva e a música Jorge da Capadócia, de Jorge Ben Jor. “A participação das escolas da região faz com que o festival cresça muito. Além disso, é o segundo ano em que a melhor torcida é premiada, uma inovação que deu tão certo que o público praticamente dobrou”, avalia a professora Silvia Maia, uma das coordenadoras do Canta FESP.

“Percebemos que o espaço ficou pequeno. Teremos de pensar em um novo local para receber bem o público que está cada vez maior a cada ano. Estamos muito felizes com este sucesso, é sinal de que as escolas atenderam a este chamamento e estão se envolvendo e participando das ações culturais da FESP levando lazer e cultura para a comunidade”, afirma o presidente do Conselho Curador, professor Fábio Pimenta Esper Kallas.

A 3ª colocada foi a escola Dona Emília Leal, com a música “No meu coração você vai sempre estar”, de Ed Mota e o 2º lugar ficou para o Colégio São Francisco COC que também ganhou o prêmio da melhor torcida organizada, e levou um kit de informática e um banner para a escola.

O prêmio para a melhor banda foi para a equipe campeã do festival, do Colégio Tiradentes.

O Canta FESP é uma proposta de incentivo à cultura e à divulgação da Música Popular Brasileira que conquistou a comunidade de Passos. “Eu já participei de três festivais, fiquei duas vezes em primeiro lugar e uma em terceiro. Hoje moro em Brasília e estou aqui em Passos somente para assistir ao Festival. É muito importante para incentivar a cultura na cidade, que é muito carente de música de qualidade”, avalia Hugo Fonseca, que depois de conquistar os títulos, também fez parte do júri.

“Nossa meta é melhorar sempre. A sétima edição foi melhor que as anteriores porque foi a de maior público, o que deixou o evento mais animado. A qualidade das interpretações também melhora a cada ano”, avalia a professora Leila Andrade, que também coordena o evento.

Fonte: Agência Escola



Notícias por ANO e MÊS

Calendário de Noticias e Eventos

<<  setembro 2019  >>
seteququsedo
2627282930311
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30123456