Começou hoje de manhã, na FESP, o curso de capacitação do projeto “O Caráter Conta”. Os educadores do Virginia Polytechnic Institute and State University – Virginia Tech, de Blacksburg, Estado da Virginia (EUA) Glenda Snyder, Brian Hairston, John Blakenship, Jocelyn Dailey e Jeremy Johnson vão capacitar cerca de 200 pessoas. As aulas começaram hoje e terminam amanhã, com palestra aberta ao público.

A abertura oficial foi feita no auditório Armando Righetto (bloco 08 da FESP) que ficou completamente lotado. Professores, estudantes e profissionais de diversas áreas participaram do primeiro dia de capacitação para o desenvolvimento do programa.

O projeto “O Caráter Conta” é uma proposta educacional que tem como fio condutor seis valores morais considerados fundamentais ao desenvolvimento humano: Sinceridade, Respeito, Responsabilidade, Zelo, Senso de Justiça e Cidadania. As aulas estão sendo ministradas no prédio principal da FESP em seis salas de aulas.

A FESP é parceira do projeto e vai contribuir com uma rica programação durante todo o decorrer do ano, com várias atividades educativas coordenadas pelo Professor Mestre Itamar Faria, através do curso de Serviço Social e com a participação de vários outros cursos. A Banca da Honestidade da FESP também foi incorporada ao programa americano e vai percorrer escolas e instituições de Passos.

A ONG Deus Proverá também é parceira no projeto e na promoção do curso de capacitação.Os professores capacitados serão responsáveis pela implantação do programa em seus locais de trabalho.

Nesta terça-feira (28) a professora Glenda Snyder, vai ministrar palestra aberta ao público a partir das 19h30, na Câmara Municipal de Passos. Quem quiser participar basta comparecer ao local (Avenida Perimetral, 151) levando um quilo de alimento não perecível.

Fonte: Departamento de Comunicação e Marketing



Educadores do Projeto com Profº Fabio Kallas e Profº Manoel Ferreira

O Projeto Caráter Conta reconhece a importância da Banca da Honestidade da FESP, idealizada pelo Presidente do Conselho do Curador da FESP, Professor Fabio Pimenta Esper Kallas e usará a metodologia para aplicação de seus pilares em escolas de Passos. Funcionando há mais de 2 anos nas dependências da FESP e nas escolas de modo itinerante, a banca tem como   objetivo estimular a responsabilidade e a honestidade dos usuários.

O propósito do projeto americano faz coro aos princípios da Banca da Honestidade que também propõe a valorização moral do ser humano nas atitudes simples do dia-a-dia.
De acordo com o presidente do Conselho Curador da FESP, Professor Fabio Pimenta Esper Kallas ações simples como a banca da honestidade são extremamente importantes para reforçar valores que muitas vezes se perdem por influência negativa dos meios de comunicação e a sensação de impunidade que nos rodeia. “O que queremos fazer com a banca é levar os usuários a reflexão de que agir corretamente não deve ser uma imposição, mas sim, uma obrigação de todos nós para que vivamos em um mundo mais harmonioso e respeitador. Não podemos compactuar com o chamado jeitinho brasileiro, esta cultura está deturpada e atrapalha o desenvolvimento do nosso país. Se queremos viver em uma cidade ou nação progressista com princípios éticos e morais precisamos refletir sobre nossas ações por menores que sejam”, explicou Fabio Kallas.

A atuação da FESP no projeto vai incluir ainda uma série de atividades educativas coordenadas pelo curso de Serviço Social com a participação de vários outros cursos.
A Banca da Honestidade é uma banca de frutas vendidas a preço de custo e sem qualquer fiscalização. Quem “compra” as frutas deposita as moedas em uma caixinha.

A atuação da FESP com a Banca fica sob coordenação do professor Itamar Faria, do curso de Serviço Social.  Segundo ele, as ações propostas prevêem o envolvimento de professores e alunos dos diversos cursos da FESP, estreitando ainda mais a relação entre formação técnica e formação humana. “Serão desenvolvidas atividades de sensibilizações, palestras, dinâmicas, concursos de slogans, redações e poesias, bem como produção de material informativo e de divulgação e ainda, grande divulgação da Banca da Honestidade com seus pilares”, explica Itamar Faria.

Nos próximos dias 27 e 28, educadores do projeto “O Caráter Conta” que fazem parte do Virginia Polytechnic Institute and State University – Virginia Tech, de Blacksburg, Estado da Virginia (EUA) vão realizar um curso de capacitação para cerca de 200 pessoas na FESP.

A ONG Deus Proverá também é parceira no projeto e na promoção do curso de capacitação. Segundo a coordenadora pedagógica da ONG, Letícia Leandra Oliveira, os professores capacitados serão responsáveis pela implantação do programa em seus locais de trabalho.

Segundo ela, “a idéia é criar nas escolas, empresas ou quaisquer instituições onde é implantado o projeto, uma cultura que auxilie a reduzir os índices de violência e do consumo de álcool e drogas. É ajudar na formação do caráter dos jovens e adolescentes”, enfatiza.

Recepção na FESP

Os educadores Glenda Snyder, Brian Hairston, John Blakenship, Jocelyn Dailey e Jeremy Johnson chegaram em Passos na quarta-feira (22), e foram recebidos com um jantar na residência do presidente do Conselho Curador da FESP, professor Fabio Pimenta Esper Kallas, juntamente com professores e diretores da FESP.  “O jantar foi uma oportunidade muito importante de socialização com os professores que se mostraram extremamente amáveis e abertos a um intercâmbio de experiências”, ressalta o coordenador do programa na FESP, Itamar Faria.

A presidente do Centro de Aprendizagem Pró Menor de Passos Marisa Lauria e o vice-presidente Antônio Mazzili participaram da recepção aos educadores, juntamente com professores e diretores de núcleo da FESP.

Na última sexta-feira, os educadores e coordenadores do “Carater Conta” visitaram as instalações da FESP e conheceram projetos desenvolvidos na Instituição.
Os professores treinados vão auxiliar na implantação e coordenação do programa em escolas e empresas de Passos. A programação inclui também uma palestra com a educadora Glenda Snyder, na terça-feira, as 20h00, na Câmara Municipal de Passos.

O Projeto

O “Carater Conta” começou em Passos em 2008, através do Juiz da Infância e da Juventude Luís Carlos Negrão, professor do curso de Direito da FESP e da atual coordenadora do programa na cidade, Lucimar Cristina Silva. Segundo ela, o programa foi implantado em creches e instituições como o CAPP (Centro de Aprendizagem Pró-Menor de Passos) e propõe uma mudança de comportamento.

O projeto “O Caráter Conta” é uma proposta educacional que tem como base seis valores morais, considerados fundamentais ao desenvolvimento do ser humano: sinceridade, respeito, responsabilidade, zelo, senso de justiça e cidadania.

Fonte: Departamento de Comunicação e Marketing



Notícias por ANO e MÊS

Calendário de Noticias e Eventos

<<  novembro 2019  >>
seteququsedo
28293031123
45678910
11121314151617
18192021222324
2526272829301
2345678