Na última quinta-feira (05), a FESP recebeu a estreia da nova produção da Trupe Ventania de Teatro, sob o comando de Maurílio Romão, o "Auto da Folia: Jesus, José e Maria", espetáculo popular, musical e regional, que segue o modelo dos autos medievais de teatro nos adros das igrejas.

A praça em frente ao prédio principal da Fundação acolheu o público que se emocionou com o nascimento de Cristo redesenhado pelo olhar do Congado, da Companhia de Reis e de Pastores, ideia nascida no seio da memória afetiva e do imaginário poético de tradições comuns desta terra. “Sempre ouvi o Congo chegando, os ternos louvando e isso sempre me fascinou”, conta Romão.

Veio de lá dos tempos médios a essência fundamental do itinerante e a Kombi da Trupe vem completar o conceito do “Auto da Folia”. Preenchido de cores, acordes, vozes e teatralidade afiados. Outros nove espaços da cidade receberão o espetáculo neste dezembro, incluindo Igrejas, a Avenida da Moda e Palácio da Cultura. Tantas datas dispostas no intuito de dar a chance à população de ver o estandarte carregado pelo “Auto da Folia” em homenagem póstuma ao Senhor Jerônimo dos Santos, Capitão do Terno da Coroa do Menino Jesus, grande motivo de exaltação da cultura popular em Passos. Para o diretor, significa um renascimento, aos olhos dessa nova geração, de uma tradição de mais de 150 anos. “Um pertencimento que está entranhado em nossa antropologia social. Temos que restaurar a alegria dessas manifestações populares e espontâneas”.

A peça é de personagens que não seguem um padrão naturalista e que, na rua, ganham multi dimensão, sendo mais exagerados, ora caricatos, ora ultrarromânticos. Apesar de seguir textos bíblicos, a dramaturgia viaja na contemporaneidade e ultrapassa a linha do tempo.   Depois de cinco meses de trabalho esmerado com oficinas de canto, instrumento e interpretação, a Trupe Ventania ganha as ruas e a plateia leva pra casa essa energia e beleza das serestas, louvores de reis e batidas de congo dentro de uma atmosfera lúdica, que dá um tom especial ao nascimento do menino Deus.

No elenco estão Juliana Mota, Thales Di Carmo, Valdony Amorim, Paulo Cardoso, Maria Beatriz Oliveira, Nelma Silva, Pedrão Dias, Talles Fraga, Rodrigo Oliveira, Guilherme Gomes, Lui Freitas, Thiago Rodrigues, Maria Angélica Freire e Viviane Di Marco. Os figurinos são de Luciana Silva e Clau Ribeiro e adereços de Viviane Di Marco, Thales Di Carmo, Valdony Amorim e Thiago Rodrigues. Os arranjos foram preparados por Talles Fraga que também fez a preparação vocal junto de Viviane Di Marco. A maquiagem é de Thales Di Carmo. O backstage a cargo de Fernanda Menezes e o designer gráfico é Allan Aldebram. Produção interna de Lucas Eduardo e Kívia Oliveira, também consultora em comunicação. Produção executiva realizada por Isabella Vieira e Vânia Ságio. Encenação, cenário, dramaturgia e direção de Maurílio Romão.

FONTE: Departamento de Comunicação e Marketing FESP/UEMG