O Deputado Federal Renato Andrade recebeu nesta terça-feira (24), em seu gabinete, em Brasília, o presidente do Conselho Curador da FESP, professor Fabio Pimenta Esper Kallas que apresentou pedido de mais equipamentos para os laboratórios do curso de Medicina. O vereador de São João Batista do Glória, Joanito Fonseca, também participou da reunião. 

O deputado também comemorou a aprovação pelo MEC do curso de Medicina na FESP. “Eu sempre sonhei com um curso de Medicina para a nossa região porque isso reflete diretamente na saúde da população, com mais médicos, mais residentes. Em 2010, quando ainda estava em campanha política, eu sempre dizia o quanto era importante”, relata.

O presidente do Conselho Curador da FESP informou que o pedido foi feito para incrementar ainda mais as instalações do curso. “O Renato demonstrou que está muito feliz com a aprovação do curso e nós acreditamos que ele vai se empenhar nesta demanda”, afirma. 

A FESP está aguardando a publicação do decreto que autoriza a abertura de processo seletivo neste ano. O projeto do curso começou a ser desenvolvido há pelo menos três anos e contou com a participação fundamental da Santa Casa de Misericórdia de Passos, cuja equipe formada médicos doutores de várias especialidades, integrou o Núcleo Docente Estruturante, responsável pela elaboração da proposta enviada ao MEC.

O curso de medicina da FESP também vai integrar como cenários de práticas acadêmicas as Santas Casas de São Sebastião do Paraíso e de Piumhi, Fundação Beneficente São João da Escócia (que engloba o Hospital Otto Krakauer e Recanto Geriátrico) e ainda a Sociedade São Vicente de Paulo, além do Hospital Regional do Câncer. Além das unidades de atendimento já existentes na FESP, como o Ambulatório Escola e Núcleo de Atendimento e Pesquisa em Hanseníase e o PSF escola, vinculados a outros cursos da área da saúde, como Enfermagem, Biomedicina e Nutrição, Educação Física e Ciências Biológicas. 

O Deputado Renato Andrade ressaltou a importância do curso para melhorar o atendimento à comunidade e afirmou que vai se empenhar para atender à demanda da FESP. “Tudo o que for para o bem do nosso povo pode contar sempre com o meu apoio, será uma união de forças”, disse.