A estilista e ex-aluna do curso de Moda e Design da FESP Renata Ramiro, após realizar o pedido de registro de Patente de um produto desenvolvido dentro da Fundação de Ensino Superior de Passos, através do Núcleo de Inovação Tecnológica NIT/FESP, busca novos horizontes. A profissional atualmente participa de um concurso internacional do “TIC Americas – Competência, Talento e Inovação das Americas” com seu projeto, apresentando acessórios sustentáveis confeccionados em papel, revistas, jornais e embalagens de plásticos laminados descartados do pós-consumo urbano, criado por ela. 

Após receber incentivos da FESP, Renata cadastrou sua criação neste concurso que tem apoio da “The Young Americas Business Trust (YABT)”, que é uma organização internacional sem fins lucrativos que trabalha em cooperação com a Organização dos Estados Americanos (OEA), com o objetivo de promover o desenvolvimento de jovens empreendedores nas Américas por meio de programas e projetos nas áreas de Liderança e Networking, Training, Tecnologia e Alianças Estratégicas, voltado aos Jovens Empresários. Para os interessados que queiram contribuir com a votação do Projeto basta curtir a esta página.

O projeto de Renata, que está sendo apresentado às Américas e ao mundo, refere-se à confecção de acessórios sustentáveis, com a função de reduzir e amenizar o impacto de resíduos no meio ambiente. A coleta seletiva que o pós-consumo oferece proporciona a criação de peças para o uso no vestuário. Estes materiais descartados pela sociedade são reutilizados e transformados em acessórios como: colares, brincos, pulseiras entre outros adereços.

Renata acredita que apresentar o seu projeto em um concurso internacional relacionado à sustentabilidade dará maior visibilidade a suas atividades e ampliará o relacionamento com investidores. “Continuarei a contribuir com a natureza a partir do reaproveitamento dos materiais descartados, ainda neste segmento poderei trabalhar a inclusão social e inovação - ‘Moda & Design’. “Minhas expectativas é chegar à final deste concurso. Participar deste processo será ótimo para ter oportunidade de conhecer profissionais e me inteirar com as propostas de outros participantes, ouvir opiniões, sugestões de juízes e empresários de todo o mundo sobre o meu trabalho. Esta oportunidade está sendo um enorme aprendizado e de grande impulso para o meu crescimento profissional”. 

Marisa da Silva Lemos, Coordenadora do Núcleo de Inovação Tecnológica (NIT/FESP) relata a importância desta proposta da Renata ser aceita para concorrer neste concurso de renome na área de inovação. “Estamos torcendo para que ela consiga vencer e consequentemente poder expandir o seu negócio não só para a América Latina como também para o mundo”

Enquanto aguarda o resultado do concurso, Renata já comercializa seus acessórios com a venda exclusiva pela internet. Os assessórios de Renata podem ser encontrados no site oficial da estilista e design e através deste vídeo no You Tube.  Contato para mais informações sobre pedido de patente na FESP podem ser feitas através do telefone 3529-6033, na Coordenadoria de Pesquisa e Extensão (CPEX) da FESP junto ao NIT/FESP.

TEXTO ESCRITO POR: COORDENAÇÃO DE PESQUISA E EXTENSÃO - CPEX



Através do Núcleo de Inovação Tecnológica NIT/FESP, foi depositado mais um pedido de Patente de um produto desenvolvido dentro da Fundação. O requerimento foi feito ao Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI), órgão federal vinculado ao Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), responsável pelo aperfeiçoamento, disseminação e gestão do sistema brasileiro de concessão e garantia de direitos de propriedade intelectual. O processo se dá pelo envio de documentação específica sobre o produto, ou processo a ser registrado, seguido de análise de originalidade e definição de titularidade.

A criação disposta para registro é de Renata Ramiro, formanda do curso de Moda e Design. A estilista idealizou e produziu acessórios de materiais reutilizáveis. Segundo ela o produto é fruto de um trabalho de uma disciplina da professora Ana Beatriz Rodrigues Alves, coordenadora do curso. “Eu sempre busquei fazer coisas, criar coisas que não custassem muito porque cada semana tinha que fazer algo diferente. Daí eu acabei desenvolvendo alguns acessórios sustentáveis feitos de papel, revista e jornal. O resultado ficou bom e eu decidi vim falar com o professor Fábio Kallas e quando eu cheguei aqui ele me atendeu, foi atencioso e disse que tinha gostado da minha ideia, indicando que eu procurasse o Núcleo de Inovação Tecnológica NIT/FESP para fazer o pedido da Patente. Foi o que fiz e agora já tenho o protocolo de acompanhamento”, contou Renata.

Relata a coordenadora do NIT/FESP, Marisa Lemos, que registro do processo de fabricação de seus acessórios trará tranquilidade no que se refere à competitividade no mercado. “A partir do momento que ela obtiver o registro da patente, nenhum outro profissional poderá utilizar o método criado por ela, que além de ser de uma criatividade incrível, tem uma proposta de sustentabilidade, pois a mesma utiliza material reciclável em seus produtos”, justificou a professora.

O processo de análise do pedido leva tempo, mas há grandes chances de ser aprovado, já que em pesquisa anterior, foi comprovada a originalidade do produto, que no caso, são peças de moda únicas. Após a análise de documentação, o passo é um processo administrativo de exame formal preliminar e, posteriormente a publicação na Revista de Propriedade Intelectual do INPI para registro da patente.

Enquanto aguarda o correr dos procedimentos, Renata já planeja a comercialização de seus acessórios. A venda será exclusiva pela internet e ela já pensa em parcerias para a confecção. “Acho que esse apoio da FESP foi um incentivo. Vi que minha ideia é realmente boa e fiquei bem animada. Ainda estou decidindo valores, mas algumas peças vão custar R$19,00, por exemplo. Já tenho uma encomenda de 600 peças e por isso estou considerando um convênio para trazer presidiárias para me ajudarem neste trabalho, ou mesmo algumas funcionárias da FESP. Acredito que tem tudo para dar certo porque eu uso material do pós-consumo, material que as pessoas não se interessam mais. Dá pra fazer algo diferente, versátil, leve, durável e de baixo custo”, destaca.

Os assessórios de Renata podem ser encontrados no site oficial da estilista e design (WWW.riye.com.br) e o contato para mais informações sobre pedidos de Patente pode ser feito através do telefone 3529-8080, na Coordenadoria de Pesquisa e Extensão (CPEX) da FESP junto ao NIT/FESP.

FONTE: Departamento de Comunicação e Marketing FESP/UEMG



Notícias por ANO e MÊS

Calendário de Noticias e Eventos

<<  outubro 2020  >>
seteququsedo
2829301234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930311
2345678