Alunos do curso de Administração da FESP participaram do 40º Congresso Nacional de Gestão de Pessoas (CONARH 2014), em São Paulo, e do XV Encontro de Pesquisadores, sendo este promovido pela UNIFACEF de Franca. O grupo foi coordenado pelo professor administrador Olney Bruno da Silveira Junior, responsável pela disciplina de Gestão de Pessoas.

Durante o Congresso, os estudantes tiveram a oportunidade de visitar stands de empresas líderes no segmento de prestação de serviços em gestão de pessoas como: Bradesco Seguros, Ticket Alimentação, Unimed, Uniodonto, Linkedin, Vagas.com e Catho, dentre outras. Além, ainda puderam conhecer mais detalhes de empresas de grande porte - como a Petrobras - que apresentaram seus modelos de gestão de pessoas, e também participaram de palestras.

Outro destaque do CONARH 2014 foi a participação dos alunos no stand do IBC (Instituto Brasileiro de Coaching), que contou com a participação do administrador César Vilela de Aquino, professor da FESP, autor e coaching do IBC.

Em Franca, no XV Encontro de Pesquisadores, cujo tema central foi “A interdisciplinaridade vista sob o prisma do Desenvolvimento”, a FESP apresentou quatro artigos. 

O professor Olney Bruno teve aprovado o artigo que retrata a gestão de pessoas nos municípios pertencentes à AMOG (Associação dos Municípios da Mesorregião da Baixa Mogiana). Sob sua orientação, suas alunas completaram a coleção com outros três trabalhos.

Nubia Gabriela Pereira Carvalho, do 6º período, foi coautora nos artigos: “Processos de gestão de pessoas em lojas de super e hipermercados no município de Passos”, e “O processo de capacitação na indústria de lingerie do Pólo de Produção do município de Juruaia”.

Já as alunas Ester Quintina de Moura, do 7º período, Thuane Celly Silva e Thaís Alves Rodrigues, do 8º período, apresentaram a pesquisa intitulada “A relevância do conhecimento e práticas de gestão para a geração de resultados em uma organização não governamental”.

Com este saldo positivo, o professor Olney Bruno defende que as pesquisas publicadas são reflexos do bom trabalho que vem sendo realizado pelo grupo há vários meses. O professor ainda afirma que, com estudo e dedicação, é possível aplicar resultados acadêmicos na prática do dia a dia das diversas organizações.

FONTE: Departamento de Comunicação e Marketing FESP/UEMG



O Presidente do Conselho Curador da Fundação de Ensino Superior de Passos (FESP/UEMG), Professor Fabio Pimenta Esper Kallas e a Diretora do Núcleo Acadêmico de Ciências Biomédicas e da Saúde, Professora Tânia Maria Delfraro Carmo, participaram do V Congresso Brasileiro da Educação Superior Particular realizado no período de 14 a 16 de junho de 2012, em Natal (RN). O evento teve como objetivo debater os desafios do ensino superior no país. O Congresso foi promovido pela Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior (ABMES) e reuniu profissionais do segmento particular de ensino superior do Brasil, representantes do Ministério da Educação (MEC), do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP/MEC), principais lideranças do setor, autoridades governamentais e políticas com responsabilidades na área de educação, renomados educadores e formuladores de políticas públicas para a educação no Brasil.

Na visão dos representantes da FESP, o Congresso foi um momento de profundas reflexões acerca dos grandes desafios que a educação no Brasil está enfrentando e “trouxe ideias e sugestões de caminhos alternativos a seguir para que as dificuldades sejam superadas e que o Brasil prossiga com mais vigor na sua trajetória de inclusão social e de desenvolvimento com sustentabilidade”. “O evento reuniu as maiores instituições de ensino em torno de discussões para que pudéssemos alinhar as ações em prol da qualificação do povo brasileiro, cada uma em sua região. Mostrou a necessidade de desenvolver projetos de extensão, com os quais a FESP tem muita força e envolvimento. O Congresso destacou a importância da preparação de nossos alunos para a participação em programas importantes como Ciência sem Fronteiras”, disse o professor Fabio Kallas.

Com diversas palestras e conferências sobre a temática, o evento contou com autoridades da área e deu suporte para os gestores da educação superior particular. Amaro Henrique Pessoa Lins, secretário da Educação Superior do MEC, discorreu a trajetória da Educação no Brasil, ressaltando que 60 anos atrás o índice de analfabetismo no país era altíssimo. O número de estudantes no Ensino Superior subiu de 3,5 milhões em 2002 para 6,5 milhões em 2010. O palestrante ressaltou ainda que são desafios da Educação Superior brasileira, melhorar a qualidade do ensino e a formação de recursos humanos para transformar a realidade e o desenvolvimento brasileiro. Ainda de acordo com Amaro Lins, conforme os dados do Censo de Educação em 2010, 75% dos estudantes matriculados no Ensino Superior estão em instituições particulares, 15% nas federais, 9% nas estaduais e 1% nas municipais. “Com a apresentação desses dados Amaro salientou a importância que tem as instituições particulares no processo de educação superior no país. Outras discussões importantes trataram da implantação do Programa Ciências Sem Fronteiras e da ampliação dos Cursos de Medicina no país. As várias possibilidades de intercâmbio com as Universidades estrangeiras, através desse Programa, busca promover a consolidação, expansão e internacionalização da Ciência e Tecnologia, da Inovação e da competitividade brasileira por meio do intercâmbio e da mobilidade internacional”, destacou a professora Tânia Delfraro.

O Programa Ciência sem Fronteiras é uma iniciativa dos Ministérios da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) e do Ministério da Educação (MEC), por meio de suas respectivas instituições de fomento, CNPq e Capes, e Secretarias de Ensino Superior e de Ensino Tecnológico do MEC. O projeto prevê a utilização de até 75 mil bolsas em quatro anos para promover intercâmbio, de forma que alunos de graduação e pós-graduação façam estágio no exterior com a finalidade de manter contato com sistemas educacionais competitivos em relação à Tecnologia e Inovação. Além disso, busca atrair pesquisadores do exterior que queiram se fixar no Brasil ou estabelecer parcerias com os pesquisadores brasileiros nas áreas prioritárias definidas no Programa, bem como criar oportunidades para que pesquisadores de empresas recebam treinamento especializado no exterior.

Em relação à expansão de cursos de medicina, foi enfatizado que a justificativa se deve pelo quadro dramático de saúde que se encontra no país e pelos indicadores sociais encontrados, ainda, pela relação número de médicos/habitantes. O Brasil tem 1,8 médicos/1000 habitantes; EUA 2,4 médicos/1000 habitantes; Reino Unido 2,7/1000 habitantes; França 3,5 médicos/1000 habitantes; Uruguai 3,7 médicos/1000 habitantes; Portugal 3,9 médicos/habitantes; Espanha 4,0 médicos/1000 habitantes e Cuba 6,4 médicos/1000 habitantes. A expansão dos cursos de medicina deverá passar de 1.615 vagas para 2.400 vagas até 2013. A FESP está trabalhando intensamente na criação do seu curso de Medicina.

Fábio e Tânia voltaram a Passos com muito material para suporte dentro da FESP já que o objetivo do evento foi debater o futuro da educação no Brasil, além da reflexão sobre ferramentas para o desenvolvimento científico e tecnológico nacional e internacional. A Educação a Distância (EaD) também foi tema presente nas palestras, enfocada por Marcos Formiga, representante da Universidade de Brasília (UNB), como importante fator de inclusão social. “Novas tecnologias e mudanças no processo ensino-aprendizagem estão acontecendo e precisamos participar delas. A participação no Congresso Brasileiro foi de enorme importância para nós, pois mostrou a direção que o Ensino Superior no Brasil está tomando e mostrou que nós da FESP estamos no caminho certo”, concluiu o presidente da FESP, Fabio Kallas.

Fonte: Departamento de Comunicação e Marketing



O professor dos cursos de Administração, Gestão Comercial e Ciências Contábeis da Fundação de Ensino Superior de Passos (FESP/UEMG), César de Aquino, mestre em Administração Estratégica e especialista em Gestão, publicou um artigo científico no VII Encontro de Estudos Organizacionais (EnEO) da ANPAD (Associação Nacional de Pós-graduação e Pesquisa em Administração) realizado no mês de maio em Curitiba (PR).

César é responsável pelas disciplinas de Marketing, Marketing de Serviços, Gestão de Vendas, Gestão da Inovação e Teorias e Métodos de Pesquisa de Mercado e articulador da Rede de Inovação Tecnológica da FESP. O artigo descreve o nível de comprometimento organizacional dos empregados de uma grande indústria do setor alimentício localizada em Passos, a SEARA do Grupo Marfrig, por meio de uma escala específica e também por um estudo quantitativo e qualitativo. O Congresso faz parte dos eventos anuais da ANPAD, que é hoje um dos Congressos mais respeitados na área de Pesquisa em Administração de Empresas, nacional e internacionalmente.

Este já é o terceiro artigo publicado pelo professor em eventos científicos. Em 2010, houve a participação no XXI ENANGRAD, em 2011 no IFBAE (6º Congresso do Instituto Franco-Brasileiro de Administração de Empresas) em Franca, com um artigo resultante de um Trabalho de Conclusão de Curso de alunas da Administração. Segundo César, a realização do VII EnEO atestou a consolidação, o avanço e a fecundidade dos estudos em Organizações no Brasil. “O EnEO 2012 abriu a oportunidade para que os acadêmicos da área pudessem divulgar e debater artigos de forma mais específica. Os formatos de apresentação privilegiaram o debate aprofundado dos artigos e uma maior interação entre os participantes”, comentou o professor.

Fonte: Departamento de Comunicação e Marketing



O presidente do Conselho Curador da FESP, professor Fabio Pimenta Esper Kallas foi o convidado da videoconferência realizada no Centro Vocacional Tecnológico na manhã desta quarta-feira (6). O projeto “Fesp em Ação na Comunidade – CVT e a Saúde” é uma aposta da FESP em interatividade ao abordar temas de interesse público através de videoconferência, nos CVTs.

O professor Fabio Pimenta Esper Kallas falou sobre a importância do Ensino a Distância e a aplicação de tecnologia na Educação. “Precisamos vencer o preconceito com relação à formação a distância e enfrentar o desafio de se adaptar às novas tecnologias que estão aí para contribuir cada vez mais com a Educação, como a própria rede CVT, cujos núcleos serão brevemente transformados em polos de ensino à distância”, ressaltou o professor.

De acordo com o coordenador do CVT Passos José de Paula Silva, a videoconferência de hoje teve como público alvo os próprios coordenadores e integrantes das equipes de CVT. Durante a videoconferência o professor abordou temas como a internacionalização do ensino, a importância da capacitação dos professores e da abertura para parcerias com instituições de ensino.

Alguns participantes da videoconferência comentaram sobre dificuldades de gestão e até de continuidade de projetos em época de mudança política na administração pública. “É fundamental entender que o CVT é uma política de Estado, um programa apartidário, uma aposta em educação. Quanto mais parcerias forem firmadas, mais abertura teremos para garantir a continuidade dos projetos”, afirmou.

Os diretores de núcleos acadêmicos da FESP professor Anderson Jacob Rocha, do Núcleo Acadêmico de Educação, Manoel Reginaldo Ferreira, diretor do Núcleo de Tecnologia e Engenharia, Tânia Maria Delfraro Carmo, do Núcleo de Ciências Biomédicas e da Saúde e Vivaldo Silvério de Souza Filho, do Núcleo de Ciências Humanas e Ciências Sociais Aplicadas participaram da videoconferência. De acordo com o setor operacional da Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior de Minas Gerais (Sectes), os CVTs têm condições de colocar em rede de videoconferência 84 cidades com capacidade total para mais de 2 mil pessoas.

Fonte: Departamento de Comunicação Marketing



A Profa. Dra. Rita de Cássia Ribeiro Carvalho e o Prof. MsC. Ricardo Ferreira Godinho, do curso de Agronomia da Fundação de Ensino Superior de Passos (FESP/UEMG) participaram no início deste mês do II Simpósio Internacional Leite Integral.

O evento faz parte do “Projeto de Educação Continuada” desenvolvido pela Revista Leite Integral – editada pela rede MilkPoint/AgriPoint – há seis anos. O foco do simpósio foi o bem-estar, comportamento e imunidade para bovinos leiteiros. De acordo com os participantes o objetivo principal foi abordar novas ferramentas para aumentar a produtividade em rebanhos leiteiros por meio de informações técnicas de qualidade para aqueles que trabalham na pecuária leiteira.

O Simpósio foi realizado no Hotel Ouro Minas em Belo Horizonte (MG) nos dias 3 e 4 de maio, reunindo os maiores nomes internacionais relacionados às temáticas conforto, sanidade e nutrição de bovinos leiteiros, bem como os efeitos dos mesmos sobre o sistema imune e a produção e qualidade de leite.

Na opinião da professora Rita “empresários rurais devem buscar apoio técnico embasado ara assessorá-los nas tomadas de decisão no dia a dia do campo, em especial no que se refere hoje, ao conforto animal, uma preocupação e uma inovação tecnológica na pecuária leiteira. O desconforto para o animal é estressante e causa prejuízos que muitas vezes não se quantificam”.

Rita ressaltou ainda que cada vez mais fica evidente que a multidisciplinaridade é um fator preponderante para realizar pesquisas de qualidade. “Todos os palestrantes demonstraram a grande afinidade com os membros do grupo de pesquisa em que atuam e o quanto cada colega é considerado fundamental para os resultados fantásticos conquistados, deixando claro a interdependência entre departamentos de uma mesma instituição, entre instituições e entre países. Segundo a pesquisadora, participar de eventos como esse traz uma bagagem tanto para o professor-pesquisador quanto para a FESP como instituição voltada para o ensino, pesquisa e extensão. “É uma oportunidade de fazer contatos, de conhecer trabalhos diversos e conversar e discutir sobre alguns trabalhos produzidos por nós, eu e o professor Ricardo Godinho, e orientandos na FESP. Nossos trabalhos foram vistos com bons olhos e disseram que estamos no caminho certo e isso só nos deixa mais confiantes", frisou Rita.

Para Ricardo Godinho, uma das inúmeras mensagens do evento é “a necessidade de propor intervenções com foco no animal e não apenas no processo produtivo, que resulta em melhores resultados zootécnicos e econômicos, o que está diretamente ligado ao modo de atuação dos técnicos no campo". Ele ressaltou ainda que foi possível perceber a grande interação que existe entre os centros de pesquisa e a realidade no campo demonstrada pelos palestrantes.

A participação dos docentes da FESP leva o nome da instituição em eventos importantes da área de pesquisa internacional e mostra o empenho e a dedicação dos professores na busca pela qualificação com ênfase na excelência do trabalho acadêmico.

Fonte: Departamento de Comunicação e Marketing



Notícias por ANO e MÊS

Calendário de Noticias e Eventos

<<  março 2020  >>
seteququsedo
2425262728291
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
303112345