A aluna do Curso de Engenharia Ambiental, Jéssica Karyane da Silva, retornou à FESP no dia 10 de janeiro de 2014 após intercâmbio do Programa Ciência sem Fronteiras no Canadá. A estudante esteve no país durante 1 ano e 6 meses desenvolvendo graduação, na Universidade canadense, University of the Fraser Valley, na cidade de Abbotsford, e posteriormente na University of British Columbia. O período de estudo acadêmico foi de agosto - 2012 a janeiro - 2013. 

Marisa da Silva Lemos, Coordenadora do Programa Ciência sem Fronteiras afirma que o relato da experiência vivida pela aluna Jéssica no Canadá nos sensibiliza e estimula a instigar o maior número de alunos da FESP para participar deste intercâmbio. “Percebe-se que a estudante volta uma pessoa diferente, com um novo olhar do mundo através de novos conhecimentos e assume o compromisso de transmiti-los  aos seus colegas curso na FESP”.

Jéssica inicialmente agradece a FESP pela oportunidade única que teve em sua vida. Segundo a estudante é certo que os conhecimentos adquiridos na área de Engenharia Ambiental no exterior farão dela uma profissional diferenciada no mercado de trabalho. 

A Fundação de Ensino Superior de Passos já realizou através do Programa Ciência sem Fronteiras 11 intercâmbios de estudantes de graduação. Este ano (2014) a instituição apresenta 2 alunos aprovados para o intercâmbio previsto em maio de 2014 e outros 09 que já estão homologados para intercâmbio previsto em agosto de 2014.

A Coordenação de Pesquisa e Extensão da FESP – CPEX é responsável pelo Programa Ciência sem Fronteiras na instituição e conta com a assessoria do funcionário da CPEX, Étory Zaghi, para acompanhar os alunos neste processo.  

Os alunos interessados em se candidatar nos editais abertos entrar em contato com a CPEX para auxiliá-los no processo de candidatura. Local: Rua Doutor Carvalho, nº1147 – Bairro: Belo Horizonte / Passos - Telefones para contato: CPEX: (35) 3529 – 6033 \ (35) 9811 – 8085.

A aluna relata também que viver a experiência de um intercâmbio é algo inexplicável. Relata que é muito difícil descrever em palavras tudo o que viveu.

Segue abaixo na íntegra o depoimento de Jéssica: 

“Cruzei fronteiras que eu nunca imaginei cruzar, físicas, geográficas e culturais. A maioria delas foi muito além de minha imaginação. Aprendi coisas que nenhum livro poderia me ensinar porque elas simplesmente não podem ser descritas em um pedaço de papel. A cada segundo todas as minhas expectativas eram superadas. Durante esse período percebi  que não sou nem melhor, nem pior que ninguém e que essa sensação de igualdade me faz um ser humano mais humano. Reaprendi o significado de educação e respeito pelo próximo, pelas crenças, pela vida. 

Também aprendi que eles podem ter significados muito mais profundos dependendo da terra que se pisa, do lugar que se visita. Que o simples gesto de abrir a porta para o outro, por exemplo, faz uma diferença enorme no dia a dia. Aprendi que dizer: Have a nice day (tenha um bom dia) para todos, mesmo aqueles que não conheço, realmente faz com que o dia fique melhor, o meu e o dos outros! Conheci lugares, pessoas, culturas. Cresci. 

Descobri que o mundo é bem maior do que eu pensava e que vai muito além da imaginação de quem nunca arriscou ir além, e quando eu digo além, eu me refiro a romper as barreiras internas que cada um de nós possui. Aprendi muito, e ainda tenho muito a aprender. Percebi que não há verdade absoluta e que o mesmo assunto pode ser encarado de milhões de formas diferentes, dependendo de quem o descreve. Acumulei muitas riquezas imateriais, uma delas chamada de amigos. 

Fui para fazer ‘Ciência sem Fronteiras’ e fiz. No entanto, como consequência, acabei fazendo ‘Amigos sem Fronteiras’.  Hoje tenho amigos de todo o mundo: Canadá,  Estados Unidos, Coréia, Japão, Índia, Jordão, China, Austrália, Portugal, Londres, Equador, Peru, Índia, França e é claro, do Brasil.

Só tenho a agradecer por todos os momentos. Foram inesquecíveis e ficarão para sempre guardados em minha memória. Momentos que não se medem com palavras ou gestos, porque são imensuráveis: não tem forma, peso ou medida.  Só tenho a agradecer,  à FESP pela oportunidade única que tive em minha vida. A universidade, através de seu apoio prestado do começo ao fim dessa trajetória, me permitiu trazer essa imensa bagagem nas costas, que tem sabor de conhecimento. Tenho orgulho de ser abraçada de volta por essa equipe maravilhosa! 

A partir de agora, farei o meu melhor para compartilhar todos os meus aprendizados e contribuir para o desenvolvimento cientifico, social e tecnológico de nosso País”.

TEXTO ESCRITO POR: COORDENAÇÃO DE PESQUISA E EXTENSÃO DA FESP - CPEX



A Fundação de Ensino Superior de Passos – FESP informa a seus alunos que o Programa Ciência sem Fronteiras lançou editais para novas chamadas para graduação-sanduíche. Ao todo são 20 países de destino: Reino Unido, Bélgica, Canadá, Holanda, Finlândia, Austrália, Nova Zelândia, Coréia do Sul, Espanha, EUA, Alemanha, França, Itália, Suécia, Noruega, Irlanda, China, Hungria, Japão, Áustria. As inscrições vão até 29 de novembro.

É obrigatório para todas as chamadas que os participantes tenham nota no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) igual ou superior a 600 pontos, em exames realizados no período de 2009 a 2013, apresentar teste de proficiência no idioma aceito pela instituição de destino e ter integralizado no mínimo 20% e, no máximo, 90% do currículo previsto para seu curso, no momento do início previsto da viagem de estudos. É necessário também cursar uma das áreas contempladas pelo programa.

Conforme relata a coordenadora deste programa na FESP, Marisa da Silva Lemos, os alunos não podem perder esta oportunidade de cursar um ano do curso de graduação nas melhores universidades do mundo. Experiência esta que trará um diferencial na formação acadêmica e profissional de nossos alunos.

Os alunos interessados em estudar no exterior através do Programa Ciência sem Fronteiras / FESP, poderão obter orientações através da Coordenação de Pesquisa e Extensão da FESP, a CPEX, na Rua 3 de Maio, número 33, Centro de Passos – Telefone (35) 3529 – 8080. 

ESCRITO POR: COORDENAÇÃO DE PESQUISA E EXTENSÃO DA FESP - CPEX



O Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (SENAC), por meio do Programa SENAC Gratuidade (PSG), vai oferecer um novo curso profissionalizante  com o apoio da FESP/UAITEC. O curso terá duração de 162 horas no período noturno, no horário de 19h às 22h, com 40 vagas disponíveis.

As inscrições para os cursos já estão abertas e podem ser feitas até o di 1º de Novembro, sexta-feira, pela internet no endereço eletrônico www.mg.senac.br/programasenacdegratuidade. Os interessados devem procurar esta semana a UAITEC/FESP  no Bloco 02 da Fundação,  localizado a Avenida Juca Stockler 1040, das 8 às 18 horas. O telefone da UAITEC é 3529 6031.

O Programa Senac de Gratuidade (PSG) é mais do que a oferta de cursos gratuitos. É uma ação de inclusão social que vem transformando a vida de milhares de pessoas, oferecendo oportunidades de um futuro melhor para todos.

O PSG é voltado para jovens de baixa renda que buscam o seu primeiro trabalho com carteira assinada; pessoas que já atuam no mundo produtivo e desejam se requalificar para crescer profissionalmente; e demais brasileiros que necessitam gerar renda para abrir o próprio negócio ou atuar no mercado informal.

Os alunos do Programa Senac de Gratuidade recebem material didático gratuito.

Planos de Curso

Para o coordenador da UITEC de Passos, o professor José de Paula Silva a parceria entre SENAC, FESP e UAITEC vem reforçar a vocação tanto da FESP e da UAITEC que é oferecer oportunidades e educação de qualidade. O curso faz parte do programa Senac de Gratuidade, cujo objetivo é qualificar os profissionais ou promover a inclusão no mercado de trabalho.  “A nossa parceria com o SENAC já é uma realizada sedimentada com diversos cursos”. Hoje a UAITEC/FESP já viabiliza o programa Jovem Aprendiz que já atendeu mais de 140 alunos, atualmente conta com duas turmas, e mais o curso de Balconista de Farmácia, que já está em andamento.

FONTE: Departamento de Comunicação e Marketing FESP/UEMG



A abertura oficial da II Feira Tecnológica da Construção Civil - ConstruFESP, na noite desta quarta-feira (23), foi um grande sucesso. Já no primeiro dia mais de mil alunos, professores e profissionais da construção civil participaram da palestra sobre a “Tecnologia da Engenharia Civil”, e ainda puderam conhecer as muitas novidades do setor, expostas nos estandes da Feira.

O professor e presidente do Conselho Curador da FESP, Fábio Esper Kallas, fez a abertura oficial, enaltecendo a importância do evento para Passos e região, e falou também do FESP Inova 2013, evento do qual a ConstruFESP faz parte. “Estamos felizes, pois os alunos da FESP estão tendo uma semana rica. Esta é uma maneira diferente de aprender e uma grande oportunidade de conhecer soluções e projetos novos”, disse.

Na palestra de abertura, o professor mestre e especialista em química e física do Centro Tecnológico de Engenharia da empresa Furnas Centrais Elétricas, em Aparecida de Goiânia (GO), Eduardo Aquino Gamballe, despertou o interesse do público presente. Ele mostrou as diversas áreas da engenharia e apresentou as tecnologias usadas na construção de obras em barragens, bem como os estudos das rochas, solos e pesquisas de jazidas.

O superintendente regional da Caixa Econômica Federal, Constantino Dias Neto, que participa da Feira pelo segundo ano consecutivo, elogiou o evento e disse que vê grandes oportunidades para o setor da construção civil. 

“Para se ter um dado concreto, até outubro desse ano a CEF emprestou mais em habitação do que em todo o ano de 2012. Isto significa que o mercado continua aquecido e a demanda é grande. A inovação nesse segmento com os recursos disponibilizados vão fazer com que a economia continue crescendo” afirma.

Quem também elogiou foi o gerente de produção da Mineração Olivina Azul, de Pratápolis, André Paiva. Para ele, a ConstruFESP está cumprindo seu papel de colocar as empresas em contato com os profissionais da área. “Nesse primeiro dia já fizemos bons contatos, inclusive um produtor de concreto interessou bastante pelo nosso material e vemos boa possibilidade de parceria” diz.

Fábio Kallas reafirmou o convite a toda população, ressaltando que é muito importante a participação da comunidade, pois todos podem aproveitar as palestras como uma forma de reciclagem. “Convidamos toda a população para vir ao FESP Inova participar das palestras, sem custo algum, e no caso da ConstruFESP, conhecer as novidades apresentadas pelos expositores”, finalizou.

FONTE: Departamento de Comunicação e Marketing FESP/UEMG



Começa nesta quarta-feira, 23 de outubro, a II Feira Tecnológica de Construção Civil de Passos, a ConstruFESP 2013. O evento, realizado pela Fundação de Ensino Superior de Passos (FESP), integra o FESP Inova 2013 e trará diversas palestras e minicursos para estudantes e profissionais da área de construção civil, além de demonstrações de novos materiais, equipamentos e produtos tecnológicos para o setor. 

A Feira vai até o dia 25, sempre das 15 às 22h, e acontece no salão do Estação Eventos, em frente a Câmara Municipal de Passos, com entrada gratuita a toda população. A expectativa, segundo o coordenador do curso de Engenharia Civil da FESP e um dos organizadores do evento, Ivan Francklin Júnior, é que aproximadamente 4 mil visitantes passem pela Feira durante estes três dias. 

“Em virtude da maior participação das empresas, com demonstrações em variados segmentos da construção civil, a ConstuFESP 2013 terá muitas novidades que visam a melhoria desse segmento que tanto cresce no mercado e esperamos superar o numero de visitantes do ano passado” avalia. 

Ainda segundo Franklin, um diferencial deste ano será a presença de Furnas Centrais Elétricas, trazendo palestrantes conceituados como o mestre e doutor em Engenharia Civil, Ricardo Barbosa Ferreira e o também, mestre e doutor em Termologia, Laerte dos Santos. Ambos funcionários da estatal, o primeiro em Aparecida de Goiás e o segundo em São José da Barra.

A empresa também trará equipamentos utilizados para diagnosticar falhas e defeitos nas estruturas das obras e a tecnologia de imagem, que consegue medir a temperatura à distância e é capaz de diagnosticar infiltrações que possam causar incêndio por descargas elétricas. 

Franklin lembra que além disto, este ano a ConstruFESP terá mais expositores e parceiros, e cada empresa participante trará suas novidades, fazendo com que a Feira seja um sucesso. Haverá apresentação de equipamentos para construção civil em obras pesadas, produtos de alta tecnologia para impermeabilização de ambientes. Novos equipamentos para a área de topografia e um inovador sistema de aquecimento solar a vácuo, entre vários outros. 

Representantes do CREA e do Sindicato dos Engenheiros de Minas Gerais também estarão presentes para valorização profissional do segmento.

 

PROGRAMAÇÃO CONSTRUFESP 2013

23/10/2013

14h (*) CYPE CAD – (Minicurso) Clayton Reis de Oliveira

Doutor em Estruturas - UNICAMP

19h PALESTRA: Tecnologia em Engenharia Civil - Eletrobrás Furnas. Ricardo Barbosa Ferreira

Mestre e Doutorando em Eng. Civil – Prof. PUC Goiás 

 

24/10/2013

19h PALESTRA: Tecnologia de Infravermelho aplicada à Construção Civil. Laerte dos Santos

Mestre e Doutor em Termografia

20h30 PALESTRA: A importância da estatística e dos dados para a gestão de obras. Gilberto Strafacci Neto

Engenheiro Diretor de Operações da Biomassa Brasil

19 às 22h MINICURSO: Introdução à Engenharia de Barragens. - Carga horária: 4h. Ricardo Barbosa Ferreira

Mestre e Doutorando em Eng. Civil -Prof. PUC/Goiás

25/10/2013 16h MINICURSO 1: 

A utilização do GPS (Global Positioning System) e do SIG (Sistema de Informação Geográfica) em Transportes Mario Garrido

Mestre e Doutor em transporte pela USP

19h MINICURSO 2: 

A utilização do GPS (Global Positioning System) e do SIG (Sistema de Informação Geográfica) em Transportes Mario Garrido

Mestre e Doutor em transporte pela USP

19h PALESTRA: Complexo Hidrelétrico Simplício – A obra de Engenharia Civil mais complexa na residencia Ricardo Barbosa Ferreira

Mestre e Doutorando em Eng. Civil -Prof. PUC/Goiás

Todos os dias 15 às 22h Demonstração no Stand Biomassa: Construção (a cada 4 horas) de parede com blocos cerâmicos ou ecológicos utilizando a Argamassa Polimérica Biomassa Assentamento

15 às 22h Demonstração no Stand Biomassa: Tinta Reflexiva Biotherm através de anteparo que simula temperatura na residência

 

(*) Evento realizado no Laboratório de Informática da FESP (Bloco 2). Os demais eventos ocorrerão todos no salão do Estação Eventos

Para mais informações e ver a programação completa acesse o site: WWW.FESPMG.EDU.BR/CONSTRUFESP



Notícias por ANO e MÊS

Calendário de Noticias e Eventos

<<  outubro 2020  >>
seteququsedo
2829301234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930311
2345678