Através do Núcleo de Inovação Tecnológica NIT/FESP, foi depositado mais um pedido de Patente de um produto desenvolvido dentro da Fundação. O requerimento foi feito ao Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI), órgão federal vinculado ao Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), responsável pelo aperfeiçoamento, disseminação e gestão do sistema brasileiro de concessão e garantia de direitos de propriedade intelectual. O processo se dá pelo envio de documentação específica sobre o produto, ou processo a ser registrado, seguido de análise de originalidade e definição de titularidade.

A criação disposta para registro é de Renata Ramiro, formanda do curso de Moda e Design. A estilista idealizou e produziu acessórios de materiais reutilizáveis. Segundo ela o produto é fruto de um trabalho de uma disciplina da professora Ana Beatriz Rodrigues Alves, coordenadora do curso. “Eu sempre busquei fazer coisas, criar coisas que não custassem muito porque cada semana tinha que fazer algo diferente. Daí eu acabei desenvolvendo alguns acessórios sustentáveis feitos de papel, revista e jornal. O resultado ficou bom e eu decidi vim falar com o professor Fábio Kallas e quando eu cheguei aqui ele me atendeu, foi atencioso e disse que tinha gostado da minha ideia, indicando que eu procurasse o Núcleo de Inovação Tecnológica NIT/FESP para fazer o pedido da Patente. Foi o que fiz e agora já tenho o protocolo de acompanhamento”, contou Renata.

Relata a coordenadora do NIT/FESP, Marisa Lemos, que registro do processo de fabricação de seus acessórios trará tranquilidade no que se refere à competitividade no mercado. “A partir do momento que ela obtiver o registro da patente, nenhum outro profissional poderá utilizar o método criado por ela, que além de ser de uma criatividade incrível, tem uma proposta de sustentabilidade, pois a mesma utiliza material reciclável em seus produtos”, justificou a professora.

O processo de análise do pedido leva tempo, mas há grandes chances de ser aprovado, já que em pesquisa anterior, foi comprovada a originalidade do produto, que no caso, são peças de moda únicas. Após a análise de documentação, o passo é um processo administrativo de exame formal preliminar e, posteriormente a publicação na Revista de Propriedade Intelectual do INPI para registro da patente.

Enquanto aguarda o correr dos procedimentos, Renata já planeja a comercialização de seus acessórios. A venda será exclusiva pela internet e ela já pensa em parcerias para a confecção. “Acho que esse apoio da FESP foi um incentivo. Vi que minha ideia é realmente boa e fiquei bem animada. Ainda estou decidindo valores, mas algumas peças vão custar R$19,00, por exemplo. Já tenho uma encomenda de 600 peças e por isso estou considerando um convênio para trazer presidiárias para me ajudarem neste trabalho, ou mesmo algumas funcionárias da FESP. Acredito que tem tudo para dar certo porque eu uso material do pós-consumo, material que as pessoas não se interessam mais. Dá pra fazer algo diferente, versátil, leve, durável e de baixo custo”, destaca.

Os assessórios de Renata podem ser encontrados no site oficial da estilista e design (WWW.riye.com.br) e o contato para mais informações sobre pedidos de Patente pode ser feito através do telefone 3529-8080, na Coordenadoria de Pesquisa e Extensão (CPEX) da FESP junto ao NIT/FESP.

FONTE: Departamento de Comunicação e Marketing FESP/UEMG



A abertura oficial da II Feira Tecnológica da Construção Civil - ConstruFESP, na noite desta quarta-feira (23), foi um grande sucesso. Já no primeiro dia mais de mil alunos, professores e profissionais da construção civil participaram da palestra sobre a “Tecnologia da Engenharia Civil”, e ainda puderam conhecer as muitas novidades do setor, expostas nos estandes da Feira.

O professor e presidente do Conselho Curador da FESP, Fábio Esper Kallas, fez a abertura oficial, enaltecendo a importância do evento para Passos e região, e falou também do FESP Inova 2013, evento do qual a ConstruFESP faz parte. “Estamos felizes, pois os alunos da FESP estão tendo uma semana rica. Esta é uma maneira diferente de aprender e uma grande oportunidade de conhecer soluções e projetos novos”, disse.

Na palestra de abertura, o professor mestre e especialista em química e física do Centro Tecnológico de Engenharia da empresa Furnas Centrais Elétricas, em Aparecida de Goiânia (GO), Eduardo Aquino Gamballe, despertou o interesse do público presente. Ele mostrou as diversas áreas da engenharia e apresentou as tecnologias usadas na construção de obras em barragens, bem como os estudos das rochas, solos e pesquisas de jazidas.

O superintendente regional da Caixa Econômica Federal, Constantino Dias Neto, que participa da Feira pelo segundo ano consecutivo, elogiou o evento e disse que vê grandes oportunidades para o setor da construção civil. 

“Para se ter um dado concreto, até outubro desse ano a CEF emprestou mais em habitação do que em todo o ano de 2012. Isto significa que o mercado continua aquecido e a demanda é grande. A inovação nesse segmento com os recursos disponibilizados vão fazer com que a economia continue crescendo” afirma.

Quem também elogiou foi o gerente de produção da Mineração Olivina Azul, de Pratápolis, André Paiva. Para ele, a ConstruFESP está cumprindo seu papel de colocar as empresas em contato com os profissionais da área. “Nesse primeiro dia já fizemos bons contatos, inclusive um produtor de concreto interessou bastante pelo nosso material e vemos boa possibilidade de parceria” diz.

Fábio Kallas reafirmou o convite a toda população, ressaltando que é muito importante a participação da comunidade, pois todos podem aproveitar as palestras como uma forma de reciclagem. “Convidamos toda a população para vir ao FESP Inova participar das palestras, sem custo algum, e no caso da ConstruFESP, conhecer as novidades apresentadas pelos expositores”, finalizou.

FONTE: Departamento de Comunicação e Marketing FESP/UEMG



Várias empresas ligadas ao ramo da construção civil já se preparam para a II Feira Tecnológica de Construção Civil – ConstruFESP, que acontece nos dias 23, 24 e 25 deste mês. Mais de 25 empresas estarão divulgando seus produtos e serviços, trazendo as novidades do setor e gerando novas oportunidades de negócios. O evento, que ainda terá palestras e minicursos aos participantes, também visa a troca de experiências entre profissionais, alunos e pesquisadores da área.

“A ConstruFESP vai deixar as empresas em contato direto com seu público alvo, sendo a ponte entre produto, serviço e consumidor. Uma forma de oportunizar novos negócios”, destacou o professor, Fábio Esper Kallas, presidente do conselho curador da FESP, que é a provedora da feira. O evento faz parte do FESP Inova 2013 e será realizado no galpão da Estação Eventos.

Segundo Anselmo Figueiredo, um dos organizadores da feira, durante todos os dias diversas atrações serão apresentadas nos estandes das empresas participantes. A Associação dos Arquitetos de Passos, por exemplo, trará uma apresentação de maquetes em terceira dimensão (3D), além de Soluções em Mobilidade Urbana e Gestão Pública. 

Os profissionais e alunos ainda poderão assistir às demonstrações, na prática, da construção de paredes com blocos cerâmicos ou ecológicos, utilizando a argamassa polimérica (que substitui a convencional) e ainda o uso de tinta reflexiva que simula temperatura na residência.

O coordenador do curso de Engenharia Civil da FESP, Ivan Francklin Júnior, ressalta que os estudantes também vão participar da exposição, mostrando os serviços em controle tecnológico dos materiais de construção, bem como outros projetos como o ‘Educar e Construir’ e ‘Laboratório Mecânica dos Solos’. 

“Os projetos desenvolvidos pelos alunos e professores, são de extrema importância, pois através de estudos verificamos os comportamentos físicos, químicos e mecânicos dos materiais, viabilidade e economia para a construção civil” diz o engenheiro Matheus Teixeira de Carvalho, responsável pelo Laboratório de Materiais de Construção Civil da FESP.

Ainda conforme Figueiredo, a integração e informação de uma instituição acadêmica como a FESP, em parceria com o segmento empresarial, torna o evento mais atrativo, aliando conhecimento e oportunidades empreendedoras para expositores e visitantes. 

FONTE: Departamento de Comunicação e Marketing FESP/UEMG


Notícias por ANO e MÊS

Calendário de Noticias e Eventos

<<  outubro 2020  >>
seteququsedo
2829301234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930311
2345678