O Núcleo de Inovação Tecnológica NIT/FESP aprovou o projeto "Criação e Manutenção do Núcleo de Inovação Tecnológica das Faculdades Integradas do Sudoeste Mineiro FESP – NIT / FESP", na Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado de Minas Gerais, FAPEMIG. A proposta foi elaborada e submetida em maio de 2014 através da Coordenação do Núcleo, que foi instituído por portaria institucional em 2013.

O projeto aprovado receberá financiamento próprio durante 18 meses, estes recursos serão utilizados obrigatoriamente para o material de consumo e pagamento de uma Bolsa de Gestão em Ciência e Tecnologia. Esta vitória tem como objetivo incentivar a cultura de inovação e realização da proteção da propriedade intelectual do conhecimento científico produzido pela comunidade acadêmica na Fundação de Ensino Superior de Passos FESP.

De acordo com o Presidente do Conselho Curador da FESP, Fabio Pimenta Esper Kallas, é chegada a hora de colocarmos as universidades mais próximas do setor empresarial, oferecendo seu potencial para gerar tecnologia e soluções para o desenvolvimento de nossa cidade, estado e país. 

A proposta aprovada implementará medidas requeridas para dar sustentação aos processos e às ações de inovação tecnológica da FESP, acompanhar o processamento dos pedidos e a manutenção dos títulos de propriedade intelectual da instituição, zelar a manutenção da política institucional de estímulo à proteção das criações, licenciamento, inovação e outras formas de transferência de tecnologia.

Segundo Marisa da Silva Lemos, a evolução da criação do NIT/FESP se torna natural e necessária para a instituição, empresários e gestão pública da cidade de Passos e região. Através do Núcleo a FESP poderá oferecer apoio no que se refere à inovação tecnológica nestas três instâncias. 

O NIT/FESP tem como Coordenadora a professora Marisa da Silva Lemos, que é Coordenadora de Pesquisa e Extensão da FESP, como integrantes o professores Eduardo Goulart Collares, Diretor do Núcleo Acadêmico de Pós Graduação Pesquisa e Extensão, o professor acadêmico, Cesar Vilela de Aquino e a bolsista da FAPEMIG a advogada Nathália Lemos Vasconcelos.  Os interessados em obter maiores informações devem entrar em contato com a o Núcleo de Inovação Tecnológica / NIT FESP. Local: Rua Doutor Carvalho, nº 1147 - Bloco 2 – Bairro: Belo Horizonte / Passos - Telefones para contato: CPEX: (35) 3529 – 6032 – Sala NIT / FESP.

FONTE: Texto escrito pela COORDENAÇÃO DE PESQUISA E EXTENSÃO DA FESP (CPEX)



O Núcleo de Inovação Tecnológica - NIT/FESP, no dia 13 de fevereiro de 2014, realizou a primeira reunião do ano para dar início a implementação das ações propostas pelo núcleo e para apresentar o regulamento elaborado, que deverá reger as políticas de proteção de propriedade intelectual produzidas pelos professores pesquisadores na FESP. Também foi apresentada proposta para elaboração de planejamento estratégico baseado no Balanced ScoreCard (BSC) para as ações que serão realizadas no ano de 2014. Estiveram presentes na reunião a Coordenadora do NIT/FESP, professora Marisa da Silva Lemos, e os componentes do núcleo, o Diretor do Núcleo Acadêmico de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão, professor Eduardo Goulart Collares, o professor César Vilela Aquino, e a bolsista da FAPEMIG Nathália Lemos Vasconcelos.

O Projeto foi aprovado pela FAPEMIG com o fomento de Bolsa de Gestão em Ciência e Tecnologia (BGCT). Fizeram parte da comissão avaliadora dos candidatos um professor da FESP, o professor doutor Jose de Paula Silva, coordenador do Centro Vocacional Tecnológico - CVT/FESP e do Comitê de Ética da FESP, e um professor doutor externo a instituição, o coordenador do Núcleo de Inovação do IFSul de Minas-Campus Passos, o professor Dennis Hanson. O processo seletivo foi realizado em três etapas. Na primeira foi a análise do currículo dos profissionais candidatados. Na segunda realizaram uma entrevista individual com os participantes. Na terceira e última foi solicitado aos candidatos uma apresentação oral em sala multimídia com assunto relativo à área de  proteção de propriedade Intelectual.

Foram inscritos neste processo seletivo 19 profissionais da área do Direito e Administração. Cinco candidatos foram selecionados para a segunda e terceira fase da seleção. A profissional aprovada para a Bolsa de Gestão de Ciência e Tecnologia foi a advogada Nathália Lemos Vasconcelos, formada em Direito e com conhecimentos prévios profissionais na área de Propriedade Intelectual.

O Núcleo de Inovação Tecnológica – NIT/FESP incentiva a identificação do potencial inovador e difundi a cultura de proteção da propriedade intelectual de processos e produtos originados em pesquisas científicas nas diversas áreas de atuação dos docentes da Fundação de Ensino Superior de Passos. Até o momento, a instituição já realizou através do NIT/FESP o pedido de registro de uma patente no INPI (09/12 /2013) para a ex-aluna do Curso de Moda & Design, Renata Ramiro.

Maiores informações de atendimento referente ao Núcleo de Inovação Tecnológica - NIT/FESP encontra-se na Rua: Doutor Carvalho, nº 1147 – Bairro: Belo Horizonte / Passos-MG. Telefones: (35) 3521 – 6033 ou através do email institucional: nit@fespmg.edu.br 

TEXTO ESCRITO POR: COORDENAÇÃO DE PESQUISA E EXTENSÃO - CPEX



A estilista e ex-aluna do curso de Moda e Design da FESP Renata Ramiro, após realizar o pedido de registro de Patente de um produto desenvolvido dentro da Fundação de Ensino Superior de Passos, através do Núcleo de Inovação Tecnológica NIT/FESP, busca novos horizontes. A profissional atualmente participa de um concurso internacional do “TIC Americas – Competência, Talento e Inovação das Americas” com seu projeto, apresentando acessórios sustentáveis confeccionados em papel, revistas, jornais e embalagens de plásticos laminados descartados do pós-consumo urbano, criado por ela. 

Após receber incentivos da FESP, Renata cadastrou sua criação neste concurso que tem apoio da “The Young Americas Business Trust (YABT)”, que é uma organização internacional sem fins lucrativos que trabalha em cooperação com a Organização dos Estados Americanos (OEA), com o objetivo de promover o desenvolvimento de jovens empreendedores nas Américas por meio de programas e projetos nas áreas de Liderança e Networking, Training, Tecnologia e Alianças Estratégicas, voltado aos Jovens Empresários. Para os interessados que queiram contribuir com a votação do Projeto basta curtir a esta página.

O projeto de Renata, que está sendo apresentado às Américas e ao mundo, refere-se à confecção de acessórios sustentáveis, com a função de reduzir e amenizar o impacto de resíduos no meio ambiente. A coleta seletiva que o pós-consumo oferece proporciona a criação de peças para o uso no vestuário. Estes materiais descartados pela sociedade são reutilizados e transformados em acessórios como: colares, brincos, pulseiras entre outros adereços.

Renata acredita que apresentar o seu projeto em um concurso internacional relacionado à sustentabilidade dará maior visibilidade a suas atividades e ampliará o relacionamento com investidores. “Continuarei a contribuir com a natureza a partir do reaproveitamento dos materiais descartados, ainda neste segmento poderei trabalhar a inclusão social e inovação - ‘Moda & Design’. “Minhas expectativas é chegar à final deste concurso. Participar deste processo será ótimo para ter oportunidade de conhecer profissionais e me inteirar com as propostas de outros participantes, ouvir opiniões, sugestões de juízes e empresários de todo o mundo sobre o meu trabalho. Esta oportunidade está sendo um enorme aprendizado e de grande impulso para o meu crescimento profissional”. 

Marisa da Silva Lemos, Coordenadora do Núcleo de Inovação Tecnológica (NIT/FESP) relata a importância desta proposta da Renata ser aceita para concorrer neste concurso de renome na área de inovação. “Estamos torcendo para que ela consiga vencer e consequentemente poder expandir o seu negócio não só para a América Latina como também para o mundo”

Enquanto aguarda o resultado do concurso, Renata já comercializa seus acessórios com a venda exclusiva pela internet. Os assessórios de Renata podem ser encontrados no site oficial da estilista e design e através deste vídeo no You Tube.  Contato para mais informações sobre pedido de patente na FESP podem ser feitas através do telefone 3529-6033, na Coordenadoria de Pesquisa e Extensão (CPEX) da FESP junto ao NIT/FESP.

TEXTO ESCRITO POR: COORDENAÇÃO DE PESQUISA E EXTENSÃO - CPEX



Através do Núcleo de Inovação Tecnológica NIT/FESP, foi depositado mais um pedido de Patente de um produto desenvolvido dentro da Fundação. O requerimento foi feito ao Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI), órgão federal vinculado ao Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), responsável pelo aperfeiçoamento, disseminação e gestão do sistema brasileiro de concessão e garantia de direitos de propriedade intelectual. O processo se dá pelo envio de documentação específica sobre o produto, ou processo a ser registrado, seguido de análise de originalidade e definição de titularidade.

A criação disposta para registro é de Renata Ramiro, formanda do curso de Moda e Design. A estilista idealizou e produziu acessórios de materiais reutilizáveis. Segundo ela o produto é fruto de um trabalho de uma disciplina da professora Ana Beatriz Rodrigues Alves, coordenadora do curso. “Eu sempre busquei fazer coisas, criar coisas que não custassem muito porque cada semana tinha que fazer algo diferente. Daí eu acabei desenvolvendo alguns acessórios sustentáveis feitos de papel, revista e jornal. O resultado ficou bom e eu decidi vim falar com o professor Fábio Kallas e quando eu cheguei aqui ele me atendeu, foi atencioso e disse que tinha gostado da minha ideia, indicando que eu procurasse o Núcleo de Inovação Tecnológica NIT/FESP para fazer o pedido da Patente. Foi o que fiz e agora já tenho o protocolo de acompanhamento”, contou Renata.

Relata a coordenadora do NIT/FESP, Marisa Lemos, que registro do processo de fabricação de seus acessórios trará tranquilidade no que se refere à competitividade no mercado. “A partir do momento que ela obtiver o registro da patente, nenhum outro profissional poderá utilizar o método criado por ela, que além de ser de uma criatividade incrível, tem uma proposta de sustentabilidade, pois a mesma utiliza material reciclável em seus produtos”, justificou a professora.

O processo de análise do pedido leva tempo, mas há grandes chances de ser aprovado, já que em pesquisa anterior, foi comprovada a originalidade do produto, que no caso, são peças de moda únicas. Após a análise de documentação, o passo é um processo administrativo de exame formal preliminar e, posteriormente a publicação na Revista de Propriedade Intelectual do INPI para registro da patente.

Enquanto aguarda o correr dos procedimentos, Renata já planeja a comercialização de seus acessórios. A venda será exclusiva pela internet e ela já pensa em parcerias para a confecção. “Acho que esse apoio da FESP foi um incentivo. Vi que minha ideia é realmente boa e fiquei bem animada. Ainda estou decidindo valores, mas algumas peças vão custar R$19,00, por exemplo. Já tenho uma encomenda de 600 peças e por isso estou considerando um convênio para trazer presidiárias para me ajudarem neste trabalho, ou mesmo algumas funcionárias da FESP. Acredito que tem tudo para dar certo porque eu uso material do pós-consumo, material que as pessoas não se interessam mais. Dá pra fazer algo diferente, versátil, leve, durável e de baixo custo”, destaca.

Os assessórios de Renata podem ser encontrados no site oficial da estilista e design (WWW.riye.com.br) e o contato para mais informações sobre pedidos de Patente pode ser feito através do telefone 3529-8080, na Coordenadoria de Pesquisa e Extensão (CPEX) da FESP junto ao NIT/FESP.

FONTE: Departamento de Comunicação e Marketing FESP/UEMG



Através da portaria nº009a FESP, no dia 12 de abril de 2013, criou o NIT, Núcleo de Inovação Tecnológica e Proteção Intelectual. A instituição considerou necessário incentivar a identificação do potencial inovador e difundir a cultura de proteger a propriedade intelectual de processos e produtos originados em pesquisas científicas nas diversas áreas de atuação dos docentes da instituição.

As atribuições do NIT serão implantar as medidas requeridas para dar sustentação aos processos e às ações de inovação tecnológica da FESP, acompanhar o processamento dos pedidos e a manutenção dos títulos de propriedade intelectual da instituição, zelar a manutenção da política institucional de estímulo à proteção das criações, licenciamento, inovação e outras formas de transferência de tecnologia. Algumas outras ações já foram sugeridas como a criação de um espaço de discussão interdisciplinar, a criação de um canal direto de resolução de problemas dos empresários de Passos para que os professores da FESP possam analisar e resolver os problemas e a criação de um fórum de discussão entre ex-alunos empresários de nossa cidade. Outra expectativa do NIT/FESP seria a atuação junto ao Conselho Municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação de Passos, proposta realizada pelo RIT/FESP para a sua criação entregue ao prefeito da cidade, através da Secretaria de Indústria, Comércio e Turismo da prefeitura de Passos.

O NIT/FESP terá como responsável a professora Marisa da Silva Lemos, Coordenadora de Pesquisa e Extensão da FESP – CPEX, que estará vinculado ao Núcleo Acadêmico de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão da FESP. De acordo com Marisa a evolução da criação do NIT/FESP se torna natural e necessária para a instituição, empresários e gestão pública da cidade de Passos e região. Através do Núcleo a FESP poderáoferecer apoio no que se refere à inovação tecnológica nestas três instâncias.A coordenadora afirma que oNIT/FESP estará dando continuidade às ações da Rede de Inovação Tecnológica – RTI/FESP no qual participaram também os professores Cesar V. Aquino, Eduardo G. Collares, Vivaldo S. Filho, Olney B. da Silveira Júnior e a bolsista advogada Juliana de Castro Torres. 

Para obter apoio financeiro a criação, estruturação e a manutenção, assim como, a capacitação das equipes dos Núcleos de Inovação Tecnológica – NIT’s, responsáveis por orientar, assessorar, apoiar e gerir atividades direcionadas à proteção intelectual e à transferência de tecnologia com foco em inovaçãoa coordenadora Marisa S. Lemos submeteu o projeto “NIT” no edital 09/2013 da FAPEMIG. O projeto se aprovado terá o apoio de 4 bolsistas, 2 graduados e 2 graduandos.

De acordo com o Presidente do Conselho Curador da FESP, Fábio Pimenta Esper Kállas,é chegada a hora de colocarmos as Universidades mais próximas do setor empresarial, oferecendo seu potencial para gerar tecnologia e soluções para o desenvolvimento de nosso Estado e País. Sabe-se que os talentos estão em todos os cantos, desde as regiões mais desenvolvidas até as regiões mais carentes. Falta percebermos estes talentos e oferecer condições para que possam colocar suas ideias em prol do setor industrial. Minas clama pela independência dos seus produtos básicos. Nossa maior universidade Federal é apontada como uma das melhores da América Latina e temos pesquisadores em todas as áreas do conhecimento e prontos para oferecer seu melhor, que é o seu potencial inovador e criativo. A FESP após vencer o grande desafio de implementar o RIT - Rede de Inovação Tecnológica em Passos, traz sua evolução em um projeto mais ousado que é o RIT - Rede de Inovação Tecnológica que fará com que nossa região dê mais um passo rumo ao desenvolvimento e à inovação.

Eduardo Goulart Collares, Diretor do Núcleo Acadêmico de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão da FESP, relata que a FESP realizou entre 2011 e 2013, por meio da Coordenação da Profa. Dra. Marisa da Silva Lemos, o projeto que implantou em Passos uma Rede de Inovação Tecnológica (RIT). Este projeto teve grande sucesso, mobilizando diversas áreas do setor produtivo do município e foi considerado pela coordenação de APLs do Estado, como um exemplo a ser seguido por outros municípios. Agora é o momento de darmos um passo adiante, com a criação do NIT. Este novo projeto vai consolidar as ações já desenvolvidas e permitir que outros empreendedores do setor produtivo regional possam ter apoio para a sua articulação e para o desenvolvimento conjunto de projetos inovadores.

REPORTAGEM ESCRITA PELA COORDENAÇÃO DE PESQUISA E EXTENSÃO DA FESP - CPEX


Notícias por ANO e MÊS

Calendário de Noticias e Eventos

<<  janeiro 2021  >>
seteququsedo
28293031123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031
1234567