O curso de Moda e Design da FESP realizou o desfile semestral que conclui trabalhos da disciplina Estilismo na Moda II, ministrada pela professora e coordenadora Ana Beatriz Rodrigues. O evento aconteceu na noite da última terça-feira (05), no Centro Integrado de Recreação e Esportes CIRE-FESP.

Os 23 estudantes do 3º período mostraram as coleções na passarela montada no último andar do Prédio I do Novo Campus, inovando com uma nova lógica de apresentação dos trabalhos, que foram inspirados em temáticas selecionadas de acordo com o país escolhido. 

Cada aluno desenvolveu uma pesquisa aprofundada para criar os looks e justificar suas inspirações. De um canto ao outro do mapa, a cada modelo desfilado o público numeroso aplaudia, elogiava e se encantava com o desfile.

“Eu me aprofundei no tema, busquei elementos diversos para compor a minha coleção. Desde o momento em que comecei a disciplina até agora, eu aprendi aplicar a teoria na prática e hoje o desfile foi um termômetro pra medir o quanto absorvi de conhecimento. Pela reação das pessoas nós fizemos um bom trabalho. O público ficou bem distribuído nessa nova organização aqui no CIRE e a recepção dessa mudança foi muito bem vista. Os modelos tiveram mais tempo para mostrarem as peças que vestiam e quem veio pôde ver tudo bem de perto. Estamos muito satisfeitos com o resultado”, contou a estudante Aline Gonçalves, que apresentou a coleção Feé Verte, inspirada na Suíça.

De acordo com a coordenadora do curso, o grande diferencial da FESP está em oferecer possibilidades de formação completa dos alunos de Moda, passando por todas as etapas do processo criativo. “Os trabalhos superaram nossas expectativas. Nossos alunos estão preparados para o mercado de trabalho”.

As coleções foram apreciadas e avaliadas por um corpo de jurados composto por 10 integrantes, entre eles estavam professores, egressos da FESP, estilistas, designes, profissionais de fotografia e convidados, como a professora Cibele Lemos Kallas. A apuração fará parte das notas finais da disciplina que deu origem aos looks.

Confira abaixo o nome dos alunos e o respectivo país inspirador:

Aline Gonçalves – Suíça

Amanda Silva – Holanda

Ana Caroline Silva – Itália

Andressa Izidoro – Índia

Caio Moraes – Arábia Saudita

Gabriela de Lima – Canadá

Isadora Assis – Portugal

Jean Camargo – França

Juliana Silva – México

Laura Bernardes – Singapura

Lorena Aprígio – Argentina

Marcelle Taques – Estados Unidos

Marcos Figueiredo – Brasil

Maressa Aguiar – Inglaterra

Maria Helena Silva – Escócia

Maria Luiza Daniel – África do Sul

Mayra Fernandes – Egito

Maysa Fernandes – Grécia

Patrícia Martins – Nepal

Rafaela Marques – Rússia

Saynara Silva – Austrália

Stefany Santos – Bélgica

Waldiani Barbosa – Japão

 

Veja a galeria de fotos do evento. CLIQUE AQUI.

FONTE: Departamento de Comunicação e Marketing FESP/UEMG



A Fundação de Ensino Superior de Passos, através do Núcleo de Empreendedorismo do curso de Administração de Empresas, está desenvolvendo um projeto de consultoria e assessoria junto à Associação Passense Protetora dos Animais, a Patas Amigas, que atua na causa de proteção dos animais no município de Passos.  O curso de Moda também vai participar do projeto, com a criação de uma grife pet para ajudar na arrecadação de recursos.

O responsável pela parceria é o professor mestre Olney Bruno da Silveira Júnior, coordenador do núcleo de empreendedorismo da FESP. Segundo ele, o "Projeto de Consultoria e Assessoria à Associação Patas Amigas" teve origem nas aulas de Empreendedorismo no 6º período de Administração, quando o professor solicitou que os alunos apresentassem soluções criativas para a associação. "Esta ação aguçou o senso de responsabilidade dos estudantes que identificaram possibilidades para contribuir além de ideias", explica o professor.

O trabalho consiste em oferecer consultoria e assessoria em gestão, com o objetivo de potencializar a associação em Planejamento, Organização, Direção e Controle e, com isto, viabilizar projetos e recursos para as ações da associação de proteção aos animais. "Estamos começando a coletar dados sobre a Associação Patas Amigas e sobre a legislação relacionada aos animais, para relizarmos um planejamento gerencial", explica a estudante Thuane Celly Silva, do 7º período de Administração de Empresas.

A presidente do "Patas Amigas" Nara Pimenta de Moraes vê na parceria uma oportunidade de melhorar a ação do grupo, que atualmente conta com apenas 6 voluntários com participação ativa. "Agora é a oportunidade da associação se reestruturar, ganhar força e também de explicar melhor à população como é o funcionamento da associação ‘Patas Amigas", avalia Nara. "A população tem de se conscientizar de que a associação não tem recursos financeiros para cobrir custos de todos os animais que são resgatados, além disso, nosso trabalho é voluntário, todos temos outras obrigações também", esclarece Nara.

A associação foi criada em 1991, mas o trabalho inicial era voltado para a proteção dos animais que participavam das cavalhadas, tradicionais na região.

Atualmente, o grupo se dedica principalmente a cães e gatos abandonados, que são resgatados e encaminhados para adoção. Além disso, trabalha com a esterilização de animais de rua, mas o custo, elevado, ainda impede a castração em massa. "Não temos ajuda de órgãos públicos, recebemos doações de voluntários e nossos recursos vêm apenas eventos e bazares. Apenas o fórum de Passos, encaminhada uma pequena ajuda através de prestações pecuniárias.", relata Nara Moraes.  "O grupo Patas Amigas no Facebook tem mais de 4 mil pessoas, no entanto, não conseguimos ainda receber ajuda do grupo, se cada um, por exemplo, pudesse doar R$1, seria possível realizar um mutirão de castração. Tem muita gente emotiva, que declara amor pelos animais nas redes sociais, mas, na hora H, chama o Patas Amigas para cuidar", afirma.

Com a parceria, o Núcleo de Empreendedorismo da FESP pretende potencializar o trabalho da associação, orientando todo o planejamento gerencial, além de contribuir para a elaboração de projetos de mobilização e arrecadação de recursos financeiros.  O projeto terá a participação das estudantes: Ester Moura, Thaís Rodrigues e Thuane Celly Silva do curso de Administração de Empresas e Luciana Silva, Claudiene Ribeiro e Caroline Renó, do curso de Moda.

Grife PET

O curso de Moda da FESP também vai participar do projeto de consultoria e assessoria à associação Patas Amigas, com a criação de uma grife pet que vai receber o nome de Dog Fashion.

O objetivo é criar e confeccionar peças de roupas para cães (e até gatos) feitas com retalhos doados das fábricas passenses. "Posteriormente, poderemos reverter todas as peças em recursos financeiros para a associação", explica a professora Maria Isabel Sulino Carvalho Silveira que destaca a importância multidisciplinar do projeto.

Canil modelo

Para desenvolver melhor o projeto, estudantes e docentes da FESP e representantes da Associação Patas Amigas realizaram, no mês de março, uma visita técnica ao Centro de Controle de Zoonoses – Canil Municipal da cidade de Piracicaba, em São Paulo, onde um modelo de gestão impressionou o grupo passense. "O canil possui veterinários concursados que realizam pelo menos 12 castrações por dia e mutirões periódicos de castrações nos bairros da cidade. Além disso, desenvolve um trabalho em conjunto com PSFs, CRASS e escolas para conscientização e apoio. Fiquei encantada, seria um sonho realizar algo parecido em Passos", avalia a presidente do Patas Amigas.  

"O objetivo da visita técnica foi fazer com que os participantes do projeto pudessem conhecer um modelo de gestão aplicável à realidade da sociedade Passense", explica o professor Olney Silveira.

FONTE: Departamento de Comunicação e Marketing FESP/UEMG



Através do Núcleo de Inovação Tecnológica NIT/FESP, foi depositado mais um pedido de Patente de um produto desenvolvido dentro da Fundação. O requerimento foi feito ao Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI), órgão federal vinculado ao Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), responsável pelo aperfeiçoamento, disseminação e gestão do sistema brasileiro de concessão e garantia de direitos de propriedade intelectual. O processo se dá pelo envio de documentação específica sobre o produto, ou processo a ser registrado, seguido de análise de originalidade e definição de titularidade.

A criação disposta para registro é de Renata Ramiro, formanda do curso de Moda e Design. A estilista idealizou e produziu acessórios de materiais reutilizáveis. Segundo ela o produto é fruto de um trabalho de uma disciplina da professora Ana Beatriz Rodrigues Alves, coordenadora do curso. “Eu sempre busquei fazer coisas, criar coisas que não custassem muito porque cada semana tinha que fazer algo diferente. Daí eu acabei desenvolvendo alguns acessórios sustentáveis feitos de papel, revista e jornal. O resultado ficou bom e eu decidi vim falar com o professor Fábio Kallas e quando eu cheguei aqui ele me atendeu, foi atencioso e disse que tinha gostado da minha ideia, indicando que eu procurasse o Núcleo de Inovação Tecnológica NIT/FESP para fazer o pedido da Patente. Foi o que fiz e agora já tenho o protocolo de acompanhamento”, contou Renata.

Relata a coordenadora do NIT/FESP, Marisa Lemos, que registro do processo de fabricação de seus acessórios trará tranquilidade no que se refere à competitividade no mercado. “A partir do momento que ela obtiver o registro da patente, nenhum outro profissional poderá utilizar o método criado por ela, que além de ser de uma criatividade incrível, tem uma proposta de sustentabilidade, pois a mesma utiliza material reciclável em seus produtos”, justificou a professora.

O processo de análise do pedido leva tempo, mas há grandes chances de ser aprovado, já que em pesquisa anterior, foi comprovada a originalidade do produto, que no caso, são peças de moda únicas. Após a análise de documentação, o passo é um processo administrativo de exame formal preliminar e, posteriormente a publicação na Revista de Propriedade Intelectual do INPI para registro da patente.

Enquanto aguarda o correr dos procedimentos, Renata já planeja a comercialização de seus acessórios. A venda será exclusiva pela internet e ela já pensa em parcerias para a confecção. “Acho que esse apoio da FESP foi um incentivo. Vi que minha ideia é realmente boa e fiquei bem animada. Ainda estou decidindo valores, mas algumas peças vão custar R$19,00, por exemplo. Já tenho uma encomenda de 600 peças e por isso estou considerando um convênio para trazer presidiárias para me ajudarem neste trabalho, ou mesmo algumas funcionárias da FESP. Acredito que tem tudo para dar certo porque eu uso material do pós-consumo, material que as pessoas não se interessam mais. Dá pra fazer algo diferente, versátil, leve, durável e de baixo custo”, destaca.

Os assessórios de Renata podem ser encontrados no site oficial da estilista e design (WWW.riye.com.br) e o contato para mais informações sobre pedidos de Patente pode ser feito através do telefone 3529-8080, na Coordenadoria de Pesquisa e Extensão (CPEX) da FESP junto ao NIT/FESP.

FONTE: Departamento de Comunicação e Marketing FESP/UEMG



Na noite da última terça-feira (03), o Passos Clube foi a passarela das coleções elaboradas pelos formandos do curso de Moda e Design da Fundação de Ensino Superior de Passos. O Fashion Novos Talentos 2013 apresentou a temática “Efeito Chanel” em todos os trabalhos de conclusão de curso que encantaram um numeroso público presente no evento.

De acordo com a coordenadora do curso, professora Ana Beatriz Rodrigues Alves, o grande diferencial da FESP está em oferecer possibilidades de formação completa aos estudantes, passando por todas as etapas do processo criativo, chegando ao final com uma bagagem apurada de técnica e prática. “O que vemos hoje é um resultado que a gente já acompanhou de perto pelas bancas de TCC, pelo planejamento e desenvolvimento desse processo todo que durou um ano, então, nós professores já estamos com o coração cheio sentimento de vitória por eles. Estamos muito orgulhosos! Muitos alunos já estão encaminhados no mercado de trabalho. É uma turma muito bem capacitada. São egressos preparados para fazer um trabalho com bastante responsabilidade”, relata.

Após o desfile e os aplausos da plateia, o diretor do Núcleo Acadêmico de Ciências Sociais e Aplicadas da FESP, Vivaldo Silvério de Souza Filho também observou a qualidade dos produtos apresentados e como o mercado recebe estes formandos. “Nós ficamos muito felizes quando esse desfile acontece. Além das alunas e alunos mostrarem o que aprenderam durante o ano, durante o curso, eles têm a oportunidade de mostrar seu trabalho para os empresários do ramo da Moda. Tem espaço para estes novos profissionais aqui em Passos e na região. O mercado é promissor e o empresariado está sentindo a necessidade de contratar profissionais com uma boa formação acadêmica, com bagagem e experiência, fortalecendo a própria empresa. Isso é o que a gente tem de melhor aqui”, ressalta o professor.

Prova disso é a aluna Ana Carolina Macedo Maia que há cerca de um ano foi contratada por uma empresária do ramo em Passos, que após um dos desfiles realizados pela FESP, conheceu o talento da jovem estudante. “Estar aqui apresentando esta coleção hoje é um alívio! Muito gratificante! É uma mistura de sentimentos que não dá nem pra descrever. Eu sempre gostei muito da área, desde criança era algo que me encantava muito. As bonecas me inspiravam a olhar a questão das roupinhas, então é uma coisa que veio da infância mesmo. Eu já trabalho há um ano, fui contratada através de um desfile destes e eu pretendo continuar agora, também seguindo a carreira acadêmica”, conta a formanda que foi prestigiada pela mãe orgulhosa.  “É sensação inexplicável! Comentei essa semana que ela me deu três alegrias parecidas: o nascimento, os 15 anos de idade e agora a formatura. Meu coração ficou tranquilo porque eu sei que ela é uma pessoa muito competente, é uma profissional extremamente esforçada e dedicada, então eu sabia que ali estava o melhor dela, por isso que o público gostou tanto”, diz emocionada Cristina Lopes Macedo Borges.

Estudantes do 2º e 4º período do curso de Moda também vão apresentar seus trabalhos em Desfile programados para acontecerem na sexta (06) e segunda-feira (09), no Villa Cabana, a partir das 19h.

FONTE: Departamento de Comunicação e Marketing FESP/UEMG

Veja todas as fotos clicando AQUI.



Notícias por ANO e MÊS

Calendário de Noticias e Eventos

<<  outubro 2020  >>
seteququsedo
2829301234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930311
2345678