A abertura oficial da II Feira Tecnológica da Construção Civil - ConstruFESP, na noite desta quarta-feira (23), foi um grande sucesso. Já no primeiro dia mais de mil alunos, professores e profissionais da construção civil participaram da palestra sobre a “Tecnologia da Engenharia Civil”, e ainda puderam conhecer as muitas novidades do setor, expostas nos estandes da Feira.

O professor e presidente do Conselho Curador da FESP, Fábio Esper Kallas, fez a abertura oficial, enaltecendo a importância do evento para Passos e região, e falou também do FESP Inova 2013, evento do qual a ConstruFESP faz parte. “Estamos felizes, pois os alunos da FESP estão tendo uma semana rica. Esta é uma maneira diferente de aprender e uma grande oportunidade de conhecer soluções e projetos novos”, disse.

Na palestra de abertura, o professor mestre e especialista em química e física do Centro Tecnológico de Engenharia da empresa Furnas Centrais Elétricas, em Aparecida de Goiânia (GO), Eduardo Aquino Gamballe, despertou o interesse do público presente. Ele mostrou as diversas áreas da engenharia e apresentou as tecnologias usadas na construção de obras em barragens, bem como os estudos das rochas, solos e pesquisas de jazidas.

O superintendente regional da Caixa Econômica Federal, Constantino Dias Neto, que participa da Feira pelo segundo ano consecutivo, elogiou o evento e disse que vê grandes oportunidades para o setor da construção civil. 

“Para se ter um dado concreto, até outubro desse ano a CEF emprestou mais em habitação do que em todo o ano de 2012. Isto significa que o mercado continua aquecido e a demanda é grande. A inovação nesse segmento com os recursos disponibilizados vão fazer com que a economia continue crescendo” afirma.

Quem também elogiou foi o gerente de produção da Mineração Olivina Azul, de Pratápolis, André Paiva. Para ele, a ConstruFESP está cumprindo seu papel de colocar as empresas em contato com os profissionais da área. “Nesse primeiro dia já fizemos bons contatos, inclusive um produtor de concreto interessou bastante pelo nosso material e vemos boa possibilidade de parceria” diz.

Fábio Kallas reafirmou o convite a toda população, ressaltando que é muito importante a participação da comunidade, pois todos podem aproveitar as palestras como uma forma de reciclagem. “Convidamos toda a população para vir ao FESP Inova participar das palestras, sem custo algum, e no caso da ConstruFESP, conhecer as novidades apresentadas pelos expositores”, finalizou.

FONTE: Departamento de Comunicação e Marketing FESP/UEMG



“Inovar para Crescer” foi o tema do Seminário realizado nesta terça-feira (22) pelo SEBRAE, dentro do cronograma do III FESP Inova. Com o objetivo de orientar os empresários de Passos e região em relação aos mais avançados modelos de gestão, o seminário veio propor novas estratégias de negócio no sentido de potencializar bons resultados.

Segundo a coordenadora de Pesquisa e Extensão da FESP esta é também a oportunidade que os alunos receberam para participarem de uma vivência real do mundo dos negócios. “Foram apresentados casos de sucesso de empresas que se sobressaíram no cenário comercial como o Clube da Casa, RAPEH e Mazé Doces. Entendemos que esta exposição foi o primeiro contato com a realidade que muitos deles terão quando se formarem profissionais”, justifica a professora Marisa da Silva Lemos, mediadora da parceria com o Sebrae.

O Seminário teve o seu painel de abertura moderado por Inocêncio Magela e a palestra “Endeavor”, seguido então pela exposição “Cultura de Inovação” feita por Charles Bezerra, um dos maiores cientistas da inovação do Brasil, Ph.D. pelo Illinois Institute of Technology, conhecido como “The New Bauhaus”. Bezerra trabalhou como executivo em empresas multinacionais, como Steelcase e Motorola, e representa uma nova onda de pensadores capazes de articular o conhecimento de várias disciplinas, sintetizar tudo de uma forma simples e lógica que nos ajuda a avançar com conforto em meio a tanta incerteza. Já lecionou sobre inovação e design em universidades no Brasil, Estados Unidos e Nova Zelândia. Charles é representante da America Latina no DMI Advisory Council e é autor dos livros “O Designer Humilde” lançado em 2008; e “A Máquina de Inovação: mentes e organizações na luta por diferenciação” – lançado em 2010 pela editora Bookman.

FONTE: Departamento de Comunicação e Marketing FESP/UEMG



Na manhã de hoje alguns cursos já deram início às atividades programadas para as semanas acadêmicas que integram o FESP Inova.

O curso de Enfermagem trouxe o presidente do Conselho Regional de Enfermagem (COREN-MG), Rubens Schröder Sobrinho e representantes de oito câmaras técnicas do conselho. “O FESP INOVA é um evento extraordinário, o próprio nome diz. É muito gratificante ser parceiro desta inovação para os enfrentamentos éticos e legais do exercício de cada profissão, seja ela a Engenharia, Enfermagem, Biomedicina ou qualquer outra área”, declarou Rubens que expôs as conquistas, perspectivas e avanços da gestão do COREN-MG 2012/2014.

O curso de Biomedicina também começou o evento com atividades relacionadas ao tema: Metodologia Ativa. Os alunos socializaram seus trabalho integradores apresentando painéis para professores avaliadores e outros alunos do curso. “Esta atividade vai proporcionar ao aluno vivenciar uma experiência científica, ponto importante do FESP Inova. O evento é de grande relevância para toda a comunidade acadêmica porque é uma forma de atualização em todas as áreas”, afirma a coordenadora do curso, professora Alessandra Cheraim.

Alunos de Direito tiveram a sua semana acadêmica iniciada com palestra do professor Rivo de Paula Assis sobre os desafios jurídicos do século XXI: caminhos e obstáculos.

A abertura oficial do III FESP Inova acontece hoje às 19h no Estação Eventos. Após a solenidade, o coordenador do Centro de Referência em Inteligência Empresarial da COPPE/UFRJ, doutor Marcos Cavalcanti, ministra a palestra “Inovação: e eu com isto?”, que vem instigar as pessoas a identificar a importância da informação, do conhecimento e da inovação, apontando soluções inovadoras para casos reais na região de Passos.

Marcos Cavalcanti é doutor em Informática pela Université de Paris XI; professor da COPPE/UFRJ, no Programa de Engenharia de Produção; coordenador do CRIE - Centro de Referência em Inteligência Empresarial da COPPE/UFRJ; membro do Board do New Club of Paris; editor da Revista “Inteligência Empresarial”; co-autor dos livros “O Conhecimento em Rede” e “Gestão de Empresas na Sociedade do Conhecimento” pela Editora Campus, e “Gestão Eletrônica de documentos” e “Que ferramenta devo usar”, pela Editora Qualitymark; coordenador do curso de Pós-Graduação em Gestão do Conhecimento e Inteligência Empresarial – MBKM (Master on Business and Knowledge Management); coordenador do projeto que revisão da metodologia de avaliação de empresas utilizado desde 2010 pelo BNDES, incorporando os ativos intangíveis nesta avaliação.

Consulte os detalhes da programação aqui.

FONTE: Departamento de Comunicação e Marketing FESP/UEMG



Começa nesta quarta-feira, 23 de outubro, a II Feira Tecnológica de Construção Civil de Passos, a ConstruFESP 2013. O evento, realizado pela Fundação de Ensino Superior de Passos (FESP), integra o FESP Inova 2013 e trará diversas palestras e minicursos para estudantes e profissionais da área de construção civil, além de demonstrações de novos materiais, equipamentos e produtos tecnológicos para o setor. 

A Feira vai até o dia 25, sempre das 15 às 22h, e acontece no salão do Estação Eventos, em frente a Câmara Municipal de Passos, com entrada gratuita a toda população. A expectativa, segundo o coordenador do curso de Engenharia Civil da FESP e um dos organizadores do evento, Ivan Francklin Júnior, é que aproximadamente 4 mil visitantes passem pela Feira durante estes três dias. 

“Em virtude da maior participação das empresas, com demonstrações em variados segmentos da construção civil, a ConstuFESP 2013 terá muitas novidades que visam a melhoria desse segmento que tanto cresce no mercado e esperamos superar o numero de visitantes do ano passado” avalia. 

Ainda segundo Franklin, um diferencial deste ano será a presença de Furnas Centrais Elétricas, trazendo palestrantes conceituados como o mestre e doutor em Engenharia Civil, Ricardo Barbosa Ferreira e o também, mestre e doutor em Termologia, Laerte dos Santos. Ambos funcionários da estatal, o primeiro em Aparecida de Goiás e o segundo em São José da Barra.

A empresa também trará equipamentos utilizados para diagnosticar falhas e defeitos nas estruturas das obras e a tecnologia de imagem, que consegue medir a temperatura à distância e é capaz de diagnosticar infiltrações que possam causar incêndio por descargas elétricas. 

Franklin lembra que além disto, este ano a ConstruFESP terá mais expositores e parceiros, e cada empresa participante trará suas novidades, fazendo com que a Feira seja um sucesso. Haverá apresentação de equipamentos para construção civil em obras pesadas, produtos de alta tecnologia para impermeabilização de ambientes. Novos equipamentos para a área de topografia e um inovador sistema de aquecimento solar a vácuo, entre vários outros. 

Representantes do CREA e do Sindicato dos Engenheiros de Minas Gerais também estarão presentes para valorização profissional do segmento.

 

PROGRAMAÇÃO CONSTRUFESP 2013

23/10/2013

14h (*) CYPE CAD – (Minicurso) Clayton Reis de Oliveira

Doutor em Estruturas - UNICAMP

19h PALESTRA: Tecnologia em Engenharia Civil - Eletrobrás Furnas. Ricardo Barbosa Ferreira

Mestre e Doutorando em Eng. Civil – Prof. PUC Goiás 

 

24/10/2013

19h PALESTRA: Tecnologia de Infravermelho aplicada à Construção Civil. Laerte dos Santos

Mestre e Doutor em Termografia

20h30 PALESTRA: A importância da estatística e dos dados para a gestão de obras. Gilberto Strafacci Neto

Engenheiro Diretor de Operações da Biomassa Brasil

19 às 22h MINICURSO: Introdução à Engenharia de Barragens. - Carga horária: 4h. Ricardo Barbosa Ferreira

Mestre e Doutorando em Eng. Civil -Prof. PUC/Goiás

25/10/2013 16h MINICURSO 1: 

A utilização do GPS (Global Positioning System) e do SIG (Sistema de Informação Geográfica) em Transportes Mario Garrido

Mestre e Doutor em transporte pela USP

19h MINICURSO 2: 

A utilização do GPS (Global Positioning System) e do SIG (Sistema de Informação Geográfica) em Transportes Mario Garrido

Mestre e Doutor em transporte pela USP

19h PALESTRA: Complexo Hidrelétrico Simplício – A obra de Engenharia Civil mais complexa na residencia Ricardo Barbosa Ferreira

Mestre e Doutorando em Eng. Civil -Prof. PUC/Goiás

Todos os dias 15 às 22h Demonstração no Stand Biomassa: Construção (a cada 4 horas) de parede com blocos cerâmicos ou ecológicos utilizando a Argamassa Polimérica Biomassa Assentamento

15 às 22h Demonstração no Stand Biomassa: Tinta Reflexiva Biotherm através de anteparo que simula temperatura na residência

 

(*) Evento realizado no Laboratório de Informática da FESP (Bloco 2). Os demais eventos ocorrerão todos no salão do Estação Eventos

Para mais informações e ver a programação completa acesse o site: WWW.FESPMG.EDU.BR/CONSTRUFESP



Alunos do curso de Sistemas de Informação e estudantes da Engenharia Ambiental da FESP foram até a Universidade de São Paulo (USP), na capital paulista, em visita técnica. A comitiva foi coordenada pelo professor Alessandro de Castro Borges, que idealizou a visita, e contou também com o acompanhamento das professoras Vânia Borges, de Sistemas de Informação, e Tereza Pereira, da Engenharia Civil, além do diretor do Núcleo Acadêmico de Tecnologia e Engenharia, professor Manoel Ferreira.

O grupo percorreu o Centro de Reuso e Descarte de Resíduos de Informática (CEDIR) da Universidade, onde foi recebido pela responsável técnica, Neuci Bicov Frade. Dando continuidade à visita, os alunos e professores também conheceram a estrutura e a operacionalização do excelente Centro de Computação Eletrônica (CCE) da USP, sendo recepcionados pelo seu diretor, prof. Dr. Mauro César Bernardes.

Segundo o coordenador do curso de Sistemas de Informação da FESP, Alessandro de Castro Borges, no CEDIR foi interessante que os alunos viram o depósito dos materiais recebidos com grande quantidade e variedade de resíduos eletrônicos - o projeto recebe 12 toneladas mensais de materiais dessa natureza - e o local de separação de componentes e remontagem de máquinas para reuso. Já no CCE, o que chamou mais a atenção foi o Data Center da USP, o centro de redes de comunicação com equipamentos da USP e de parceiros, como a RNP (Rede Nacional de Pesquisa), setor de manutenção eletrônica com equipamentos especiais para as operações e a estrutura de redundância para garantia do fornecimento de energia a todo o sistema.

Ainda segundo o professor, a visita técnica é muito colaborativa na formação dos alunos. “As vantagens são enormes e inúmeras, pois nosso estudantes podem conhecer nessas visitas o que de mais avançado há na sua área de atuação profissional, ou em áreas de pesquisa que possam lhe abrir novos horizontes de atuação científica ou de extensão. Por meio destas atividades eles conhecem o estado da arte em equipamentos e serviços, aumentam seu campo de visão sobre possibilidades de trabalho após a formatura. Além disso, podem dar ao aluno, principalmente àqueles em períodos mais iniciais, uma nova perspectiva sobre o curso, ou sobre um caminho a trilhar, inclusive ajudando-o a escolher uma área em que queira aprofundar mais a sua formação”, justifica Alessandro.

Outras visitas como esta serão agendadas para os próximos períodos e cursos. 

FONTE: Departamento de Comunicação e Marketing FESP/UEMG


Notícias por ANO e MÊS

Calendário de Noticias e Eventos

<<  outubro 2020  >>
seteququsedo
2829301234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930311
2345678