O Colégio Tiradentes da Polícia Militar de Passos venceu pela 4ª vez o Festival de Vídeo Selton Mello, realizado anualmente pela FESP. “Fibonacci” recebeu o prêmio no valor de R$600,00 do júri técnico, na noite da última segunda-feira (25), quando aconteceu a Mostra Competitiva. O segundo lugar ficou com os alunos da Escola Estadual São José, pelo vídeo “O pendrive”, e a terceira colocação, além do prêmio especial de júri popular, foram para os estudantes da Escola Estadual Caetano Machado da Silveira, que produziram o curta “Identify Crisis”.

O vencedor foi uma aposta no gênero de suspense. Amanda Botelho, uma das integrantes da equipe produtora, explicou que a escolha foi inspirada em uma série de televisão que o grupo acompanha. “No começo a gente até pensou em outra história, mas a gente queria inovar, queria uma coisa diferente que não tinha acontecido em outros curtas ainda. Então a gente pensou em criar uma história baseada em um seriado que a gente conhece para causar o suspense do que aconteceria no final”, justificou. O colega Marco Aurélio Reis Nascimento comemorou dizendo que depois do esforço ter vencido foi a recompensa. “É gratificante porque nós batalhamos bastante, dedicamos bastante”, completa.

Um dos coordenadores do Festival, professor Paulo Henrique Baldan Vallim, defende que, nesta edição, as produções refletiram o cotidiano dos próprios estudantes envolvidos e reforça a oportunidade que projeto oferece para que estes jovens possam ter contato com a produção audiovisual. “Os vídeos expressam um pouco do sentimento dos alunos, da realidade dentro das escolas, a questão de ser aceito, de estar inserido dentro do ambiente escolar, a busca do jovem para se conhecer, de estar junto com o outro, a preocupação de ajudar. Eu acho que é válida a participação dos alunos dentro do projeto pela possibilidade de desenvolverem uma obra audiovisual independente deles irem ou não para a área da comunicação, do cinema. É uma oportunidade para quem gosta e está disposto a seguir esse caminho até como profissão. É uma sementinha, um início. O festival é uma forma de colocar esses jovens para pensar”, justifica.

O aprendizado e a chance de criação e produção artística é uma forma de aproximar os interesses dos alunos junto à proposta de ensino das escolas. É o que acredita o professor de língua portuguesa e inglesa da Escola Caetano Machado da Silveira. Para ele a própria escola está indo em direção aos alunos quando incentivam a participação deles em iniciativas como o Festival realizado pela FESP. “Estamos num ponto em que a arte dentro da escola está muito em voga. A temática de ensino pedagógico está trazendo música, teatro, cinema e isso é de extrema importância para que a escola seja uma presença contínua na vida do jovem. Nós como educadores temos que saber e avaliar a hora de encaminhá-los para a cultura, arte e contextualizar isso dentro do ensino”, declarou Luiz Carlos de Souza.

A mesma pontuação foi feita pelos alunos da Estadual São José. Um dos participantes, Deivid Aparecido Ferreira contou que apesar das dificuldades em relação à produção, atenção dada pelos organizadores do Festival foi determinante para que conseguissem concluir o vídeo. “Foi uma experiência muito boa, foi difícil, mas a gente aprendeu muito. Os coordenadores tiveram muita boa vontade para ensinarem a gente e foi maravilhoso! Valeu muito a pena”.

Em Abril deste ano, as oficinas - ministradas pelos professores responsáveis pela Mostra Competitiva - envolveram discussões sobre produção, direção de fotografia, roteiro, direção de áudio, direção geral, edição e finalização, dando início à 5ª edição do Festival Selton Mello de 2013. Segundo Diovany Rodrigues, também responsável pelo projeto, os alunos enviaram as ideias iniciais dos roteiros e durante as oficinas trabalharam para adaptar à realidade de produção de cada equipe. “Oferecemos todo o embasamento teórico para que eles pudessem produzir e tivemos também algumas aulas práticas. Foi possível ver alguns dos exemplos que passamos em aula. Não houve limitação criativa e o resultado foi muito bom”, ponderou o professor.

O também organizador do Festival, professor Diego Vasconcelos, fez a mesma avaliação dizendo que a Mostra é muito importante, contribuindo para a sensibilidade artística dos alunos participantes. “Tem grande abrangência e uma ótima repercussão. As expectativas para o próximo ano são sempre as melhores”, finalizou.

Confira abaixo os nomes dos integrantes das produções:

Colégio Tiradentes da Polícia Militar 

CURTA: Fibonacci 

ALUNOS: Amanda Botelho / Danielle Alves / Luiz Marques / Marco Reis / Stéfano Teixeira / Stéphanie Alves

E.E. São José 

CURTA: O pendrive 

ALUNOS: Cassia Lima / Daphine Aparecida / Deivid Ferreira / Driele Silva 

E.E. Caetano Machado 

CURTA: Identify Crisis 

ALUNOS: Rafaela Marinho / Igor Barbosa / Anelise Souza / Natália Reis / Gustavo Barbosa / Samara Ingryd

FONTE: Departamento de Comunicação e Marketing FESP/UEMG

Veja todas as fotos AQUI.



A FESP e a Folha da Manhã prestaram homenagens aos professores da rede pública, privada e da própria Fundação de Passos na noite da última quinta-feira. O projeto Professor Nota A acontece em comemoração ao Dia do Professor, e busca valorizar o trabalho dos profissionais da educação.

O presidente do Conselho Curador da FESP, professor Fabio Pimenta Esper Kallas, defende o evento como uma forma de assumir a responsabilidade de destacar o trabalho da categoria na formação de cidadãos. “A nossa cidade, nosso estado, nosso país só vão crescer e se desenvolver mais a partir do momento que tivermos uma Educação fortalecida. Ser professor é conviver com uma juventude que tem uma cabeça completamente diferente e que quer um país melhor. Cada dia renovar e sentir a energia que estes alunos nos trazem é um grande desafio que vai além das técnicas. Temos que passar um pouco da nossa experiência de vida com muito amor. Nesta noite falamos de trabalho realizado e de reconhecimento que é o que os nossos professores merecem”, declara.

Desde a primeira edição do evento a Folha da Manhã é parceira da FESP na promoção e segundo o diretor do jornal, Carlos Antônio Alonso Parreira, o Professor Nota A reforça seu prestígio anualmente. “A categoria quase nunca se reúne pra um momento festivo como este, porque é uma verdadeira festa. A cada ano, pela repercussão que o evento alcança, os próprios professores estão reconhecendo mais e mais o valor deste prêmio. Hoje eu fiz aqui uma homenagem ao professor Fábio pela criação da Faculdade de Medicina que é um marco pra história de Passos e nasceu da academia, da universidade”, afirma o jornalista.

Mais de 60 professores receberam o certificado que levou o nome da homenageada especial: professora Maria de Fátima Freitas Bernardes, graduada em Matemática, Pedagogia e Engenharia Civil, Mestre em Matemática e Estatística, integrante do corpo docente da FESP desde 1973, exercendo ao longo de sua carreira cargos como o de Diretora da Faculdade de Filosofia de Passos; Vice-diretora do Colégio Estadual Julia Kubitschek; professora no Colégio Imaculada Conceição e na Escola Estadual Dulce Ferreira de Souza; dentre outros.

Para a professora da FESP, ser escolhida para dar nome ao certificado do Professor Nota A de 2013 foi uma surpresa gratificante.  “É uma honra! Estou feliz e me senti realizada. Compartilho com todos os meus colegas essa valorização. Ser professora é muito bom! É uma missão e é minha vocação”, conta entusiasmada.

Leila Maria Suhadolnik Pádua Andrade, organizadora do evento junto da professora Sílvia Maria Oliveira Soares Maia, diz que é envaidecedor poder prestar essa homenagem que foi estendida especialmente também aos professores que participaram do Festival de Poesia deste ano.

O professor do Colégio Tiradentes, Fernando de Almeida Oliveira, agradeceu a homenagem e manifestou contentamento ao receber o certificado. “Foi uma alegria muito grande estar representando o Colégio Tiradentes onde fui aluno. Agora enquanto professor, que é uma profissão muito importante na formação de pessoas, eu considero uma satisfação muito grande receber esta homenagem”.

A diretora do Colégio São Francisco, Creide Pereira de Souza Ponçansini reconhece o esforço da FESP e Folha da Manhã ao realizar o evento e finaliza dizendo que: a FESP está sempre exaltando os profissionais de educação que fazem um trabalho árduo e por isso devem ser reconhecidos. 

Confira a lista de homenageados de 2013:

Professores Nota A da FESP

João Pedro P. Barbosa - Administração

Renaldo A. Souza - Ciências Contábeis

Roberto Carlos de Menezes - Direito

Leila Maria S. Oliveira de Pádua Andrade - Moda e Design

Juliana Aparecida Pedretti Furlan - Publicidade e Propaganda

Luciane Silva Nascimento França - Serviço Social

Cesar Vilela de Aquino - Gestão Comercial

Karina Maciel Pádua - Biomedicina

Márcia Aparecida Silva Viana - Enfermagem

Vicente de Paula Campeiz - Educação Física

Júlio Cesar Pereira - Nutrição

Ricardo Ferreira Godinho - Engenharia Agronômica

Gilson de Oliveira Wenceslau - Engenharia Ambiental

Emiliana Maquiaveli - Engenharia Civil

José da Silva Ferreira Junior - Engenharia de Produção

Kleber Marcelo da Silva Rezende - Sistemas de Informação

Willian Paulo Graciano - Ciências Biológicas

Edgar Rodrigues de Oliveira - História

Angelina Pimenta Hipólito de Oliveira - Letras

Waldemar Gianini - Matemática

Gelcira Augusta Ribeiro da Silveira - Pedagogia

Conrado de O. Pádua Andrade – UNABEM

 

Professores Nota A das Escolas Municipais

Telma Mara Chair Batista - E.M. Amélia Jabace

Eva Aparecida Pereira Alves - E.M. Cel Azarias de Melo

Keila Cristina Silva Rezende - E.M. Silas Roberto Figueiredo

Eliane Aparecida Frank Lima - E.M. Dr. Manoel Patti

Maria do Livramento M. Mendonça - E.M. Geralda Candida de Oliveira

Rosane da Penha Silva - E.M. Jalile Barbosa Calixto

Vânia da Costa Nascimento - E.M. Oilda Silveira Coelho

Cristina Gomes Prado - E.M. Profº Hilarino Moraes

Denise Gomes Abreu Rodrigues - E.M.Profº Ananias Emerenciano Campos

Inês Carolina da Silveira - E.M. Profª Francina de Andrade

Cirlene Cristina Leite Silva - E.M. Angela Aparecida da Silveira

Sandra da Silveira Soares - E.M. Emilia Leal de Melo

Rosangela Maria de Oliveira - E.M. Luzia de Abreu

 

Professores Nota A das Escolas Estaduais

Flávia Ferreira Freitas - E.E. Caetano Machado

Laís Cristina Paiva Silva - E.E. Deus, Universo e Virtude

Tânia de Fátima Silva - E.E. Tancredo Neves

Marícia Gomes Silveira - E.E. Dulce Ferreira de Souza

Adriana Procópio Ribeiro - E.E. Francisco da Silva Maia (USINA)

Eda Lúcia Cardozo Ferreira - E.E. Professora Júlia Kubitschek

Raul Silva Vilela Cruz - E.E. Lourenço de Andrade

Maria de Fátima Andrade Reis Oliveira - E.E. Nazle Jabur

Renner Gustavo Correa - E.E. Neca Quirino e Got

Erika Mariana Ferreira Alexandre - E.E. Geraldo Starling de Soares

Izane Aparecida Ribeiro Martins - E.E.Luiz de Melo Viana Sobrinho

Mercy Maria Borges - E.E. Jair Santos

Antônia Júlia Mendonça Tâme - CESEC Dª Emilia Leal

Marcelo Esper - E.E. Nossa Senhora da Penha

Vanusa Ponciano Freire Rodrigues - E.E. São José

Fernando de Almeida Oliveira - Colégio Tiradentes

André de Lima Oliveira - E.E.Abraão Lincoln

 

Professores Nota A das Escolas Particulares

Luciana Neves de Faria - Colégio Del Rey

Lúcia Faria Pimenta Andrade – Colégio Imaculada Conceição de Passos

Maria do Carmo Fajardo de Freitas - Colégio Objetivo

Joel dos Reis Mizael - Colégio São Francisco

Ana Gorete Freitas Ferreira - Colégio Status

Fábio de Oliveira Sofiati - Colégio Interação

Wander Luiz Ferreira - Instituto Educacional Máris Célis

Edson Martins - ETEP

Gisele Graziella de Paula Silva - Escola Tc Professor José Souza

Fernanda Rodrigues Ferreira Ribeiro - Lua de Cristal

Lilian de Oliveira Neves - Escola Boa Semente

Luis Henrique da Silva Novais - IF Sul de Minas

 

Professores homenageados pelo Festival da Poesia 2013

Adriana Beatriz de Oliveira Polez Rocha - E.E. Dulce Ferreira de Souza

Ruller Rodrigues - Colégio Del Rey

Edinamar de Souza Adão Silva e Elza de Fátima Teixeira Bastos - E.E. Nossa Senhora da Penha

Daniele Rodrigues de Oliveira e Núbia Rosinei dos Reis - Colégio Tiradentes

Margareti Alves de Oliveira e Rogério Paniagua - E. M. Amélia Jabace

Gleida Maria Bernardes Borges - E.E. Caetano Machado

Núbia Rosinei dos Reis e Fátima da S. Leite - Colégio Objetivo

Denise Aparecida Suhadolnik Silveira e Pedro Paulo da Silva – Colégio Imaculada conceição de Passos

Egídio Querino da Silveira Junior - E.E. São José

Júnia Mª Faria dos Santos - E.E. Professor Jair Santos

 

FONTE: Departamento de Comunicação e Marketing FESP/UEMG

Veja as fotos na Galeria de Imagens da FESP.CLIQUE AQUI.



Iniciada no dia 20 de abril passado, a campanha “Troque uma arma de brinquedo por revistas da Editora Abril” - promovida através da parceria entre a Fundação de Ensino Superior de Passos (FESP), Jornal Folha da Manhã e Editora Abril – segue agora para a segunda etapa do projeto.  

Após um trabalho de conscientização entre alunos, professores e pais sobre a importância do desarmamento infantil e a cultura da paz, seis escolas receberam na segunda-feira passada (29) as caixas de coleta onde alunos de 6 a 12 anos depositarão suas armas de brinquedo em troca de revistas da Editora Abril. 

Até a próxima quarta-feira (8) estudantes das escolas municipais Professora Francina de Andrade; Professor Hilarino Morais; Professor Ananias Emerenciano; das estaduais Caetano Machado da Silveira e Colégio Tiradentes da Polícia Militar e o CAPP – Centro de Aprendizagem Pró-menor de Passos – terão um trabalho especial de motivação com seus alunos para angariar o maior número de armas de brinquedo possível e estimular a leitura entre as crianças.

Para o presidente do Conselho Curador da FESP, professor Fabio Pimenta Esper Kallas, a campanha será um sucesso. “A troca de armas de brinquedo por revistas atinge dois objetivos ao mesmo tempo. O primeiro é estimular pais e crianças a refletirem sobre o tipo de brincadeira que nossos jovens têm praticado, e o segundo ressaltar a importância da prática da leitura e a cultura da paz”, disse.

Segundo a coordenadora do projeto, professora Arlete Porto Soares, o envolvimento da comunidade escolar tem sido surpreendente. “Temos percebido diversas manifestações de apoio e incentivo a campanha como na Escola Municipal Professora Francina de Andrade onde os pais pediram para a direção que fixe faixas e cartazes manifestando apoio a campanha durante a Festa Junina que será realizada no Parque de Exposições”, destacou.

A campanha continua até o dia 29 de junho, quando as armas de brinquedo recolhidas serão destruídas e doadas para associações de catadores de materiais recicláveis. Até lá, todas as escolas da rede municipal de ensino disponibilizarão postos para coleta das armas de brinquedo e a consequente troca pelas revistas infantis. Além das escolas que aderiram à campanha, são postos fixos de troca: o prédio principal da FESP, a sede do Jornal Folha da Manhã e as bancas de revistas das praças do Rosário e da Matriz. 

FONTE: Departamento de Comunicação e Marketing FESP/UEMG



A nona edição do Festival de Interpretação de Música Popular Brasileira – Canta FESP acontece na próxima sexta-feira, dia 26, no CIRE (Centro Integrado de Recreação e Esportes). O evento realizado anualmente pela Fundação de Ensino Superior de Passos terá início às 19 horas e receberá em seu palco intérpretes de 14 Escolas competindo pelo prêmio principal.

Já tradicional na cidade e região, o Canta FESP tem como objetivo difundir o conhecimento da MPB entre estudantes de escolas de ensino fundamental e médio, da rede pública e privada, contribuindo para o enriquecimento do repertório desse público e também revelar talentos estudantis.

Este ano, mais de 30 estudantes irão apresentar músicas de artistas como Roberto Carlos, Luiz Gonzaga, Belchior, Cazuza e Lulu Santos. O corpo de jurados, composto por pessoas da comunidade com notório conhecimento musical, vai avaliar com notas de 05 a 10 os seguintes critérios: qualidade de voz, afinação, interpretação e presença de palco. 

Serão concedidos prêmios aos sete primeiros colocados e todas as escolas participantes receberão troféus. Além disso, a torcida considerada mais alegre, numerosa, educada e criativa também será premiada com kit de informática e um banner de “Melhor Torcida do IX Festival de Interpretação 2013”.

As professoras Leila Maria Suhaldolnik Oliveira de Andrade e Sílvia Maria Oliveira Soares Maia, organizadoras do Canta FESP, esperam com entusiasmo mais uma edição do Festival que é sempre muito concorrido. “Nós sempre esperamos o melhor porque sabemos que existe uma carência deste tipo de evento na cidade. As escolas que participam têm muito a ganhar já que o objetivo é o incentivo à cultura, à arte, à cidadania, à política. Temos que pensar que a escola é um lugar de aprendizagem do ser humano no seu todo”, declarou Leila Maria Suhaldolnik Oliveira de Andrade.

A entrada para assistir ao Festival de Interpretação é gratuita e, no segundo semestre, a FESP realiza também o Festival de Composição, para canções inéditas. O Projeto Canta FESP é um incentivo à cultura, ao lazer e ao conhecimento da história musical brasileira.

 

Confira as escolas participantes: 

 

Núcleo Dercio Andrade - Educandário Educafro - Proibida pra mim (Zeca Baleiro)

E.M. Jalile Barbosa Calixto - Olhos Coloridos (Sandra de Sá)

Colégio São Francisco - Encontros e Despedidas (Milton Nascimento/Fernando Brant)

Colégio Tiradentes - Ainda Bem (Marisa Monte)

E.E. Júlia Kubitschek - Entre a Serpente e a Estrela (Zé Ramalho)

Colégio Del Rey - Disparada (Geraldo Vandré)

E.E. Caetano M. da Silveira - Meu Erro (Hebert Vianna)

E.E. Abraão Lincoln - Se Você Pensa (Roberto e Erasmo Carlos)

Colégio Objetivo - A Vida do Viajante (Luiz Gonzaga)

E.E. Tancredo Neves - Como Nossos Pais (Belchior)

E.E. Prof. Jair Santos - Malandragem (Cazuza)

E.E. São José - João de Barro (Leandro e Leo)

E.E. D. João VI (Alpinópolis) - Pra Você Guardei o Amor (Nando Reis)

Colégio Imaculada Conceição - Tempos Modernos (Lulu Santos)

 

FONTE: Departamento de Comunicação e Marketing FESP/UEMG



Com a música “Por onde andei”, de autoria de Nando Reis, a Escola Estadual Tancredo de Almeida Neves da cidade de Passos foi a vencedora do 8º Festival Canta FESP de Interpretação da MPB, realizado pela Fundação de Ensino Superior de Passos (FESP/UEMG), na última sexta-feira (25). A oitava edição do Festival teve um número recorde de público com aproximadamente 800 pessoas presentes que torceram e se emocionaram com as canções.

O novo local onde foi realizado o evento – o Centro Integrado de Recreação e esportes (CIRE) – teve grande aceitação da equipe que organiza o evento, dos pais e familiares dos concorrentes e das escolas participantes.

Mais uma vez a FESP mostrou a consolidação desse projeto que trabalha a música como uma manifestação da linguagem e que estimula o aprendizado e o desenvolvimento da sensibilidade artística dos estudantes. “Foi um festival muito bom. As escolas compareceram e participaram com grande empenho. A escola vencedora estava presente em peso com a presença da diretora,  corpo docente e alunos e que enfatizaram que a festa  é uma vitória não só da escola, mas de toda a comunidade do bairro”, disse uma das organizadoras do Festival, professora Leila Maria Suhadolnik Pádua Andrade.

A Escola Estadual Tancredo de Almeida Neves teve como intérprete o aluno do 1º ano do Ensino Médio, Rafael Silva. O primeiro lugar levou um prêmio no valor de R$ 700,00. Em segundo lugar ficou o Colégio Tiradentes da Polícia Militar com a música “Linda Rosa”, de Maria Gadu e em terceiro, a Escola Estadual Caetano Machado da Silveira, com a música “Não quero dinheiro”, de Tim Maia. Foram classificadas 7 escolas. (Confira a lista com os vencedores abaixo) Também foi escolhida a melhor torcida com um prêmio de um kit de informática e um banner de melhor torcida. A melhor torcida foi a da Escola Estadual D. João VI, de Alpinópolis que também conquistou o 6º lugar na classificação geral.

Confira os vencedores do 8º Canta FESP de Interpretação da MPB:

1º lugar – Escola Estadual Tancredo de Almeida Neves
2º lugar – Colégio Tiradentes da Policia Militar
3º lugar – Escola Estadual Caetano Machado da Silveira
4º lugar – Escola Estadual Professora Júlia Kubitschek
5º lugar – Colégio São Francisco (COC) 
6º lugar – Escola Estadual D. João VI (Alpinópolis)
7º lugar – Escola   Municipal Oilda Valéria Silveira Coelho

Melhor Torcida – Escola Estadual D. João VI (Alpinópolis)

Confira mais fotos do evento na galeria de imagens do Portal FESP AQUI

Fonte: Departamento de Comunicação e Marketing



Notícias por ANO e MÊS

Calendário de Noticias e Eventos

<<  outubro 2020  >>
seteququsedo
2829301234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930311
2345678