O Ambulatório Escola (AMBES) da FESP realizou uma série de atividades especiais durante a semana anterior ao “Dia Mundial de Combate à AIDS”. Na programação tiveram ações de conscientização e aconselhamento, além de testagens rápidas de HIV e Hepatites Virais. Mais de 350 pessoas receberam atendimento e foram sensibilizar para mudança de comportamento e prevenção.

“Distribuímos preservativos, folhetos educativos e oferecemos orientações que visam dar a oportunidade ao cliente de rever suas atitudes e comportamento de vulnerabilidade. Sem dúvida, uma vez que possibilitamos a testagem rápida, conseguimos promover diagnóstico precoce e também conseguimos trabalhar na conscientização no esforço de interromper a cadeia de transmissão. Outro fator é a promoção da qualidade de vida da pessoa que vive com HIV/AIDS, o que é muito importante”, explica a coordenadora do Ambulatório Escola, Cleide Augusta de Queiroz.

A equipe multidisciplinar do AMBES trabalha com grupos de apoio (grupoterapias) e através do CTA (Centro de Testagem e Aconselhamento) são feitas as orientações sobre HIV/AIDS e Hepatites Virais, tratando não só das formas de contágio e prevenção, mas também como trabalhar os estigmas e preconceito, alcançando bons resultados com suas atividades e serviços prestados à comunidade.

A coordenadora divulgou dados positivos. “Em 2012 fechamos o ano com 46 casos e até novembro de 2013 estamos com 37 novos casos. As ocorrências diminuíram, então. Intensificamos as orientações e as testagens, porém, quero deixar claro que ainda é muito preocupante o descaso com o uso preservativo e se a população não se atentar para uso dele, infelizmente, o HIV vai continuar por aí. A AIDS não tem cara, não tem cor, não tem sexo, não tem idade e também não tem cura, mas tem prevenção. Todos nós precisamos prevenir”, reforça a enfermeira.

O AMBES desenvolve um trabalho humanizado e é referência na região de Passos em prevenção e tratamento de pacientes portadores do vírus HIV e hepatites virais. A coordenação do Ambulatório lembra que durante todos os meses do ano há a distribuição gratuita de preservativos. Qualquer pessoa da cidade pode solicitar os serviços prestados na sede do Ambulatório que fica a Rua Sabará, 164. O contato também poderá ser feito pelo telefone (35)3529-8030.

FONTE: Departamento de Comunicação e Marketing FESP/UEMG



Iniciada no dia 20 de abril passado, a campanha “Troque uma arma de brinquedo por revistas da Editora Abril” - promovida através da parceria entre a Fundação de Ensino Superior de Passos (FESP), Jornal Folha da Manhã e Editora Abril – segue agora para a segunda etapa do projeto.  

Após um trabalho de conscientização entre alunos, professores e pais sobre a importância do desarmamento infantil e a cultura da paz, seis escolas receberam na segunda-feira passada (29) as caixas de coleta onde alunos de 6 a 12 anos depositarão suas armas de brinquedo em troca de revistas da Editora Abril. 

Até a próxima quarta-feira (8) estudantes das escolas municipais Professora Francina de Andrade; Professor Hilarino Morais; Professor Ananias Emerenciano; das estaduais Caetano Machado da Silveira e Colégio Tiradentes da Polícia Militar e o CAPP – Centro de Aprendizagem Pró-menor de Passos – terão um trabalho especial de motivação com seus alunos para angariar o maior número de armas de brinquedo possível e estimular a leitura entre as crianças.

Para o presidente do Conselho Curador da FESP, professor Fabio Pimenta Esper Kallas, a campanha será um sucesso. “A troca de armas de brinquedo por revistas atinge dois objetivos ao mesmo tempo. O primeiro é estimular pais e crianças a refletirem sobre o tipo de brincadeira que nossos jovens têm praticado, e o segundo ressaltar a importância da prática da leitura e a cultura da paz”, disse.

Segundo a coordenadora do projeto, professora Arlete Porto Soares, o envolvimento da comunidade escolar tem sido surpreendente. “Temos percebido diversas manifestações de apoio e incentivo a campanha como na Escola Municipal Professora Francina de Andrade onde os pais pediram para a direção que fixe faixas e cartazes manifestando apoio a campanha durante a Festa Junina que será realizada no Parque de Exposições”, destacou.

A campanha continua até o dia 29 de junho, quando as armas de brinquedo recolhidas serão destruídas e doadas para associações de catadores de materiais recicláveis. Até lá, todas as escolas da rede municipal de ensino disponibilizarão postos para coleta das armas de brinquedo e a consequente troca pelas revistas infantis. Além das escolas que aderiram à campanha, são postos fixos de troca: o prédio principal da FESP, a sede do Jornal Folha da Manhã e as bancas de revistas das praças do Rosário e da Matriz. 

FONTE: Departamento de Comunicação e Marketing FESP/UEMG



A Fundação de Ensino Superior de Passos participou, no último sábado, na Praça Monsenhor Messias Bragança, do lançamento da Campanha de Desarmamento Infantil “Troque uma arma de brinquedo por uma Revista”, realizada pela Editora Abril e implantada em Passos através de parceria entre FESP, Folha da Manhã e Radio Jovem Pan. A campanha terá duração de dois meses e já conta com a participação de estudantes de escolas públicas e particulares de Passos. 

A Campanha do Desarmamento Infantil é direcionada a crianças de seis a 12 anos de idade e será encerrada no dia 29 de junho. As trocas das armas de brinquedo por revistas da Editora Abril serão feitas em postos de coleta disponíveis nas escolas, no prédio principal da FESP, na recepção do Jornal Folha da Manhã e nas Bancas de Revistas localizadas na Praça Geraldo da Silva Maia e Praça Monsenhor Messias Bragança.

O distribuidor regional da Editora Abril, Aparecido Donizette Jacinto, ressaltou a importância da FESP, Folha da Manhã e Jovem Pan que prontamente aceitaram parceria. A Campanha da Editora Abril começou em junho de 2011, na cidade de Barueri, São Paulo, e já tirou de circulação mais de 75 mil armas de brinquedo. Segundo Donizette Jacinto, ao final da coleta em Passos o material recolhido será destinado para reciclagem. 

O presidente do Conselho Curador da FESP, professor Fabio Pimenta Esper Kallas, acredita que as demonstrações de adesão à campanha, o comprometimento das escolas envolvidas e dos parceiros, durante o lançamento, indicam que a campanha vai superar as expectativas e mostrar para as crianças que só por meio da educação é que se pode prover a melhora da segurança pública. “Muito mais do que a simples troca, a iniciativa é uma ação em prol da educação. Quando lançamos a campanha temos o intuito de apontar o caminho certo. Participando, as crianças vão entender que a leitura é a única arma que eles vão usar contra a violência”, afirmou Fabio Kallas.

O evento contou com a participação do diretor do Núcleo Acadêmico de Ciências Humanas e Ciências Sociais Aplicadas, professor Vivaldo Silvério de Souza Filho; do diretor da Folha da Manhã, jornalista Carlos Antônio Alonso Parreira e do diretor da Jovem Pan Passos, Ney Bueno Júnior. 

A FESP promoveu uma edição do projeto “Praça Viva”, que leva recreação e lazer através do curso de Educação Física, especialmente para o lançamento da campanha. Além de trocar as armas de brinquedo por revistas, as crianças puderam se divertir com Escalada, Xadrez Gigante, Pula-Pula e muitas outras atrações, com acompanhamento de estudantes e professores.  

A primeira troca oficial foi feita pelo aluno do 4º ano do Ensino Fundamental da Escola Municipal Francina de Andrade, Flávio Gabriel Garcia Oliveira que, após receber a Revista Recreio e posar para foto, disse que não gostava da sua “arminha” de brinquedo e que a troca é “bem-vinda, já que gosta muito de ler”.

A cerimônia também foi palco de apresentações de grupos de dança e de interpretação musical dos estudantes passenses, além do ato simbólico das meninas da Escola Municipal Professor Hilarino de Moraes, que soltaram balões com uma placa pedindo paz. “A gente precisa acreditar e ter esperança em um mundo melhor”, disse a pequena estudante Lívia Aparecida Ferreira. 

O mesmo apelo foi feito pela mãe de João Vitor, Kátia dos Santos. Segundo ela, seu filho, os irmãos e os amiguinhos “brincavam” de matar um ao outro com as armas de brinquedo. “Eu não acho isso interessante. Eu acho que a violência já está demais, então, basta!”. Frisou Kátia.

FONTE: Departamento de Comunicação e Marketing FESP/UEMG




Carreta 

Começou nesta segunda-feira em Passos o atendimento de prevenção à Hanseníase na carreta-consultório do Morhan (Movimento de Reintegração das Pessoas Atingidas pela Hanseníase). A carreta veio a Passos através do Núcleo de Assistência, Ensino e Pesquisa da Hanseníase (NAEPH) da Fundação de Ensino Superior de Passos (FESP/UEMG) e permanecerá em atendimento até a próxima sexta-feira. Hoje pela manhã, logo no primeiro atendimento, foi detectado um caso da doença.

A carreta disponibiliza cinco consultórios, um laboratório e um banheiro equipados com ar-condicionado, elevador hidráulico, além de um palco para apresentações artísticas com recursos multimídia. O atendimento é feito por estudantes da Faculdade de Enfermagem sob coordenação do dermatologista Carlos Alberto Faria Rodrigues, coordenador do Núcleo de Hanseníase da FESP. Depois de serem atendidos, os pacientes que tiverem casos de hanseníase detectados serão imediatamente encaminhados ao tratamento.

Além das consultas realizadas dentro da unidade móvel, que conta com o apoio dos estagiários de Medicina de Alfenas, a FESP disponibilizou tendas do lado externo para oferecer orientações à população.

A carreta ficará até o dia 1º de abril em frente ao Palácio da Cultura (antigo Fórum). Durante o período da noite, estão programados diversos números artísticos com os participantes da edição do ano passado do Festival Canta Fesp de Interpretação de MPB, com estudantes de escolas de Passos e região.

O encerramento acontecerá na noite do dia 1º na Câmara Municipal com a participação do presidente da FESP, presidente do Morhan e a presença da Banda de Música do 12º Batalhão de Polícia Militar de Minas Gerais (12º BPM-MG).

Fonte: Agência Escola

Continue lendo...



Entrega de preservativos e folhetos educativos

O AMBES, Ambulatório Escola da FESP encerra nesta sexta-feira a campanha de prevenção no Carnaval 2011, contra AIDS e outras DST´s, seguindo o Tema proposto pelo Departamento Nacional de DST/AIDS e Hepatites Virais, que tem como publico alvo, jovem na faixa de 15 a 24 anos, que geralmente se expõe mais durante a folia.

Tendo em vista que o carnaval, coincidirá com o Dia Internacional da Mulher, e percebendo o crescente número de casos divulgados desde o início da epidemia, o AMBES quer reforçar junto a este público a importância da prevenção.

De acordo com o Ministério da Saúde, atualmente, ainda há mais casos da doença entre os homens do que entre as mulheres, mas essa diferença vem diminuindo ao longo dos anos. Esse aumento proporcional do número de casos de aids entre mulheres pode ser observado pela razão de sexos (número de casos em homens dividido pelo número de casos em mulheres). Em 1989, a razão de sexos era de cerca de 6 casos de aids no sexo masculino para cada 1 caso no sexo feminino. Em 2009, chegou a 1,6 caso em homens para cada 1 em mulheres.

Uma pesquisa divulgada esta semana pelo IBOPE revela que apenas 49% das mulheres usam preservativos em todo novo relacionamento. Entre os homens, esse índice é de 55%.

O estudo foi realizado entre agosto de 2009 e julho de 2010, nas regiões metropolitanas de São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Curitiba, Belo Horizonte, Salvador, Recife, Fortaleza, Brasília e nos interiores de São Paulo e das regiões Sul e Sudeste. Foram ouvidas 18.884 pessoas de ambos os sexos, das classes AB, C e DE, e com idade acima de 18 anos.

De acordo com a coordenadora do AMBES, enfermeira Andréa Pizol, foi enviado material educativo para as cidades vizinhas com folhetos e cartazes educativos, preservativos masculinos; e na cidade de Passos, os acadêmicos ligados ao AMBES através da Faculdade de Enfermagem de Passos- FAENPA/FESP, estão percorrendo os principais pontos da cidade com foco em jovens e mulheres, como salões de beleza, clubes, indústrias e comércio de confecções, bares, supermercados e outros.

A campanha tem a parceria da Secretaria Municipal de Saúde para realização de atividades educativas nas unidades de Programa de Saúde da Família, com orientações, cadastro e entrega de preservativos e palestras.

Nesta sexta feira será o encerramento da campanha com um PIT STOP na Av. da Moda (fundo do D.A da FESP) durante todo o dia. Serão distribuídos em torno de 43 mil preservativos masculinos, folhetos educativos em Passos e Região.

Fonte: Agência Escola



Notícias por ANO e MÊS

Calendário de Noticias e Eventos

<<  outubro 2020  >>
seteququsedo
2829301234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930311
2345678