O Ambulatório Escola (AMBES) da FESP comemora nesta semana o “Dia Mundial de Combate à AIDS”. Desde segunda-feira o AMBES tem realizado atividades de conscientização e aconselhamento sobre prevenção, além de testagens rápidas de HIV e Hepatites Virais. Todos os serviços são gratuitos e até quinta-feira (28) de manhã já tinham sido feitos aproximadamente 300 atendimentos.

Dentro do cronograma também foram incluídos: palestra do projeto “Conhecer, debater e prevenir o uso de drogas lícitas e ilícitas entre dependentes químicos institucionalizados no Presídio de Passos”, pit stops em 17 pontos estratégicos de Passos, e uma Carreata, saindo da frente do Presídio (no Jardim Aclimação), às 14h30 desta sexta-feira e percorrendo as principais ruas e avenidas da cidade.

Internacionalmente o dia 1º de Dezembro foi escolhido para ser a data Mundial de Luta Contra a AIDS, buscando visibilidade para as ações de conscientização sobre a doença. “É quando o mundo une forças para mostrar que a AIDS está mais próxima de nós a cada dia, tornando-se uma realidade muito presente. Temos como objetivo realizar o maior número possível de testagem, oferecendo orientações e aconselhamento que possibilite o cliente a repensar suas atitudes e comportamento de vulnerabilidade para contaminação pelo vírus do HIV. Para estes aconselhamentos, contamos com a ajuda da Atenção Primária à Saúde de Passos, onde está acontecendo durante toda esta semana, as orientações nas salas de espera das unidades da ESF (Estratégia de Saúde da Família) e ambulatórios, e lá os usuários estão sendo orientados sobre a importância da testagem para interromper a cadeia de transmissão, bem como oferecer qualidade de vida à pessoa que vive com HIV/AIDS. Contamos também com a parceria das empresas e instituições de Passos, que estão mobilizando/incentivado seus colaboradores a procurar o AMBES/FESP”, explicou a coordenadora do Ambulatório Escola, Cleide Augusta de Queiroz.

A enfermeira ainda lembra que é muito importante a participação da população na carreata. “Dia 1º de Dezembro é apenas um dia do ano para repensar suas atitudes/vulnerabilidades e reeducá-las para o próximo ano, repensando a existência da AIDS e prevenindo nos 365 dias do ano. Vamos para as ruas lembrar que a AIDS não tem cara, não tem cor, não tem sexo, não tem idade e também não tem cura, mas tem prevenção”, pontuou Cleide.

O AMBES desenvolve um trabalho humanizado e é referência na região de Passos em prevenção e tratamento de pacientes portadores do vírus HIV e hepatites virais. A coordenação do Ambulatório lembra que durante todos os meses do ano há a distribuição gratuita de preservativos. Qualquer pessoa da cidade pode solicitar os serviços prestados na sede do ambulatório que fica a Rua Sabará, 164. O contato também poderá ser feito pelo telefone (35)3529-8030.

FONTE: Departamento de Comunicação e Marketing FESP/UEMG



O Ambulatório Escola (AMBES) da FESP comemora durante a próxima semana o “Dia Mundial de Combate à AIDS”. De 25 até 29 de Novembro o AMBES promove atividades de conscientização e aconselhamento sobre prevenção, além de testagens rápidas de HIV, Sífilis e HV. Todos os serviços são gratuitos.

No cronograma também estão programados pit stops em 17 pontos estratégicos de Passos e na Rodovia MG-050, e uma Carreata, saindo da frente do Presídio de Passos (no Jardim Aclimação), e percorrendo as principais ruas e avenidas da cidade.

O Ambulatório Escola desenvolve um trabalho humanizado e é referência no sudoeste mineiro com os pacientes portadores do vírus HIV e hepatites virais. A coordenação do AMBES lembra que durante todos os meses do ano há a distribuição gratuita de preservativos. Qualquer pessoa da cidade pode agendar palestras e solicitar todos os serviços prestados na sede do ambulatório que fica a Rua Sabará, 164. O contato também poderá ser feito pelo telefone (35)3529-8030.

Confira abaixo a programação completa para a semana:

 

FONTE: Departamento de Comunicação e Marketing FESP/UEMG



A FESP reafirma sua responsabilidade social com a comunidade de Passos e região. No dia 21/09 - sábado, das 8h às 12h, na Praça Capelinha da Penha, comemorou o Dia da Responsabilidade Social 2013, evento comemorado em todo Brasil pelas instituições de ensino superior e proposto pelo ABMES. As atividadesde extensão foram realizadas com o apoio dos diretores, coordenadores de curso de graduação, professores, alunos e funcionários da instituição. 

O Dia da Responsabilidade Social na FESP foi organizado através da comissão composta pela Coordenadora de Pesquisa e Extensão da FESP; Marisa da Silva Lemos, pelo Prof. Itamar Teodoro de Faria do Curso de Publicidade e Propaganda e pela Prof.ª Sandra Eliana da Silva Limonta do Curso Serviço Social.

O atendimento à comunidade contou com a participação de diversos Cursos de Graduação da FESP: Administração de Empresas, Biomedicina, Ciências Biológicas, Ciências Contábeis, Direito, Educação Física, Enfermagem, Engenharia Ambiental, Gestão Comercial, Jornalismo, Matemática, Nutrição, Pedagogia, Publicidade e Propaganda, Serviço Social, Sistemas de Informação. A comunidade marcou presença e obtiveram atendimentos como orientação nutricional, orientação pedagógica, orientação de atividade física, orientação sobre as redes sociais, orientação de gestão administrativa, atendimento jurídico social, orientação para elaboração de currículo profissional, inscrições para primeiro emprego formal, além das atividades de recreação com jogos de matemática e com a brinquedoteca. Os alunos de enfermagem fizeram orientações sobre a prevenção das DSTs, do uso de drogas e realizaram a aferição da pressão arterial. Os alunos de Biomedicina fizeram a verificação da taxa de glicose no sangue. Foram distribuídas mudas de plantas pelo curso de Ciências Biológicas e Engenharia Ambiental provenientes do projeto Corredor Verde da FESP. Esteve presente também o curso de matemática com a participação do projeto matemoteca. Os alunos do curso de publicidade participaram realizando o registro fotográfico do evento. 

Este ano as ações extensionistas foram desenvolvidas em prol da comunidade da Penha. Decidimos levar as atividades a um local mais próximo da comunidade com o objetivo de facilitar o acesso e de dar oportunidade aos alunos de vivenciar as necessidades da população in loco.  A proposta é que possamos realizar este dia de forma itinerante nos próximos anos, encolhendo sempre uma comunidade da cidade de Passos que necessite realmente de nosso apoio social, relata Marisa Lemos

Estiveram no local do evento os diretores dos núcleos acadêmicos da FESP os professores Eduardo Goulart Collares, Vivaldo Silvério de Souza Filho e Anderson Jacob Rocha.

Conheça os projetos de extensão da FESP visitando a Coordenação de Pesquisa e Extensão da FESP, localizado na Rua 3 de maio, número 33 – Centro da Cidade de Passos, telefone: (35) 3529 – 8080.

FONTE: COORDENAÇÃO DE PESQUISA E EXTENSÃO DA FESP

Veja as fotos na Galeria de Imagens da FESP.CLIQUE AQUI.



Quase sete mil atendimentos foram prestados na última edição da Praça Viva, realizada em Jacuí (MG). Cerca de mil crianças e adolescentes participaram das atividades oferecidas por 25 alunos do curso de Educação Física da FESP, coordenados pelo professor Itamar José de Oliveira Junior. O projeto leva recreação e lazer para a comunidade por meio de brincadeiras como jogos de mesa, xadrez gigante, tobogã gigante, alpinismo, futebol de sabão, cama elástica, trampolim, pintura facial, dentre outras.

Segundo o professor Itamar, responsável pelo projeto, a população recebeu a Praça Viva com muita satisfação. “As pessoas ficaram encantados com a organização, dedicação e carinho dos acadêmicos. A parceria entre FESP e Prefeitura de Jacuí, através da Secretaria de Esporte, ocorreu na mais perfeita ordem apoiando e o evento com muita responsabilidade. Cada edição tem sua particularidade esta foi marcada pelo carinho e alegria das crianças que participaram das atividades. Foi um sucesso”, conta o especialista em recreação e lazer.

O chefe do Departamento de Esportes de Jacuí, Marcos Antônio Reis disse que as crianças se divertiram muito e agradeceu a organização pela qualidade do projeto. “Agradecemos a FESP pela Praça Viva. As crianças aproveitaram todo o tempo e comentaram muito sobre a quadra de sabão. Esperamos que no ano que vem possamos ter novamente esse evento maravilhoso em nossa cidade”, ressalta.

O projeto Praça Viva é uma oportunidade para os acadêmicos do curso de Educação Física poderem colocar a teoria em prática durante a organização e realização do evento. Para o professor Itamar “a cada edição os futuros profissionais surpreende com muita criatividade desenvolvendo novas atividades recreativas, o que é excelente para a formação deles”.

Noêmia Argondizo do 4º período do curso disse que a Praça Viva em Jacuí foi muito bem organizada e a recepção que tiveram foi ótima. “Foi gratificante e vamos voltar mais vezes”, comenta. Marina Lobato, do mesmo ano de Noêmia, lembra que o carinho das pessoas foi especial. Bruno Edson Silveira, também do 4º período complementou: foi maravilhoso e prazeroso porque a população teve uma ativa participação em todas as estações de brincadeiras, lotando a praça principal da cidade.

O resultado positivo do projeto de extensão Praça Viva ajuda a consolidar o cuidado e o compromisso assumido pela FESP com as comunidades de Passos e região. Ainda para este semestre outras edições estarão na agenda. 

FONTE: Departamento de Comunicação e Marketing FESP/UEMG

[BEgallery error: gallery does not exist]



O Ambulatório Escola da FESP (AMBES), atingiu número recorde de atendimentos em suas campanhas de prevenção, conscientização e tratamento de Doenças Sexualmente Transmissíveis, as DST’s/AIDS e Hepatites Virais. Até a primeira semana de Setembro, quase 5 mil pessoas foram atendidas. O número de coletas para exames também aumentou, com pelo menos mil amostras. 

Os dados divulgados incluem mais de 600 consultas com médicos infectologistas, 503 pacientes que tiveram atendimento com psicólogo. Além disso, foram realizadas a aferição de sinais vitais, consultas com dermatologista, farmacêutica, assistente social, fisioterapeuta, visitas domiciliares, exames preventivos e distribuição de preservativos. 

O Presidente do Conselho Curador da FESP destaca que o trabalho junto à comunidade é desenvolvido com objetivo de levar informação e desta forma prevalecer a prevenção. “A consolidação do AMBES como referência regional na prevenção e tratamento em DST/AIDS é um reflexo de que estamos conseguindo usar o conhecimento acadêmico para ajudar a melhorar a vida da população. Esta é nossa maior missão”, afirma o professor. 

O AMBES desenvolve um trabalho multifuncional e por meio do seu Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA), oferece de forma gratuita, sigilosa e anônima, exames anti-HIV, hepatite B e C e sífilis para todas as pessoas que queiram se testar ou que foram expostas a uma situação de risco. O serviço também é levado à comunidade em sua versão itinerante que realiza a testagem e também informa a população sobre as formas de prevenção das DST/AIDS e Hepatites Virais.

De acordo com a coordenadora, Cleide Augusta de Queiroz, todos os serviços são prestados com o intuito de assistir e promover a saúde e bem-estar da população e a prevenção é reconhecida pela FESP como a melhor forma de trabalho. “Esta é a responsabilidade da FESP. Temos os testes rápidos de Hepatite B e C, Sífilis e HIV, que são gratuitos e ficam prontos em até 20 minutos. Nosso principal objetivo com esta ação de coleta é conseguir o diagnóstico precoce para orientar e tratar para, dessa forma, inibir ao máximo a cadeia de transmissão das doenças”, explicou a enfermeira. 

Atualmente, o AMBES dá suporte para 17 Postos de Saúde da Família (PSF) de Passos e ainda atende a comunidade de 23 municípios da região, que retiram medicamentos - como os antirretovirais utilizados por pacientes com HIV - e são acompanhados e monitorados pela equipe multidisciplinar do Ambulatório, que a partir da próxima segunda-feira vai incluir nos seus serviços o atendimento nutricional, feito por estagiárias do curso de Nutrição da FESP.

 

ATIVIDADES

O AMBES promove ao longo de todo o ano diversas ações de prevenção como o Dia Mundial de Combate à AIDS, atividades em praças e projetos em escolas de Passos e região. 

Neste ano, até este mês foram 13 palestras de conscientização e prevenção das DST’s/AIDS e Hepatites Virais através de aconselhamento coletivo nas escolas: Estadual São José, Municipal Geralda Cândida, Estadual Professora Júlia Kubistchek, Estadual Nossa Senhora da Penha, Estadual Caetano Machado da Silveira e Colégio Status. Funcionários da Empresa SAMP, presidiários, integrantes do Projeto Terço dos Homens, jovens do Tiro de Guerra e participantes do evento Domingo no Bairro também compartilharam das atividades de prevenção e conscientização. Até um treinamento em Condutas diante de um Acidente com Material Biológico fez parte do cronograma e foi realizado em Piumhi (MG), capacitando 114 profissionais de saúde para atender acidentados dentro dos padrões de Biossegurança. 

Ao todo, mais de 1.200 pessoas fizeram parte desta programação extra muro que atende a necessidade de informar a população sobre os meios de prevenção das DST’s/AIDS e Hepatites Virais a fim de reduzir a contaminação. “Nestas atividades nos deparamos com grandes públicos de diversos níveis de conhecimento e que muitas vezes não têm oportunidade, ou até mesmo tempo para refletir e aprofundar nesta temática que se torna a cada dia mais próxima de nossas casas, amigos e familiares”, destacou a coordenadora.

Ainda segundo Cleide Queiroz, “os assistidos passam por um primeiro momento denominado Aconselhamento Coletivo, no qual são oferecidas orientações sobre o que são as DST/AIDS e Hepatites Virais, como são contraídas e prevenidas, e sobre a importância de um diagnóstico precoce para o sucesso no tratamento. E, no segundo momento, os casos são encaminhados para Aconselhamento Individual e/ou Aconselhamento Pré-Teste, onde serão analisados os relatos dos clientes e, após a entrega dos resultados dos exames, no aconselhamento pós-teste, estes pacientes serão orientados quanto a mudanças de comportamento no sentido de práticas seguras. Quando algum resultado é positivo há a orientação sobre o tratamento necessário, sendo proporcionada a assistência multiprofissional, procurando sempre oferecer o melhor cuidado”, explicou.

O Ambulatório Escola desenvolve um trabalho humanizado e é referência no sudoeste mineiro com os pacientes portadores do vírus HIV e hepatites virais. A coordenação do AMBES lembra que durante todos os meses do ano há a distribuição gratuita de preservativos. Qualquer pessoa da cidade pode agendar palestras e solicitar todos os serviços prestados na sede do ambulatório que fica a Rua Sabará, 164. O contato também poderá ser feito pelo telefone (35)3529-8030.

Os municípios atendidos são: ITAÚ DE MINAS - FORTALEZA DE MINAS - CÁSSIA - PIUMHI - IBIRACI - FURNAS - ITAMOGI - GUAPÉ - BOM JESUS DA PENHA - ALPINÓPOLIS - SAO JOSÉ DA BARRA - SÃO JOÃO BATISTA DO GLÓRIA - PRATÁPOLIS - VARGEM BONITA - SÃO ROQUE DE MINAS - DORESÓPOLIS - CAPETINGA - DELFINÓPOLIS - SÃO TOMÁS DE AQUINO - CAPITÓLIO - CARMO DO RIO CLARO- NOVA REZENDE - SÃO PEDRO DA UNIÃO.



Notícias por ANO e MÊS

Calendário de Noticias e Eventos

<<  janeiro 2021  >>
seteququsedo
28293031123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031
1234567