O cantor, compositor e multi-instrumentista Thalles Roberto, visitou a FESP nesta semana para conversar sobre os últimos preparativos para o 1º Festival Gospel Canta FESP Thalles Roberto, que teve mais de 60 inscritos de diversas regiões do país e também estrangeiros. Os 15 selecionados vão se apresentar no dia 04 de novembro, em São João Batista do Glória, onde o artista estará presente como membro especial do corpo de jurados. 

Thalles Roberto se mostrou empolgado com o projeto: “Nossa música brasileira de qualidade surgiu nos festivais. Os grandes nomes da MPB como Gilberto Gil, Gal Costa, Caetano Veloso, Osvaldo Montenegro e todos os nomes sólidos da nossa música vieram dos festivais, então, quando nós voltamos com os festivais, nós trazemos à tona as pessoas que sonham, que acreditam e que vão ser avaliadas por profissionais capacitados e, filtrando, vamos conseguir ter profissionais melhores, boa música no futuro. Eu sou um apaixonado por festivais, principalmente porque eu nasci num deles então sou muito feliz de poder participar e ceder meu nome para este festival e acredito que a gente possa se tornar uma referência nacional em festival de música gospel”, afirmou.

Thalles Roberto foi recebido no Conselho Curador da Fundação e falou sobre sua trajetória, as dificuldades do início da carreira e da importância do projeto para incentivar jovens artistas que enfrentam muitos desafios pela escolha profissional. “Não é como fazer uma faculdade, tirar um diploma, você tem que viver correndo atrás e provando que é bom porque ninguém apóia um jovem a ser músico, a não ser que o pai também tenha uma tendência muito grande para a música. É sempre assim – ‘Pai eu quero ser músico! – ‘Não meu filho, músico não é profissão!’ Então, quando alguém chega, dá uma premiação, dá um palco, um microfone e coloca um público na frente, o cara se sente motivado ao extremo. É uma oportunidade fantástica de mostrar o trabalho para as pessoas”, avalia o músico. 

Durante a visita à FESP, o artista conversou com o presidente do Conselho Curador da FESP, professor Fabio Pimenta Esper Kallas, e conheceu os projetos culturais já executados na Fundação, como Festival Canta FESP, Festival Selton Mello, Festival de Hip Hop e teceu vários elogios. “Eu acho o Fabio um cara sensacional, um cara honesto, capaz, muito íntegro e humilde, é uma pessoa que se dá com as outras pessoas e esse é um dos motivos pelos quais eu estou aqui. Eu tenho muita coisa para fazer, minha vida é muito corrida, já cheguei a fazer 30, 35 shows por mês, não tenho tempo para nada. A família tem que viajar comigo, aeroporto, shows e é realmente muito corrido. Quando veio essa oportunidade eu pensei: ‘nossa, mais uma coisa pra fazer, na minha cidade, quando eu venho para descansar’. Mas um dos motivos pelos quais eu estou aqui é a pessoa do Fabio, é a admiração que eu tenho pelo trabalho dele e como ele leva isso aqui tudo. Ele leva isso aqui no coração, eu o vi falar dos projetos da FESP para daqui a 50 anos e fala com amor. Eu acho que ele ama isso aqui e é bom a gente ficar junto de pessoas que amam o que fazem”. 

Para o presidente da FESP, o festival é mais uma surpresa para o calendário anual de eventos. “Eu costumo dizer que toda vez que nós começamos o ano letivo e nós não temos a noção do que vai acontecer durante o ano porque as coisas vão surgindo, os projetos novos vão nascendo e as oportunidades vindo. O festival gospel, que por uma coisa de Deus, teve o aval do Thalles Roberto, o apoio de todos os pastores de Igrejas da cidade de São João Batista do Glória e da própria Prefeitura de lá vem fazer com que estejamos reafirmando cada vez mais a missão da FESP que é levar desenvolvimento, lazer, cultura e oportunidades para a população. O festival visa especialmente fazer com que aquele garoto tenha oportunidade de se apresentar.  Tenho certeza vai ser um sucesso, que a população toda vai estar conosco na cidade do Glória e o Thalles vai estar lá, recebendo a todos com muito carinho, com o carinho que ele nos recebe sempre, trazendo aquele espírito bom, aquela alma pura. É uma bênção mesmo este festival!”

O festival é coordenado pelas professoras Leila Maria Suhadolnik de Andrade e Sílvia Maria Oliveira Soares Maia, que já desenvolvem vários outros projetos culturais da FESP. O 1º Festival Gospel Canta FESP será voltado para canções originais e inéditas e acontece no dia 04 de Novembro, a partir das 19h no Parque de Exposições Abílio Soares, em São João Batista do Glória. 

FONTE: Departamento de Comunicação e Marketing FESP/UEMG