Foi divulgada a lista dos aprovados para o primeiro Mestrado Profissional da Fundação de Ensino Superior de Passos (FESP). O processo seletivo, o qual envolveu a análise do pré-projeto, análise de currículo e entrevista, selecionou os 15 candidatos que começam o curso nesta sexta-feira (04).

O diretor de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão da FESP disse que o Mestrado em Desenvolvimento Regional e Meio Ambiente, que já recebeu a recomendação da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), é uma oportunidade de estender o alcance da pesquisa científica no meio acadêmico. “Nas entrevistas conhecemos melhor os candidatos e pudemos ver que formam um grupo promissor, pois muitos deles são experientes em suas áreas de atuação. Acreditamos que juntos poderemos desenvolver ótimos trabalhos e contribuir para o avanço científico e para o desenvolvimento regional”, defendeu o professor Eduardo Goulart Collares.

O curso será iniciado nesta sexta-feira (04) com a realização de um Workshop, onde os professores pesquisadores do mestrado vão apresentar os seus projetos e as propostas futuras de trabalhos para os alunos aprovados. “Será um momento de interação e diálogo entre professores e os novos alunos”, justificou a coordenadora da nova modalidade disponibilizada na FESP, professora Dra. Rita de Cássia Ribeiro Carvalho.

O Mestrado tem duração estimada de 2 anos, sendo o primeiro ano dedicado às disciplinas e o segundo ao desenvolvimento da pesquisa.

Os aprovados devem fazer matrícula nos dias 03 e 04 de abril e, no caso da existência de vagas remanescentes será realizada uma 2ª chamada.

O Mestrado Profissional 

No final de 2013, a FESP recebeu a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoa de Nível Superior (CAPES) e teve como aprovada a proposta do Mestrado em Desenvolvimento Regional e Meio Ambiente. Na avaliação, os representantes da CAPES destacaram o comprometimento e a infraestrutura da FESP; a dimensão e regime de trabalho dos docentes com doutorado e experiência em orientação; e a alta produtividade em relação à pesquisa e extensão.

De acordo com a ementa, o curso com titulação em Desenvolvimento Regional e Meio Ambiente tem o propósito de formar mestres com consciência crítica e capazes de compreender a relação entre ciência, sociedade, natureza e desenvolvimento econômico. Sendo estes profissionais capazes de elaborar, acompanhar e avaliar planos de gestão pública e privada com propósitos de desenvolvimento sustentável e de preservação ambiental, bem como realizar diagnósticos e prognósticos das inter-relações entre as atividades antrópicas e os meios físico e biótico. Deverão ser capazes, também, de desenvolver e aplicar técnicas agro-sustentáveis que contribuam para melhorias na produção agropecuária regional.

Como ainda detalhou o diretor Eduardo Collares, o Mestrado Profissional é exatamente igual ao Mestrado Acadêmico em relação à titulação. “A diferença é que o primeiro é mais direcionado aos profissionais que estão atuando no mercado. Este Mestrado tem por objetivo formar pessoas para trabalharem dentro das novas políticas públicas que estão em vigor no país, como o Estatuto da Cidade, a Política Nacional de Recursos Hídricos e, mais recentemente a Política Nacional de Saneamento de Resíduos e de Sólidos, por exemplo. Outro foco está voltado ao setor privado e envolve novas tecnologias para serem aplicadas no planejamento urbano e no desenvolvimento rural sustentável”, reforça.

Consulte a lista de aprovados AQUI.



O Núcleo RondonFESP finalizou na última semana o processo de seleção dos alunos que vão participar da Operação Guararapes, do Projeto Rondon que acontece em Julho deste ano.

Os classificados foram os estudantes: Danilo Ferreira Soares, do curso de História; Lais Fernanda Silva Pádua, graduanda de Administração; Lucas Leônidas Goulart Silva, aluno da Engenharia Ambiental; Luciene Aparecida Nunes Neto, da Agronomia, Maíssa Terra Comparini, aluna da Engenharia Civil; Marina Lopes Bonfim, do curso de Publicidade e Propaganda; Marina Rejane de Lima, que cursa Sistemas de Informação; e Poliana Mara Reis Freire, da Engenharia Ambiental.

Ainda foram selecionados cinco suplentes, sendo eles: Giselle Gomes da Silva, aluna da Pedagogia; Hayrane Costa Andrade, estudante de Direito; Renata de Jesus Costa, que cursa História; Ricardo Piantino Bernardes, do curso de Sistemas de Informação; e Terencia Garcia Reis, da Engenharia Ambiental.

Segundo o coordenador do Núcleo RondonFESP, professor Itamar Teodoro de Faria, a seleção buscou contemplar a composição multidisciplinar da equipe, ponderando as informações prestadas pelos alunos na ficha de inscrição e na entrevista. Sobre os alunos suplentes o professor ainda explicou que serão chamados em caso de impossibilidade ou desistência de aluno titular, considerando-se para isso a equivalência de cursos ou áreas. “Os suplentes desta Operação ficam pré-selecionados como titulares para Operação seguinte, considerando a equivalência de áreas de formação dos alunos e áreas de ações da Proposta aprovada”, completa o coordenador.

A Operação Guararapes seguirá na busca de soluções que contribuam para o desenvolvimento sustentável de comunidades carentes. De 18 de julho a 2 de agosto os Estados do Pernambuco, Paraíba e Alagoas receberão as comitivas de estudantes de todo o Brasil, sendo a FESP, designada para o trabalho no município de Maraial (PE), no Conjunto de ações B (Comunicação, Meio Ambiente, Trabalho, Tecnologia e Produção), sob coordenação do professor Rômulo Magri, e da professora adjunta Tânia Teles.

FONTE: Departamento de Comunicação e Marketing FESP/UEMG



A FESP recebeu o resultado da avaliação do Guia do Estudante (GE), que integra a publicação “GE Profissões Vestibular 2014” - circulando nas bancas a partir do dia 11 de outubro – e o curso de Direito ganhou destaque pela conquista das 4 estrelas. Dentre as Faculdades privadas de Minas Gerais, somente outras 6 conseguiram a mesma classificação pelo curso, dentre elas a Pontifícia Universidade Católica (PUCMG) do Barreiro, em Belo Horizonte, e de Poços de Caldas.

Além do selo GE de qualidade, no último exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), a FESP teve 28 aprovados, conseqüência do trabalho de conscientização feito com os alunos, explicou a professora Ana Paula Coelho, então coordenadora do Direito. “Colocamos os nossos estudantes no foco da profissão, o que quer dizer que eles estão aqui se preparando para as situações de mercado, já se inserindo nele. Dizemos que temos alunos que são profissionais em formação. Dessa forma, eles entendem que o que eles fazem durante a graduação repercute no futuro profissional deles e, então, dedicam-se mais e até geraram uma competição saudável entre turmas, fazendo pactos para conseguirem o maior número de aprovações em concursos. Assim os resultados são os melhores, temos alunos que já vão se formar aprovados no exame da Ordem e isto é maravilhoso”, pontuou.

Allan Dione Queiroz, graduando do 10º período do Direito, é um dos aprovados e se diz muito satisfeito. “Conseguir esse resultado foi mais do que gratificante porque eliminei essa preocupação sobre formar em Direito e não ter uma profissão definida a ser seguida. Além disso, estudar em um curso 4 estrelas certamente faz a diferença. Essas estrelas significam o apoio dado pelos professores durante a graduação. Invisto no estudo para que eu possa dispor de um leque vantajoso de opções de ramos de atuação. Saio da FESP confiante de que estou pronto para desenhar uma ótima carreira profissional. As aprovações no exame da OAB e as 4 estrelas só reforçam a qualidade do Direito da FESP que já é reconhecida! Parabéns para todos nós”, finalizou.

Nos próximos meses o curso de Direito da FESP deve receber o MEC para visita in loco e os avaliadores são aguardados com ansiedade, já que a meta é alcançar cada vez mais visibilidade para o sucesso do curso, afirmou a professora Ana Paula.

Confira abaixo a lista dos aprovados no último exame da OAB: 

Alessandra Amâncio Pereira

Allan Dione Sousa Queiroz

Ana Paula Oliveira Mizael 

Anderson Marçal

Andréa Lemos Da Silveira Bueno

Camila Freire De Faria Reis 

Desiree Silveira Borges De Souza

Gleida Oliveira Pereira

Graciele Aparecida Lima

Inácio Roberto Lopes 

Joao Batista Pacheco

José Gilberto Lemos Damasceno 

Lincoln Carvalho Vieitez

Luís César De Almeida Andrade

Marco Aurelio Dos Reis Silva

Maria Deide Dos Reis Alves

Nivaldo Oliveira De Souza Junior

Pâmella Mara Da Rocha Santos

Patricia Aparecida Dos Santos

Priscilla Almeida Bernardes

Raquel Discini Vasconcelos

Ricardo Evangelista Azevedo

Taísa Cristina Da Silva

Thaila Silva Gomes

Thales De Paula Silveira

Thamires Aparecida Nascimento

Wallace Rabelo Domingos

Wilton Batista Cunha

FONTE: Departamento de Comunicação e Marketing FESP/UEMG



A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) divulgou no dia 17 de abril o resultado do VI Exame de Ordem Unificado, realizado em 2012. A Fundação de Ensino Superior de Passos (FESP/UEMG) teve um índice de aprovação que supera as médias nacionais. Foram aprovados 22 alunos e ex-alunos da FESP. Sete deles ainda cursam o 9º período e sairão graduados com a autorização para exercerem a Advocacia.

Em todos os exames realizados pela OAB a FESP tem obtido êxito, o que mostra a qualidade do ensino que é voltado para atividades de ensino e, principalmente, práticas de extensão e pesquisa que tornam o aprendizado mais dinâmico.

No V Exame, realizado em 2011, cujo resultado foi divulgado no dia 13 de janeiro, foram aprovados 14 alunos sendo 5 da última turma que colou grau em 6 de janeiro.
Com relação ao resultado do VI Exame, os números ainda podem aumentar, uma vez que a OAB abriu prazo para a interposição de recursos.

A coordenadora do curso de Direito da FESP, professora Ana Paula de Fátima Coelho destaca que a conquista dos alunos é resultado de um trabalho sério que a FESP realiza com uma estrutura em nível de excelência para o curso. Ela citou como exemplo o Núcleo de Pesquisa e Extensão que monitora atividades e projetos de pesquisa e extensão junto a órgãos de fomento como a FAPEMIG, UEMG, envolvendo o aluno no ambiente do conhecimento acadêmico científico, integrado ao meio profissional onde irão atuar. “Um grande exemplo é o projeto PAIJUS – Programa de Atendimento Jurídico Social Itinerante, que leva o curso de Direito, nossos professores e alunos aos bairros da cidade e a cidades da região, realizando atendimento na área jurídica e social”, ressalta a diretora do curso.

Para Ana Paula, o grande diferencial do curso é o Núcleo de Prática Jurídica (NPJ), onde se desenvolve o Estágio Supervisionado, com estrutura e aparelhamentos específicos para a prática do Direito, com professores orientadores, salas de atendimento a clientes, biblioteca, salão do Tribunal do Júri para a realização de júris e audiências simuladas, Tribunal de Conciliação (parceria com TJMG), atendimento nas áreas do direito penal, civil, trabalhista e previdenciário.  “Os resultados obtidos nos exames da OAB demonstram a eficácia da estrutura didático-pedagógica que temos na FESP”, destacou.

Confira OS aprovados

Alunos do 9º Período aprovados no VI Exame de Ordem Unificado - 2012
Camila de Oliveira Ferreira
Edmar Terra Nogueira
Henrique Freire Hostalácio Leonel
Juliana Natália Rodrigues Ribeiro
Nayara Reis Barbosa
Pedro Henrique Marques de Oliveira
Rafael Borges Araújo Alonso

Ex-alunos aprovados no VI Exame de Ordem Unificado - 2012

Amanda Aparecida dos Santos Silva
Élida Luiza Gontijo
Franciane Ferreira Andrade
Ingrid Raiane de Mattos
Kairo Fernando Hipolito
Karina Pinto Patti
Marco Aurélio Silva Batista
Mateus Vilas Bôas
Maurilio Pereira dos Reis
Mayara Farche Alves
Mayra de Siqueira Cardoso
Mirlei Alves de Araújo Santos
Tarcisio Gambardela Pereira
Vanessa Oliveira Veloso Rodarte
Viviane Aparecida dos Santos

Ex-alunos aprovados no V Exame de Ordem Unificado – 2011

Carolina Queiroz Reiner 
Cayo Henrique Vasconcelos Pereira
Fábio Luiz Barbosa
Gilberto Peres de Oliveira
Nayara Vilela Andrade Maia
André Luiz L. Silva
Eunice Alves da Silva
Fernanda Ferreira Pádua
Laís Cardoso Horta
Mayra Eto Maia
Rhulio Abud Borges
Saulo Fernandes Ferreira
Renata Rodrigues
Sérgio Ribeiro dos Santo

Fonte: Departamento Comunicação e Marketing



André Machado, André Luiz Lemos, Renato Silva Terra e Guilherme Souza, quatro dos cinco alunos de Direito aprovados no último exame da OAB.

Cinco alunos que ainda cursam o 10° período de Direito da Fundação de Ensino Superior de Passos (FESP/UEMG) foram aprovados no último exame realizado pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), sob a responsabilidade da Fundação Getúlio Vargas (FGV). Na segunda fase, realizada no dia 21 de agosto e que teve o resultado preliminar final divulgado no dia 13 de setembro, a FESP obteve um índice de aprovação de 100% em relação aos candidatos aprovados na primeira fase. Todos os cinco aprovados na primeira obtiveram aprovação na segunda.

O conteúdo da prova da segunda fase incluiu redação de peça profissional e aplicação de quatro questões relacionadas com a área do Direito escolhidas pelo aluno no ato da inscrição, podendo ser Direito Administrativo, Civil, Constitucional, Empresarial, Penal, do Trabalho ou Tributário.

Os alunos aprovados são André Luiz Lemos da Silva, André Luiz Machado, Guilherme de Souza Castro, Renato Silva Terra e Fabian Silveira Lemos e somado a eles o aluno Thales Calixto Mattar que foi aprovado no primeiro semestre no primeiro exame de 2011.

De acordo com o site da OAB Federal o exame realizado no início deste ano reprovou 88,275% dos 106.891 bacharéis em Direito inscritos no país. Do total, apenas 12.534 candidatos foram aprovados. A mesma situação ocorreu na primeira fase do último exame, realizado no segundo semestre. Dos 121.309 que se inscreveram somente 21.840 foram convocados para a segunda fase, 18% apenas.

Segundo a coordenadora do curso de Direito da FESP, professora Ana Paula de Fátima Coelho, a cada edição a Ordem lança as diretrizes para o exame e nas últimas edições tem sido permitido que alunos que estejam cursando o último ano possam prestar a prova. Além dos aprovados ainda em curso pela FESP, nove egressos do curso de Direito também foram aprovados: Charles Tadeu Alves Rodrigues, Fabiano Figueiredo de Carvalho, Lucas Neves de Faria, Messias Alberto Prado Silva, Rosânio Bueno Tobias, Graciele Aparecida Oliveira, Júlio César Bueno Silva, Marcelle Cardoso Bueno, Fellipe Lemos Marcondes Bueno.

“Enaltecemos a importância do total dessas 15 aprovações conseguidas pelos alunos em curso e pelos ex-alunos, uma vez que a aprovação no exame da OAB representa um significativo índice de qualidade dos cursos de Direito do país. Conseguir a aprovação de alunos que sequer finalizaram o curso nos enche de orgulho e exultação e demonstra a seriedade do trabalho realizado pela comunidade acadêmica da FESP”, frisou Ana Paula.

Para os alunos aprovados a conquista não só profissional, mas pessoal, traz seriedade, competência e capacidade de se situar perante os desafios da área. “Todos sabem que o exame da OAB vem se tornando cada vez mais difícil e com um grau de aprovação muito baixo. Passar no exame antes de terminar o curso foi muito gratificante, isso me motivou ainda mais e mostra que, quando levamos o curso a sério e temos vontade de alcançar um resultado, tudo é possível”, disse o estudante André Luiz Lemos da Silva.

Todos os alunos destacam a importância do potencial da instituição nas conquistas aliado com o esforço pessoal de cada um como demonstra o aluno Renato Silva Terra que além de cursar Direito trabalha durante o dia em outra área. “Como o meu tempo disponível para o estudo é pequeno, tento tirar o máximo de proveito das aulas, pois é em contato com os professores que o estudo se torna mais fácil e ágil. Sendo assim, fica evidente a contribuição que a FESP e em especial o curso de Direito através do seu corpo docente, me deram, pois transmitiram a mim o conhecimento necessário que embasou esta conquista”, disse o estudante.

Fonte: Departamento de Comunicação e Marketing



Notícias por ANO e MÊS

Calendário de Noticias e Eventos

<<  abril 2020  >>
seteququsedo
303112345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930123
45678910