O MEC autorizou a abertura de turma para o curso tecnólogo de Estética e Cosmética na FESP por meio da Portaria número 567 de 7 de Novembro de 2013, publicada no Diário Oficial da União. O curso foi aprovado em Maio deste ano com nota 5, que é a máxima na escala (0 a 5), e agora, com a autorização, passa a receber inscrições para o processo seletivo de 2014. 

O presidente do Conselho Curador da FESP, professor Fabio Pimenta Esper Kallas, comemorou a notícia. “O projeto para o curso de Estética e Cosmética, desenvolvido pelo Núcleo Acadêmico de Ciências Biomédicas e da Saúde, coordenado pela professora Tânia Delfraro e sua equipe, foi apresentado ao MEC no final de 2012 e foi aprovado com nota máxima, merecidamente. A comissão enviada pelo MEC fez a avaliação das nossas instalações, do projeto pedagógico, do corpo docente proposto e conseguimos mostrar nosso trabalho. Agora estamos ansiosos para receber a primeira turma que vai inaugurar o curso, cujo profissional já é bastante demandado em nossa região”, disse.

A diretora do núcleo acadêmico de Ciências Biomédicas e da Saúde, professora Tânia Maria Delfraro Carmo, explicou que o futuro profissional formado pelo curso poderá atuar em centros de estética, salões e institutos de beleza, academias de ginástica, consultórios, casas de repouso, estâncias hidrominerais e SPAs. “Esse amplo mercado inclui ainda consultorias, indústrias de equipamentos, instituições educacionais e de pesquisa, empresas públicas e ONGs vinculadas à estética”, ressalta a diretora. 

Ao final do curso, que tem duração de 3 anos,  o tecnólogo estará apto a definir e aplicar, com segurança, tratamentos estéticos corporais, faciais e anexos, terá grande facilidade em buscar as novas tecnologias, equipamentos e produtos, e também vai dominar fundamentos de marketing e visão gerencial, essenciais para o sucesso da carreira.

A comissão do Ministério da Educação (MEC) visitou a Fundação para realizar a avaliação in loco que autorizou o curso de Estética e Cosmética em Maio deste ano. O laudo da visita foi encaminhado ao MEC com a nota dada pelas representantes e o órgão do governo determinou agora a abertura de processo seletivo. 

Para inscrições e mais detalhes entre em contato pelo número de telefone: (35) 3529-6010.

FONTE: Departamento de Comunicação e Marketing FESP/UEMG



Começou nesta terça-feira (22), o III Congresso de Ecologia do Sudoeste Mineiro, evento bianual do curso de Ciências Biológicas e que integra o III FESP Inova. Durante o primeiro dia de atividades, o biólogo Sérgio Rangel, que há 17 anos trabalha na televisão, falou sobre as diversas possibilidades do trabalho do biólogo e sobre seus projetos em defesa dos animais e da biodiversidade.

Conhecido por fazer parte do programa da apresentadora Eliana, no SBT, o biólogo é um dos maiores conhecedores de animais e já viajou o mundo em expedições para conhecer e divulgar diversas espécies. Sérgio Rangel foi recebido por um público numeroso e entusiasmado que o ouviu atentamente expor sua paixão pela sua profissão. Na sua fala o biólogo atribui sua jornada de sucesso ao esforço em adquirir conhecimento e ao amor e determinação. “Quando eu ainda estudava, muitos profissionais mais experientes acreditaram em mim e me deram uma força, um apoio, e hoje a minha contribuição é viajar pelo Brasil inteiro descobrindo novos talentos e disseminando o valor do biólogo e suas potencialidades. Tenho visto muita gente desmotivada e eu tento mostrar pra eles que o que importa é a satisfação pessoal, o prazer em trabalhar com o que gosta. Tudo que consegui até hoje é porque eu sempre tive paixão e verdade pelo que faço e isso foi o que eu vim passar pra essa galera que vai me substituir no futuro”, defendeu Rangel.

Além dos trabalhos na TV, Sérgio tem projetos em defesa de animais e realiza palestras de Educação Ambiental. Em sua exposição o também professor apresentou a importância da conscientização sobre o convívio possível e saudável com animais. “Tenho 60 animais em casa, todos pets legalizados. Quando saio para trabalhar educação ambiental eu levo alguns deles para demonstrar que é possível a convivência harmônica com animais e para aproximar as pessoas do trabalho do biólogo”, declarou.

Sérgio trouxe para o Congresso uma Iguana, um lagarto Teiú, do gênero Tupinambis, e uma cobra, esta que ele escolheu para acompanhá-lo nas poses para as lentes dos presentes. Após o clique com o biólogo, o estudante Carlo Tavares Silveira, do 8º período de Ciências Biológicas deu sua opinião acerca do que ouviu na palestra. “Achei muito interessante porque ele um cara com experiência em vários segmentos e mostrou um pouco do que o biólogo pode fazer. Eu já me decidi por seguir a minha carreira no controle biológico, mas alguns colegas ainda estão em dúvida, por isso com certeza essa palestra foi importante, pra dar um direcionamento e abrir as possibilidades”.

Para o professor doutor Juliano Fiorelini Nunes, do curso de Ciências Biológicas da FESP, a presença de um biólogo da competência e visibilidade que o Sergio Rangel tem é uma forma de motivar os alunos. “Este momento é importante porque quem tem espaço na mídia tem uma exposição muito grande e pode levar informação para um público muito amplo e pra nossa área isso é raro. Então quando existe essa possibilidade de trazer pessoas que tem essa abertura e influencia para motivar os alunos da nossa Instituição é maravilhoso. Estou muito feliz e satisfeito”, completou.

A coordenadora do Congresso, Odila Rigolin de Sá, reafirmou o sucesso da vinda de Rangel e o destacou o ainda está no cronograma do evento. “Tinha uma expectativa muito grande por esta palestra do Sérgio. Os alunos me pressionaram e conseguimos trazê-lo no último momento e foi excelente. Ele é um grande conhecedor dos animais e foi uma riqueza tê-lo aqui. Os alunos ganharam um gás enorme! E temos uma programação extensa com palestras e mini cursos no Congresso que acontece até quinta-feira. Vamos continuar com discussões ambientais, com as partes de botânica e ecologia, e também a traremos temas de genética com pesquisadores da UFSCar, USP, UNESP, UFV e UNICAMP”, declarou a professora que é a coordenadora do curso de Ciências biológicas da FESP.

Na noite de abertura também palestrou o professor Carlos Augusto Martins Filho, professor da UFSCar. A temática abordada foi a perícia ambiental, área de sua atuação que segundo ele é um campo de trabalho extremamente positivo para os profissionais de biologia. O professor justificou a sua presença no Congresso e ainda ressaltou a importância de eventos como o FESP Inova. “É nesse momento que há a possibilidade de manter contato com outras instituições que produzem conhecimento. Essa troca de experiência, essa pluralidade de informações é muito rica e todos nós ganhamos com isto”, finalizou.

FONTE: Departamento de Comunicação e Marketing FESP/UEMG


Com um grande público presente, aconteceu na noite de ontem a abertura oficial do III FESP Inova no Estação Eventos.  A solenidade deu início à semana de atividades da maior jornada acadêmica e científica da região do sudoeste mineiro.

A palestra “Inovação: e eu com isso?” do professor Marcos Cavalcanti da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) provocou uma reflexão sobre as inovações da atualidade e, ao mesmo tempo, promoveu um chamado à sensibilidade interior nas relações pessoais e de trabalho. “O ser humano não é só cérebro, também é emoção, e é com a emoção que a gente aprende. A psicologia já nos ensinou isso, que tudo que a gente aprendeu na vida foi com alguma emoção boa ou ruim, então aprender a lidar com isso é um atributo fundamental em pleno século XXI”, disse o palestrante acrescentando  ainda que o segredo é juntar razão e emoção.

O presidente do conselho curador da FESP, professor Fabio Kallas assistiu atento junto aos alunos à apresentação do visitante e comentou que ficou muito feliz com o resultado. “O objetivo do FESP Inova é fazer com que o nosso aluno tenha um momento diferente de participação e aprendizagem acadêmica. Uma palestra que a chama a atenção de todos é o que a gente quer. Fazer com a FESP tenha esse vínculo com outras instituições é interessante. Hoje começamos com a Universidade Federal do Rio de Janeiro, as próximas serão de Sevilha, na Espanha, e assim nós vamos com a UNESP, o SEBRAE e tantos outros”, concluiu o professor empolgado com as inúmeras atrações do III FESP Inova.

No final do evento o professor Marcos Cavalcanti estava visivelmente satisfeito com o efeito causado pela palestra e comentou que estava muito impressionado com a FESP. “É uma universidade que transpira juventude. Acho que o Brasil precisa disso. Um Brasil que não fica só nas capitais, que está espalhado no interior. A FESP está de parabéns por organizar uma semana dessas com a participação tão intensa dos estudantes”, finalizou o professor.

FONTE: Departamento de Comunicação e Marketing FESP/UEMG



Na manhã de hoje alguns cursos já deram início às atividades programadas para as semanas acadêmicas que integram o FESP Inova.

O curso de Enfermagem trouxe o presidente do Conselho Regional de Enfermagem (COREN-MG), Rubens Schröder Sobrinho e representantes de oito câmaras técnicas do conselho. “O FESP INOVA é um evento extraordinário, o próprio nome diz. É muito gratificante ser parceiro desta inovação para os enfrentamentos éticos e legais do exercício de cada profissão, seja ela a Engenharia, Enfermagem, Biomedicina ou qualquer outra área”, declarou Rubens que expôs as conquistas, perspectivas e avanços da gestão do COREN-MG 2012/2014.

O curso de Biomedicina também começou o evento com atividades relacionadas ao tema: Metodologia Ativa. Os alunos socializaram seus trabalho integradores apresentando painéis para professores avaliadores e outros alunos do curso. “Esta atividade vai proporcionar ao aluno vivenciar uma experiência científica, ponto importante do FESP Inova. O evento é de grande relevância para toda a comunidade acadêmica porque é uma forma de atualização em todas as áreas”, afirma a coordenadora do curso, professora Alessandra Cheraim.

Alunos de Direito tiveram a sua semana acadêmica iniciada com palestra do professor Rivo de Paula Assis sobre os desafios jurídicos do século XXI: caminhos e obstáculos.

A abertura oficial do III FESP Inova acontece hoje às 19h no Estação Eventos. Após a solenidade, o coordenador do Centro de Referência em Inteligência Empresarial da COPPE/UFRJ, doutor Marcos Cavalcanti, ministra a palestra “Inovação: e eu com isto?”, que vem instigar as pessoas a identificar a importância da informação, do conhecimento e da inovação, apontando soluções inovadoras para casos reais na região de Passos.

Marcos Cavalcanti é doutor em Informática pela Université de Paris XI; professor da COPPE/UFRJ, no Programa de Engenharia de Produção; coordenador do CRIE - Centro de Referência em Inteligência Empresarial da COPPE/UFRJ; membro do Board do New Club of Paris; editor da Revista “Inteligência Empresarial”; co-autor dos livros “O Conhecimento em Rede” e “Gestão de Empresas na Sociedade do Conhecimento” pela Editora Campus, e “Gestão Eletrônica de documentos” e “Que ferramenta devo usar”, pela Editora Qualitymark; coordenador do curso de Pós-Graduação em Gestão do Conhecimento e Inteligência Empresarial – MBKM (Master on Business and Knowledge Management); coordenador do projeto que revisão da metodologia de avaliação de empresas utilizado desde 2010 pelo BNDES, incorporando os ativos intangíveis nesta avaliação.

Consulte os detalhes da programação aqui.

FONTE: Departamento de Comunicação e Marketing FESP/UEMG



O Centro Integrado de Recreação e Esportes (CIRE) da Fundação de Ensino Superior de Passos (FESP/UEMG) recebeu participantes e torcedores no último sábado (14) para a solenidade de abertura da 4ª Copa Cuca, promovida pela instituição. O evento teve início às 15 horas com o desfile das equipes de participantes com os respectivos logotipos e em seguida foram iniciados os jogos. O desfile contou com a participação de crianças integrantes do Programa Minas Olímpica – Geração Esporte, que é mantido pela Secretaria de Estado de Esportes e da Juventude (SEEJ), do qual a FESP é gestora em Passos. As crianças representaram os mascotes dos times.

A Copa Cuca foi criada para promover a interação e a prática esportiva entre os estudantes da FESP. Todos os jogos deste ano serão realizados no CIRE. As modalidades são: futsal masculino e feminino, handebol feminino, voleibol misto 4x4, xadrez, peteca masculino e truco. O término das competições está previsto para o mês de junho. “Este é um evento muito importante para a FESP devido ao grande número de pessoas envolvidas e pela grande procura dos cursos em participar. O objetivo principal é o engraçamento social dos alunos e a possibilidade de oferecer uma prática de atividade física para os acadêmicos da instituição”, comentou o organizador do evento o Professor Vicente de Paula Campeiz.

Para os alunos do curso de Educação Física, a competição é uma oportunidade de experiência em organização de eventos esportivos, além dos conhecimentos das regras das modalidades e práticas de arbitragem. Conforme Campeiz, este ano o evento será desenvolvido na forma de olimpíadas com várias modalidades e todas serão premiadas.

Ao todo foram inscritos 12 cursos da FESP: Administração, Agronomia, Ciências Contábeis, Direito, Educação Física, Engenharia Ambiental, Engenharia Civil, Engenharia de Produção, Gestão Comercial, Matemática, Publicidade e Propaganda e Sistemas de Informação.

A página da FESP na internet irá divulgar os resultados de cada etapa, acompanhando o andamento dos jogos.

Fontes: Departamento de Comunicação e Marketing



Notícias por ANO e MÊS

Calendário de Noticias e Eventos

<<  janeiro 2021  >>
seteququsedo
28293031123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031
1234567