Assessoria de Comunicação UEMG Passos    

Durante os dias 23 e 27 de setembro, a UEMG Passos promove nos Blocos 01 e 05 da Unidade a 1º Semana de Orientação Profissional Para Docência. O único critério para a participação é estar matriculado em algum dos cursos de Licenciatura da Universidade.

 “Como nossa Unidade oferece muitos cursos de Licenciatura, em diferentes áreas, o evento é um modo de valorização dos profissionais formados nestes cursos. A Semana apresenta uma abordagem de todo o contexto que os futuros profissionais enfrentarão”, comenta a coordenadora do curso de Letras, Michelle Lopes.

O evento é uma iniciativa dos cursos de Letras, Matemática, Pedagogia e História da UEMG-Passos. O cronograma de atividades oferece aos participantes diversos conteúdos, abordando temáticas, como; inserção no mercado de trabalho, formação continuada do profissional, postura na sala de aula, cuidados com a voz, saúde mental e oficina de criação do Currículo Lattes.

 “A programação foi pensada em cada aluno, em questionamentos que ouvimos na sala de aula, muitos têm dúvidas sobre como será depois da formatura, como será assumir uma sala de aula”, explica a coordenadora do curso de Matemática, Danielle Borges. As vagas são limitadas e as inscrições podem ser realizadas pelo site www.uemg.br

 



Dilson Gomes e Gustavo Costa – Estudante de Jornalismo

Assessoria de Comunicação UEMG Passos

 

   Graduada em Nutrição pela Universidade do Estado de Minas Gerais (Uemg) e especialista em Materno Infantil pela Estácio, Jéssica Sabrina Silva Castro foi a responsável pela palestra “Aleitamento Materno – Uma atualização” realizada no Evento Jornada da Nutrição, no mês de agosto. A atividade aconteceu no Bloco 01 da UEMG, o encontro tratou de vários temas, como por exemplo, os tipos e a importância do aleitamento materno, duração e técnicas de amamentação, situações de restrição, entre outros.

“O Aleitamento Materno é imprescindível durante os dois primeiros anos da criança ou mais porque ele é responsável pelo crescimento e desenvolvimento infantil”, conta a palestrante. Ela ainda também destacou que o aleitamento materno é importante tanto para a mãe quanto para o bebê e que, existem situações que restringem o processo de amamentação como: doenças maternas graves (septicemia), infecção por HIV, uso de medicamentos, vírus da herpes (tipo 1), doenças de chagas, entre outras.

 Outra questão levantada pela nutricionista é que, geralmente, acredita-se que quando as mamas estão grandes a amamentação ocorrerá melhor, porém é justamente quando as mamas estão pequenas que a amamentação está ocorrendo normalmente, já que o bebê está conseguindo fazer a sucção do leite.

 Jéssica também desenvolve um projeto de mestrado a partir da doença denominada “Doença da Urina do Xarope de Bordo”, ou também conhecida como, Leucinose, que acomete o recém-nascido, 3 dias após o nascimento, apresentando características como letargia e diurese com odor caramelizado (semelhante ao Xarope de Bordo consumido no Canadá).

“Essa doença tem um acúmulo de aminoácidos essenciais como isoleucina, leucina e valina, os famosos BCA, e esse acúmulo acontece uma deterioração neurológica na criança, por isso é imprescindível é o diagnóstico o mais rápido, até os 10 primeiros dias de vida da criança” disse a pesquisadora.



Notícias por ANO e MÊS

Calendário de Noticias e Eventos

<<  setembro 2019  >>
seteququsedo
2627282930311
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30123456