Hernane Freitas, Dilson Gomes e Gustavo Costa – Estudantes de Jornalismo

O Centro Acadêmico de Engenharia Civil – Prestes Maia promoveu o Primeiro Encontro de Pesquisa e Extensão, o evento contou com duas palestras ministradas por docentes do curso e apresentação de diversos projetos desenvolvidos por estudantes da Unidade Passos.

O professor e palestrante João Vicente fala sobre a iniciação científica do aluno na universidade e cita os projetos de pesquisa e extensão como os grandes contribuintes técnicos e científicos para a graduação, além de sua importância na vida acadêmica do aluno. O professor da Univerisade do Estado de Minas Gerais, Luciano Ribeiro Galvão, foi o responsável pela palestra referente à Importância do Núcleo de Pesquisas e Estudo na Formação Acadêmica, buscando estimular a curiosidade dos estudantes e despertar o interesse pela área da pesquisa.

Ellen Santos de Paula Ribeiro, membro do Centro Acadêmico de Engenharia Civil Prestes Maia (CADEC) fala sobre a elaboração do evento, “Nos baseamos nos grandes eventos de pesquisa e extensão, inclusive de outras cidades, e com o apoio dos professores conseguimos realizar o evento. Está sendo muito satisfatório e estamos felizes por poder realizá-lo”.

Um dos projetos expostos foi o de Isabela Lemos, estudante do 8° período do curso de Engenharia Civil, “Confecção de Tijolos Ecológico Solo-Cimento incorporado por rejeitos oriundos da mineração”, o qual abordou o desenvolvimento de tijolos com solos da mineração de rochas fosfáticas, além do quartzito da região que é descartado e utilizado no projeto.

O estudante João Gabriel Somensi de Campos pontuou que a palestra contribuiu muito por mostrar espaços da faculdade que ele não conhecia, como por exemplo, o laboratório de hiráulica. Além disso, ele frisou a entrada dos alunos nos projetos de iniciação científica que a faculdade disponibiliza. Já Lívia Baranda Ubeda, que compareceu ao evento, afirmou, “A palestra foi muito esclarecedora para que os alunos tomem ciência da importância da iniciciação científica, tanto para o currículo, quanto para agregar o seu conhecimento pessoal”. O evento aconteceu no dia 30 de maio, no Bloco 05 da Unidade Passos



Por meio do trabalho da equipe multiprofissional, que envolve profissionais da área de enfermagem, medicina, psicologia, farmácia e assistência social, e participação de vários estagiários da Unidade da Uemg em Passos presentes no projeto, o Ambulatório Escola (AMBES), atende 18 municípios, realiza em média 180 testes rápidos de HIV por mês e efetua Campanhas de Conscientização que acontecem a partir do trabalho desenvolvido pelo Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA) itinerante.

Além de consultas médicas com o objetivo de realizar o acompanhamento e tratamento das pessoas que vivem com vírus (PVHIV), a distribuição dos antirretrovirais para estes pacientes, o AMBES presta também vários serviços, incluindo diagnóstico de Hepatites Virais e Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST). No banco de cadastro do Ambulatório existem 448 registros de HIV ativos, ou seja, em tratamento (que recebem os antirretrovirais).
 
Outro serviço que pode ser encontrado no Projeto é a Profilaxia Pós Exposição (PEP) ao HIV, que consiste em um tratamento para a pessoa que se expõe a ações de risco pela infecção ao HIV, por exemplo, em casos de violência sexual. “O AMBES atende essa profilaxia de prevenção com consulta multiprofissional, acompanhamento, seguimento e dispensação do medicamento”, explica o enfermeiro Policardo Gonçalves da Silva.

Mais um destaque é o treinamento que a equipe tem realizado com outras Unidades de Saúde da região, o objetivo desta capacitação é preparar equipes para atender a população, realizando campanhas de conscientização e testes rápidos.

Desde fevereiro de 2018, o Ambulatório adicionou mais uma atividade em seu cronograma, desta vez observando a necessidade de intensificar a prevenção ao vírus do HIV, isto fez com que novas histórias surgissem neste Projeto, desta vez auxiliando àquelas pessoas que estão nas populações contempladas para a avaliação inicial da Profilaxia pré-exposição (PrEP).

“Devemos sempre oferecer as diversas formas de prevenção, deixando muito claro que a PrEP é especificamente de prevenção ao risco de infecção pelo vírus, sendo assim, o preservativo é fundamental”, ressalta Policardo. O medicamento ajuda na prevenção ao HIV, mas não torna a pessoa imune a outras Infecções Sexualmente Transmissíveis.

Atualmente o AMBES atende 47 pacientes com a PrEP, a distribuição deste medicamento acontece em apenas 06 cidades de Minas Gerais, o Ambulatório atende 156 municípios com o programa PrEP. 

AMBES

Horário de atendimento: Segunda a sexta –feira de 07h30 às 11h30 – 13h às 17h. 
Endereço: Rua Sabará, n° 164 – Centro, Passos/MG. 
Telefone: (35) 3529-8030



Notícias por ANO e MÊS

Calendário de Noticias e Eventos

<<  junho 2019  >>
seteququsedo
272829303112
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
1234567