Julia Moraes – Estagiária da Assessoria de Comunicação UEMG Passos

Os estudantes do 3° período do curso de Medicina da Unidade Passos realizaram uma ação de conscientização sobre Cisticercose (Uma doença parasitária adquirida a partir da ingestão de alimentos contaminados com ovos de Taenia solium), para as turmas do 6° ano da Escola Estadual Abraão Lincoln. O grupo discente apresentou uma palestra informativa para os alunos, sobre como acontece o contagio com a doença e as formas de prevenção e tratamento.

"O professor José de Paula é responsável pela ação e ministra a disciplina de parasitologia. Nós faremos uma palestra falando um pouquinho sobre a Cisticercose, os riscos que a pessoa corre quando não tem bons hábitos de higiene, as formas de se prevenir, os sintomas mais aparentes e como se deve agir quando está com suspeita de ter esta doença. Fizemos um vídeo que engloba os super-heróis para poder chamar mais a atenção das crianças e para que elas se preocupem com estes tópicos de prevenção”, explica o estudante Caio Bruno Andrade Nascimento.

 “O que temos aqui é sempre uma coisa muito boa, podemos ver as crianças animadas, envolvidas, os universitários são muito próximos dos jovens, na idade, então, falam a mesma linguagem e se conectam. É importante termos essa parceria aqui na escola, este envolvimento, porque tudo isso, com certeza, vai fazer com que os alunos aprendam mais e tenham formação em todos os seus sentidos, da melhor forma possível”, conclui a Supervisora do Colégio Estadual Abraão Lincoln, Viviane Amorim Pinto Silva, sobre o evento que aconteceu dia 23 de maio.



 

Julia Moraes – Estagiária da Assessoria de Comunicação UEMG Passos

Lucas Rezende Penido Paschoal é professor nos cursos de Ciências Biológicas (Licenciatura e Bacharel) da UEMG Unidade Passos. Recentemente o docente publicou um artigo na Revista Acadêmica Internacional AMBIO.

Este é um periódico acadêmico renomado, sendo denominado como uma “revista do meio ambiente humano”. A publicação acontece oito vezes ao ano pela Springer Science+Business Media, em nome da Real Academia Sueca de Ciências.

“Publiquei junto a outros autores do Brasil o trabalho Water diversion in Brazil threatens biodiversity na revista internacional AMBIO. O trabalho avalia os problemas do projeto de lei que visa a transposição do rio Tocantins, Bacia do rio Amazonas, ao Rio Preto, Bacia do São Francisco.  O mesmo está repercutindo positivamente no meio cientifico internacional e no Brasil”, relata.

Lucas é egresso da UEMG, formado no ano de 2008 em Ciências Biológicas Licenciatura e também em Bacharel, fez Mestrado em Zoologia na UESC em 2011 e Doutorado em Ciências Biológicas na UNESP em 2017. Trabalhou na área de gestão de recursos hídricos, monitoramento ambiental e recuperação de nascentes. Lecionou aulas sobre Biologia Celular, Ecologia de Populações e Ecologia Bêntica. Atualmente está lecionando Fisiologia Geral e Comparada na Unidade Passos.

Nos últimos anos, o docente deu ênfase em pesquisas envolvendo a biologia de crustáceos e moluscos, e bioinvasões em reservatórios neotropicais. É autor de 60 trabalhos científicos apresentados em congressos, 2 patentes, 17 artigos publicados em revistas, além de 5 capítulos de livros. O docente também realiza o trabalho de revisor para vários periódicos internacionais.

O docente também teve um artigo publicado na General And Comparative Endocrinology e o mesmo foi a capa desta revista. O trabalho The androgenic gland in male morphotypes of the Amazon River prawn Macrobrachium amazonicum (Heller, 1862) descreve a glândula androgênica em machos do camarão amazônico, essa glândula modula o desenvolvimento masculino na espécie. Outro trabalho envolvendo a espécie saiu na Marine and Freshwater Research.

No trabalho Reproductive biology of Macrobrachium amazonicum (Heller, 1862) populations with distinct phenotypes in Neotropical reservoirs during the ‘El Niño’ event foi abordado eventos reprodutivos na espécie durante as fases do El Niño e foram descritos 3 fenótipos na espécie.

Lucas, juntamente com a professora Odila Rigolin de Sá, com o professor Norival França e o egresso da Unidade Passos, Douglas de Pádua Andrade, conquistaram a patente "Dispositivo de contenção para realização de teste ecotoxicidade em ambiente aquático”.

 “Vale ressaltar que sou um egresso da instituição, o que sempre falo em eventos e congressos. No artigo publicado na AMBIO, já estou assinando como professor da Uemg, Passos. Agora, implementei no sistema de notas do alunos, algumas atividades extracurriculares, que visam tornar a sociedade um pouco melhor, o que chamo de nota FBS (fazendo o bem a sociedade)”, conclui Lucas.



Notícias por ANO e MÊS

Calendário de Noticias e Eventos

<<  junho 2019  >>
seteququsedo
272829303112
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
1234567