31/03/2017

Assessoria de Comunicação Institucional | UEMG - Unidade Passos

O Ambulatório Escola (AMBES) da UEMG Unidade Passos, durante os dias 21 e 22 de março, recebeu a visita dos estudantes do Ensino Fundamental da Escola Municipal Monsenhor Ernesto Cavicchioli de Itaú de Minas. Acompanhados pela professora Marta, que ministra a disciplina de Biologia na referida escola, os estudantes tiveram a oportunidade de conhecer os processos e as atividades desenvolvidas no AMBES.

Durante a visita ao setor, os alunos conheceram a estrutura física e a composição da equipe técnica para o atendimento na prevenção e tratamento das IST/ Aids e Hepatites Virais. Também foram realizado testes rápidos (HIV, Hepatites B, C e Sífilis) em dois voluntários, e o resultado foi entregue individualmente respeitando os princípios básicos do serviço, como sigilo e anonimato. Os alunos também foram conscientizados acerca da importância do uso do preservativo masculino e/ou feminino em todas as relações sexuais, sendo realizada demonstração prática nas próteses de apoio.

De acordo com o enfermeiro Policardo Gonçalves da Silva, a visita dos estudantes ao Ambulatório possibilitou a troca de conhecimentos e conscientização em torno de um bom comportamento social de prevenção para a saúde dos indivíduos. "Devemos fortalecer nossas ações de prevenção, pois a informação é a melhor medida no combate à desinformação e à dúvida".  

PASSOS



31/03/2017

Assessoria de Comunicação Institucional | UEMG - Unidade Passos

Estudantes do curso de pós-graduação em Segurança do Trabalho da UEMG Unidade Passos conheceram as instalações da Usina Hidrelétrica de Furnas durante o mês de março. A visita técnica foi organizada pelo professor Edson Martins, coordenador do curso de Gestão Comercial e docente da pós-graduação. O objetivo foi alinhar o conhecimento teórico com a prática operacional de uma empresa de grande porte.

Acompanhados pelo professor, os estudantes participaram de palestra institucional sobre a empresa, bem como sobre o processo de funcionamento da Usina Hidrelétrica. Após as explicações, os alunos receberam EPIs e foram conhecer in loco as instalações da Usina, com as medidas de segurança no trabalho que são adotadas no desempenho das atividades.

De acordo com o professor Edson Martins, a teoria tem que estar alinhada com a prática obtendo assim resultados significativos para o desenvolvimento do conhecimento do aluno: "Vejo nestas visitas a oportunidade dos estudantes buscarem vincular seus conhecimentos adquiridos dentro de sala com a realidade do universo profissional, através da observação real de uma empresa em pleno funcionamento, com isso proporcionamos aos participantes uma formação mais ampla”.

Segundo o estudante da pós-graduação, Stéfano Monteiro Batista, “as aulas práticas juntamente com as visitas técnicas são de grande importância para a complementação da teoria em sala de aula. As visitas técnicas nos proporcionam vivenciar o dia a dia e a real atuação do engenheiro de Segurança do Trabalho na prevenção do acidente. Nós prevencionistas, atuamos em diversas áreas e temos que ter conhecimento dos campos de atuação".

A estudante do curso, Tamara Sandy Silva concede seu depoimento: "A visita técnica, para nós que estamos fazendo pós-graduação em engenharia de segurança do trabalho é fundamental, através dela podermos ver de forma prática e realista a importância da aplicação de normas e regras de segurança do trabalho e ver de maneira efetiva os riscos eminentes no posto de trabalho. A última visita realizada em Furnas Centrais Elétricas nos proporcionou um grande aprendizado além de nos motivar ainda mais em nos tornar bons profissionais de segurança do trabalho e melhorar as condições dos colaboradores das empresas em que formos atuar profissionalmente".  

 

 

PASSOS



31/03/2017

Assessoria de Comunicação Institucional | UEMG - Unidade Passos

O auditório do 12º Batalhão da Polícia Militar recebeu, na noite do último dia 23, a aula inaugural do curso de Serviço Social da UEMG Unidade Passos, que foi ministrada pela professora Maria Juliana Andrade Almeida. Mestre em Serviço Social pela UNESP de Franca e A. S. da Comarca do Município de Pratápolis, ela abordou o tema “Os desafios da prática profissional do assistente social na contemporaneidade”. Estiveram presentes no evento professores e estudantes do curso e representantes de diversas áreas do conhecimento.

Outro tema em pauta no evento foi "Os rebatimentos da crise contemporânea na intervenção profissional do (a) Assistente Social no espaço sócio jurídico”. A palestrante Juliana suscitou uma reflexão sobre todo embate atual vivenciado por profissionais e cidadãos afetados pelas determinações governamentais e a importância de entendermos a valorização do controle social, ao longo da trajetória histórica do Serviço Social até os dias de hoje.

A aula oportunizou a integração entre discentes calouros e veteranos e propiciou um momento de aprendizado específico para todo o curso, sem deixar de ressaltar a responsabilidade com o comprometimento à qualidade de atendimento das demandas emergentes da população merecedoras de acesso aos direitos sempre defendidos pela categoria profissional do Assistente Social.

A coordenadora de curso, Jane Borges Lemos Mattar agradeceu a presença de todos e principalmente pela oportunidade de reafirmar propósitos diante de uma realidade desafiadora a todos os brasileiros, cabendo ao espaço universitário incentivar discussões que fortaleçam seu enfrentamento com sabedoria.

Os estudantes elogiaram a fala da palestrante confirmando a necessidade de eventos que tragam acréscimo em sua formação. Juliana esclareceu vários pontos sobre a atuação profissional do Serviço Social, sobretudo no campo jurídico incentivando a ação educativa que o profissional desenvolve em suas intervenções. Socializou sua experiência desde início do Serviço Social Judicial contemporâneo e confirmou a necessidade de sempre acompanhar as novas conjunturas, tratando de uma profissão que estuda e trabalha em uma realidade difícil, exigindo dos Assistentes Sociais clara e firme posição a favor dos direitos das pessoas envolvidas nos serviços prestados. Estimulou o conhecimento em prol de uma politização dentre os profissionais e cidadãos em geral para não passar despercebidas fases importantes como essa vivida no nosso dia a dia.

O curso de Serviço Social da UEMG - Unidade Passos teve um marco positivo no início do semestre letivo e pretende dar continuidade ao longo do ano de 2017.

PASSOS



Assessoria de Comunicação Institucional | UEMG - Unidade Passos

30/03/2017

Estudantes da UEMG – Unidade Passos são finalistas na competição nacional Desafio Universitário Empreendedor SEBRAE. Os estudantes que participaram da competição foram Altamir Junior dos Reis Torres, Anderson Veloso dos Santos, Daniel de Souza França, Gustavo Rodrigues de Oliveira, Isabella Carolina Araújo, João Pedro Reis de Oliveira, Maria Andressa de Paula Silva, Michel Nespoli Pelegrini, Natália Souza Oliveira, Stênio de Souza Silva, Vitor Bruno Da Silveira Guimarães, do Curso de Sistema de Informação e Carlos Henrique Fernandes do Curso de Engenharia de Produção.

A estudante Natália Souza, do Curso de Sistemas de Informação representou a Universidade UEMG – Unidade Passos na semifinal da competição e conquistou a segunda colocação, que classificou 4 alunos entre os 40 que irão para a final que será em Brasília, entre os dias 07 e 12 de abril. A Prof.ª Orientadora da discente foi a docente Prof.ª Vânia de Oliveira Borges, que durante toda o evento acompanhou os estudantes no processo.

  Segundo a Professora Vania de Oliveira Borges, “desde 2015 os alunos de Passos vêm se destacando, ano passado tivemos 6 alunos classificados para etapa regional, sendo que um deles conquistou  o 1° lugar, mas infelizmente ninguém foi para final. Este ano eles se uniram e o resultado nos trouxe muita alegria. Por se tratar de uma competição nacional, a classificado do aluno em 1° lugar na fase regional e na sequencia uma aluna para a fase final é algo expressivo. Essa vitória foi possível graças ao planejamento e comprometimento dos estudantes. Eles criaram grupo para manter a motivação da equipe, bem como a troca de experiências, pois a disputa foi longa e com muitas tarefas.”

  De acordo com a Vice Diretora Acadêmica e Diretora Administrativa da UEMG - Unidade Passos, Prof.ª Marisa da Silva Lemos pela primeira vez na história desta Unidade tivemos um número expressivo de aprovação no Desafio SEBRAE, “este é o resultado da capacitação de 120 professores e 40 servidores administrativos da Unidade, no Curso de Universidade Empreendedora em parceria como SEBRAE Passos nestes últimos dois anos. Esta capacitação visou a implementação de projetos e práticas acadêmicas voltadas a estimular disciplinas e atividades relacionadas à cultura empreendedora em cada área do conhecimento, que de uma certa forma foi refletido na visão de encarar desafios de nossos alunos. Esta capacitação ocorreu com facilitadores de alto nível do SEBRAE e estaremos dando continuidade a capacitação para os professores que ainda não participaram”.

  Segunda estudante finalista Natália Souza, do Curso de Sistemas de Informação, “é preciso valorizar quem nos apoia. Toda minha cultura empreendedora  veio dos cursos EAD, jogos empreendedores do Desafio, e das palestras e eventos realizados pelo SEBRAE. Sem esta base, jamais conseguiria chegar nessa etapa, principalmente sem o apoio da Prof.ª Vânia de Oliveira Borges, uma das responsáveis pelo meu empoderamento. Quero ressaltar que meus amigos do Curso de Sistemas de Informação também foram fundamentais nessa conquista e  Gabriela Prado, que sempre me manteve informada sobre eventos regionais. Espero que esse prêmio possa servir de inspiração para novos jovens, que como eu sonham por um mundo melhor, acredito que se todo mundo começar a fazer um pouco, conseguimos mudar a nossa realidade para melhor”.

O Desafio Universitário   Empreendedor  do SEBRAE é uma competição nacional, que funciona por meio de plataforma virtual. Destina-se a estudantes de nível superior de instituições públicas e privadas, de qualquer curso. De caráter educacional, o objetivo é estimular atitudes empreendedoras nos jovens. Isso é feito por meio de uma série de atividades, que vão desde jogos virtuais a cursos de capacitação presenciais. Durante todas as etapas, os participantes precisam realizar tarefas que simulam a gestão de empresa, buscando soluções criativas para os desafios apresentados.

Para o estudante participar da competição o primeiro passo é realizar o cadastro no portal do Desafio Universitário Empreendedor e preencher o formulário com os seguintes dados: nome, data de nascimento, sexo, telefones de contato, dados de endereço, e-mail, CPF, instituição de ensino, senha e foto para o perfil. As inscrições são contínuas, podem ser realizadas em qualquer dia e a qualquer hora, ao longo do ano. Após as Etapas Estaduais, que ocorrem simultaneamente em todos os estados brasileiros e no Distrito Federal, os melhores colocados são convocados para a Etapa Nacional, onde são conhecidos os grandes campões do Desafio do ano.

A UEMG - Unidade Passos motiva o empreendedorismo na Universidade e em parceria com o SEBRAE Minas | Passos disponibilizou aos docentes da Unidade a capacitação empreendedora no ensino superior através do Curso Universidade Empreendedora.

Uma questão interessante para o participante é quem não for classificado para a última etapa pode continuar pontuando na plataforma e juntar pontos para a premiação do ano seguinte. No ato da inscrição ou ao longo do desafio, o participante pode indicar um professor conveniado a uma universidade para atuar como orientador nas etapas. Essa indicação é opcional.

 




Assessoria de Comunicação Institucional | UEMG - Unidade Passos

27/03/2017

O Laboratório de Análise de Solos da UEMG – Unidade Passos, coordenado pelo Prof.º Fernando Spadon, durante o mês de março / 2017 participou da Reunião Anual do Ensaio de Proficiência para fins agrícolas, no Instituto Agronômico de Campinas – IAC. A classificação do Laboratório da Universidade foi apropriada e obteve uma colocação privilegiada, se posicionando entre a média dos 10 melhores laboratórios em Analise de Solos do país.

 Os temas discutidos no encontro foram apresentação dos resultados estatísticos de 2016, análises básicas, micronutrientes e granulométricas, proposta de alteração de critérios para concessão de selos 2018, projeto IPNI/UNESP/IAC – Levantamento da Fertilidade do Solo no Estado de São Paulo, revisando métodos de análise de solo por espectroscopia no infravermelho, verificação se é possível substituir métodos tradicionais, resultados de resíduos e substratos no Ensaio de Proficiência IAC, assuntos gerais, programação das atividades para 2017, selos para 2017, abertura para discussões, distribuição das amostras de solo e selos de qualidade, visita aos laboratórios IAC, tira dúvidas de problemas analíticos particulares, contato com fornecedores (visita aos stands) e demonstrações de equipamentos automatizados.

 O Laboratório de Análise de Solos da UEMG – Unidade Passos representou a Universidade entre os 136 laboratórios participantes, situados em 13 estados brasileiros, São Paulo, Minas Gerais, Goiás, Paraná, Mato Grosso e mais oitos estados com menor número de participantes, além de seis laboratórios do exterior: Paraguai, Uruguai (2), Guatemala (2) e Angola.

O objetivo do encontro foi aprimorar a qualidade dos trabalhos acadêmicos, concedendo suporte aos mais diversos trabalhos científicos, buscando a melhora das análises de solos para fins agrícolas na prestação dos mais diversos serviços a comunidade, promovendo à uniformização de métodos e procedimentos ligados a análise de solo, divulgação e o uso para benefício desta e de futuras gerações.

O cronograma para 2018 tem como intenção aumentar o índice de acertos de resultados enviados pelos laboratórios participantes do programa para que permita adquirir os selos, divulgar os novos trabalhos em pesquisa com novas tecnologias em análise de solo, analise por varredura usando algoritmos, como também confirmação dos novos parâmetros analíticos realizados por comparação do método tradicional e por espectroscopia no infravermelho. A conquista do selo de qualidade vem da competência da equipe técnica, do rigor das análises efetuadas com critérios, normas seguidas com responsabilidade, precisão e principalmente com profundo respeito à comunidade, sendo todos esses itens alcançados pela UEMG – Unidade Passos.

O laboratório de Solos e Foliar da Universidade Passos, além das análises de solo e planta, realizam análises em calcário, vinhaça, fertilizantes minerais e orgânicos, ração, sal mineral, resíduos, entre outras determinações.

O objetivo principal, diz o Prof. Eng. Químico e Agrônomo coordenador do Laboratório de Solos e Foliar, Prof.º Fernando Spadon, além de proporcionar no âmbito acadêmico a pesquisa e vivenciar na prática tal aprendizado aos estudantes da UEMG, oferece desenvolvimento às aulas práticas e teóricas, visitas e trabalhos acadêmicos e de apoio aos professores.

 




Notícias por ANO e MÊS

Calendário de Noticias e Eventos

<<  janeiro 2019  >>
seteququsedo
31123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031123
45678910