14/12/2015

 

Na tarde do dia 11 de dezembro a Unidade Passos da UEMG promoveu em suas instalações uma reunião com participantes do Fórum Regional de Governo Território Sudoeste. Proposto pelo secretário executivo do Território Sudoeste, Juarez Moreira, o encontro teve o propósito de integrar os diferentes órgãos estaduais presentes em Passos e municípios vizinhos.

A diretora acadêmica da UEMG Passos, Tânia Maria Delfraro Carmo, e a vice-diretora Marisa da Silva Lemos, receberam representantes da Polícia Militar, da Polícia Civil, dos Bombeiros Militares, da Unidade de Atendimento Integrado (UAI), do Departamento de Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DER/MG) e de Secretarias de Estado, como Saúde, Educação e Desenvolvimento Social, além de representantes da imprensa.

Durante a reunião, os participantes puderam expor suas opiniões sobre a evolução do trabalho realizado nos Fóruns de Governo e criaram uma rede de trabalho, a fim de melhorar a comunicação entre os órgãos estaduais e, conjuntamente, detectar demandas e promover ações coletivas na região.

O Território Sudoeste foi o primeiro do cronograma dos 17 territórios revisitados pelo Governo do Estado para apresentar aos Colegiados Executivos a análise feita por secretarias e órgãos governamentais dos problemas e necessidades apontados pela população e como elas foram incluídas no Plano Plurianual de Ação Governamental (PPAG). Participaram das audiências do Fórum de Governo no Território Sudoeste 851 pessoas que levantaram 558 demandas nas etapas anteriores.


 

PASSOS



Assessoria de Comunicação Institucional  UEMG Passos


Estudantes e professores dos cursos de Administração, Gestão Comercial, Ciências Contábeis, Publicidade e Propaganda, Engenharia de Produção e Design de Moda da UEMG Passos participaram da solenidade de entrega do mérito “Sucesso Empresarial”, promovido pela Associação Comercial e Industrial de Passos (ACIP) e jornal Folha da Manhã. Este é o sexto ano consecutivo da realização do prêmio “Sucesso Empresarial”.

A participação dos estudantes e professores dos cursos da UEMG Passos se deu através da aplicação de ferramentas de pesquisa. Na forma de projeto de extensão, o trabalho dos estudantes foi direcionado em sua primeira etapa na realização de uma pesquisa popular para apontar as três primeiras empresas na lembrança do consumidor em diferentes categorias. Já em um segundo momento, o trabalho consistiu na realização de visitas dos universitários às empresas finalistas com o objetivo de conhecer e avaliar as ferramentas de gestão utilizadas por elas.

Durante o evento de encerramento, no último dia 9, uma atração especial: o desfile de looks dos formandos do curso de Moda e Design da UEMG Passos. 




Desfile de looks dos formandos de Design de Moda da UEMG Passos foram atração especial do evento


Cada formando de Design de Moda entrou na passarela com a modelo e o look criado


14/12/2015

da Redação Agência Escola


O Seminário de Pesquisa e Extensão da UEMG Unidade Passos, em sua 5ª edição, aconteceu entre os dias 07 e 08 de dezembro, e foi marcado por inúmeras apresentações de trabalhos.

Foram 141 artigos, sendo 25 envolvendo projetos de extensão universitária, 57 referentes a projetos de iniciação científica e 59 diversificados, de autoria de professores e alunos da unidade de Passos e de outras unidades da UEMG. Todos os trabalhos foram apresentados em formato pôster e alguns foram escolhidos para apresentação oral, em uma das sessões técnicas do evento: saúde; humanas; engenharias; exatas e meio ambiente.

Para a Coordenadora de Extensão do CPEX, Professora Dra. Camila Belfort Piantino, os estudantes ganham muito com esse tipo de experiência. “O 5º Seminário de pesquisa e Extensão possibilitou aos acadêmicos a vivência em um evento científico, bem como a interação com outros projetos. Isso é fundamental para os que desejam prosseguir nesta área”.

O Professor Dr. Eduardo Goulart Collares, Coordenador Geral de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão, destacou o novo formato dado ao evento, valorizando mais a participação do aluno: “No novo formato, os trabalhos são apresentados em stands de áreas afins; cada stand com seis trabalhos, que são avaliados por um professor avaliador e pelos próprios autores ali presentes; cada stand escolhe um trabalho para apresentação oral e no final da sessão escolhe-se o trabalho vencedor. Este formato, em forma de dinâmica, motiva e valoriza a participação do aluno, e o retorno que tivemos pós seminário foi muito bom”.



 

PASSOS



O livro “Direitos fundamentais das pessoas em situação de rua”, lançado em 2014, ficou em primeiro lugar na categoria Direito do Prêmio Jabuti de 2015. Organizado pelos promotores de Justiça Gregório Assagra de Almeida, Paulo César Vicente de Lima e Rodrigo Iennaco de Moraes e pelas professoras Ada Pellegrini Grinover e Miracy Gustin, o livro tem entre seus coautores o professor Eloy Pereira Lemos Júnior, docente do curso de Direito da UEMG Passos.

A obra, de iniciativa da Coordenadoria de Inclusão e Mobilização Sociais (Cimos) do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), aborda as múltiplas dimensões dos direitos fundamentais das pessoas em situação de rua, mantendo-se em sintonia com o princípio da transformação, consagrado nos objetivos fundamentais da República Federativa do Brasil constantes no artigo 3º da Constituição.

 

O Jabuti

Criado em 1958, o Jabuti é o mais tradicional prêmio do livro no Brasil e o maior diferencial em relação a outros prêmios de literatura é a sua abrangência: além de valorizar escritores, o prêmio destaca a qualidade do trabalho de todas as áreas envolvidas na criação e produção de um livro. Este ano, o prêmio contou com 2.573 trabalhos inscritos nas 27 categorias.  

Capa de livro de Direito premiado no Jabuti 2015: professor Eloy P. Lemos Jr., da UEMG Passos, é um dos coautores



11/12/2015

Por Larissa Menezes


A cerimônia de posse dos integrantes do Centro Acadêmico do curso de Comunicação Social com habilitação em Publicidade e Propaganda, da UEMG Unidade Passos, ocorreu no dia 02 de dezembro e reuniu os membros da chapa vencedora e alguns professores do curso. A ideia de criação de um C.A. surgiu do desejo dos acadêmicos em obter autonomia política e buscar o reconhecimento dos estudantes, como categoria política, junto ao curso de Comunicação Social.

No processo de criação do Centro Acadêmico foi necessário unir todos os períodos do curso e promover assembleias para entender todas as etapas de criação, elaboração de um estatuto, discussão de propostas e realização da votação nas chapas inscritas. O coordenador do curso, Professor Doutor Frederico Daia Firmiano, acredita que “a criação do C.A. é um espaço de deliberação estudantil e um espaço legítimo de interlocução com todas as instâncias decisórias da Universidade”.

Os integrantes do C.A. já planejam ações para o próximo ano, como promover e fortalecer a integração entre os estudantes e lutar por melhorias no curso. O presidente do Centro Acadêmico, Alex Lopes Fonseca Nani, aluno do 2º período de Comunicação Social, afirma que a importância da criação de um C.A. para o curso é fazer com que ele seja cada vez mais reconhecido e tenha um desenvolvimento eficaz dentro da Universidade.

PASSOS



Notícias por ANO e MÊS

Calendário de Noticias e Eventos

<<  outubro 2020  >>
seteququsedo
2829301234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930311
2345678