Já está em funcionamento o Centro de Reuso e Reciclagem de Tecnologia da FESP, que vai ajudar a população de Passos e região a dar o destino correto ao lixo eletrônico. Monitores, impressoras, celulares, pilhas e peças de computadores são exemplos de materiais que devem ter o descarte adequado para evitar contaminação ambiental. “Muita gente tem máquinas paradas em casa e não sabe o que fazer, através do nosso projeto, elas terão o destino adequado. É uma questão de responsabilidade ambiental, já que muitos desses equipamentos contém propriedades contaminantes que, se manuseadas inadequadamente, podem contaminar o solo, a água e as pessoas”, destaca o professor Alessandro de Castro Borges, coordenador do projeto e do curso de Sistemas de Informação da FESP.

Segundo ele, o projeto da FESP foi inspirado no CEDIR, o Centro de Reuso e Descarte de Resíduos de Informática da Universidade de São Paulo (USP), visitado por professores da FESP em 2011, quando já tinha uma história de sucesso com ações voltadas ao destino de lixo eletrônico. “No III FESP INOVA – evento científico – trouxemos a senhora Neuci Bicov Frade, responsável técnica pelo projeto na USP em São Paulo, para apresentar o CEDIR e sua proposta de ação em forma de palestra, o que contribuiu para o crescimento do interesse no projeto por nossos alunos”, explicou o professor Alessandro.

Finalmente, em 2013, o Centro de Reuso e Reciclagem de Tecnologia da FESP pôde ser criado com o apoio financeiro da FAPEMIG (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais), que destinou R$117mil para a aquisição de equipamentos que permitem a realização do trabalho a que o projeto se propõe. 

O Centro fica localizado à rua Dr. Carvalho, 1274, e funciona no período da parte da tarde, com recebimento de material das 14h às 17h. O contato pode ser realizado pelo telefone (35) 3529-6012, ou pelo e-mail crrt@fespmg.edu.br

FONTE: Departamento de Comunicação e Marketing FESP/UEMG



Com a seguinte ideia: “Plante uma Árvore, Lance uma Semente” o Centro de Ciências de FESP juntamente com os alunos do ensino infantil e fundamental do Colégio Status fizeram, no dia 23 de setembro, uma programação especial em comemoração ao Dia Internacional da Árvore, celebrado no dia 21 de setembro.

Com palestras e discussões sobre a importância da árvore para o planeta, temas como desmatamentos desordenados, queimadas e muitos outros assuntos foram questionados, assim como a falta de atitudes e compromisso da população. 

O Centro de Ciências foi convidado pelo Colégio Status para desenvolver uma atividade que pudesse chamar a atenção de seus alunos e da comunidade em geral para a importância da árvore para o ecossistema.

Para Vera Lúcia Alves Oliveira, uma das responsáveis pelas atividades desenvolvidas pelo centro de Ciências da FESP, atividades como esta desenvolvida em parceria com o Colégio Status, são essenciais no desenvolvimento das propostas do Centro de Ciências da FESP. “Estamos realmente satisfeitos com esse convite do Colégio Status. Poder realizar este tipo de atividade numa escola, demonstra a responsabilidade e o compromisso com educação de nossas crianças que passam a ter uma consciência naturalmente adquirida em beneficio do nosso meio ambiente”, disse.

Para a vice-diretora do Colégio Status, Carla Santana Andrade Barbosa, a ideia de soltar os balões com gás hélio espalhando as sementes de Ipê Rosa, aconteceu durante uma das atividades das crianças na Sala Verde. “Todos os anos, no dia da árvore nossas crianças levavam sementes de árvores para plantar no quintal de casa, só que ouvimos muitos pais dizerem que não tinham mais espaço. Foi aí que tivemos a ideia de deixar que o vento levasse os balões com essas sementes e através do céu colorido dos balões alertamos a comunidade em geral  para a necessidade de termos uma cidade mais arborizada e preservarmos o meio ambiente”, disse Carla.

A soltura dos balões biodegradáveis aconteceu na nas duas unidades do Colégio Status no final do dia aos sons de gritos, aplausos e muita festa das crianças. “Nosso desejo é que num futuro muito próximo nossos alunos possam ver com seus próprios olhos o resultado daquelas sementes que subiram ao céu dentro daqueles balões germinaram e resultaram em lindos Ipês pela cidade”, destacou a vice-diretora Carla.

FONTE: Departamento de Comunicação e Marketing FESP/UEMG



A egressa do curso de Biologia da FESP, Rita de Cássia Oliveira, 22 anos, está desenvolvendo uma pesquisa com o objetivo de encontrar meios menos invasivos para o tratamento de câncer de rim – atualmente imune a sessões de quimioterapia e radioterapia -, e que só é combatido de maneira drástica com a retirada do tumor.

Os estudos fazem parte do projeto de mestrado da pesquisadora intitulado O Perfil da Expressão de MicroRNAS Associados aos Genes Ligados a Angiogênese no Carcinoma renal de Células Claras, realizado na USP – Universidade de São Paulo, no Laboratório de Investigação Médica (LIM) 55.

“No caso, eu extraio o material genético de meu interesse das peças tumorais do nosso banco de tumor e após vários procedimentos verifico a expressão dos genes e microRNAs em questão correlacionando com o estádio (os estádios são bom, intermediário e ruim) em que estava o câncer no paciente”, explicou Rita de Cássia

Nascida e criada em Passos, Rita conta que concluiu o curso de Biologia da FESP em 2013 e assim que formou-se foi para São Paulo onde passou por um período de experiência no laboratório LIM 55 tendo seu projeto de mestrado aprovado na USP em outubro de 2013.

“Minha pretensão após concluir o curso de Mestrado é fazer um Doutorado. Gosto muito de trabalhar com pesquisa e pretendo seguir carreira por alguns anos, mas não deixo de lado a vontade de seguir a carreira docente, dependerá das oportunidades”, destacou.

Segundo Rita a estrutura oferecida pelo curso de Biologia da FESP bem como o corpo docente, formado por professores altamente qualificados foi o que a motivou a seguir com os estudos e desejar lecionar um dia. “A maioria dos professores que eu tive na FESP incentivaram não só a mim mas a todos os alunos a continuarem os estudos. Em especial, destaco a Dra. Sônia Zampieron e o Dr. Juliano do laboratório de entomologia, que me incentivaram ainda mais, pois tive o prazer de trabalhar com ambos Durante os quatro anos da minha graduação. Destaco ainda o incentivo e palavras de otimismo da Professora Dra. Odila Rigolim de Sá, que sempre nos incentivou a continuar com os estudos e não parar jamais”, lembrou.

FONTE: Departamento de Comunicação e Marketing FESP/UEMG



Três alunos do 2º período do Curso de Engenharia de Produção da FESP – Fundação de Ensino Superior de Passos, na disciplina de Organização da Produção I, foram agraciados pelo coordenador do curso, o escritor e professor Fernando Piero Laugeni com dois livros de sua autoria publicados recentemente pela Editora Saraiva, considerados referência nacional: Administração da Produção (edição completa) e Administração da Produção Fácil (edição compacta).

Segundo o coordenador do curso, o presente foi uma maneira de reconhecer o esforço e empenho dos estudantes Alinne Franciely Silva, Ana Paula Correa Oliveira e Lucas Marcos Silva Queiróz que tiveram as melhores notas de toda a turma. “Além de um presente, o livro é um reconhecimento pela dedicação demonstrada por estes alunos na nossa disciplina e uma forma de incentivar os demais alunos a buscarem sempre os melhores resultados produzindo cada vez mais e melhor”, brincou Fernado Piero Laugeni.

O coordenador do curso fez a entrega dos presentes juntamente com a professora Mary Garcia Ferreira, da disciplina de Comportamento Organizacional. Além dos livros os alunos foram agraciados com uma medalha da FESP.

Livro é referência Nacional

Escrito em linguagem didática e acessível para os estudantes das áreas de Engenharia de Produção e Administração de Empresas, o livro “Administração da Produção”, de autoria de Fernando Piero Laugeni e Petrônio Garcia Martins, publicado pela Editora Saraiva está em sua segunda edição e é uma referência da área em todo o Brasil.

O livro “Administração da Produção” recebeu recentemente o Troféu Cultura Econômica, na Categoria Melhor Livro de Administração. Reconhecido por ser um dos livros mais vendidos da área, ele figura entre outras publicações do professor Fernando.

Dentro da Faculdade de Engenharia Industrial (FEI) de São Bernardo do Campo, que é uma das maiores escolas de Engenharia do Brasil e onde Fernando foi um dos criadores do curso de Engenharia de Produção, publicou o “Manual para Apresentação Formal de Trabalhos Acadêmicos”.

A biblioteca da FESP possui em seu acervo as obras escritas por Laugeni assim como diversas Universidades de todo o Brasil adotam as publicações como bibliografia dos cursos, como Faculdades Anhanguera, UNIP, FGV.

O professor Fernando tem dupla nacionalidade: italiana e brasileira. Ele nasceu na Itália, filho de pai brasileiro e veio para o Brasil aos 15 anos. Casado com Mary Garcia Ferreira, que é de São Sebastião do Paraíso tem dois filhos e três netos. Tem fluência nas línguas inglesa, francesa, italiana e espanhola. Sua carreira começou como executivo na área de Engenharia de Produção trabalhando em importantes empresas como a Votorantim Cimento (antiga Cimento Itaú), onde ocupou cargo de diretoria.

FONTE: Departamento de Comunicação e Marketing FESP/UEMG



Pelo segundo ano consecutivo o curso de Educação Física da Fundação de Ensino Superior de Passos (FESP/UEMG), recebeu da editora Abril o Selo 4 estrelas do Guia do Estudante Profissões Vestibular 2015. O curso de Enfermagem também foi classificado com a mesma nota 4, no guia que será disponibilizado nas bancas a partir do dia 10 de outubro. A publicação é uma referência para estudantes de todo o país encontrarem os melhores cursos disponíveis no mercado.

O Guia do Estudante (GE) é uma produção nacional sob a responsabilidade da Editora Abril que tem por objetivo identificar, valorizar e difundir as melhores Instituições de Ensino Superior do País.  São avaliados apenas cursos superiores que atendem os critérios: ter a titulação de bacharelado; possuir turma formada há pelo menos um ano; ter turma(s) em andamento e ser oferecido no próximo processo seletivo e ser um curso presencial. O Guia atribui conceitos de zero a cinco estrelas e é uma publicação tradicional, considerada uma referência para os estudantes em relação à qualidade do ensino superior de instituições públicas e privadas de todo o Brasil. 

“Para nós é uma satisfação muito grande a cada ano termos nossos cursos reconhecidos entre os melhores do país. Isso só vem confirmar que quando fizemos nossa reestruturação pedagógica estávamos no caminho certo e é nele que pretendemos continuar”, destacou o presidente do Conselho Curador da FESP, Professor Fabio Pimenta Esper Kallas.

A coordenadora do Curso de Licenciatura em Educação Física, Claudia Arouca Queiróz, destacou que o curso de Educação Física completa 11 anos de fundação em 2014 e em fevereiro último, iniciou o tão sonhado curso de Bacharelado. “O curso de Educação Física da FESP é o que tem o maior número de projetos de extensão desenvolvidos com a comunidade de Passos e região, e vem ampliando significativamente as pesquisas no âmbito escolar e da saúde”, observou a coordenadora do curso que atribuiu o reconhecimento pelo Guia do Estudante ao trabalho do corpo docente, alunos, funcionários administrativos e do Conselho Curador da FESP.

“Esse prêmio é o reconhecimento de todo o trabalho desenvolvido no curso, com a implantação de metodologias ativas, práticas supervisionadas,  realizadas nas escolas da rede pública e privada, parceria fundamental para a aplicação da vivência teórica e prática, além do crescente envolvimento dos alunos nas atividades de pesquisa e extensão do curso”, destacou ela.

Pós-graduação/Latu Sensu

Ao mesmo tempo em que comemorou a indicação do curso de Educação Física da FESP com o Selo 4 estrelas do Guia do Estudante Profissões Vestibular 2015, a coordenadora do Curso, professora Cláudia Arouca, informou que após a realização de uma pesquisa junto aos profissionais de Educação Física de Passos, o curso de Educação Física da FESP oferecerá dois cursos de Pós-Graduação/Latu Sensu nas áreas de: Especialização em Educação Inclusiva: uma abordagem para a educação especial e Condicionamento Físico e Musculação.

“Estes cursos abrirão uma oportunidade para os egressos da FESP e de outras instituições de educação física de qualificarem ainda mais para o mercado de trabalho sem a necessidade de procurarem grandes centros para obterem tal formação”, explicou a coordenadora do curso, professora Claudia Arouca Queiroz. 

FONTE: Departamento de Comunicação e Marketing FESP/UEMG



Notícias por ANO e MÊS

Calendário de Noticias e Eventos

<<  janeiro 2019  >>
seteququsedo
31123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031123
45678910