No encerramento das atividades letivas de 2012 o curso de Pedagogia da Fundação de Ensino Superior de Passos (FESP/UEMG) promoveu o workshop "Robótica Educacional".

Com o objetivo de se atentar para as necessidades de um mundo globalizado e um  mercado de trabalho cada vez mais exigente, a coordenadora do curso Professora Rosânia Aparecida de Sousa Fonseca, convidou o professor Liberato Ferreira da Silva, que desenvolve projetos de Robótica Educacional em diversas escolas em Minas Gerais, em especial, na rede de Colégios da Polícia Militar de Minas Gerais (Colégio Tiradentes).

O Projeto pretendeu divulgar a importância do uso das novas tecnologias em todos os níveis de escolarização, em especial em salas dos anos iniciais e em salas de alfabetização.

“A ideia é que desde os primeiros passos da alfabetização a criança tenha contato com as mais diversas formas de tecnologia e que compreenda a relação direta entre o meio ambiente e os instrumentos geradores dessas novas tecnologias”, disse Rosânia.

Segundo ela, nas salas de alfabetização são introduzidos alguns conceitos sobre o funcionamento das máquinas, com a construção de brinquedos mecânicos, produzidos pela própria criança.

A ideia inovadora chamou a atenção dos alunos de Pedagogia e fechou o ano letivo de 2012 com a proposta de diversas atividades para o próximo ano.

FONTE: Departamento de Comunicação e Marketing FESP/UEMG



O projeto “Experiências em Comunicação”, ministrado pelo professor Danilo Vizibeli na Universidade Aberta para a Maturidade (UNABEM), colocou no ar nessa semana o Blog Eterno Aprendiz desenvolvido com os integrantes da turma A de 2012.

No blog são apresentadas diversas dinâmicas realizadas com o pessoal da terceira idade que revelam a identidade do idoso por meio de práticas comunicacionais. Num primeiro momento foram postadas as atividades de 2012, mas o propósito é continuar com a produção de materiais com a próxima turma a cursar a disciplina de “Experiências em Comunicação”, que será a turma B/C, em 2013.

Atividades relacionadas com a linguagem, com as práticas de leitura e escrita e outras foram realizadas e registradas no blog refletindo o cenário atual da Comunicação Social. De acordo com o professor Danilo, o projeto de “Experiências em Comunicação” foi pensado no intuito de promover uma inversão na relação emissor-receptor dos meios de comunicação social de massa e de propiciar uma visão crítica dos mesmos. “O objetivo geral do projeto é promover um debate sobre os meios de comunicação com os quais os alunos têm contato e vivenciar experiências invertendo a relação emissor-receptor. Os alunos, que são receptores dos meios de comunicação, são convidados, se não a serem totalmente emissores, pelo menos a analisarem essa posição e poder construir um pensamento mais crítico transformando os seus processos de comunicação”, frisou o professor lembrando que diante dessa proposta já está em processo de edição a versão impressa do jornal “Eterno Aprendiz” com edição anual trazendo as produções dos alunos da UNABEM.

O nome do blog foi proposta pela aluna Ana Maria Chicaroni Busti que sugeriu a expressão retirada da música-tema da UNABEM que é a canção “O que é, o que é”, de Gozaguinha, que diz: “Viver e não ter a vergonha de ser feliz, cantar, e cantar, e cantar, a beleza de ser um eterno aprendiz”, que é o lema da UNABEM.

O Blog Eterno Aprendiz é disponibilizado no endereço – http://unabemfesp.blogspot.com – e os alunos convidam a comunidade em geral a acessar e postar comentários, gerando espaços de reflexão e troca de conhecimentos.

FONTE: Departamento de Comunicação e Marketing FESP/UEMG



A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) divulgou no final de novembro o resultado do VIII Exame de Ordem Unificado. A Fundação de Ensino Superior de Passos (FESP/UEMG) obteve um número de 13 aprovações, sendo 4 alunos do último ano de Direito e 9 ex-alunos. Com esse resultado a FESP se consagra como destaque nos exames da OAB. No VIII Exame, as alunas formandas do 10º período Ivânia de Azevedo Silva, Luma Duarte Dutra, Valéria Maria de Souza e Vanessa Rita Salomão Martins obtiveram o título da OAB e sairão do curso aptas para o exercício da Advocacia.

De acordo com a coordenadora do curso de Direito da FESP, professora doutora Ana Paula de Fátima Coelho, o índice de reprovação nacional neste exame atingiu um média histórica de  82,37%, ou seja, apenas 17,63% de aprovação. Segundo Ana Paula, ainda que o índice nacional tenha representado uma marca histórica de reprovação, o curso de Direito da FESP tem mantido as aprovações tanto de alunos ainda em curso, como de ex-alunos. “Inúmeros cursos no Brasil não conseguiram aprovação, ou não vem conseguindo manter essas aprovações, enquanto nós estamos aprovando inclusive de modo contínuo, ao longo do ano, alunos ainda em curso, ora do 9° período, como foram os aprovados no primeiro semestre de 2012 e ora do 10º período”, frisou a coordenadora.

Ela destacou ainda que o alto índice de aprovação de alunos ainda em curso, conquistado em 2012, é uma marca histórica no curso de Direito e que representa o trabalho desempenhado em conjunto com o corpo docente e os alunos em atividades didáticas importantes e com uma boa estrutura como o Núcleo de Prática Jurídica, o Escritório Escola Jurídico-Social, o Júri Simulado, entre tantos outros. “Tenho certeza que esses números e tais resultados são, sem sombra de dúvida,  resultados de todo trabalho empreendido  na atual administração da FESP. A fundação cresce e se destaca de forma retumbante em nossa cidade e região, assim como o curso de Direito vem também acompanhando esse crescimento”, disse.

A aluna Ivania de Azevedo Silva, que está se formando em Direito pela FESP, contou que o preparo para a prova foi intenso. Ela afirma que estudou sozinha, somente com materiais complementares e com a bagagem adquirida no curso de Direito da FESP. “Após passar na primeira fase, aumentei o meu ritmo de estudos, sem descansar nem ao menos nos finais de semana, com livros resumidos de direito penal e processo penal. A dedicação foi intensa em busca do resultado almejado, ou seja, a aprovação na OAB na primeira vez que tentei o exame de ordem”, disse a estudante aconselhando os candidatos que irão prestar as provas futuras a se dedicarem, pois o Exame da OAB tem um nível alto de complexidade, considerado como uma das avaliações a nível nacional de maior dificuldade.

Ivânia, que já tem planos para o futuro de prestar concurso público para Delegada Federal, acredita que o apoio da FESP foi imprescindível. Ela trabalha há dois anos na Promotoria de Justiça de Carmo do Rio Claro, cidade onde reside, junto a Promotor Dr. Cristiano Cassiolato em nível de estágio. “Com certeza, os meus mestres da FESP deram a sua contribuição, ao dividir os seus conhecimentos com os alunos, iniciando e conduzindo os futuros bacharéis em direito no mundo jurídico, ensinando tanto a prática quanto a teoria. Meu muito obrigado a todos os professores da FESP”, ressaltou.

A também aprovada no VIII Exame, Luma Duarte Dutra, seguiu o mesmo esquema de preparação de Ivânia. Para Luma, durante todo o curso de Direito houve o contato com ensinamentos ministrados pelos professores, além de uma grande quantidade de aulas práticas e palestras, que despertaram na estudante a curiosidade pelo estudo nas diversas áreas do Direito, o que colaborou para sua aprovação no Exame. “Pretendo advogar, continuar meus estudos, através de pós-graduação, mestrado, doutorado e concursos. Fiz estágio no Fórum da minha cidade Pratápolis (MG), durante dois anos. Estou muito feliz com a aprovação”, disse Luma.

A estudante Valéria Maria de Souza conta que se preparou durante um período aproximado de um ano. “Frequentei o cursinho ‘Damásio de Jesus’ que possui parceria com a FESP. Além disso, houve a contribuição da FESP e dos professores do curso de Direito com os quais pude ter acesso aos conhecimentos, às teorias do Direito e ainda colocá-los em prática por meio das diversas ações que o curso oferece. Agora quero atuar profissionalmente na área jurídica para adquirir experiência na prática do Direito e me especializar em alguma área específica”, contou Valéria que atualmente está trabalhando em um escritório de advocacia oferecendo suporte e adquirindo experiência.

Segundo a aprovada no Exame, Vanessa Rita Salomão Martins, os professores, em especial a coordenadora do curso, Ana Paula de Fátima Coelho, sempre ofereceu muito apoio e incentivo para passar no Exame da Ordem. “Ela sempre se dedicou e acreditou em nós e acho isso muito importante. Eu tive uma boa base no curso de Direito, pois temos um bom acervo de livros na biblioteca e os professores são qualificados”, disse Vanessa. Ela fez estágio na Primeira Vara Criminal de Passos durante dois anos o que também contribuiu para a aprovação. “Como aprendi muito na área criminal, resolvi escolher fazer a segunda fase da OAB em penal. Pretendo dar continuidade nos meus estudos, fazer especialização e futuramente um mestrado”, comentou Vanessa.

Além dos aprovados na OAB, a professora Ana Paula lembrou algumas aprovações dos alunos do curso de Direito da FESP em concursos nas últimas semanas. A aluna do 10º período, Ariane Alcântara Pimenta foi aprovada no concurso de Delegada de Policia em Minas Gerais  Já os alunos Helimara Lamonier Heringer  e Frederico Westin Brito foram aprovados na fase de projetos para o Mestrado em Direito na UNESP de Franca.

Segundo Ana Paula, em visita à UNESP de Franca, a FESP recebeu elogios, com a participação de alunos da fundação em congressos, publicações e certames da UNESP. “Voltamos com ótimas possibilidades de parceria entre as duas Faculdades. É de se destacar o respeito e a consideração com que a nossa FESP foi recebida pela UNESP, pelo prestígio e pelo alcance que têm a nossa escola”, disse Ana Paula.

A turma dos alunos e ex-alunos aprovados mostra a qualidade do curso de Direito da FESP, que teve uma procura enorme no último Vestibular e mostra o ingresso dos formandos da FESP no mercado de trabalho antes mesmo de concluírem a graduação. O curso de Direito espera agora o IX Exame de Ordem Unificado cuja primeira fase já foi realizada no último domingo, dia 16 de dezembro e a segunda etapa será realizada em fevereiro.

Confira a relação de alunos aprovados no VIII Exame da OAB:

Alunas formandas do 10º período de Direito da FESP:

Ivania de Azevedo Silva (10º B)
Luma Duarte Dutra (10º A)
Valéria Maria de Souza (10º A)
Vanessa Rita Salomão Martins (10º A)

Ex-alunos do curso de Direito da FESP:

Amanda Garcia Silveira
Ana Caroline Pinho dos Santos
Filippe Augusto Campos de Melo
Flávia Magalhães Pereira
Jorge Lucchesi Rocha Júnior
Luciana Lima Gianini
Marcelo Renato Silva
Maria Aparecida Olegário de Carvalho
Thamires Silva Liguori

FONTE: Departamento de Comunicação e Marketing FESP/UEMG



Começa na noite de quinta-feira um dos eventos da Fundação de Ensino Superior de Passos (FESP/UEMG) mais esperados durante todo o ano: o Coral Janelas da FESP. Na edição deste ano 140 vozes, sendo 100 infantis e 40 adultas cantam o espírito de Natal numa noite de cultura, lazer e arte. As apresentações acontecem na quinta-feira (13) e na sexta-feira (14), sempre às 20h no Bloco 1 da FESP.

O coral, que é regido pelo maestro Luiz Henrique Del Rey, já é uma tradição de Natal e um presente da FESP para toda a comunidade. Neste ano, as Janelas da FESP receberam um colorido especial com uma decoração diferente e inédita em Passos.

“Queremos promover uma noite de reflexão e fechar o ano de 2012 com chave de ouro completando um ano de muitas realizações para a FESP com projetos grandiosos como as obras do Novo Campus que estão em andamento, o Parque Emílio Piantino, o curso de Medicina, a Cidade do Saber e da Saúde e tantos outros. A Educação alcança vários pilares e um deles é a promoção da arte e da cultura que é o nosso propósito com o Coral Janelas da FESP. Convidamos a todos para prestigiar essas duas noites de apresentações”, disse o presidente do Conselho Curador da FESP, professor Fabio Pimenta Esper Kallas.

Participam do coral alunos do Colégio Tiradentes da Polícia Militar, da Escola Municipal Hilarino Moraes, alunos das cidades de São José da Barra e de São João Batista do Glória e ainda as vozes adultas do Coral de Furnas e do Coral Eternamente Jovem de São João Batista do Glória.

As crianças se apresentam nas Janelas da FESP e os adultos se apresentam na parte externa do prédio, ao lado da árvore de Natal. De acordo com o maestro Del Rey, a escolha do repertório segue na mesma linha dos anos anteriores, sendo parte dele de músicas tradicionais e parte de músicas inéditas no concerto.

A preparação do coral começa a partir de julho com os corais adultos e os solistas e com as crianças a partir de outubro com ensaios regulares semanais, aulas de técnica vocal e preparação para o concerto. Este ano haverá a participação especial de dois solistas durante o concerto: Rhener Freitas, aluno do CIC e vocalista da banda Riflle, e estudante de técnica vocal e Matheus Severino, de 9 anos, Passense, que chegou às finais do Idolos Kids, e foi convidado especialmente a fazer parte do concerto desse ano.

“O Coral Janelas da FESP já está no seu sexto ano de realização e acredito que já faz parte do calendário de eventos de Passos. Já é uma tradução e não é apenas um concerto de corais, mas um momento de reflexão, de paz, de comunhão, pois entre cada canção procuramos conduzir a plateia a uma serie de pensamentos e reflexões e é esse o modelo de concerto que se destaca que se diferencia. Pode-se dizer que é hoje um dos mais importantes eventos natalinos na região, confirmando Passos como centro cultural e a FESP como difusora de cultura e integração com a sociedade”, frisou o maestro Del Rey convidando a todos para prestigiarem o Coral.

Confira as músicas que serão apresentadas

01 – Oh, Vinde Adoremus
02 – Jingle Bells
03 – Pinheirinhos
04 – Então é Natal
05 – Boas Festas
06 – Natal
07 – Halleluja
08 – Para Ser Feliz
09 – Jesus Cristo
10 – Noite Feliz
11 – Natal Brasileiro
12 – Bom Natal

FONTE: Departamento de Comunicação e Marketing FESP/UEMG



Para encerrar mais um semestre letivo, alunos do 6º período de Engenharia Ambiental da Fundação de Ensino Superior de Passos (FESP/UEMG) realizaram uma visita técnica à Estação de Tratamento de Efluentes da empresa Washtec. A visita foi realizada dentro da disciplina “Impactos socioeconnômicos”, ministrada pela professora Sílvia Maria Soares Maia.

As Estações de Tratamento de Efluentes (ETE) são estações que tratam águas residuais de origem industrial comumente chamadas de despejos industriais, para depois serem escoadas para o rio. Durante o II FESP INOVA, realizado em outubro, o engenheiro ambiental, Leandro Henrique Martins Dias, abordou a temática durante sua palestra. A visita veio solidificar os conhecimentos passados durante a palestra.

A Washtec, empresa passsense do setor de tingimento e lavanderia, recebeu os alunos da FESP e mostrou a  preocupação com as questões ambientais e o trabalho realizado dentro das normas e leis estaduais.

De acordo com a professora Silvia Maia, responsável pela visita técnica, a participação em visitas como essa marca o envolvimento dos alunos na prática profissional e com o objetivo de se pensar os impactos socieconômicos que é  pauta da disciplina. “Visitiamos a Washtec, pois a preocupação com o meio-ambiente deve ser uma constante nos dias atuais. A preocupção ambiental favorece o desenvolvimento estável e equilibrado da fauna e flora. Dessa forma há a diminuição dos impactos socioeconômicos e ambientais”, destacou a professora.

FONTE: Departamento de Comunicação e Marketing FESP/UEMG



Notícias por ANO e MÊS

Calendário de Noticias e Eventos

<<  agosto 2019  >>
seteququsedo
2930311234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930311
2345678