O Centro Vocacional Tecnológico de Passos (CVT) cuja gestora é a Fundação de Ensino Superior de Passos (FESP/UEMG) acaba de firmar uma parceria com o Programa Intel Aprender da famosa marca de informática. Na proposta do programa o CVT será utilizado para formar Mediadores Seniors pela Intel. A formação deverá ocorrer entre os meses de maio e julho através de uma plataforma de Ensino a Distância (EaD).

O Programa Intel Aprender foi projetado como uma iniciativa informal e extracurricular, dedicada a centros tecnológicos que, por sua vez, estão voltados à comunidade. Tendo como público-alvo alunos entre 10 e 18 anos de idade, a iniciativa é voltada principalmente a comunidades em que é restrito o acesso à tecnologia em casas e escolas.

Em todo tipo de comunidade, o Programa Intel Aprender maximiza o impacto da tecnologia disponível sobre os jovens através do modelo próprio de aprendizado.

Após a formação na modalidade a distância o CVT da FESP irá promover cursos de formação de mediadores, cuja capacitação será feita de forma presencial, com auxilio de plataforma EaD. Em uma terceira fase os mediadores irão formar os aprendizes cuja finalidade é dominar as habilidades necessárias para competir no século XXI, fundamentados em conhecimentos de tecnologia, pensamento crítico e colaboração. No desenvolvimento dessas importantes habilidades, os alunos usam a tecnologia atual para concluir projetos práticos e relevantes que exigem trabalho em equipe e raciocínio lógico.

Comunidade

O grande diferencial do programa é o ensino através do envolvimento dos alunos (aprendizes) em projetos e atividades relacionados às suas próprias comunidades. Com o apoio do CVT da FESP no programa Intel Aprender, os alunos poderão elaborar pesquisas comunitárias e imediatamente mostrar os resultados aos pais através de uma apresentação multimídia. Outra possibilidade é criar anúncios publicitários que promovam atrações da comunidade para os turistas. “À medida que usam o computador para desenvolver esses projetos, os jovens aprendem que a tecnologia é uma ferramenta útil para coletar informações, resolver problemas, transmitir ideias e ainda ajudar as comunidades locais”, destaca o coordenador do CVT da FESP, Prof. MsC. José de Paula Silva.

O Programa Intel Aprender faz parte da iniciativa Intel Inovação em Educação, um compromisso global que conta com a colaboração de educadores e governos líderes do mundo todo para inspirar a inovação no ensino e aprendizado, bem como ajudar os estudantes de hoje a vencer na economia movida pelo conhecimento.

O CVT de Passos pertence à Rede Mineira de CVTs, projeto do Governo de Minas, coordenado pela Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (SECTES-MG). O objetivo é ampliar a capacitação local e regional, combater a exclusão digital e social, gerar emprego e renda e contribuir para a melhoria de vida da população a partir da capacitação profissional. Para isso, três frentes de trabalho estão em atuação: alfabetização digital, inovação e formação e aperfeiçoamento profissional. O CVT da FESP fica no Bloco 2, entrada pela Avenida Juca Stockler.

Fonte: Departamento de Comunicação e Marketing da FESP



A Fundação de Ensino Superior de Passos (FESP/UEMG) recebeu na sexta-feira, dia 20 de abril, durante a Visita Institucional o Padre Robson Inácio, pároco da igreja São Benedito. Também participou da visita a secretária do curso de Direito, Taciana de Jesus Freitas.

Paula Monteiro relações públicas da FESP apresentou aos visitantes todos os blocos com uma explanação sobre os cursos e projetos realizados pela instituição. Padre Robson ficou admirado com a inserção das unidades da FESP na vida da cidade. “Percebi que muitos profissionais gabaritados estão empenhados em promover o bem comum em Passos, espero que a FESP continue a demonstrar esmero e seriedade na formação cultural e intelectual das novas gerações”, declarou o Padre.

A secretária do curso de Direito, se surpreendeu ao conhecer tudo que a FESP oferece para comunidade. “Nessa visita que fiz, conheci os diversos blocos, todos eles muito bem equipados, preparados para melhor atender a cada aluno. Achei tudo muito organizado”, disse Taciana de Jesus Freitas

A secretária também destacou a excelente recepção pelo presidente do Conselho Curador da FESP, Professor Fabio Pimenta Esper Kallas e pelos diretores de Núcleo Acadêmico na sala da presidência.

A Visita Institucional é um programa da FESP com o objetivo de mostrar à comunidade o trabalho desenvolvido pela instituição e ao mesmo tempo promover uma interação entre os funcionários que têm a oportunidade de conhecer ambientes diversos além daqueles no qual trabalham. Os interessados em conhecer a FESP devem entrar em conato com Paula Monteiro pelo telefone (3529-6015) ou pelo e-mail: paula.monteiro@fespmg.edu.br

Fonte: Departamento de Comunicação e Marketing



A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) divulgou no dia 17 de abril o resultado do VI Exame de Ordem Unificado, realizado em 2012. A Fundação de Ensino Superior de Passos (FESP/UEMG) teve um índice de aprovação que supera as médias nacionais. Foram aprovados 22 alunos e ex-alunos da FESP. Sete deles ainda cursam o 9º período e sairão graduados com a autorização para exercerem a Advocacia.

Em todos os exames realizados pela OAB a FESP tem obtido êxito, o que mostra a qualidade do ensino que é voltado para atividades de ensino e, principalmente, práticas de extensão e pesquisa que tornam o aprendizado mais dinâmico.

No V Exame, realizado em 2011, cujo resultado foi divulgado no dia 13 de janeiro, foram aprovados 14 alunos sendo 5 da última turma que colou grau em 6 de janeiro.
Com relação ao resultado do VI Exame, os números ainda podem aumentar, uma vez que a OAB abriu prazo para a interposição de recursos.

A coordenadora do curso de Direito da FESP, professora Ana Paula de Fátima Coelho destaca que a conquista dos alunos é resultado de um trabalho sério que a FESP realiza com uma estrutura em nível de excelência para o curso. Ela citou como exemplo o Núcleo de Pesquisa e Extensão que monitora atividades e projetos de pesquisa e extensão junto a órgãos de fomento como a FAPEMIG, UEMG, envolvendo o aluno no ambiente do conhecimento acadêmico científico, integrado ao meio profissional onde irão atuar. “Um grande exemplo é o projeto PAIJUS – Programa de Atendimento Jurídico Social Itinerante, que leva o curso de Direito, nossos professores e alunos aos bairros da cidade e a cidades da região, realizando atendimento na área jurídica e social”, ressalta a diretora do curso.

Para Ana Paula, o grande diferencial do curso é o Núcleo de Prática Jurídica (NPJ), onde se desenvolve o Estágio Supervisionado, com estrutura e aparelhamentos específicos para a prática do Direito, com professores orientadores, salas de atendimento a clientes, biblioteca, salão do Tribunal do Júri para a realização de júris e audiências simuladas, Tribunal de Conciliação (parceria com TJMG), atendimento nas áreas do direito penal, civil, trabalhista e previdenciário.  “Os resultados obtidos nos exames da OAB demonstram a eficácia da estrutura didático-pedagógica que temos na FESP”, destacou.

Confira OS aprovados

Alunos do 9º Período aprovados no VI Exame de Ordem Unificado - 2012
Camila de Oliveira Ferreira
Edmar Terra Nogueira
Henrique Freire Hostalácio Leonel
Juliana Natália Rodrigues Ribeiro
Nayara Reis Barbosa
Pedro Henrique Marques de Oliveira
Rafael Borges Araújo Alonso

Ex-alunos aprovados no VI Exame de Ordem Unificado - 2012

Amanda Aparecida dos Santos Silva
Élida Luiza Gontijo
Franciane Ferreira Andrade
Ingrid Raiane de Mattos
Kairo Fernando Hipolito
Karina Pinto Patti
Marco Aurélio Silva Batista
Mateus Vilas Bôas
Maurilio Pereira dos Reis
Mayara Farche Alves
Mayra de Siqueira Cardoso
Mirlei Alves de Araújo Santos
Tarcisio Gambardela Pereira
Vanessa Oliveira Veloso Rodarte
Viviane Aparecida dos Santos

Ex-alunos aprovados no V Exame de Ordem Unificado – 2011

Carolina Queiroz Reiner 
Cayo Henrique Vasconcelos Pereira
Fábio Luiz Barbosa
Gilberto Peres de Oliveira
Nayara Vilela Andrade Maia
André Luiz L. Silva
Eunice Alves da Silva
Fernanda Ferreira Pádua
Laís Cardoso Horta
Mayra Eto Maia
Rhulio Abud Borges
Saulo Fernandes Ferreira
Renata Rodrigues
Sérgio Ribeiro dos Santo

Fonte: Departamento Comunicação e Marketing



O professor do curso de Direito da Fundação de Ensino Superior de Passos (FESP/UEMG), Alisson Thales Moura Martins e o jornalista do Departamento de Comunicação e Marketing da FESP e professor da Unabem, Danilo Vizibeli, acabam de ter trabalhos aprovados para congressos importantes do meio acadêmico.

O professor Alisson irá apresentar dois artigos intitulados “Educação crítica na sociedade da informação” e “Direito à diferença: uma crítica a uniformização do Direito”, no Congresso Nacional da Federação de Pós-graduandos em Direito (FEPODI), que será realizado nos dias 10 e 11 de maio na UNINOVE – Campus Memorial da América Latina, em São Paulo.

Alisson é mestrando em Direito da Sociedade da Informação pelo Centro Universitário das Faculdades Metropolitanas Unidas (FMU), em São Paulo. “É fundamental para nossa formação ter a aprovação em congressos como esses. Além disso, é uma oportunidade de levar o nome da FESP e as práticas desenvolvidas enquanto docente desta instituição. Sempre que tiver condições, levarei o nome da FESP independentemente das fronteiras”, destacou Alisson.

O jornalista Danilo Vizibeli, do Departamento de Comunicação e Marketing, que é mestrando em Linguística pela UNIFRAN (Franca, SP) irá apresentar dois trabalhos em congressos importantes da área. Em junho, nos dias 13, 14 e 15, Danilo participa do 2º Colóquio Internacional de Estudos Linguísticos e Literários e 5º Colóquio de Estudos Linguísticos e Literários que serão realizados na Universidade Estadual de Maringá (UEM), em Maringá (PR). O trabalho “Leitores e autores: adolescentes como sujeitos discursivos promovendo a escrileitura no Blog do Folhateen” será apresentado dentro de um simpósio coordenado pela Profª. Drª. Luzmara Curcino Ferreira, da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar). Em julho, o jornalista participa do 60º Seminário do Grupo de Estudos Linguísticos de São Paulo (GEL), com o trabalho “Representações discursivas sobre a leitura e a escrita do adolescente no Blog do Folhateen”, que acontecerá na Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da USP de São Paulo. “A pesquisa aborda numa perspectiva lingüística as práticas de leitura e escrita de adolescentes em idade escolar nos espaços da internet. Todo o trabalho e esforço para aprovação em congressos só é possível graças ao apoio da FESP, que nos possibilita oportunidades de crescimento e de formação”, disse Danilo.

A FESP acredita que apoiar a participação de seus profissionais em eventos do meio acadêmico por todo o Brasil, contribui para que novos conhecimentos e atualizações sejam trazidos para a instituição colaborando para a prática de pesquisa e extensão na universidade.

Fonte: Departamento de Comunicação e Marketing



O curso de Letras da Fundação de Ensino Superior de Passos (FESP/UEMG) promove no próximo sábado (28) a I Jornada Linguística. O evento acontecerá no Bloco 1 (Prédio Principal) da FESP no período de 8h às 11h e de 13h às 15h.

Organizada pelo Prof. MsC. Julio César Machado, a jornada é uma iniciativa do Grupo de Investigações Semânticas e Discursivas (GISD-FESP) que é coordenado pelo professor. A equipe de organização da Jornada teve a adesão das acadêmicas do curso de Letras, Nayara Fernanda Dornas e Patrícia das Graças Sobrinho, que são bolsistas de iniciação científica pelo PIBIC-FAPEMIG. O diretor do Núcleo Acadêmico de Educação, Prof. MsC. Anderson Jacob Rocha destaca que o mais interessante da proposta é a participação das alunas de iniciação científica, que estão trabalhando ativamente na organização do evento. “Além disso, teremos a oportunidade de receber pesquisadores da área e oferecer este tipo de atividade a professores e estudantes de Passos e região. O curso de Letras está mostrando sua capacidade investigadora também. Dos quatro projetos apresentados para o PIBIC neste semestre, houve 100% de aprovação. Isso é sinal de que, além da proposta de formação de professores, há um caráter de pesquisa dentro do Projeto Pedagógico do curso”, ressalta Anderson.

A jornada é uma atividade de extensão da FESP, aberta a todos interessados. Os palestrantes são professores mestres e que cursam o doutorado na Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), com a participação de uma professora-mestre, recentemente titulada, que irá apresentar sua pesquisa de mestrado em Linguística, pela UNIFRAN. A temática da I Jornada Linguística é voltada para o campo denominado Análise de Discurso (AD). Segundo o professor Júlio, a discussão da temática é um momento muito importante dentro da FESP será uma oportunidade de discutir um tema atual dentro da Linguística e que coloca a instituição em consonância com as pesquisas desenvolvidas em universidades de todo o Brasil. “Há no Brasil uma expansão considerável, e ainda crescente, de estudos em Análise de Discurso. Isso remete no mercado linguístico (venda de livros), em concursos (questões que enfoque a temática) e demais dimensões acadêmicas e educacionais”, afirma o professor Júlio lembrando que na FESP quatro bolsistas sob sua orientação realizam pesquisas em áreas que dialogam com a AD e é um conteúdo que faz parte da disciplina de Português V, do curso de Letras.

Para Julio, a jornada é um momento que tem o objetivo principal de auxiliar o corpo discente da FESP suscitando o interesse pela pesquisa. “São objetivos também, auxiliar os interessados no ingresso em cursos de mestrado e doutorado e proporcionar aos bolsistas de iniciação científica do curso de Letras, um maior domínio teórico da Linguística”, destaca Julio.

O Grupo de Investigações Semânticas e Discursivas (GISD) que está promovendo a jornada surgiu em 2012 e tem o propósito de desenvolver atividades de pesquisa dentro do curso de Letras. De acordo com a coordenadora de Letras, Profª MsC. Gisele Ribeiro, a pesquisa sempre foi um ponto importante dentro de um curso que quer ser reconhecido. “Por isso essa nossa preocupação em inserir a prática da pesquisa. Através desses estudos desenvolvidos, podemos mostrar aos nossos alunos e à comunidade acadêmica em geral qual a função de um Linguista/Professor de Língua Portuguesa na sociedade”, frisou a coordenadora. Para Gisele, os alunos que têm contato com a Linguística durante o curso de Letras, passam a ter uma visão diferente do ensino de língua materna. “Eles começam a entender que a Gramática isolada não faz sentido e que é preciso ir além para compreender a linguagem e a língua”, disse.

As inscrições para a Jornada podem ser feitas até a sexta-feira (27) encaminhando um e-mail para o endereço julio.semantica@gmail.com com nome completo e escolaridade. Mais informações no site da FESP: www.fespmg.edu.br

Fonte: Departamento de Comunicação e Marketing



Notícias por ANO e MÊS

Calendário de Noticias e Eventos

<<  junho 2019  >>
seteququsedo
272829303112
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
1234567