Pelo menos 43 municípios participaram ma última quarta-feira (28), de uma videoconferência sobre Hanseníase, promovida pela Fundação de Ensino Superior de Passos (FESP/UEMG) na rede estadual CVT, Centro Vocacional Tecnológico, criada pela Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (SECTES).
O projeto “CVT e a Saúde, Fesp em Ação na Comunidade” foi criado no ano passado com o objetivo de utilizar o instrumento de inclusão digital para difusão de conhecimento. São apresentados vídeos educativos, produzidos pela equipe do programa de TV Fesp em Ação, do Departamento de Comunicação e Marketing da FESP, com a participação de estudantes de jornalismo e publicidade e da professora e jornalista Luciana Ricardino, responsável pela mediação das participações. Em seguida é aberta a discussão sobre temas de interesse público, em videoconferência, para todas as cidades que integram a rede CVT.
A discussão em videoconferência sobre hanseníase contou com a participação do dermatologista Carlos Alberto Faria Rodrigues, coordenador do Portal da Hanseníase da FESP (www.hanseniase.fespmg.edu.br), professor e médico da Superintendência Regional de Passos, da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG).  Carlos Alberto Faria Rodrigues é uma das maiores referências brasileiras em Hanseníase e respondeu dúvidas de profissionais da saúde, estudantes e comunidade em geral das 43 cidades conectadas pelo CVT.
Durante a videoconferência, o dermatologista apresentou o Portal da Hanseníase, uma ação pioneira realizada pela FESP em parceria com a Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG) e um importante instrumento de educação à distância que pode ser utilizado por qualquer pessoa que tenha interesse em se capacitar em prevenção e tratamento da hanseníase.
“A FESP tem colocado a estrutura do nosso CVT, coordenado pelo professor José de Paula Silva, sempre à disposição para ações que levem informações técnicas e de qualidade a esta rede mineira. Hoje são 84 CVTs espalhados por todo o estado que têm a função de democratizar a informação a todo o povo mineiro. Nosso núcleo de Hanseníase, coordenado pelo professor Carlos é reconhecido nacionalmente e tem a missão magnífica de extirpar esta doença tão estigmatizada que é a hanseníase”, afirma o presidente do Conselho Curador da FESP e subsecretário de Ensino Superior de Minas Gerais, Fabio Pimenta Esper Kallas.
O coordenador do CVT de Passos da FESP, José de Paula Silva ficou surpreso com o resultado da videoconferência.  “Quem assiste não imagina os bastidores de uma videoconferência. Felizmente a nossa equipe trabalhou como um relógio, o pessoal na recepção, monitores acompanhando o email com perguntas e o pessoal da SECTES/MG. Vale agradecer aos amigos Cristiano Osório e o Saulo, o pessoal da comunicação que acompanhou a videoconferência e responsável pela divulgação, os alunos, descobrimos o verdadeiro valor da equipe do CVT - FESP – SECTES”.
Segundo a referência técnica em Hanseníase da Superintendência Regional de Saúde de Passos, Maria Ambrosina Cardoso Maia, que também integra o corpo docente da FESP as videoconferências poderão contribuir ainda mais no trabalho de combate à doença. “Este evento é uma iniciativa importante para proporcionar à sociedade conhecimento sobre a doença, estimulando cada vez mais a necessidade de um controle efetivo. Para este controle, é necessário a divulgação de sinais e sintomas da hanseníase para que o diagnóstico  seja feito de maneira precoce”, avalia. Ela ainda ressalta que por apresentar sintomas aparentemente simples e indolores, a Hanseníase pode ser totalmente ignorada. “Dar pouca importância às lesões iniciais podem resultar em comprometimento neural mais grave”.
A proposta foi aprovada pelos CVTs que participaram da videoconferência. “A videoconferência foi muitíssimo elogiada pelos participantes do nosso CVT. Participaram conosco médicos, enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem, além de Agentes Comunitários de Saúde de todas as Unidades que atendem o Programa de Saúde da Família em nosso município”, avaliou a coordenadora do CVT de Coromandel, Pollyane Carla Batista.
“Parabéns pela iniciativa! Convidamos uma escola e o professor de biologia levou 43 estudantes” comentou o coordenador do CVT de Conceição do Mato Dentro, Nilton Luiz.
“Foi um sucesso”, avaliou o engenheiro Cristiano Osório Pereira de Alcântara, Diretor de Tecnologia da SECTES.

CIDADES QUE PARTICIPARAM DA VIDEO EM REDE CVT:

  1. CVT Andradas         
  2. CVT Boa Esperança           
  3. CVT Brasília de Minas
  4. CVT Campina Verde           
  5. CVT Capelinha        
  6. CVT Carmo do Rio Claro
  7. CVT Cláudio
  8. CVT Conceição da Alagoas            
  9. CVT Conceição do Mato Dentro
  10. CVT Coromandel     
  11. CVT Curvelo            
  12. CVT Diamantina
  13. CVT Divinópolis       
  14. CVT Frutal    
  15. CVT Itabira
  16. CVT Itajubá  
  17. CVT Itamonte          
  18. CVT Itanhandu
  19. CVT Iturama            
  20. CVT Jaíba    
  21. CVT Janaúba
  22. CVT João Pinheiro  
  23. CVT Juiz de Fora     
  24. CVT Machado
  25. CVT Manhumirim    
  26. CVT Mariana           
  27. CVT Montalvânia
  28. CVT Monte Santo de Minas            
  29. CVT Muriaé  
  30. CVT Papagaios
  31. CVT Paracatu          
  32. CVT Passos
  33. CVT Pedra Azul
  34. CVT Pirapora           
  35. CVT Pitangui            
  36. CVT Rio Pardo de Minas
  37. CVT Sabará
  38. CVT Salinas
  39. CVT Santa Rita do Sapucaí
  40. CVT Santana do Paraíso
  41. CVT Sete Lagoas – Centro
  42. CVT Sete Lagoas – Universidade
  43. CVT Taiobeiras        
  44. CVT Três Corações
  45. CVT Três Pontas

Fonte: Departamento de Comunicação e Marketing



O curso de Pedagogia da Fundação de Ensino Superior de Passos (FESP/UEMG) já está desenvolvendo as oficinas de leitura e escrita para estudantes do ensino fundamental de escolas públicas de Passos. A atividade faz parte do projeto intitulado “Lendo e escrevendo uma nova história: oficinas de leitura e escrita”.

As oficinas acontecem em forma de reforço escolar sempre aos sábados no período de 9h às 11h, nas salas de aula do Bloco 1 (Prédio Principal) da FESP. Atualmente as aulas são ministradas pelas alunas Dayana Luisa Teixeira e Ana Cláudia dos Reis Freire, orientadas pela coordenadora da Pedagogia, Professora MsC. Rosânia Fonseca.

O projeto está em funcionamento desde 2007 na modalidade de projeto de extensão, que são iniciativas com o propósito de prestar serviço à comunidade. O objetivo do “Lendo e Escrevendo” é incentivar a prática e o prazer pelo ato de ler e escrever divulgando valores e virtudes trabalhando temas como ética, direitos humanos, meio ambiente e saúde, através de atividades lúdicas como a contação e a produção de histórias.

Segundo Rosânia, o sucesso no processo de leitura e escrita é fundamental ao desempenho escolar global das crianças. “Ele possibilita à criança a compreensão dos diversos conteúdos curriculares dos anos iniciais do ensino fundamental e promove uma maior integração social e desenvolvimento pessoal”, destacou.

Além de beneficiar os estudantes das escolas públicas, o projeto dá oportunidade às alunas de Pedagogia de ter acesso a um campo prático para melhor compreensão do conhecimento teórico adquirido no curso.

O projeto é aberto à comunidade e as famílias que possuem crianças que necessitam do acompanhamento nos processos de leitura e escrita ou as professoras da rede pública que tenham alunos que necessitam desse acompanhamento podem procurar a equipe do projeto na FESP (Bloco 1) aos sábados de manhã.

Fonte: Departamento de Comunicação e Marketing



As acadêmicas do curso de Pedagogia da Fundação de Ensino Superior de Passos (FESP/UEMG) entregaram na última sexta-feira (23) o material escolar arrecadado durante o Trote Solidário de 2012, que foi doado para a Creche Cáritas, em Passos.

De acordo com a coordenadora do curso, Professora MsC. Rosânia Fonseca, a ideia de fazer a doação de materiais escolares para uma instituição educacional da cidade surgiu porque durante os estágios curriculares as alunas detectaram que algumas creches carecem deste tipo de material. As calouras arrecadaram os mais diversos tipos de material escolar, como giz de cera, lápis de cor, cola colorida, tinta guache, entre outros.

A doação foi recebida na tarde de sexta-feira, às 14h, pela coordenadora pedagógica da Creche Cáritas, Degmar Antônia Alves. “Foi muito gratificante observar o momento da entrega dos materiais escolares na Creche, brilhavam os olhos das crianças entusiasmadas com a nossa visita e novos olhares despontavam pra nós, professores e alunas do curso de Pedagogia. Momentos como esse viabilizam uma grande articulação teórico-prática e comprovam a importância da educação para a sociedade e da nossa responsabilidade com a formação de profissionais competentes, éticos e conscientes de sua responsabilidade social”, frisou Rosânia Fonseca.

De acordo com a coordenadora da Pedagogia, o trote solidário foi implantado em 2011 neste curso. Naquele ano foram doados livros de histórias para crianças para o projeto Brinquedoteca Itinerante. O objetivo, além de promover a interação entre calouros e veteranos, é fazer com que ações desse tipo possam efetivamente oferecer maiores oportunidades para as crianças. “Para a criança brincar é coisa séria e estudar é fundamental. Por que não estudar brincando entre aquarelas, guaches e muitos livros?”, reflete Rosânia.

Fonte: Departamento de Comunicação e Marketing



Um grupo de alunos do curso de Ciências Biológicas da Fundação de Ensino Superior de Passos (FESP/UEMG) visitou no último sábado (24) a cidade de Cordisburgo (MG) para conheceram a famosa Gruta do Maquiné. A viagem foi organizada pela professora Silvia Maria Soares Maia.

A promoção de viagens técnicas e atividades diferenciadas fora do ambiente acadêmico é uma prática constante na FESP que procura apoiar iniciativas como essa oferecendo aos alunos o transporte e apoio estrutural com o objetivo de buscar novos conhecimentos e experiências.

A Gruta do Maquiné é considerada a maior gruta de Minas Gerais e fica localizada a 120 quilômetros de Belo Horizonte. O local virou ponto turístico do Estado por abrigar belas esculturas naturais ao longo de seus 650 metros de extensão.

Apesar da grande área da Gruta há uma limitação no espaço de visitação. São 440 metros abertos para o público admirar os grandes salões e galerias, resultantes da atividade erosiva milenar. Cordisburgo é terra do escritor Guimarães Rosa e foi descoberta pelo botânico e zoólogo dinamarquês Peter Lund, quando ele peregrinava pela bacia do Rio das Velhas, em busca de espécies animais e vegetais. Na área foram encontradas pedras, ossadas humanas e restos de animais pré-históricos. Todos esses aspectos foram apreciados pelos alunos de Ciências Biológicas que cursam disciplinas referentes a estruturas geológicas. As estalactites formam diversas figuras que são observadas conforme a imaginação dos visitantes. Na Galeria das Fadas os alunos observaram cristais brilhantes formando franjas, grinaldas e lustres. No Salão do Urso ou do Elefante o atrativo é um cogumelo que lembra a bomba atômica.

A visita teve ainda uma passagem pelo Museu Guimarães Rosa. “Uma viagem proveitosa que a FESP nos proporcionou. Os alunos ficaram admirados e voltaram com muito material de pesquisa para trabalhos futuros”, observou a professora Silvia Maia.

Fonte: Departamento de Comunicação e Marketing



Um grande público esteve presente na última sexta-feira, 23 de março, na quadra do 12º Batalhão de Polícia Militar de Minas Gerais (12º BPMMG), em Passos, para prestigiar a segunda edição do Festival Hip Hop da paz, promovido entre a Fundação de Ensino Superior de Passos (FESP/UEMG) e a PMMG.

O evento disponibiliza as três modalidades do movimento Hip Hop que são grupos de dança, produções de painéis em grafite e composições de músicas inéditas. Nessa edição além da cidade de Passos, houve a participação de inscritos das cidades de Itaú de Minas, Conceição da Aparecida e Fortaleza de Minas.

A continuidade do projeto mostra o incentivo e o empenho que a FESP está oferecendo para tentar resgatar e estimular a cultura Hip Hop no sudoeste mineiro que há até pouco tempo tinha pouca evidência.

Para Fabio Pimenta Esper Kallas, presidente do Conselho Curador da FESP, “o objetivo do festival é divulgar e propagar a cultura de rua, quebrando os preconceitos da marginalização dessa arte”.

O destaque desse ano foi o grupo Space Dance, grupo do CAPP (Centro de Aprendizagem Pró-menor de Passos), que venceu na categoria melhor grupo de dança (Breack). No ano passado o mesmo grupo ficou com o vice-campeonato. O segundo lugar ficou para Jean Carlo Ramos e o terceiro para Anderson Donizete do Nascimento (Dandinho), o qual é B-boy e dança há mais de 6 anos. “Amo essa arte, essa cultura. A dança de rua serviu como um resgate me tirando de coisas ruins do mundo e me abrindo os olhos para coisas belas”, conta Dandinho.

As melhores composições musicais inéditas ficaram classificadas da seguinte forma: 1° e 2º lugares: João Paulo da Silva Ribeiro com a música “Racismo” e “Uma ideia pra te conscientizar”, respectivamente. O compositor já participa do movimento Hip Hop há bastante tempo e inclusive possui um CD gravado de forma independente. O 3º lugar ficou para Guilherme de Castro Paiva com a música “Estudar sim, drogas tô fora!”. Os inscritos para a produção de painéis de grafite não compareceram e, consequentemente, não houve classificação para essa categoria.

Todos os participantes em todas as categorias, além de troféus, receberam prêmios. Para o primeiro lugar, uma caixa de som USB; para o segundo, um mini-system e para o terceiro um MP4. Além desses prêmios cada grupo irá ganhar 10 cópias do DVD de registro do Festival que será produzido e entregue pelo Departamento de Comunicação e Marketing da FESP. “Premiando expressões culturais como essas, estaremos valorizando como arte uma expressão artística que até pouco tempo era muito discriminada”, explica uma das coordenadoras do festival, professora Leila Maria Suhadolnik.

Matéria produzida pelo estudante Rodrigo Castanho, 7º período de Jornalismo*

Confira as fotos na galeria de imagens do Portal FESP AQUI

Fonte: Departamento de Comunicação e Marketing



Notícias por ANO e MÊS

Calendário de Noticias e Eventos

<<  janeiro 2019  >>
seteququsedo
31123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031123
45678910