A noite desta quinta-feira (1º) é aguardada por grande parte dos empresários e comerciantes de Passos. A Fundação de Ensino Superior de Passos (FESP/UEMG) em parceria com a Folha da Manhã e a Associação Comercial e Industrial de Passos (ACIP) entrega a partir das 20h no Espaço Absoluto o Selo Sucesso Empresarial 2011, que é dividido em 59 categorias para empresas e estabelecimentos comerciais.

O Prêmio Sucesso Empresarial foi criado no ano passado para certificar empresas de destaque em Passos. Os objetivos são reconhecer, distinguir e premiar a gestão comercial daqueles que contribuem para o crescimento da cidade e região.

A avaliação acontece em duas etapas. Na primeira etapa é feita uma pesquisa popular com perguntas diretas. Na segunda, alunos do curso de Administração visitam as empresas mais votadas na etapa anterior com um questionário avaliativo. São visitadas 5 empresas de cada categoria. Além das 59 empresas por categoria, serão premiados a empresa mais importante na visão popular, a empresa que foi destaque em MG, o melhor atendimento e uma novidade que é a pessoa ou empresa que mais incentiva o melhor atendimento e o prêmio Sucesso Empresarial, numa espécie de padrinho da edição deste ano. Estes contemplados especiais recebem o prêmio na modalidade Selo Ouro e os demais na categoria Selo Prata.

De acordo com Sílvia Soares Maia, coordenadora do projeto o objetivo é fazer com que o Selo Sucesso Empresarial seja almejado pelas empresas e estabelecimentos comerciais como forma de certificação da qualidade de seus produtos e serviços, o que segundo ela já começa a ser conquistado. “As empresas ficam muito satisfeitas principalmente devido à seriedade e ética do nosso trabalho. Algumas empresas já fazem propaganda do selo Sucesso Empresarial e queremos expandir esse conceito em nossa cidade”, afirmou.

Fonte: Departamento de Comunicação e Marketing



A professora do curso de Biomedicina da Fundação de Ensino Superior de Passos (FESP/UEMG), Camila Belfort Piantino, que é doutoranda da Faculdade de Medicina da USP de São Paulo (FMUSP), participou recentemente de dois congressos importantes nas áreas de Patologia e Urologia. Ela apresentou o trabalho intitulado "Apoptose induzida por Prima-1 em linhagem celular de câncer de bexiga".

No período de 11 a 15 de outubro Camila este em Maceió onde participou do Congresso Brasileiro e Latino-americano de Patologia e de 22 a 26 de novembro, em Florianópolis, no Congresso Brasileiro de Urologia. Em ambos os congressos, foram apresentados resultados parciais da tese desta professora da FESP a qual está sendo desenvolvida no Laboratório de Investigação Médica da Urologia da FMUSP.

Em Maceió apresentação foi na modalidade de pôster e em Florianópolis na modalidade oral na forma de pódium. Além deste trabalho foram apresentados mais três em Maceió e seis em Florianópolis dos quais Camila é co-autora.

O estudo desenvolvido pela professora está relacionado ao composto químico denominado PRIMA-1 o qual está associado ao restauro da função de um gene denominado p53 em células de câncer de bexiga. A perda da função do p53, envolvido diretamente na apoptose (um tipo de morte celular programada) é a alteração mais importante do câncer de bexiga de alto grau invasivo. Desta maneira, se este gene encontra-se alterado, o mecanismo de morte celular fica comprometido favorecendo a progressão deste câncer. Sendo assim, a pesquisa estuda o mecanismo de ação deste composto químico no câncer de bexiga.

Segundo a pesquisadora não há trabalhos na literatura específica que elucidem a ação de PRIMA-1 neste tipo de câncer o que poderia ser um campo promissor para pesquisas. “A participação em congressos é sempre válida para nós professores, pois são nestes eventos que compartilhamos experiências e nos interamos sobre as principais pesquisas que estão sendo desenvolvidas na nossa área de atuação, o que será revertido diretamente aos nossos alunos, através da abordagem de temas atuais durante as aulas e novas ideias para o desenvolvimento de projetos de pesquisa na FESP”, disse Camila.

Fonte: Departamento de Comunicação e Marketing



Renatinho Ourives, Carlos Parreira e Profº Fabio Kallas

O presidente do Conselho Curador da Fundação de Ensino Superior de Passos (FESP/UEMG) e subsecretário de Ensino Superior de Minas Gerais, professor Fabio Pimenta Esper Kallas, promoveu uma reunião na quinta-feira passada (24) com empresários da cidade de Passos para convidá-los a formar um grupo de discussão com o objetivo de buscar investimentos do Estado de Minas Gerais, de empresas de outros municípios, estados e até do exterior, para o município. A ideia é que esse grupo atue como um fórum municipal permanente de desenvolvimento. A reunião foi realizada no Auto Espaço Eventos.

A iniciativa é ancorada no entendimento de que o crescimento e o desenvolvimento de uma cidade dependem da interação de três pilares: universidade, empresariado e governo. A formação do grupo é um projeto de promoção de políticas públicas, desvinculada de qualquer interesse partidário. O Estado de Minas Gerais que tem hoje 853 municípios, na atual gestão governamental faz investimentos de acordo com possíveis zonas de desenvolvimento ou de vocação para o crescimento.

De acordo com Fabio Kallas, Passos que é considerada cidade-pólo do Sudoeste Mineiro precisa ganhar visibilidade para receber mais investimentos do governo estadual. O grupo que ele sugere fomentaria discussões e reivindicações com o objetivo de que as solicitações cheguem ao governador com a demonstração da força do grupo e do apoio de toda a comunidade passense em busca do desenvolvimento. “Nós percebemos que Passos cresce por força do empresariado que é competente, que tem vocação e que tem boas ideias e projetos, mas falta uma união dos três setores – universidade, empresariado e governo para que possamos discutir inovações, alternativas, geração de novos empreendimentos, tecnologia e qualificação. A FESP está à disposição para desenvolver a qualificação que a comunidade empresarial solicitar. Se juntarmos esses setores não há como Passos não crescer”, disse Kallas.

Uma das questões principais que o grupo propõe discutir é o planejamento estratégico do município e uma fiscalização que venha de toda a sociedade para que ele seja cumprido. Segundo Fabio e as lideranças empresariais convidadas para o grupo, Passos possui diversas áreas de atuação e de destaque como o setor leiteiro, cafeicultura, indústria moveleira, confecções, além de ser destaque na educação tanto básica quanto superior e na saúde. “Precisamos mostrar que Passos tem estrutura de acolhimento, tem rede hoteleira e que é uma cidade que precisa receber um investimento maior do governo. Precisamos pensar o que queremos para nossa cidade daqui há 20 ou 30 anos quando essas melhorias serão desfrutadas por nossos descendentes”, completou.

A iniciativa tem o apoio da Associação Comercial e Industrial de Passos (ACIP) e do Jornal Folha da Manhã. Diversas lideranças empresariais estiveram presentes no encontro e mostraram uma posição favorável à iniciativa. O diretor da Folha da Manhã, jornalista Carlos Antônio Alonso Parreira, citou o exemplo da construção do Hospital Regional do Câncer (HRC) da Santa Casa de Passos que foi construído sem verbas federais, por iniciativa do apoio e da conscientização da comunidade. Segundo Parreira, no Brasil a média de tempo para se iniciar um tratamento de câncer é de 4 meses e em Passos essa média já caiu para 2 semanas depois do início do funcionamento do HRC. “Precisamos ouvir a classe empresarial e representantes dos trabalhadores para fazer um Fórum Municipal de Desenvolvimento buscando as soluções que todo mundo sabe que tem. O exemplo do HRC mostra que a cidade tem condição de seguir os exemplos que vêm acontecendo em outras cidades do Estado e que com a união é possível promover o crescimento de Passos. Acho que vai ser uma boa alternativa para a cidade. Vamos abraçar o desenvolvimento de Passos”, disse Parreira.

Lideranças

O deputado estadual Cássio Soares esteve presente na reunião e demonstrou o seu apoio à causa. Segundo ele, o Estado fez um investimento de R$ 6,5 milhões há dois anos quando entregou um aeroporto renovado com balizamento noturno e que até hoje ainda não está em funcionamento “Tenho buscado junto à Secretaria de Industria e Comércio do município dados para que possa saber como vou recorrer na tentativa de buscar a homologação final determinante para esse aeroporto e para que ele possa num segundo momento ser contemplado com vôos regionais e comerciais para atender não só o município mas a região. Acho a iniciativa da criação desse grupo de desenvolvimento muito legítima e oportuna pois temos uma grande responsabilidade e me sinto confortado de saber que estamos trabalhando muito pelo desenvolvimento da cidade e agora podemos contar também com um grupo de empresários para dividir essa responsabilidade que também são deles, que têm o interesse econômico mas também têm o interesse social em comum para que a nossa cidade possa prosperar a passos largos e fazer valer nossa condição de cidade pólo do Sudoeste Mineiro”, disse o deputado.

O sócio-proprietário da Auto Passos, Élzio Bérgamo Andrade, acredita que a iniciativa é inovadora e que tem uma demanda muito grande no município. “É preciso haver ações como essa de consenso de que a gente precisa agir como empresário e como responsáveis pelo crescimento do nosso município para juntar idéias, forças e acima de tudo atitude para que a gente possa fazer uma Passos melhor. O governo do Estado tem vistas para essa nossa região pelo potencial econômico que temos e pela diversidade econômica”, disse Bérgamo.

O empresário e sócio-proprietário do Grupo Cabo Verde Maurício Silveira Coelho concorda com Élzio Bérgamo e destacou a importância do papel da FESP como a coordenadora e viabilizadora desse grupo de discussão. “Não há ninguém mais qualificado do que a FESP para fazer essa coordenação, pois é uma entidade que tem ao seu lado profissionais qualificados e de todos os segmentos, professores que têm condições de elaborar pesquisas e fazer diagnósticos de cada segmento. Muitas vezes conhecemos as deficiências mas não sabemos quantificar e a FESP pode fazer isso pra nós. Ela tem um banco de informações muito grande. Sem dúvida nenhuma essa iniciativa pode trazer bons frutos. Precisamos criar o senso de união entre os empresários dos segmentos, defender os nossos negócios. É importante criar um nome para o grupo, uma logomarca, uma campanha em cima dele para que possamos trazer mais pessoas para o próprio grupo e sobretudo que ele tenha uma agenda própria”, avaliou.

Fonte: Departamento de Comunicação e Marketing



A professora da disciplina História da Arte, do curso de Moda e Design da Fundação de Ensino Superior de Passos (FESP/UEMG), Leila Maria Suhadolnik Pádua Andrade, promoveu no dia 23 de novembro um passeio com os estudantes do curso em três localidades da cidade de Passos, com o objetivo de reconhecer a permanência de estilos artísticos nas fachadas de algumas construções.

Foram visitados o Colégio Status, a Igreja Matriz Senhor Bom Jesus dos Passos e a Capela da Penha.

“Pudemos observar a permanência da arte grega através das colunas de estilo jônico, coríntio e dórico. Na Igreja Matriz pudemos apreciar as obras de Jerônimo Neto e José da Beca, a beleza da marmorificação da madeira e dos anjinhos pintados por Jerônimo. Na Praça da Matriz observamos elementos da arte estilo Rococó, no chafariz. Visitamos também a capela centenária da Penha onde tudo está muito bem preservado e notamos vestígios de barroco e arte bizantina, além da peculiaridade de ser octogonal”, descreveu a professora.

Para ela, reconhecer a arte e sua história por meio de exemplos concretos torna o aprendizado mais prazeroso e para os alunos de Moda é de fundamental importância para desenvolver a sensibilidade e o senso de estética. “É muito importante este reconhecimento, pois assim os alunos conscientizam de que é necessário preservar as expressões de arte produzidas na nossa sociedade durante sua história”, disse Leila.

Fonte: Departamento de Comunicação e Marketing



Dois estudantes do curso de História da Fundação de Ensino Superior de Passos (FESP/UEMG) e uma professora da Escola Estadual Noraldino Lima, em Fortaleza de Minas estão desenvolvendo o projeto “Acontece Noraldino”, cujo objetivo principal é o desenvolvimento de um jornal informativo impresso com os estudantes do ensino fundamental e médio. O lançamento do jornal homônimo foi realizado no dia 23 de novembro às 18h na sede da escola.

Os estudantes de História da FESP, Luciano Nunes da Silva e Sirlene Aparecida Amaral, que estão no último período do curso e já atuam como professores na Escola Noraldino Lima, tiveram o apoio da professora de História e Geografia, Iara de Fátima Costa. O projeto tem também o apoio da Prefeitura de Fortaleza de Minas.

A idéia surgiu através do professor Luciano que ao desenvolver um jornal denominado “De olho na Leitura”, apenas com os alunos do 8º ano e com a temática voltada para a disciplina de História recebeu o incentivo da professora Iara para tornar o projeto maior. “Considero esse trabalho de grande importância, pois ele atende os objetivos de valorização da escola, do próprio aluno e incentivo à leitura e escrita. É um trabalho de grande valor pedagógico, já que coloca o aluno como centro do processo de ensino-aprendizagem”, disse Luciano.

Para Sirlene, o ponto principal do projeto é a interdisciplinaridade e a troca de conhecimentos entre várias áreas, professores e alunos. “Foi muito gratificante participar desse projeto, a participação dos alunos foi surpreendente promovendo uma interdisciplinaridade na escola sempre de maneira organizada com a orientação e contribuição da direção. Os objetivos principais foram alcançados com êxito”, contou.

O projeto dos alunos de História da FESP marca a atuação dos universitários que antes mesmo de se formarem já desenvolvem projetos que contribuem para a sociedade e, no caso, para o desenvolvimento da educação de qualidade no Estado de Minas e em todo o Brasil.

Fonte: Departamento de Comunicação e Marketing



Notícias por ANO e MÊS

Calendário de Noticias e Eventos

<<  março 2019  >>
seteququsedo
25262728123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031
1234567