Nárcio Rodrigues, Fabio Kallas e Zé Maia

A Fundação de Ensino Superior de Passos (FESP/UEMG) recebeu nesta quinta-feira a visita do Secretário de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior de Minas Gerais Narcio Rodrigues e do Deputado Estadual Zé Maia. A visita à cidade de Passos foi a primeira depois que Nárcio foi empossado como o titular da SECTES-MG. O presidente do Conselho Curador da FESP e subsecretário de Estado de Ensino Superior, professor Fabio Pimenta Esper Kallas, recebeu os representantes juntamente com os diretores de Núcleo Acadêmico, professores, funcionários e alunos, prefeitos de municípios da região e diversos representantes políticos e da comunidade.

Durante o encontro foram abordados assuntos importantes discutidos na SECTES como Programas de Inovação Tecnológica, Ensino à Distância, Cursos Tecnológicos e a Estadualização das unidades associadas à UEMG. “Tenho o privilégio de fazer parte de um grupo político, liderado pelo senador Aécio Neves, que cumpre o discurso de campanha, que transforma proposta de campanha em programa de governo e é isso que estamos fazendo. Nós vamos promover a estadualização. Essa foi uma promessa nossa de campanha, uma cobrança que sempre fizemos ao governo do estado, então agora que estamos com essa questão na mão, temos a obrigação de implementar. Não se trata de uma simples encampação, mas sim de oferecer um ensino público, gratuito e de qualidade para nossos alunos”, afirmou Narcio.

O secretário foi acompanhado pelo deputado estadual Zé Maia (PSDB) – um grande defensor do sistema de bolsas PROUEMG - e que terá uma função estratégica na estadualização, já que ocupa a presidência da comissão de Orçamento e Finanças da Assembleia Legislativa de Minas Gerais. “Eu sou um representante da Fesp na Assembleia mineira. Além disso, não podemos esquecer de destacar que uma das virtudes do Narcio é saber escalar o time dele e não é à toa que o professor Fabio Kallas está dando um show em Belo Horizonte”, elogiou.

Narcio Rodrigues também reforçou a importância de Fabio Kallas na condução do ensino superior mineiro, já que o modelo adotado por ele na Fesp, servirá de exemplo para que as demais fundações associadas sejam estadualizadas. “Eu espero que a FESP precise cada vez menos do Fabio, porque Minas Gerais precisa cada vez mais dele. Em oito anos, as palavras Ensino Superior nunca estiveram nos projetos estruturais do governo e agora temos pelo menos quatro grandes projetos em andamento”, afirmou.

Narcio e Zé Maia são grandes parceiros da FESP, colaboradores de projetos importantes como o Centro Vocacional Tecnológico (CVT), que acaba de incubar a primeira empresa do estado de Minas Gerais, Restaurante Comunitário e muitos outros, além de novas propostas como a construção do novo campus da FESP, Congresso Mineiro de Ensino Superior, e Observatório do Ensino Superior. Após a visita, Narcio Rodrigues e Zé Maia foram homenageados na Câmara Municipal onde receberam a Medalha do Mérito Legislativo e o título de cidadania passense, respectivamente.

Fonte: Agência Escola



Alunas UNABEM na tradicional festa junina

A tarde desta quinta-feira (30) foi só animação no pátio do Bloco 1 (Prédio Principal) da Fundação de Ensino Superior de Passos (FESP/UEMG). Os integrantes da Universidade Aberta para a Maturidade (UNABEM) vestiram trajes típicos de Festas Juninas e se divertiram durante a festa temática de 2011 que aconteceu das 14h às 17h.

Organizada pelas coordenadoras do projeto Leila Maria Suhadolnik Andrade e Sílvia Maria Oliveira Soares Maia a festa contou com comidas típicas preparadas pelos próprios estudantes da UNABEM. Divididos em grupos, os alunos apresentaram números artísticos como jograis com a temática “caipira”, músicas como a tradicional “Maria Chiquinha” da dupla Sandy e Júnior e para fechar as apresentações, a tradicional quadrilha.

O correio elegante gratuito também foi uma forte atração, promovendo a troca de mensagens de amizade entre os participantes. Familiares dos alunos também estiveram presentes para prestigiar a festa. A professora de artes Regina Piotto montou uma barriquinha de brincadeiras como a tradicional “Boca do Palhaço”.

A UNABEM é um projeto tradicional na FESP que promove a interação, a troca de conhecimentos e o resgate da autoestima de pessoas da terceira idade. Recentemente o projeto venceu um prêmio da marca de cosméticos Natura e irá receber uma quantia no valor de R$ 15 mil para desenvolver ainda mais projetos. A participação dos alunos da UNABEM é sempre marcante e o arraiá animou todos os presentes e movimentou o Bloco 1.

Fonte: Agência Escola



Deputado Zé Maia e o Secretário Nárcio Rodrigues

A Fundação de Ensino Superior de Passos (FESP/UEMG) recebe nesta quinta-feira (30) a visita do Secretário de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior de Minas Gerais Narcio Rodrigues e do Deputado Estadual Zé Maia. A chegada está prevista para as 16h no Aeroporto José Figueiredo. A visita à cidade de Passos é a primeira depois que Nárcio foi empossado como o titular da SECTES-MG. Por volta de 17h o presidente do Conselho Curador da FESP e subsecretário de Estado de Ensino Superior, professor Fabio Pimenta Esper Kallas, recebe os representantes juntamente com os diretores de Núcleo Acadêmico, professores, funcionários e alunos, prefeitos de municípios da região e diversos representantes políticos e da comunidade. A visita acontecerá na sala do Conselho Curador da FESP que fica à Rua Doutor Carvalho, 1147. Na visita a Passos, Nárcio Rodrigues irá receber a Medalha do Mérito Legislativo da Câmara Municipal e o deputado Zé Maia irá receber o Título de Cidadão Passense.

O encontro tem como objetivo conversar sobre assuntos importantes discutidos na SECTES como a Estadualização das unidades associadas à UEMG e Programas de Inovação Tecnológica. Narcio Rodrigues e Zé Maia são grandes parceiros da FESP, colaboradores projetos importantes da como o Centro Vocacional Tecnológico (CVT), Restaurante Comunitário e muitos outros, além de novas propostas como a construção do novo campus da FESP, Congresso Mineiro de Ensino Superior, Observatório do Ensino Superior, Plug Minas entre outros.

Narcio foi eleito deputado federal pela quinta vez em 2010 e se licenciou do cargo para ocupar a Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (SECTES) a convite do governador Antonio Anastasia.

Na Câmara dos Deputados, Narcio Rodrigues ocupou diversos cargos, entre eles a primeira vice-presidência e consequentemente a vice-presidência do Congresso Nacional, onde por algumas vezes assumiu a presidência. Também no parlamento, foi vice-líder do PSDB; presidente da Comissão de Ciência, Tecnologia e Informática; e por mais de um mandato foi coordenador da bancada mineira no Congresso Nacional. Estabeleceu parcerias estratégicas com os ministérios da Ciência e Tecnologia; Cultura e Educação e esteve à frente de projetos como Rede Nacional de Paleontologia; Oficinas de Artes; Estradas Ecoturísticas; Viva Neves; Rede de Centros Vocacionais Tecnológicos; Centro Nacional de Cidadania Negra; Cenep e outros.

O deputado estadual Zé Maia é conhecido por sua grande atuação no Triângulo Mineiro. Foi eleito em 2002 para o primeiro mandato como deputado estadual e reeleito em 2006 e em 2010. É o atual presidente da Comissão de Fiscalização Financeira e Orçamentária, desde 2007 com diversos trabalhos importantes com foco no desenvolvimento de toda Minas Gerais.

Fonte: Agência Escola




Termina amanhã (29) o prazo de inscrição para o segundo vestibular de 2011 da FESP. As inscrições podem ser feitas pelo site da FESP (www.fespmg.edu.br) ou ainda no Setor de Vestibular que fica em frente ao Bloco 1 (Prédio Principal) à Avenida Juca Stockler, 1130. As provas tradicionais acontecerão no dia 3 de julho.

São quatro as opções de cursos: Administração de Empresas, Engenharia Ambiental, Engenharia Civil e Tecnologia em Gestão Comercial, com 50 vagas cada, no período noturno.

De acordo com o diretor do Núcleo Acadêmico de Ciências Humanas e Ciências Sociais Aplicadas, Vivaldo Silvério De Souza Filho, o profissional da área de Administração tem espaço constantemente porque todas as empresas sendo elas micro, pequena ou de grande porte necessitam de um administrador de empresas. “O mercado está muito propício para o administrador. O curso de Administração da FESP forma um profissional com o conhecimento geral da área. Há muita procura hoje em dia nas mais diferentes áreas com os objetivos de diminuição de custos, gerenciar departamentos e outros”, disse Vivaldo.

Em todo o Brasil, os cursos de Administração de Empresas estão entre os mais procurados. O curso tem a duração de 4 anos. O salário inicial de um administrador de empresas é calculado no valor de R$ 3.315,00, segundo o Conselho Federal de Administração.

Sobre o curso de Tecnologia em Gestão Comercial Vivaldo lembra que é um curso tecnólogo de 2 anos, mas reconhecido como curso superior. “O curso é mais voltado para a área comercial. Em toda empresa de comércio o gestor tem espaço. O tecnólogo é reconhecido como um curso superior.

O aluno pode sair e dar prosseguimento aos estudos, fazer uma pós, um mestrado ou um MBA. Inclusive o Conselho Regional de Administração registra e fornece o número do conselho para os tecnólogos”.

Ainda são opções do vestibular de julho da FESP os cursos de Engenharia Ambiental e Engenharia Civil. O diretor do Núcleo Acadêmico de Tecnologia e Engenharia, Manoel Reginaldo Ferreira lembra que o momento pelo qual o país está passando está demandando um grande número de engenheiros civis. “Os alunos ao se formarem já saem empregados. A gente percebe isso já no terceiro ou quarto período com as empresas buscando estagiários.

Essa demanda surge há cerca de 7 anos com a melhoria da economia do Brasil. E agora com o aquecimento econômico do Brasil, os investimentos do PAC, os investimentos do governo do Estado, a procura por engenheiros tem aumentado bastante. Com as obras da Copa do Mundo e das Olimpíadas que estão atrasadas a demanda é ainda maior e com isso melhora os salários dos engenheiros. A média de salário inicial é de 4 mil reais”, explica.

O curso de Engenharia Ambiental, que também está sendo oferecido no vestibular de julho da FESP, é um curso focado no desenvolvimento e na sustentabilidade. “A Engenharia Ambiental é um curso relativamente novo. Ele surge no final da década de 70 e começa a tomar corpo há uns 5 ou 6 anos e é um profissional que surge para resolver os problemas, as questões ambientais. É um profissional que tem tido grande procura no mercado, pode trabalhar em órgãos públicos ou privados e que também está sendo valorizado com salário médio inicial de 4 mil”, destaca Manoel. Estas são as opções para o vestibular de julho de 2011 da FESP. Qualquer outra informação a FESP disponibiliza o telefone 0800 283 0336.

Fonte: Agência Escola



Equipe nas filmagens

A equipe do Festival Selton Mello de Vídeo, promovido pelos cursos de Jornalismo e Publicidade e Propaganda da Fundação de Ensino Superior de Passos, deu início aos trabalhos da terceira edição. Depois do convite às escolas, foram selecionadas 10 participantes, mas somente 9 puderam efetivar a participação, pois uma das escolas não compareceu às oficinas teóricas já realizadas.

Coordenam o projeto os professores Diego Vasconcelos, Diovany Rodrigues e Paulo Henrique Vallim com o apoio do ator passense que dá nome ao festival Selton Mello.

Cada escola pode participar com propostas para a produção de um curta-metragem com o apoio da equipe da FESP. Para a seleção, porém, caso a escola seja selecionada somente uma proposta será desenvolvida. A mostra competitiva, na qual são apresentados os resultados do projeto, será realizada no mês de novembro.

De acordo com o professor e um dos idealizadores do projeto Paulo Henrique Valim a expectativa para este ano é animadora. As escolas selecionadas para a disputa do festival são: E.E. Nossa Senhora da Penha, Colégio Imaculada Conceição, E.E. São José, E.E. Dulce Ferreira de Souza, E.E. Neca Quirino, Colégio Del Rey, E.E. Profª. Júlia Kubitschek, Colégio São Francisco, Colégio Status e Colégio Tiradentes da Polícia Militar. Todas as equipes selecionadas, são compostas de 6 estudantes.

Durante o início do festival são realizadas oficinas teóricas abordando fases do processo de produção de um curta desde roteiro, direção de fotografia e iluminação e direção de arte às temáticas de cinegrafia, figurino, produção e produção de áudio.

No próximo dia 2 de julho acontece a última oficina teórica que vai trabalhar a direção geral, edição e pós-produção, direção de atores e finalização do processo de produção dos curtas. Depois disso começam as gravações que serão no mês de agosto. “As gravações tem o prazo máximo de 8 horas. Os alunos escolhem um ponto de referência e tem 100 metros de raio para distribuírem suas locações. A equipe de apoio do festival acompanha todo o processo, seja auxiliando na direção, iluminação ou na cinegrafia”, explica Paulo Henrique.

Os alunos são orientados durante todo o processo do festival através dos encontros semanais com os idealizadores e monitores da FESP. “Os alunos vão elaborando os roteiros durante todas as oficinas. A cada oficina eles recebem orientações e dicas para conduzirem o enredo. Após o último encontro ainda há uma etapa de correção e sugestões a respeito dos roteiros, completa Paulo Henrique.

O júri é composto por pessoas ligadas à produção audiovisual e ao cinema. No fim de semana que antecede a mostra, o júri irá avaliar os vídeos enviar a votação em envelope lacrado. Este ano também haverá um júri popular.

Fonte: Agência Escola



Notícias por ANO e MÊS

Calendário de Noticias e Eventos

<<  junho 2019  >>
seteququsedo
272829303112
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
1234567