Doutores FESP da Alegria

O projeto Doutores FESP da Alegria está com inscrições abertas para curso de novos integrantes desde o dia 1º de fevereiro. O prazo encerra-se na próxima  sexta-feira (04). O grupo de palhaços já visita hospitais, asilos e eventos filantrópicos e tem como meta formar um grupo maior para que as visitas possam ser expandidas também para creches e escolas.

O grupo inicialmente denominado “Doutores Passos da Alegria” firmou parceria com a Fundação de Ensino Superior de Passos (FESP/UEMG) no ano passado para ampliar a estrutura física e o suporte na aquisição de uniformes, utensílios de trabalho, materiais para os espetáculos e ainda um veículo para o transporte da equipe durante os trabalhos realizados.

De acordo com o coordenador do projeto, o ator Eduardo Vilela, o objetivo principal é utilizar do humor como auxilio na recuperação do paciente como um aditivo para a terapia de doenças, amenizando sofrimentos.

O curso para novos integrantes é totalmente gratuito e será dividido em duas turmas com no máximo 30 integrantes cada, com faixas etárias de 15 a 18 anos e de 18 a 40 anos. Os encontros acontecerão uma vez por semana, no período de 6 meses, no horário de 19h30 às 22h30, no Bloco 13 da FESP que fica na Avenida dos Expedicionários.

A temática abordada no curso gira basicamente na técnica do palhaço – conhecida no meio artístico como “clown”.

Da iniciação à atuação do palhaço, o curso aborda também elementos fundamentais para o desempenho do ator como a expressão corporal e a técnica vocal. O trabalho, entretanto, exige dos atores também a responsabilidade e a força de vontade em fazer algo pelo próximo. “Eu vejo que o ser humano está muito centrado no eu e é preciso olhar para o outro. Nossa proposta é fazer o bem pelo outro e no decorrer do projeto vemos que tudo que fazemos pelo outro retorna para a gente de forma ainda mais expressiva”, lembrou o coordenador.

As inscrições para o curso estão sendo feitas no Bloco 1 da FESP com Paula Costa Monteiro. Os interessados podem se inscrever durante o horário comercial.

Fonte: Agência Escola




Oficina Radiojornalismo

O Projeto Juventude Cidadã, uma parceria entre a Fundação de Ensino Superior de Passos (FESP/UEMG) e o 12º Batalhão de Polícia Militar de Minas Gerais (12º BPMMG), está com as inscrições abertas até o dia 4 de março para seleção das crianças e adolescentes participantes. Já em sua 5ª edição o projeto, que inicialmente era voltado para adolescentes com faixa etária entre 12 a 16 anos, atualmente recebe crianças a partir de 9 anos de idade e que estejam em situação de vulnerabilidade social.

As crianças e adolescentes participam de palestras, dinâmicas, teatro, atividades físicas como futebol, peteca, natação entre outras. Cada mês de atividades é coordenado por estudantes e professores de um dos cursos da FESP.

As atividades ocorrem nas dependências do 12º BPPMG e também na própria FESP. Os Policiais Militares Sargento Valdinei e Soldado Hercules acompanham de perto todas as atividades.

Para este ano os organizadores esperam um maior envolvimento dos pais e responsáveis pelos alunos nas reuniões e palestras, bem como das escolas de Passos.

Para a diretora da Faculdade de Serviço Social de Passos (FASESP), a parceria entre FESP e PMMG traz credibilidade ao projeto e é fator de responsabilidade social de ambas as instituições que serve de exemplo para a sociedade. "Através destas ações temos a chance de contribuir para uma sociedade melhor. Este trabalho é ainda muito importante pois se torna um laboratório acadêmico que contribui de forma extremamente significativa tanto para os alunos do curso de Serviço Social quanto para aqueles dos demais cursos envolvidos", frisou.

O comande do 12º BPMMG, o Tenente Coronel Ronaldo Resende dos Anjos destacou a prevenção, que o projeto desenvolve, do contato com as drogas e com o crime. "Demos oportunidade aos participantes de ter informações, conhecimentos transmitidos pelos monitores, voluntários, estagiários, policiais militares e colaboradores nas quatro edições anteriores. Hoje, posso afirmar que não é mais um projeto e sim um Programa e, a seriedade dele culminou em realizarmos novas parcerias em torno de um fim comum, que é ofertar oportunidades a crianças e adolescentes de nossa cidade", ressaltou.

A coordenadora do projeto e supervisora de estágio da FASESP, Mirian Maria da Silva, lembrou que no ano passado houve um grande número de alunos participantes da Escola Estadual Jair Santos, no Bairro Casarão e que foram observados muitos benefícios e transformações na vida daquela comunidade, concretizando os objetivos do projeto. "Nossa expectativa para 2011 é que as atividades previstas possam beneficiar na educação e disciplina dos alunos inseridos. Como diz Monteiro Lobato: 'Assim como é de cedo que se torce o pepino, também é trabalhando com criança que se consegue boa safra de adultos'", disse.

A abertura oficial do projeto vai acontecer no dia 17 de março, no Auditório do 12º BPMMG às 19h00.

Fonte: Agência Escola



Os cursos de Ciências Biológicas (Licenciatura e Bacharelado) e Serviço Social da Fundação de Ensino Superior de Passos (FESP/UEMG) tiveram a renovação do reconhecimento pelo MEC publicada no Diário Oficial da União (D.O.U) neste mês. A renovação do curso de Ciências Biológicas foi publicada no dia 7 de fevereiro e a do curso de Serviço Social no dia 16 de fevereiro.

A renovação do reconhecimento faz parte de um ciclo de avaliação exigido pela Lei de Regulação de Curso. Todo curso de Ensino Superior necessita de regulação.

O processo começa com a autorização de funcionamento por um órgão, no caso da FESP, o MEC. Depois de autorizado, o curso precisa ser reconhecido e só pode passar por essa etapa depois de ter cumprido pelo menos 75% do seu tempo total de duração.

Depois do reconhecimento existe a renovação que é uma forma do MEC verificar a qualidade dos cursos. A renovação varia de curso para curso, geralmente girando em torno de um período 3 a 5 anos.

No último processo avaliativo pelo qual passaram os cursos da FESP, tanto Ciências Biológicas quanto Serviço Social foram dispensados da avaliação in loco, pelos representantes do MEC.

Isso se deve ao fato das excelentes notas obtidas no ENADE (Exame Nacional de Desempenho de Estudantes). O curso de Ciências Biológicas, tanto na modalidade Licenciatura quanto em Bacharelado, obteve a nota 3. O curso de Serviço Social obteve a nota 4.

Toda a comunidade acadêmica da FESP ficou satisfeita com a publicação no D.O.U. O Presidente do Conselho Curador, Professor Fábio Pimenta Esper Kallas disse que toda a equipe da FESP tem trabalhado com muita determinação para que todos os cursos cumpram as exigências do MEC e principalmente que obtenham notas altas, mostrando a qualidade dos cursos e a capacitação dos professores envolvidos. "Estamos obstinados buscando a excelência no Ensino Superior, assumindo a responsabilidade de alavanca de desenvolvimento de todo o Sudoeste Mineiro", comentou o presidente.

São muitos os fatores que contribuíram para essa conquista. Para o coordenador do Curso de Ciências Biológicas o professor Marcelo dos Santos, os principais são: a qualificação do corpo docente e o grande número de pesquisas científicas realizadas. "O curso de Ciências Biológicas sempre buscou aliar o ensino, com a pesquisa e extensão. Para tanto, os professores sempre buscaram se qualificar, isso reflete na oferta de serviços à população de Passos e região, na produção de trabalhos científicos publicados e na aprovação de projetos pela FAPEMIG, CNPq e outras agências de fomento à pesquisa. Dessa maneira, o reconhecimento do curso é também o reconhecimento de todo esforço e investimento feito pela FESP na criação e manutenção de cursos superiores diferenciados", ressaltou Marcelo.

Ele lembrou que o objetivo do ENADE é aferir o rendimento dos alunos dos cursos de graduação em relação aos conteúdos programáticos, suas habilidades e competências. "Dessa forma, nossos alunos provaram que dominam os conteúdos ministrados no curso e estão prontos para disputar as vagas de Pós-Graduação nas melhores instituições nacionais públicas e privadas ou enfrentar o mercado de trabalho e fazer a diferença", destacou.

A diretora da Faculdade de Serviço Social (FASESP), Carla Pimentel Caixeta de Melo também comemorou a conquista do curso. Para ela a renovação do reconhecimento vem somar como mais uma conquista de um trabalho sério realizado ao longo destes anos. "Essa conquista é o resultado da soma de esforços de toda a FESP, direção da FASESP, professores, alunos e funcionários que se uniram em prol de um objetivo maior que é a busca da excelência na qualidade do ensino superior", frisou.

Fonte: Agência Escola




Prof. Renato Flávio Marcão - ASCOM/MPBA

O professor mestre Renato Flávio Marcão, membro do Ministério Público de São Paulo, é o convidado da FADIPA para proferir a Aula Magna do curso de Direito da FESP na próxima terça-feira (22), marcando o início das atividades do ano letivo de 2011. O evento terá como tema "Garantias Constitucionais na Execução Penal" e será realizado no Plenário da Câmara Municipal de Passos a partir das 19h30.

A organização do evento ficou a cargo do Núcleo de Pesquisa e Extensão da Faculdade de Direito de Passos (NPEX/FADIPA) coordenado pela professora Tayara Talita Lemos e da diretoria da FADIPA que tem à frente a Professora Doutora Ana Paula de Fátima Coelho.

Renato Marcão é também Membro do Conselho Nacional de Política Criminal e Penintenciária (CNPCP), da Associação Internacional de Direito Penal (AIDP) e autor de diversos livros muitos deles publicados pela Editora Saraiva. Entre as publicações, está a obra "Curso de Execução Penal" (Editora Saraiva) que trata do tema que será abordado na Aula Magna.

A expectativa de público é de aproximadamente 400 pessoas. De acordo com Tayara, além de muito significativo aos alunos (do 1º ao 9º período) e a todos os membros da comunidade jurídica passense e regional, "o tema será de grande valia para todos os cidadãos que se preocupam com o exercício da cidadania e se importam em compreender como funciona o sistema punitivo, penal e constitucional democrático".

A escolha do tema se deve ao fato da importância de se compreender o que é a execução penal e como atua a Constituição Federal acerca do assunto. Segundo Tayara a execução penal é parte da função do Estado, no que se refere à atuação do Poder Judiciário na esfera penal e do Poder Executivo. Ela se desenvolve, portanto, de maneira conjunta, nos planos jurisdicional e administrativo, por meio de estabelecimentos penais. "Simplificando, é através da execução penal que o comando da sentença, que reconhece a condenação do réu, se cumpre. A Lei de Execução Penal (LEP) brasileira prevê em seu artigo 1º que 'a execução penal tem por objetivo efetivar as disposições de sentença ou decisão criminal e proporcionar condições para a harmônica integração social do condenado e do internado'. Para que esse cumprimento da sentença se dê de maneira justa, democrática e humana a Constituição Federal, nossa Lei Maior, prevê uma série de direitos e garantias, além dos já previstos pela LEP. É sobre tais garantias que a LEP, o Poder Judiciário e Poder Executivo (por meio da Administração nos estabelecimentos Penais) devem cumprir que o Professor Renato Marcão irá nos falar na Aula Magna", adiantou a professora.

A Aula Magna é uma prática pedagógica comum nas universidades e que geralmente é uma tradicional recepção dos alunos calouros envolvendo toda a comunidade acadêmica: alunos, professores e funcionários. A intenção é que o aluno iniciante se sinta parte desse novo universo e que os alunos veteranos o acolham e também aproveitem a oportunidade de aprender com os conhecimentos que serão transmitidos e interagir com os novos colegas. É por isso que em todo começo de semestre os cursos da FESP realizam eventos deste tipo.

Fonte: Agência Escola




Anna Flávia e Bernardo com os representantes e diretores da FESP.

A Fundação de Ensino Superior de Passos (FESP) e a Secretaria de Estado Ciência e Tecnologia estão articulando a implantação do Programa de Incentivo à Inovação (PII) na FESP para atender Passos e região no incentivo ao empreendedorismo. Hoje pela manhã, representantes da área na SECTEs estiveram reunidos com diretores da FESP para discutir o assunto.

O PII faz parte do Projeto Estruturador da Rede de Inovação Tecnológica (RIT) do Governo de Minas é um instrumento para a intensificação do processo de inovação tecnológica em Minas Gerais que promove o desenvolvimento tecnológico por meio da criação de empresas de base tecnológica e transferência de tecnologia. "É uma grande oportunidade para que os projetos da FESP recebam mais incentivo e investimentos", ressalta o presidente do Conselho Curador, professor Fábio Pimenta Esper Kallas.

Hoje pela manhã, a Gerente Adjunta do Projeto Estruturador da RIT Anna Flávia Lourenço Esteves Martins Bakô e o Superintentente de Inovação da SECTES estiveram na FESP para discutir junto ao Conselho Curador e aos diretores das Faculdades a melhor maneira de inscrever os projetos pedagógicos da instituição ao PII.

O objetivo é inscrever não só a FESP, mas estender o atendimento à comunidade. O alvo do programa são os pesquisadores, empreendedores, futuros empresários e inventores.

De acordo com a Sectes, o PII utiliza uma metodologia inovadora no território nacional, agregando três momentos: (i) Identificação da pesquisa básica com potencial inovador; (ii) Elaboração do estudo de viabilidade técnica, comercial, ambiental e social dessa pesquisa e (iii) Desenvolvimento de um plano tecnológico e protótipo quando identificado seu potencial de mercado e valor agregado.

Após identificação e envolvimento dos atores locais onde será executado o programa, o edital é elaborado e publicado para que pesquisadores das instituições locais possam inscrever seus projetos.

O PII já foi implantado nas Universidades Federais de Lavras, Juiz de Fora, Itajubá, Viçosa, Belo Horizonte e Uberlândia, bem como na Fundação Oswaldo Cruz de Minas Gerais (Fiocruz Minas) e no Cetec.

Fonte: Agência Escola



Notícias por ANO e MÊS

Calendário de Noticias e Eventos

<<  dezembro 2019  >>
seteququsedo
2526272829301
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
303112345